A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Porque ocorre? É fruto de uma construção social que há anos é reforçada e se faz muito presente nas cabeças de homens e mulheres.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Porque ocorre? É fruto de uma construção social que há anos é reforçada e se faz muito presente nas cabeças de homens e mulheres."— Transcrição da apresentação:

1 Porque ocorre? É fruto de uma construção social que há anos é reforçada e se faz muito presente nas cabeças de homens e mulheres.

2 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Podemos pensar algumas ações para contribuir na prevenção e no combate à violência doméstica e outras?

3 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Desde antes de Jesus, as mulheres eram vistas como inferiores, simplesmente por serem mulheres. Os grandes filósofos gregos definiram a mulher com fraca, incapaz de liderar qualquer coisa.

4 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA História de violência contra mulheres Medo de sua capacidade de cura Por não entender o mistério da gravidez Conhecimento de plantas que curam Parteiras

5 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA MULHERES QUE SE ORGANIAZAM Dia Mundial da Mulher 8 de Março, 1857 Operárias de uma fábrica de tecidos, fizeram greve para melhores condições de trabalho, redução no trabalho de 16 para 12 horas, salários iguais aos homens, elas receberam até um terço do salário dos homens

6 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano. Quem aqui viu as reportagens sobre a queda da fabrica em Bangladesh onde morreram mais que mil mulheres?

7 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA RELAÇÕES DE PODER A desigualdade de gênero é um problema histórico e global. MAS, como trata de relações entre pessoas, não é um assunto só de mulher Como se constituiu o masculino e o feminino ao longo da história

8 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Quem definiu Que a mulher é emotiva, afetiva, fraca, cheia de ternura, dirigida pelo coração.. E o homem de razão, impulsividade, ação... ? Porque a mulher se torna símbolo de desigualdade?

9 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA No início da história como humanidade O clã era pequeno, todos trabalhavam juntos na sobrevivência, as relações eram diferentes e mais iguais. As famílias cultuavam divindades femininas, o pertencer ao clã e a posse da terra passava pela mulher porque foi ela que deu à luz a criança.

10 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA O tamanho do clã aumentou Obrigava caças de animais e uma agricultura em tamanho maior, usando animais para arar a terra. Necessitava de pessoas fisicamente mais fortes As relações de igualdade ficaram menos comuns

11 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Século 18: revolução industrial capitalista Competitividade, Disputas e Dominação Afetam também relações humanas O resultado: um aumento de dominação e desigualdade entre homens e mulheres

12 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Você aceita a superioridade do masculino sobre o feminino? Ou fazemos de conta que não percebe que isto é uma violência grave? Como educamos os filhos e as filhas a respeito da igualdade entre os sexos? Na prática, olhemos as nossas famílias...

13 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Coisas caseiras: Quem come primeiro Quem lava pratos, limpa a casa, lava roupa Quem folga sábados Quem joga futebol, dominó, baralho Porque filho homem não pode lavar roupa, limpar casa, cozinhar

14 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Na família aprendemos a viver Relações de respeito e amor OU Relações de superioridade, dominação e violência

15 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 10 mitos sobre violência doméstica 1. A violência familiar é rara: as estatísticas mostram o contrário 2. A violência familiar é restrita a pessoas com distúrbios mentais ou pessoas doentes: não há um fator responsável; são fatores familiares, sociais, culturais

16 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 3. A violência acontece entre famílias de baixa renda e pouca instrução: Existe em todas as classes e níveis educacionais 4. As mulheres gostam de ser agredidas, se não, elas se separariam dos maridos: as mulheres não conseguem sair dela por uma séria de razões econômicos, sociais, e culturais. Elas sentem-se obrigadas a cuidar das crianças, sofrem vergonha e culpa mas, em nenhuma situação sente prazer.

17 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 5. O álcool e as drogas são as causas reais da violência no lar: álcool e drogas podem acirrar a violência, mas não é a causa. Muitos alcoólatras não são violentos e muitos violentos não são alcoólatras. 6. Violência e amor não coexistem em famílias: A violência ocorre por ciclos. Ou seja, nos momentos em que os membros da família não estão atravessando a fase mais violenta do ciclo, existem relações afetivas

18 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 7. As pessoas que sofrem violência às vezes buscam ela ou fazem algo para provocá-la: As pessoas que praticam violência no lar justifica sua conduta alegando provocações e tentando afastar sua responsabilidade. A mulher possa achar que ela deve servir o marido e assim assume culpa pela violência que sofreu.

19 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 8. O abuso sexual e as violações ocorrem em lugares perigosos e escuros, quem abusa é desconhecido: o abuso ocorre em lugares conhecidos (tanto no caso de abuso sexual de crianças com de mulheres). O estupro pode ocorrer na própria relação conjugal, quando a mulher se nega a ter relações sexuais com o marido e este faz ameaças obrigando-a.

20 GÊNERO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 9. A violência emocional não é tão grave como a violência física: O abuso emocional, mesmo que sem violência visível, provoca consequências muito graves do ponto de vista do equilíbrio emocional. 10. A conduta violenta é algo que pertence à essência do ser humano: Aprende-se a utilizar a violência na família, na escola, no esporte, nos meios de comunicação como meio de resolver conflitos. Pode aprender outras maneiras.


Carregar ppt "Porque ocorre? É fruto de uma construção social que há anos é reforçada e se faz muito presente nas cabeças de homens e mulheres."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google