A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Administração e Projeto de Redes Material de estudo para Tecnologia em Processamento de Dados Volume 4 28/02/2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Administração e Projeto de Redes Material de estudo para Tecnologia em Processamento de Dados Volume 4 28/02/2006."— Transcrição da apresentação:

1 Administração e Projeto de Redes Material de estudo para Tecnologia em Processamento de Dados Volume 4 28/02/2006

2 Semestre 1 Tópico 12 Soares: Tópico 6.3

3 3 Cabeamento estruturado Tendências Tecnológicas Um sistema de cabeamento estruturado deve, se possível, suportar altas taxas transmissão e deve ser implementado como uma estrela hierárquica. Uso crescente de fibras ópticas. Utiliza um conjunto de subsistemas de cabeamento para criar uma infra-estrutura hierárquica capaz de se adaptar às mudanças de tecnologia e de ambiente e, ainda, facilitar a detecção e correção de falhas e manutenção. Norma EIA/TIA 568

4 4 Cabeamento estruturado Subsistemas de Cabeamento Estruturado Em um projeto de cabeamento estruturado deve-se: Dividir a área a ser coberta em subsistemas (ou áreas de cabeamento). Especificar os pontos de transição entre esses subsistemas. Estes subsistemas podem ser implementados por etapas ou como uma solução completa.

5 5 Visão geral: Cabeamento estruturado

6 6 Área 1: Local (área de trabalho) Área de trabalho: Cabeamento entre os dispositivos e as tomadas de parede. Cada tomada deve possuir, no mínimo, dois tipos de acesso: dados e voz. Deve existir no mínimo uma tomada para cada área de trabalho de 10 m 2 Comprimento máximo para cabo patch UTP: 3m.

7 7 Tipos de cabo Área 1 Cabo UTP de 100 ohms com 4 pares (24 AWG) Cabo STP de 150 ohms com 2 pares de acordo com IEEE Fibra óptica O mais empregado atualmente é o cabo UTP CAT 5E com conector RJ-45 8 pinos Cabo UTP RJ-45

8 8 Área 2: Sistema de Distribuição Horizontal Sistema de distribuição horizontal: Estende-se do centro de fios onde estão instalados os blocos de distribuição e equipamentos de rede, até a área de trabalho Normalmente, cobre apenas um andar, e os cabos são terminados em conector ou tomada de parede Cabo UTP de 100 ohms com 4 pares (24 AWG) Cabo STP de 150 ohms com 2 pares de acordo com IEEE Fibra óptica.

9 9 Área 2: Sistema de Distribuição Horizontal Sistema de distribuição horizontal: Segmento D: comprimento máximo de 90 m (distância entre o quadro de distribuição e cada tomada). C 6 m C + F 10m Centro de fios do andar

10 10 As conexões dos equipamentos podem ser feitas em dois esquemas: Área 2: Tipos de conexão

11 11 patch panel fixo 48 portas patch panel modular 12 portas Área 2: Patch panels Para montagem em rack padrão 19 De sobrepor.

12 12 Área 2: Bloco 110 Uma alternativa ao uso de patch panels

13 13 Conexões intermediárias Área 2: Sistema de Distribuição Horizontal: A norma permite um único ponto de transição não- cruzada entre o patch-panel do centro de fios e a tomada de comunicação na área de trabalho, chamado de ponto de consolidação (uso de cabo multi-par). Centro de fiosÁrea de trabalho

14 14 Tipos de instalação Área 2: Sistema de Distribuição Horizontal: Tipos de Instalação Embutido no piso Piso elevado Forro Canaletas Deve seguir as recomendações da Norma TIA/EIA 569-A

15 15 Área 2: Instalação embutida no piso

16 16 Área 2: Instalação em piso elevado

17 17 Área 2: Instalação no forro

18 18 Área 2: Instalação em canaletas

19 19 Área 2: Centro de fios Área 2: Sistema de Distribuição Horizontal: O Centro de Fios abriga equipamentos, a transição entre o cabeamento horizontal e o de backbone de um prédio e os patch panels de distribuição do cabeamento horizontal Deve ser projetada de acordo com a Norma TIA/EIA- 569-A Deve existir uma sala de telecomunicações para cada 1000m 2 de área atendida Dimensão das sala de telecomunicações:

20 20 Área 3: Backbone – Distribuição vertical Área 3: Backbone - Sistema de Distribuição Vertical: Cabeamento vertical dentro de edifícios usado na interconexão dos andares Possui uma sala de telecomunicações principal. SALA DE TELECOMUNICAÇÕES PRINCIPAL DO PRÉDIO

21 21 Área 3: Sala de telecomunicações Área 3: Sistema de Distribuição Vertical: A Sala de Telecomunicações Principal do prédio abriga os cabos de entrada da rede backbone do campus Deve possuir uma área mínima de 7 m2 Tipos de cabos para a área 3: Fibra óptica Cabo UTP de 100 ohms multipar Cabo UTP de 100 ohms com 4 pares (24 AWG) Comprimento máximo de 500 m (distância entre o quadro de distribuição do prédio e os quadros de distribuição intermediários).

22 22 Área 4: Cabeamento entre edifícios Área 4: Sistema de Distribuição do Campus: Cabeamento entre edifícios. Fibra óptica multimodo ou monomodo Comprimento máximo de 2000 m.

23 23 Estrutura hierárquica de cabeamento


Carregar ppt "Administração e Projeto de Redes Material de estudo para Tecnologia em Processamento de Dados Volume 4 28/02/2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google