A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A crise De 1998 a 2005, houve queda nas capitais brasileiras da quantidade de passageiros transportados nos Sistemas de Transporte Público de Passageiros.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A crise De 1998 a 2005, houve queda nas capitais brasileiras da quantidade de passageiros transportados nos Sistemas de Transporte Público de Passageiros."— Transcrição da apresentação:

1 A crise De 1998 a 2005, houve queda nas capitais brasileiras da quantidade de passageiros transportados nos Sistemas de Transporte Público de Passageiros no Brasil; Aumento explosivo de veículos privados;

2 A tentativa de resposta Mudanças na organização do sistema buscando: Melhoria da qualidade dos veículos e da operação; Melhoria da Infraestrutura viaria e arquitetura das linhas; Integração física e tarifaria

3 Integração de Sistemas de Transporte de Passageiros

4 Estratégia que tenta ao mesmo tempo fornecer maior acessibilidade e mobilidade aos usuários e racionalizar a oferta dos serviços de transportes.

5 O que se espera da integração? Reduzir os gastos dos usuários decorrentes da necessidade de transferências entre linhas; Facilitar o acesso dos usuários às linhas ou redes de transporte de alta capacidade e maior velocidade (geralmente as troncais e as metro-ferroviárias); Aumentar o conforto e reduzir os tempos de viagem e custos de operação (ex: Eficiência Energética);

6 O que se espera da integração? Reduzir o fluxo de veículos nos pontos de parada ou terminais da área central; Desenvolver pólos de comércio e serviço em torno dos terminais de integração; Universalizar a mobilidade e a melhoria da acessibilidade e cobertura urbana do Sistema.

7 Ganhos para o usuário Entre as alternativas de ganho para o usuário se destaca a redução do tempo de viagem, dos gastos com transportes e o aumento da acessibilidade e da segurança (ANTP, 1999)

8 Integração Ideal não é simples Deve acontecer na forma física, operacional, tarifária e institucional, o que a torna cada vez mais complexa, pois quanto mais ampla, maior será o número de entidades e atores envolvidos, muitas vezes com interesses distintos (ANTP, 2007).

9 João Alberto Manaus Corrêa


Carregar ppt "A crise De 1998 a 2005, houve queda nas capitais brasileiras da quantidade de passageiros transportados nos Sistemas de Transporte Público de Passageiros."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google