A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DESENVOLVIMENTO DOS ANFÍBIOS. QUEM SÃO OS ANFÍBIOS? Os anfíbios (Amphibia), também conhecidos como batráquios, representam uma verdadeira ponte evolutiva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DESENVOLVIMENTO DOS ANFÍBIOS. QUEM SÃO OS ANFÍBIOS? Os anfíbios (Amphibia), também conhecidos como batráquios, representam uma verdadeira ponte evolutiva."— Transcrição da apresentação:

1 DESENVOLVIMENTO DOS ANFÍBIOS

2 QUEM SÃO OS ANFÍBIOS? Os anfíbios (Amphibia), também conhecidos como batráquios, representam uma verdadeira ponte evolutiva entre os peixes e os répteis;. A palavra anfíbio origina-se do grego e significa vida dupla: (anfi = duas; bio = vida); São animais pecilotérmicos; Possuem hábitos diurnos e noturnos;

3 Ovo heterolécito (moderada quantidade de vitelo); Seus ovos apresentam diâmetro de 1 a 3 mm; Grande quantidade de ovos depositados em cada postura; Os ovos dos anfíbios não necessitam de anexos embrionários adaptativos; O ovo apresenta além da membrana plasmática, o cório, a casca e ganga;

4 Possuem pele muito fina e permeável (troca de gases e líquido); Vivem em proximidade da água; São criados para fins comerciais, científicos e de lazer;

5

6 Três ordens: Anura (sem cauda – sapos, rãs e pererecas);

7 Urodela (com cauda – salamandras e tritões); Apoda (sem pernas e vermiformes – cobras- cegas ou cecílias);

8 MATURAÇÃO E FECUNDAÇÃO Prodominantemente externa; São os únicos vertebrados que passam por uma metamorfose em seu desenvolvimento; A sequência é ovo-larva-girino-imago-adulto.

9

10 O ovócito apresenta dois pólos, o dorsal (pólo animal) e o ventral (pólo vegetal); O espermatozóide 1º membrana gelatinosa, 2º membrana plasmática; Fecundação - Sequência de eventos moleculares coordenados que se inicia com o contato do espermatozóide e um ovócito e termina com a mistura dos cromossomos; Após a penetração da cabeça do espermatozóide o mesmo perde a cauda;

11

12

13

14 SEGMENTAÇÃO OU CLIVAGEM Ovo heterolécito – segmentação será total e desigual; 1º sulco é notado 2 horas e meia, a 18ºC, após fecundação, vai se aprofundando do pólo animal até atravessar todo pólo vegetal, resultando 2 células-filhas, os 2 primeiros blastômeros;

15

16

17 BLÁSTULA A Blastocele começa a surgir já na fase de oito blastômeros, colocada, no pólo animal. Posição devido a maior concentração de vitelo, maior peso, no pólo vegetal; Com 9 horas, blástula inicial; Com 14 horas, blástula intermediária; Blástula final com horas.

18

19 GASTRULAÇÃO Ectoderme: originará a camada de revestimento externo e o sistema nervoso; Mesoderme: originará os músculos, o sistema esquelético, a derme, o sistema cardiovascular e o sistema urogenital; Endoderme: originará o revestimento interno do tubo digestivo e suas glândulas anexas, além do sistema respiratório.

20

21

22

23 NÊURULA Com 40 horas de desenvolvimento, o embrião já entra em sua fase de nêurula, e esse processo estará em fase final em torno das 50 horas; O que mais chama atenção externamente é o desenvolvimento do sistema nervoso; Por indução da notocorda, a ectoderme suprajacente a ela se espessa e forma a placa neural.

24 QUESTÕES 1. Quais são as estruturas que o ovo do anfíbio apresenta? 2. Onde se dá a fecundação dos anfíbios? 3. Qual a diferença entre a fecundação dos anfíbios e mamíferos? 4. Quais os folhetos germinativos que ocorre na gastrulação?

25 5. Cite o que originará cada folheto. 6. Quais são os pólos que o ovo de anfíbio apresentam? 7. Quais as diferenças entre os pólos? 8. Qual a função da pele dos anfíbios? 9. O que é a ganga? 10. A blástula surge em que fase?

26 OBRIGADA!

27 DESENVOLVIMENTO DAS AVES

28 QUEM SÃO AS AVES? As aves constituem um dos grupos de animais mais bem conhecidos e mais facilmente identificáveis; São os únicos vertebrados cobertos de penas; Membros anteriores evoluíram para asas; Membros posteriores usados para locomoção bípede; Endotérmicos (controle da temperatura corporal);

29 Possuem penas e bicos; Põem ovos (vários tamanhos e cores); Patas traseiras cobertas por escamas; Boa visão e audição bem apurada; A maioria das aves voam; Possuem sacos aéreos (voo e respiração); Ossos pneumáticos;

30 APARELHO REPRODUTOR FEMININO NAS AVES Consta de um ovário e um oviduto situados no lado esquerdo do corpo; Aves que iniciou postura, apresenta ovócitos em várias fases de maturação; O oviduto consta das seguintes partes: Pavilhão ou Infundíbulo, Magno, Istmo, Útero e Vagina.

31

32 POSTURA O ovo de uma ave recém-depositado consta das seguintes parte: casca, membranas da casca, albúmen (clara) e vitelo (gema); A gema flutuante na clara apresenta um pequeno disco esbranquiçado, a cicatrícula Em aves, quando o ovo é depositado, ele já se encontra em desenvolvimento; A cicatrícula corresponde à parte viva do ovo, à parte do citoplasma ativo do ovo recém-ovulado;

33 FECUNDAÇÃO O tempo de vida do espermatozóide no interior da galinha é de aproximadamente três semanas; A fecundação ocorre no infundíbulo;

34 CLIVAGEM A clivagem do ovo de aves é meroblástica, isto é, parcial, ocorrendo na região da cicatrícula (que contém o citoplasma ativo), pois, devido à grande quantidade de vitelo, o fuso de segmentação não consegue ultrapassá-lo; Como essa segmentação limita-se ao disco germinativo, ela é meroblástica e discoidal; A primeira clivagem ocorre logo que o ovo atinge o istmo, mais ou menos três horas após a fecundação;

35 Após a terceira clivagem, o ovo deixa o istmo e quatro horas depois atinge o útero; A cicatrícula agora passa a se chamar blastoderme ou blastodisco ;

36 MOVIMENTOS DA GASTRULAÇÃO Após a postura, os ovos de aves devem ser incubados para prosseguirem seu desenvolvimento; Temperatura ideal para incubação é de 37,5ºC; Período de incubação de 21 dias nas galinhas; A gastrulação inicia-se nas primeiras horas de incubação com a formação da linha primitiva;

37 O processo de gastrulação caracteriza-se por uma série de movimentos e rearranjos das células embrionárias, originando uma larva ou estabelecendo o plano corporal adulto; Uma única camada de células, a blastoderme, origina três camadas germinativas: ectoderme, mesoderme e endoderme; A linha primitiva resulta da proliferação e migração das células do epiblasto para o plano mediano do disco embrionário.

38 Principais Eventos: 1.Formação da linha primitiva 2.Formação do processo notocordal 3.Formação do ectoderma, mesoderma e endoderma Endoderma SNC SNP Epiderme EctodermaMesoderma Tecido Muscular Tecidos Conjuntivos Vasos Sangüíneos Trato Respiratório Trato Gastrintestinal Glândulas Assessórias 1.Formação da linha primitiva Proliferação celular na superfície do epiblasto Linha média longitudinal do disco embrionário Faixa linear espessa Linha primitiva Sulco Primitivo – na porção média - Fosseta Primitiva Nó primitivo – na extremidade cefálica Desaparecimento na 4ª semana

39 - Proliferação e migração de células do epiblastosulco primitivo - Rede de tecido conjuntivo frouxo: mesoblasto - Entre o epiblasto e o hipoblasto Mesoderma intra- embrionário: Invaginação do epiblasto Endoderma intra- embrionário: Deslocamento do hipoblasto - Teto do saco vitelino Ectoderma intra- embrionário: Células remanescentes 2. Formação Processo notocordal Algumas células mesenquimais migram cefalicamente do nó e da fosseta primitivos, formando um cordão celular mediano, o processo notocordal. Esse processo logo adquire a luz, o canal notocordal. O prodesso notocordal cresce cefalicamente entre o ectoderma e o endoderma até alcançar a placa pré-cordal, uma pequena área circular de células. 3. Formação do ectoderma, mesoderma e endoderma

40

41

42

43 NEURULAÇÃO Após 20 horas de incubação, simultaneamente com a regressão da linha primitiva, começa-se a notar um espessamento na região anterior do germe. Trata-se da placa neural que está sendo formada por indução da notocorda subjacente. As regiões laterais da placa neural levantam-se em pregas neurais, as quais, após fusionarem-se, estabelecem o tubo neural que originará o cérebro.

44 ANEXOS EMBRIONÁRIOS No início do desenvolvimento, não há limites precisos entre áreas embrionárias e extra- embrionárias. Começam a surgir com o modelamento do corpo do embrião.

45 ÂMNIO E SEROSA O âmnio é um fino saco membranoso que envolve todo o embrião e se torna contínuo com o corpo embrionário na região correspondente ao umbigo; Começa a ser formado com 30 a 33 horas de incubação, consiste de uma dobra ectodérmica; A parte externa das dobras amnióticas constituem a serosa; Protege o embrião contra o dessecamento.

46 VESÍCULA VITELÍNICA O saco vitelínico permanece conectado com o intestino por meio do pedúnculo do saco vitelínico até ser completamente absorvido pelo embrião. A completa absorção pode ser terminalizada após a eclosão; O vitelo é absorvido e transportado em solução para o embrião pelas veias vitelínicas; A vesícula vitelínica representa o órgão nutritivo do embrião.

47 VESÍCULA ALANTÓICA A parede do alantóide é constituída de endoderme no interior, é perfeitamente visível à direita do embrião; A vesícula alantóica envolve o âmnio e o saco vitelínico e empurra o albúmen para a extremidade menor do ovo. O embrião fica, na realidade, envolvido diretamente pelo âmnio e em seguida pelo alantóide;

48 Funções: Órgão respiratório; Alantóide e saco de albúmen (aproximação permite absorção do albúmen); Alantóide e casca (aproximação permite a absorção de sais de cálcio); e órgão de armazenamento de excretas.

49 QUESTÕES 1.De que consta o aparelho reprodutor feminino das aves e onde está situado? 2. Quais as partes que compõe o oviduto? 3. Onde se dá a fecundação das aves? Qual o tempo de vida do espermatozóide no interior da galinha? 4. Qual a temperatura ideal para incubação? Qual o período de incubação da galinha?

50 5. Quais as partes que compõe o ovo de uma ave recém-depositado? 6. A gastrulação se inicia com a formação de que estrutura? 7. Onde ocorre a primeira clivagem? Após a terceira clivagem que estrutura o ovo atinge? 8. Quais são os anexos embionários e suas funções?

51 OBRIGADA!


Carregar ppt "DESENVOLVIMENTO DOS ANFÍBIOS. QUEM SÃO OS ANFÍBIOS? Os anfíbios (Amphibia), também conhecidos como batráquios, representam uma verdadeira ponte evolutiva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google