A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁSIA E BACIA DO PACíFICO Alessandra, Julia B., Mariana, Mariel e Marina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁSIA E BACIA DO PACíFICO Alessandra, Julia B., Mariana, Mariel e Marina."— Transcrição da apresentação:

1 ÁSIA E BACIA DO PACíFICO Alessandra, Julia B., Mariana, Mariel e Marina

2 O que é ? A Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (APEC), é um bloco que foi criado para promover a abertura de mercados entre 20 países mais Hong Kong.

3 Proposta Principal A proposta principal era criar uma área de livre comércio entre as nações pertencentes ao bloco. Para os países desenvolvidos esta área de livre comércio seria feita até

4 2010 e para o resto dos países, até Seus paises membros pretendem transformá-la em uma gigantesca zona de livre comércio.

5 Países Membros EUA Canadá México Rússia Japão China Taiwan Hong Kong Cingapura Indonésia Malásia Tailândia

6 Austrália Nova Zelândia Papua-Nova Guiné Chile Peru Brunei Vietnã Coréia do Sul Filipinas

7 Fundação Foi criada em 1989, a Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec) é um bloco econômico formado para promover a abertura de mercado entre 20 países e Hong Kong (China), que respondem por cerca de metade do

8 PIB e 40% do comércio mundial. Oficializada em 1993, pretende estabelecer a livre troca de mercadorias entre todos os países do grupo até 2020.

9 Principais Problemas Existem muitas dificuldades em coincidir os interesses de países tão diferentes como Peru, Nova Zelândia, Filipinas e Canadá. Os membros da APEC se reuniram para discutir os

10 problemas que vêm com a globalização e a alta do petróleo, entre outros temas.

11 Pontos Positivos Os Tigres Asiáticos surgiram como plataformas de exportação, orientando a sua economia industrial para os mercados do Ocidente e para o Japão.

12 Ampliou-se o consumo interno de países como Taiwan e Coréia do Sul, onde a renda da população conheceu um forte aumento, as unidades de produção implantadas na região passaram a importar máquinas, equipamentos e serviços das suas matrizes, muitas vezes situadas em

13 outros países asiáticos. Esses fenômenos dinamizam as trocas intra-regionais, configurando um verdadeiro bloco econômico. Criaram-se novos fluxos comercias, na medida em que a retirada de barreiras alfandegárias estimula a

14 importação de mercadorias a custos mais baixos. O forte crescimento do comércio mundial indica que a criação de novas oportunidades de intercâmbio é mais intensa que o redirecionamento de fluxos já existentes.

15 Relação com o Brasil A constituição de uma zona de livre comércio, que marcha para ser uma união alfandegária, incentiva os investimentos internacionais no interior dos limites do bloco, pois as unidades

16 produtivas implantadas em qualquer dos países integrantes do Mercosul se beneficiam da remoção das barreiras para a exportação das suas mercadorias.

17 Curiosidade Antes da criação da APEC falava-se muito na formação de um "bloco asiático" comandado pelo Japão, que seria a grande potência da Ásia e também da Oceania, pois já havia ocupado o antigo lugar privilegiado da Grã-Bretanha nas

18 nas relações comerciais com a Austrália e a Nova Zelândia. Mas o que ocorreu de fato foi a criação de um imenso mercado internacional onde não há um grande líder e sim dois ou três (Estados Unidos, Japão e talvez China). O oceano Pacífico, e não a Ásia, é que acabou sendo o elemento de união desse bloco

19 comercial. Hong Kong, Cingapura, Taiwan e Coréia do Sul (Tigre Asiáticos).


Carregar ppt "ÁSIA E BACIA DO PACíFICO Alessandra, Julia B., Mariana, Mariel e Marina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google