A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Virtualização de serviços Conceitos básicos. Hipervisores (classificação) Tipo 1 / Bare metal / Nativo – Instalado diretamente sobre o hardware do servidor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Virtualização de serviços Conceitos básicos. Hipervisores (classificação) Tipo 1 / Bare metal / Nativo – Instalado diretamente sobre o hardware do servidor."— Transcrição da apresentação:

1 Virtualização de serviços Conceitos básicos

2 Hipervisores (classificação) Tipo 1 / Bare metal / Nativo – Instalado diretamente sobre o hardware do servidor – Exemplos: Vmware ESX, Microsoft Hyper-V, Citrix Xen Server, etc. Tipo 2 / Hosted – Executado sobre um sistema operacional, como um processo do mesmo – Exemplos: Oracle VirtualBox, Microsoft Virtual PC, etc.

3 Hipervisores (classificação)

4 Tipos de virtualização Virtualização completa – Abstração completa do hardware – Mais lento que a paravirtualização (antes de existir a virtualização assistida por hardware, com o Intel VT e o AMD-V) – Exemplos: Hyper-V, Vmware ESX, VirtualBox, Xen Server (versão Corporativa), etc.

5 Tipos de virtualização Paravirtualização – Algumas solicitações podem ser executadas diretamente sobre o processador nativo – O sistema operacional (convidado) precisa ser alterado – Exemplo: Xen Server (versão Open Source)

6 Vantagens Migração de máquinas virtuais entre servidores Snapshots das máquinas virtuais Capacidade de expansão do hardware virtual Utilização de switches virtuais para prover isolamento das máquinas virtuais Praticidade para realizar link aggregation e compartilhar entre múltiplas máquinas virtuais Redução do espaço físico, consumo de energia, isolamento dos ambientes de produção e testes, gerenciamento facilitado, facilidade em utilizar HA (alta disponibilidade) e realizar computação em nuvem, etc.

7 Outros tipos de virtualização Nível de sistema operacional – Utilização de mais de uma instância (containers, jails, etc) de user space – O sistema operacional da instância convidado não pode ter o kernel diferente do host – Vantagens: baixo consumo de memória, flexibilidade na utilização de ferramentas de gerenciamento e migração de dados, não necessita da virtualização assistida por hardware, etc. – Exemplos: LXC, OpenVZ, LinuxV-Server, FreeBSD Jail, etc.

8 Virtualização baseada em container

9 OpenVZ Os ambientes virtuais criados são chamados de containers, VE (Virtual Environment) ou como VPS (Virtual Private Server). Cada VPS possui: – Seus próprios processos, usuários e provê acesso completo de root via shell; – seu próprio endereço IP, número de portas, rewall e roteamento; – seus próprios arquivos de conguração para o sistema e aplicações, como também suas próprias bibliotecas de sistema.

10 OpenVZ – cont.

11 Projetos interessantes (virtualização) Switches (Open vSwitch) Emulação de Redes (Mininet) Roteadores (Quagga, Xorp, Bird, Click) Containers (LXC, OpenVZ)


Carregar ppt "Virtualização de serviços Conceitos básicos. Hipervisores (classificação) Tipo 1 / Bare metal / Nativo – Instalado diretamente sobre o hardware do servidor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google