A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Famílias Texto de Apoio Giddens, Anthony. As Famílias. Porto Alegre: Artmed, 2005. Sociólogo britânico, social democrata.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Famílias Texto de Apoio Giddens, Anthony. As Famílias. Porto Alegre: Artmed, 2005. Sociólogo britânico, social democrata."— Transcrição da apresentação:

1 As Famílias Texto de Apoio Giddens, Anthony. As Famílias. Porto Alegre: Artmed, Sociólogo britânico, social democrata

2 Idéias centrais do texto A grande diversidade de formas de família e de núcleos domésticos é uma marca do nosso tempo Pessoas menos propensas a casar Pessoas casando mais tarde Aumento da Taxa de Divórcios implicando no aumento de famílias monoparentais.

3 Famílias reconstituídas, formadas a partir de um segundo casamento ou então de novos relacionamentos envolvendo filhos de uniões anteriores. Coabitação antes do casamento

4 CHINA URBANA E RURAL Taxa de divórcio permanece baixa se comparada à de paises ocidentais, mas continua crescendo rapidamente,e o governo estuda leis para dificultar a obtenção do divórcio. A coabitação está se tornando mais freqüente.

5 A despeito da política do governo, em limitar a natalidade a uma ou duas crianças por família,nas zonas rurais da china a vida das famílias permanecem bem mais tradicionais, tanto os casamentos continuam sendo um arranjo entre famílias e fixado pelos pais e não pelos indivíduos interessados.(60%)

6 Grã-Bretanha Menos de ¼ dos núcleos domésticos está de acordo com o modelo de família tradicional. Lei do divorcio modificou-se sistema adversarial foi alterado O casamento não tem mais conexão com o desejo de perpetuar a propriedade e o status de geração a geração.

7 Para a mulher mais independente economicamente, o casamento torna-se uma parceria econômica menos necessária do que era antes. O estigma do divórcio hoje é menor

8 Aspectos étnicos Fortes diferenças nos padrões familiares entre grupos étnicos minoritários. Núcleos domésticos asiáticos contém mais de uma família com crianças. Já as comunidades negras se caracterizam por um grande número de famílias de pais solteiros

9 Família Como um grupo de pessoas diretamente unidas por conexões parentais, cujos membros adultos assumem a responsabilidade pelo cuidado das crianças.

10 Parentesco São conexões entre indivíduos, estabelecidas tanto por casamento como por linhas de descendência, que conectam parentes consangüíneos (mães, pais, irmãos, prole, etc...)

11 Casamento Pode ser definido como uma união sexual entre dois indivíduos adultos socialmente reconhecida e aprovada. Quando duas pessoas ela se tornam aparentadas, mas também o elo matrimonial conecta uma gama mais ampla de parentes (pais, irmãos, e e outros parentes consangüineos)

12 Tipos de Família: Nuclear Dois adultos vivendo juntos num núcleo doméstico, com suas rianças, ou crianças adotadas.

13 Tipos de Família: Ampliada Quando parentes próximos, além do casal e seus filhos vivem juntos no mesmo ambiente familiar ou em um relacionamento próximo e contínuo uns com os outros.

14 Monogamia Representa o relacionamento das sociedades ocidentais. É ilegal para um homem ou para uma mulher estar casado com mais de um cônjuge por vez.

15 Poligamia Permite a um marido ou a uma esposa ter mais de um cônjuge. Poliginia um homem pode estar casado com mais de uma mulher ao mesmo tempo. Poliandria, menos comum, uma mulher pode ter dois ou mais maridos, simultaneamente.

16 Famílias Homossexuais Em alguns paises já é reconhecido o direito a adoção, casamento.

17 Assim: Parece apropriado tratarmos do uso do termo no plural, para abranger a variedade compreendida por esse termo.

18 Perspectivas Teóricas Funcionalista A perspectiva funcionalista vê a sociedade como um conjunto de instituições sociais que desempenha funções específicas para assegurar a continuidade e o consenso. A família é percebida como responsável pela execução de tarefas que contribuem para as necessidades básica da sociedade e auxiliam a perpetuar a ordem social.Unidade de produção ( na sociedade pré-industrial) reprodução, educação infanto-juvenil e na socialização.

19 Representante Talcott Parsons Socialização Primária processo pelo qual as crianças aprendem as normas culturais da sociedade em que nasceram, isso se daria nos primeiros anos de vida. (desenvolvimento da personalidade humana)

20 Estabilização da Personalidade refere- se ao papel desempenhado pela família ao assistir emocionalmente seus membros adultos. Observação na sociedade industrial isso é crucial pois não contamos com a parentela ampliada (distanciada espacialmente).

21 Família de Talcott Parsons Pai trabalhador e provedor Mãe função afetivaemocional, dentro do ambiente doméstico As famílias que não se adequavam ao ideal branco de classe média, habitante das áreas residenciais dos subúrbios, eram consideradas desviadas.

22 Perspectivas Feministas A contribuição do feminismo foi a de desafiar a visão da família como sendo um domínio harmonioso e igualitário. Marco 1965 Betty Freidan escreveu sobre feminismo (dupla jornada) Desvelou as relações de poder desigual dentro da família (desvelou o fenômeno da violência doméstica do estupro conjugal, o incesto, e o abuso sexual de crianças) mostrou a face abusiva da família, ou seja a família serve de palco para a opressão entre os sexos e até mesmo para o abuso físico.

23 O estudo do trabalho emocional das mulheres. Elas empregam grande carga de empenho emocional na manutenção dos relacionamentos interpessoais (atividades assistenciais demanda de habilidade de ouvir, perceber, negociar, agir criativamente.)

24 A divisão doméstica do trabalho como as tarefas são distribuídas entre os membros do grupo doméstico.

25 Questão a divisão doméstica do trabalho Ligada ao patriarcado? Ligada a industrialização? A questão da divisão doméstica do trabalho parece anterior a industrialização, mas essa industrialização parece ter cristalizado as esferas feminina e masculina e relações de poder, que são sentidas até hoje.

26 Família Simétrica Crença de que com o tempo, as famílias se tornem mais igualitárias na distribuição das tarefas e responsabilidades. Na prática não se materializa, o trabalho domestico continua a ser da mulher

27 Estudos de Beck e Beck-Gersheim O casamento tem agora mais um caráter voluntário, assim os indivíduos se defrontam com um série interminável de escolhas para construir, ajustar, aperfeiçoar ou dissolver as uniões seladas.

28 Sintoma desse antagonismo Crescimento da indústria de aconselhamento matrimonial Juizados de família (volume de trabalho) Grupos de auto-ajuda Taxas de divórcio

29 Conflitos Mesmo com o divórcio sendo comum, as taxas de recasamento são elevadas, A taxa de natalidade pode estar caindo, mas existe procura por tratamentos de fertilidade.

30 Busca do Amor O amor se tornou cada vez mais importante, justamente porque o nosso mundo é tão devastador, impessoal, abstrato. O amor seria o lugar onde as pessoas podem realmente encontrar a si mesmas e entrar em contato com outras.

31 Núcleos Domésticos Monoparentais Tornaram-se comuns nas últimas três décadas Mais de 20% dos filhos dependentes vivem em lares monoparentais (chefiados por mulheres 90% dos casos)

32 Solteiras, viúvas, separadas, divorciadas e estão entre os grupos mais pobres da sociedade Enfrentam a desaprovação social e a insegurança econômica. A categoria de mais rápido crescimento á a de mães que nunca casaram. Por Escolha ou Não ?????

33 Recasamento 28% de cada 100 casamentos envolvem pelo menos uma pessoa casada anteriormente. Em todas as faixas etárias, é mais provável que homens divorciados casem novamente do que mulheres divorciadas.

34 As taxas de divórcio dos segundos casamentos são maiores que as dos primeiros casamentos. As pessoas que passaram pelo divórcio podem ter mais expectativas com o casamento do que aquelas pessoas que não passaram por ele.

35 Famílias Reconstituidas Expressão que se refere à relação em que ao menos um dos cônjuges tem filhos de um casamento ou relacionamento anterior. (relação dos possíveis pais exteriores Probabilidade de choques provocados por hábitos e visões conflitantes

36 As famílias reconstituídas estão desenvolvendo tipos de relações familiares que são adições recentes às sociedades ocidentais modernas.

37 Famílias Binucleares Seriam os dois lares que se formam após o divórcio ainda compreendem um sistema familiar onde há filhos envolvidos.

38 Pai Ausente Segunda Guerra Mundial pais pouco viram seus filhos a era do pai ausente. Após esse período a expressão refere-se aos pais que em decorrência do divórcio ou separaçào mantém pouco ou perdem totalmente o contato com seus filhos.

39 Frente a ausência do pai Dennis e Erdos argumentam que garotos que crescem sem a presença paterna terão dificuldades para srem bem-sucedidos. Francis FuKuyama atribui a origem da grande rupturanas famílias à elevação dos níveis de emprego feminino. Ver página 161

40 David Blankenhorn As taxas altas taxas de divórcio estão enfrentando não só a perda dos pais, mas a erosão da idéia da paternidade – o que traria conseqüências letais, pois muitas crianças estão crescendo sem uma figura autoritária a que possa recorrer em momentos de necessidade,

41 Outros estudos sugerem A questão-chave não é se o pai está presente, mas o quanto ele está engajado na vida familiar

42 Irresponsabilidade Moral Será? Alguns autores apontam que geralmente os homens jovens nutrem grande vontade de se tornarem pais. Mas por carecerem de certas habilidades de relacionamento, eles deixam no seu rastro filhos que crescerão raivosos e alienados.

43 Crise de paternidade Fez surgir grupos de auto-ajuda para homens que querem se tornar pais melhores.


Carregar ppt "As Famílias Texto de Apoio Giddens, Anthony. As Famílias. Porto Alegre: Artmed, 2005. Sociólogo britânico, social democrata."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google