A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

15/01/2011Sociologia e Espiritismo1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) Título da Palestra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "15/01/2011Sociologia e Espiritismo1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) Título da Palestra."— Transcrição da apresentação:

1 15/01/2011Sociologia e Espiritismo1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) Título da Palestra

2 15/01/2011Sociologia e Espiritismo2 Introdução O objetivo deste trabalho é estudar a Sociologia, como ciência, comparando-a com os princípios codificados por Allan Kardec.

3 15/01/2011Sociologia e Espiritismo3 Etimologia sociologia A palavra sociologia é um vocábulo composto da palavra latina societas (sociedade, socius = companheiro) e da palavra grega logos (estudo, ciência). Sociologia Sociologia é o estudo científico das formas fundamentais da convivência humana. sociologia De acordo com T. M. dos Santos em seu Manual de Sociologia, a sociologia é a ciência que tem por objeto o estudo dos fatos sociais.

4 15/01/2011Sociologia e Espiritismo4 É o estudo científico dos fatos sociais. Mas o que é um fato social? fato social Segundo Émile Durkheim, O fato social são todas as formas de associações humanas e as maneiras de agir, sentir, e pensar, padronizados e socialmente sancionadas. Sociologia e Espiritismo Objeto da Sociologia

5 15/01/2011Sociologia e Espiritismo5 Natureza da Sociologia Não é uma ciência normativa. Limita-se a estudar os fatos sociais tais como são. Quer inteirar-se de como é a sociedade e não se propõe o problema de como deve ser. síntese Em síntese: mostra o que é a sociedade e não como deve ser.

6 15/01/2011Sociologia e Espiritismo6 - Nicolau Copérnico ( ) desloca o centro da terra para o Sol. -Francis Bacon ( ) diz que a teologia deve ceder lugar à dúvida metódica. -Vico ( ) expressa que o homem produz a própria história. - Montesquieu ( ) demonstrou que as instituições de sua época eram irracionais e injustas. Sociologia e Espiritismo Mudança do Deve Ser para O Que é: Alguns Nomes

7 15/01/2011Sociologia e Espiritismo7 Positivismo de Augusto Comte ( ) Pretendia oferecer uma coexistência pacífica entre a ordem dos conservadores e o progresso dos revolucionários. A criação da Sociologia tem o objetivo de separar o conhecimento da teologia e da metafísica, dando-lhe um caráter "positivo". Mostra o que é a sociedade (ciência) e não o que deve ser (filosofia).

8 15/01/2011Sociologia e Espiritismo8 Positivismo Positivismo: é uma doutrina que relaciona o conhecimento aos fatos observáveis e às interdependências entre os fenômenos cuja natureza, ou origem, deve ser aceita sem indagação. Espiritismo Espiritismo: Allan Kardec, no capítulo I do livro A Gênese, mostra-nos o caráter científico, positivo, do Espiritismo quando nos remete ao estudo da Revelação. Faz hipóteses, observa e tira conclusões. Sociologia e Espiritismo Caráter Positivo

9 15/01/2011Sociologia e Espiritismo9 Positivismo Positivismo: no campo da religião, o positivismo prega o amor como princípio, a ordem por base e o progresso por fim. Espiritismo Espiritismo: retrata tudo nas leis morais. O Cristo não nos ensinou o amor como princípio de tudo? Diferença Diferença: o positivismo encara o problema do ponto de vista material, sem perspectiva de uma vida passada ou futura. Sociologia e Espiritismo Ordem e Progresso

10 15/01/2011Sociologia e Espiritismo10 Positivismo Positivismo: 1º) teológico ou fetichista; 2º) metafísico ou racional; 3º) científico ou positivo. Comte deu ênfase ao estado positivo, mas criou o religioso, obedecendo à hierarquia católica, com a diferença que os seus deuses são os homens célebres que se foram, tais como Sócrates, Platão, César etc. Espiritismo Espiritismo: aceita os três estados citados, mas nos diz que eles coexistem, inclusive, numa comunidade cientifica. Sociologia e Espiritismo Lei dos Três Estados

11 15/01/2011Sociologia e Espiritismo11 Positivismo Positivismo: a Sociologia observa, formula hipóteses, experimenta e tira conclusões dos fatos sociais. Espiritismo Espiritismo: amplia a visão do fato social, quando o interrelaciona com a palingenesia e a mediunidade. Sociologia e Espiritismo O Fato Social

12 15/01/2011Sociologia e Espiritismo12 Positivismo Positivismo: basear-se-ia no dogma "O que Deus juntou o homem não separe", mostrando estatísticas, costumes e a desobediência humana como elementos condicionantes para o divórcio. Espiritismo Espiritismo: explicar-nos-ia que a constituição de uma família está conectada com "fatos" de outras existências e que o divórcio deveria ser protelado o máximo possível. Sociologia e Espiritismo Indissolubilidade do Casamento

13 15/01/2011Sociologia e Espiritismo13 Quando a humanidade estiver sintonizada com a fraternidade universal, compreenderemos que o "fato social" tem dimensão cósmica e como tal, refletiremos melhor em nossa ação individual, procurando influenciar de maneira saudável o nosso próximo, o mundo que nos rodeia e o cosmo que nos absorve. Sociologia e Espiritismo Conclusão

14 15/01/2011Sociologia e Espiritismo14 AMORIM, D. O Espiritismo e os Problemas Humanos. São Paulo, USE, KARDEC, A. A Gênese - Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo. 17. ed., Rio de Janeiro, FEB, KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. 8. ed., São Paulo, FEESP, MARTINS, C. B. O Que é Sociologia. 16. ed., São Paulo, Brasiliense, 1987 (Coleção Primeiros Passos, n.º 57) PIRES, J. H. Introdução à Filosofia Espírita. São Paulo, Paidéia, SANTOS, T. M. Manual de Sociologia - Introdução Didática ao Estudo da Sociologia. 4. ed., São Paulo, Editora Nacional, Texto em HTMLHTML e-espiritismo.htm Sociologia e Espiritismo Bibliografia Consultada


Carregar ppt "15/01/2011Sociologia e Espiritismo1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) Título da Palestra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google