A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Terceiro Trimestre de 2011 O ministério cristão 2.Proclamação Aconselhamento Intercessão 3.Adoração 1.Serviço Social Ensino Mordomia Liderança Quinto domingo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Terceiro Trimestre de 2011 O ministério cristão 2.Proclamação Aconselhamento Intercessão 3.Adoração 1.Serviço Social Ensino Mordomia Liderança Quinto domingo."— Transcrição da apresentação:

1 Terceiro Trimestre de 2011 O ministério cristão 2.Proclamação Aconselhamento Intercessão 3.Adoração 1.Serviço Social Ensino Mordomia Liderança Quinto domingo 07.Ago.2011

2 Estudo 06 Entrai em seus átrios com louvor O ministério da adoração Textos bíblicos: Êx Sa Mt Ef Ts Rm Ap Texto áureo: Mt 26.30: E tendo cantado um hino, sairam para o Monte das Oliveiras.

3 Introdução (I) O louvor é uma homenagem/adoração alegre, sincera e verdadeira (expressa por palavras, ações ou atitudes), que deve ser prestada a Deus em reconhecimento à sua pessoa divina e em gratidão ao seu amor para conosco. O louvor, então, deve estar centrado na natureza, no caráter e nas ações de Deus! Uma das definições da palavra, LOUVOR, seria: A homenagem prestada a Deus por suas criaturas, em adoração à sua pessoa e em ações de graças por seus favores e bênçãos.

4 Aliás, Davi, de tal maneira se identificou com este ministério que a maioria dos seus salmos são dedicados ao louvor e a exaltação ao Senhor Deus de Israel. Mais tarde a igreja cristã vai dar início à manifestação de louvor em seus cultos, como podemos abstrair das recomendações de Paulo aos crentes sobre a prática do louvor através dos canticos espirituais. Introdução (II) Biblicamente, o louvor foi um dos primeiros ministérios criados para o templo, ainda em Jerusalém. Em 1Crônicas 25, Davi define claramente a presença desse ministério dentro da casa do Senhor.

5 Introdução (III) Os textos que vamos ler nos evidenciarão a importância que se deu ao ministério do louvor na formação inicial da igreja de Cristo: Se ele foi um dos primeiros ministérios instituidos no templo, será também o único que se apresentará na eternidade (Ap 4.1-3). O louvor a Deus vai se tornar uma ação normal na vida do crente, como se depreende do texto de Atos 2.46,47: E perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus!

6 Os textos que serão pesquisados demonstrarão claramente como na Palavra de Deus o ato do louvor foi se tornando algo presente e marcante na vida dos crentes, desde os tempos antigos: 1 – Em Ex , ele surge espontâneo com Moisés; 2 – Em 1Sa , ele surge como elemento de paz; 3 – Em Mt , ele surge mesmo na dificuldade; 4 – Em Ef , ele surge no conselho do apóstolo; 5 – Em 2Ts , ele surge como expressão vocal; 6 – Em Rm , ele surge como um hino de vitória; 7 – Em Ap , ele surge na celebração celestial. Tais textos fundamentarão para nós o exercício do Ministério do Louvor na igreja de Cristo. Introdução (IV)

7 Vamos abrir as nossas Bíblias e acompanhar com a leitura atenta os ensinamentos nela contidos sobre a prática do ministério do louvor: Vamos ler os textos indicados com a certeza de que o Senhor nos estará ensinando sempre o melhor louvor.

8 Moisés diante da vitória alcançada com a travessia do Mar Vermelho canta um hino de louvor: Então cantaram Moisés e os filhos de Israel este cântico ao Senhor, dizendo: Cantarei ao Senhor... Ministério Cristão 1)O louvor como reconhecimento ao poder de Deus Ex

9 Ministério Cristão 2) O louvor como instrumento de paz 1Sa O louvor trazia a paz ao coração de Saul: E quando o espírito maligno da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito maligno se retirava dele.

10 Ministério Cristão 3) Louvor como preparo espiritual Mt Até Cristo sentiu a necessidade dele no momento difícil que enfrentava! 30. E, tendo cantado um hino, sairam para o Monte das Oliveiras.

11 Ministério Cristão 4) Paulo aconselha a sua prática na igreja Ef E não vos embriagueis com o vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, 19. Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, 20. sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, 21. sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo

12 Ministério Cristão 5 – Paulo fala dele como expressão vocal; 2Ts Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos, amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade, 14. e para isso vos chamou pelo nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. 15. Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. 16. E o próprio Senhor nosso, Jesus Cristo, e Deus nosso Pai que nos amou e pela graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, 17. console os vossos corações e os confirme em toda boa obra e palavra.

13 Ministério Cristão 6 – Paulo o revela como um hino de vitória Rm Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. 37. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. 38. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, 39. nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

14 1.E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai. 2. E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um grande trovão; e a voz que ouvi era como de harpistas, que tocavam as suas harpas. 3. E cantavam um cântico novo diante do trono, e diante dos quatro seres viventes e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil, aqueles que foram comprados da terra. Ministério Cristão 7 – Na visão de João, ele surge na celebração celestial Ap

15 Conclusão 1.Qual é para você o valor do louvor? 2.Você, intimamente, louva a Deus? 3. Ou você reserva o seu louvor apenas para os cultos públicos na igreja? 4. Como você vê certos exageros a título de louvor? 5.Como está o ministério do louvor em sua igreja ?


Carregar ppt "Terceiro Trimestre de 2011 O ministério cristão 2.Proclamação Aconselhamento Intercessão 3.Adoração 1.Serviço Social Ensino Mordomia Liderança Quinto domingo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google