A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Quando alguns conceitos: - são bonitos - são falados por pessoas confiáveis - são admitidos pela maioria Fica mais fácil de aceitarmos, acatarmos, concordarmos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Quando alguns conceitos: - são bonitos - são falados por pessoas confiáveis - são admitidos pela maioria Fica mais fácil de aceitarmos, acatarmos, concordarmos,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Quando alguns conceitos: - são bonitos - são falados por pessoas confiáveis - são admitidos pela maioria Fica mais fácil de aceitarmos, acatarmos, concordarmos, seguirmos... MAS SERÁ?

3 O Conceito que quero pensar biblicamente com você hoje é: Não seja religioso! Jesus não quer que você seja religioso! Espiritualidade sim, religiosidade não! Ou conceitos aparentemente corretos: Você não precisa de religiosidade para chegar até Deus! Jesus é maior que a religião! Vamos ver isto em figuras...

4

5 Como o Antigo Testamento abordou esta questão: Isaías 1.13 Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene As vossas Festas da Lua Nova e as vossas solenidades, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer Pelo que, quando estendeis as mãos, escondo de vós os olhos; sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer o mal. O que desagradava a Deus era a falta de vida coerente com a religiosidade, não a religiosidade!!! Tanto que o apelo dele é tenham vida e me prestem culto (eu disse: E e não OU!)!

6 Como os Salmos abordam esta questão: Salmos Pois não te comprazes em sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e não te agradas de holocaustos Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus Então, te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; e sobre o teu altar se oferecerão novilhos. Mais uma vez Deus diz, que depois de uma vida quebrantada, ele espera religiosidade: sacrifícios, etc...

7 Como Jesus abordou esta questão, em dois textos-chave: Em seu duro discurso contra o estilo de vida fariseu em Mateus 23 (apenas o verso 23 para ilustrar): Mateus Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas! Mateus Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo! Mais uma vez: o problema não é religiosidade, é falta de vida!

8 Como Jesus abordou esta questão, em dois textos-chave: Na parábola do fariseu e do publicano em Lucas 18: 9-14: Lucas Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que se exalta será humilhado; mas o que se humilha será exaltado. Jesus conclui a parábola com o versículo acima, explicando que o problema não era a religiosidade (tanto fariseu quanto publicano foram religiosos, foram ao Templo!), mas a crítica era contra o sentimento de superioridade, arrogância...

9 Logo os 3 primeiros conceitos citados: Não seja religioso! Jesus não quer que você seja religioso! Espiritualidade sim, religiosidade não! Não possuem base bíblica!!! Se ser religioso fosse errado, Jesus não teria sido religioso! Sim, Jesus era religioso: ia à sinagoga, lia as Escrituras; e também vivia com o povo cotidianamente! Se permitem atualizar: Sim, hoje Jesus iria aos cultos de domingo, as reuniões de oração; e no tempo certo também no estádio de futebol, no shoping, no meio dos drogados e bêbados! E como ele, devemos ser...

10 E os outros 2 conceitos: Você não precisa de religiosidade para chegar até Deus! Jesus é maior que a religião! São verdadeiros e corretos, porém erroneamente usados para se defender que não se deve ser religioso!

11 Assim, este discurso religioso de não ser religioso: É diabólico, na medida que: Não é bíblico e... Tira o foco da mensagem do Evangelho que é Tenha Vida Com Deus e não Não Seja Religioso!

12 Rapidinhas Para Concluir e Deixar Claro: Religião não Salva Jesus é mais que Religião Devemos ser biblicamente religiosos Não adianta ser religioso e não ter vida em Deus: testemunho, e coisas assim... Muitos religiosos irão para o inferno! Todo o salvo deve ser religioso! Sim, leia a Bíblia, ore, vá à Igreja bastante; isto não é errado, pode/deve te tornar melhor, mas não te faz melhor que ninguém! Vida com Deus sem religiosidade é errado, assim como religiosidade sem vida com Deus (talvez esta última seja um pouco pior!)


Carregar ppt "Quando alguns conceitos: - são bonitos - são falados por pessoas confiáveis - são admitidos pela maioria Fica mais fácil de aceitarmos, acatarmos, concordarmos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google