A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profa. Ms. Mari Angela Calderari Oliveira. - Qual o caminho que devo seguir? - - Depende. Para onde você quer ir? - - Para qualquer lugar. - - Se você

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profa. Ms. Mari Angela Calderari Oliveira. - Qual o caminho que devo seguir? - - Depende. Para onde você quer ir? - - Para qualquer lugar. - - Se você"— Transcrição da apresentação:

1 Profa. Ms. Mari Angela Calderari Oliveira

2 - Qual o caminho que devo seguir? - - Depende. Para onde você quer ir? - - Para qualquer lugar. - - Se você quer ir para qualquer lugar, qualquer caminho serve. Alice e o gato maluco( Alice no país das maravilhas,1995)

3 Processo é o transcurso do que vai sucedendo e é uma característica de toda coisa de estar a cada instante de uma forma distinta da anterior. (VISCA, 1987, p.87) Avaliação – diagnóstico A palavra diagnóstico origina-se do grego diagncôtikós e significa discernimento, faculdade de conhecer, de ver através de (Lopes appud Trinca 1989 pg 1)

4 Identificar o sintoma, conhecer o contexto, referenciar uma construção histórica e discernir aspectos, características e relação que compõe o todo, configura-se no que chamamos de processo. Processo diferencia-se de uma ação pontual, pois trata-se de uma seqüência de atuação, que tendem a promover a transformação de uma situação inicial

5 Avaliação Psicológica, antes de tudo,é uma área científica com atuação profissional. Mas o que caracteriza a cientificidade? Trata-se de uma questão Epistemológica Episteme (grego) = conhecimento Logia (helenismo) = área, depois, estudo, teoria Epistemologia = Teoria do Conhecimento

6 AVALIAÇÃOPSICOLÓGICA Campoteórico Método Objeto Objetivovisado Esquema de definição de conhecimento da Avaliação Psicológica (Cruz,2002 ) fenômenos ou processos psicológicos diagnosticar, compreender, avaliar a ocorrência ou prevalência de determinadas condutas sistemas conceituais; estado da arte do conhecimento condições através das quais é possível conhecer ;formas de acesso ao que se pretende conhecer

7 Os fenômenos psicológicos não devem ser observados e concebidos por uma realidade intuída (percepção), mas com realidade instruída. Uma rede se estabelece, de forma revelar uma inteligibilidade lógica,ou possibilidade de sentido sobre a realidade psicológica humana.

8 Superar as relações de determinações entre os fenômenos psicológicos pelas relações entre as variáveis ou fenômenos presentes na situação.- Diagnóstico do sujeito X Sujeito do diagnóstico

9 O conhecimento acerca dos fenômenos psicológicos produzidos no campo de conhecimento designado como Avaliação Psicológica só se torna acessível se transformado em conduta social e profissional dos psicólogos. O profissional psicólogo deve sair de sua função de zelador

10 Entendemos, portanto que a avaliação psicológica é ferramenta indispensável na atividade do psicólogo independentemente de seu campo de atuação ou abordagem teórica. Não podemos conceber uma prática profissional sem que esta anteceda um olhar investigativo o qual deve estar diretamente relacionado aos fenômenos e processos psicológicos que envolvem o nosso objeto de estudo.

11 Portanto, a avaliação psicológica vai além de uma coleta de dados, sobre a qual se organiza um raciocínio. Ela é um momento de transição, como um passaporte para a intervenção posterior. Usa de aproximação sucessiva para entrar em contato com seu objeto de estudo e gerar conhecimento a partir de fatos, fenômenos e processos produzidos pelo próprio objeto de estudo.

12 Dessa forma não podemos mais nos contentar com uma concepção apenas psicométrica da avaliação psicológica, visto estar nela uma prática fundamental para o fortalecimento do caráter científico da Psicologia


Carregar ppt "Profa. Ms. Mari Angela Calderari Oliveira. - Qual o caminho que devo seguir? - - Depende. Para onde você quer ir? - - Para qualquer lugar. - - Se você"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google