A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O ESPELHO. Quatro ou cinco homens conversando e debatendo, sobre algumas questões da alma, e do universo em geral, quando o ouvinte chamado Jacobina,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O ESPELHO. Quatro ou cinco homens conversando e debatendo, sobre algumas questões da alma, e do universo em geral, quando o ouvinte chamado Jacobina,"— Transcrição da apresentação:

1 O ESPELHO

2 Quatro ou cinco homens conversando e debatendo, sobre algumas questões da alma, e do universo em geral, quando o ouvinte chamado Jacobina, conhecido por ser irritante, não gostava de debater, mas algo chamou sua atenção, então ele passa de ouvinte a palestrante e conto um fato que aconteceu em sua juventude, com 25 anos de idade, que foi quando foi nomeado alferes da Guarda Nacional, então passou a ser mimado, por sua família,e também a ser chamado apenas de alferes. Então ele é convidado a passar, algumas semanas, no sítio de sua tia Marcolina, e ganha um espelho o qual é colocado em seu quarto. Mas, acontece que tia, tem que deixar o sítio por alguns dias, e o deixa sob a guarda de Jacobina, o tempo acaba sendo maior e para agüentar a solidão, resolve olhar no espelho. No começo vê uma imagem desfocada, mas ao colocar a farda vê uma imagem nítida. Ele finaliza a história dizendo que o melhor remédio que encontrara para acabar com a solidão era a certa hora do dia, por no mínimo duas horas, se olhar no espelho vestido com a farda de sua patente. O autor finaliza o texto, explicando que Jacobina, descobriu que possui duas almas a da essência e a da aparência. Esta última era a que dependia do uniforme, realizando-se conforme o que aparentava ser.

3 Trata da velha oposição entre essência e aparência.

4 O tema que o texto aborda, é bastante interessante, com a atenção voltada para os personagens, além da história contada envolver temas da atualidade, onde se encaixariam as questões da alma.

5 -Características: -Visão do mundo: pessimismo, humor, denuncia da hipocrisia e do egoísmo. -Personagens: Paixão pelo dinheiro, hipocrisia, egoísmo, vaidade, dissimulação, medo da opinião alheia. -Temática: verdade, a loucura, o tédio, relatividade dos valores morais, contradição entre essência e aparência (uso das mascaras sociais) -Processo narrativo: Interlocução, interferência do narrador, mais reflexão do que ação e metalinguagem. -Quais características estão apresentadas no texto: todas.

6 A relação descrita é a dos alferes que existiam naquela época com o personagem principal do texto, Jacobina.

7 Os personagens são os cinco cavalheiros, Jacobina, e sua tia Marcolina.

8 Os cinco cavalheiros, não apresentam muitos aspectos no texto, aparecem apenas no começo, como homens de boa conduta.

9 É considerado um homem irritante, inteligente, astuto e cáustico.Não gosta de discutir, e defendia o paradoxo.Foi um alferes, na sua época de jovem.Tinha um aspecto psicológico duplo, que é quando descobre suas duas almas a essência (que é quem ele era antes de ser alferes e ser mimado pela família a pessoa real) e a aparência ( que é depois de ter virado alferes e ter começado a ser tratado com mimos quem ele se tornou).

10 Tia Marcolina é a típica tia puxa saco.Tem aspecto de uma pessoa boa, vive mimando seu sobrinho, e também o presenteia com um espelho.

11 Sim. Há ironia é a questão da essência e aparência, que Jacobina descobre sua suposta segunda alma.

12 O narrador é observador e personagem, pois ele conta e participa da história.. Além de ser onisciente e saber da vida de todos e de tudo que se passa no conto.

13 O espelho representa no conto o reflexo da alma. da alma

14 Grupo: Júlia16 Letícia 18 Eloísa 7 Isabela15 Karoline36 1°2


Carregar ppt "O ESPELHO. Quatro ou cinco homens conversando e debatendo, sobre algumas questões da alma, e do universo em geral, quando o ouvinte chamado Jacobina,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google