A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 SANTIDADE NA MISSÃO SALESIANOS COOPERADORES SC Antonio Rodrigues da Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 SANTIDADE NA MISSÃO SALESIANOS COOPERADORES SC Antonio Rodrigues da Silva."— Transcrição da apresentação:

1

2 1 SANTIDADE NA MISSÃO SALESIANOS COOPERADORES SC Antonio Rodrigues da Silva

3 2 A Missão Primeira de quem se faz Salesiano. SANTIDADE

4 3 Este subsídio é uma síntese elaborada, não só, mas, a partir da Carta da Missão da Família Salesiana. Legado inspirador de Dom Juan Edmond Vecchi – VIII Sucessor de Dom Bosco – sobretudo, aos Responsáveis nos diversos níveis da vida de cada Grupo.

5 4 A Carta da Missão da FS leva-nos a uma profunda reflexão sobre aquilo que somos, aquilo que queremos ser e àquilo que devemos ser. Só daí então, com firmes propósitos de renovação, seremos realmente fiéis ao Espírito que suscitou o carisma salesiano na Igreja como dom para o mundo.

6 5 MISSÃO

7 6 Sob o prisma da Missão refletiremos a nossa Santidade.

8 7 Sob prisma da Santidade refletiremos a nossa Missão.

9 8 SANTIDADE e MISSÃO São conceitos interdependentes.

10 9 A missão, recebemo-la no Batismo, confirmamo-la no Crisma e reconhecemo-la quando, respondendo um chamado especial de Deus, Ele no-la indica qual seja. Scards

11 10 Ninguém se santifica sem discernir, Identificar, acolher e assumir a missão que lhe é atribuída.

12 11 Muitos são os chamados, poucos são os escolhidos. Mt 22, 14

13 12 Diante do altar, ao assumir o Compromisso, torno-me: Missionário (a) Salesiano (a). Esta é a Missão para a qual Deus me chamou e que eu acabo de assumir. É nela que eu devo perseverar, me santificar, me salvar, levando comigo os jovens que me forem confiados. A missão do (a) Salesiano (a) Cooperador (a)

14 13 Deus colocou-nos no mundo para os outros. A Missão segundo Dom Bosco

15 14 Eu vim para que todos tenham vida e vida em plenitude. Jo 10, 10 A missão segundo Jesus Cristo.

16 15 Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio. Jo 20, 21 b Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Mc 16, 15 A missão dada aos Discípulos.

17 16 __ Eis o teu campo, onde deves trabalhar. A missão dada a Dom Bosco.

18 17 Torna-te humilde, forte, robusto; e o que vês agora acontecer a estes animais, deves fazê-lo aos meus filhos.

19 18 Salesianos Cooperadores, chamados, pois, a ser Missionários Salesianos, busquemos na origem a força do carisma que nos incita e da espiritualidade que nos santifica.

20 19 1 ª Expedição Missionária – Dom Cagliero, à esquerda, recebe as Constituições Salesianas das mãos de D Bosco. 11 – 11 – 1875

21 20 Recomendações de Dom Bosco a estes primeiros Missionários Salesianos: Dêem especial atenção aos meninos, aos pobres, aos doentes e aos idosos e atrairão para si as graças de Deus e a benevolência dos homens.

22 21 A 14 – 11 – 1877 – embarcaram em Gênova, no navio Savoie, com destino ao Uruguai. em meio à neve, saem de Mornese as primeiras missionárias FMA

23 22 À bordo, Mazzarello abraçou uma a uma as suas Filhas, dirigiu a cada uma delas uma palavrinha, a última, com um acento de ternura inexprimível.

24 23... entendamos como dirigidas também a nós, estas sérias e sábias recomendações, posto que, a Missão é a mesma e, assim como os pioneiros SDB e FMA, devemos abraçá- la com todo ardor e vigor.

25 24 Sombras e luzes no caminho da Santidade

26 25 Nenhum de nós pode ignorar que em nas nossas realidades, juntamente com muitas luzes, existe também muitas sombras.

27 26 O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; Is 9, 1 Sobre aqueles que habitavam uma região tenebrosa uma luz resplandeceu

28 27 A grande luz que deve iluminar-nos, dissipando toda treva, é a nossa espiritualidade:

29 28 Como filhos e filhas de Dom Bosco sua espiritualidade é a nossa espiritualidade. Cetera Tolle Lema sacerdotal de Dom Bosco. dá-me almas e fica com o resto. Seu lema é o nosso lema.

30 29 Esta paixão encerra o espírito que deve caracterizar todos os membros e grupos desta nossa Família. Dom Pascual Chàvez Estréia 2009 A paixão do da mihi animas cetera tolle deve ser coração e motor de toda a Família Salesiana.

31 30 UM VASTO MOVIMENTO DE PESSOAS PARA A SALVAÇÃO DOS JOVENS. SDB FMA SSCC OUTROS GRUPOS JOVENS MISSÃO PIC

32 31 Sem vocês pouco ou nada eu teria feito. Juntos, quantas lágrimas enxugamos e quantas almas enviamos para o céu. Dom Bosco numa das suas últimas Conferências aos Salesianos Cooperadores. Turim – IT – 1887 Dom Bosco, humildemente, definiu a autenticidade da nossa missão e a viabilidade da nossa santidade:

33 32 Juntos é, pois, a palavra de ordem.

34 33 em comunhão de Família!Juntos quer dizer:

35 34 SANTIDADE Deve brotar do coração de cada um e correr no sentido da Associação.

36 35 uma Associação santa tem o perfil de um Oratório Festivo: – Casa que acolhe; – Paróquia que evangeliza; – Pátio para se encontrar como amigos e viver com alegria; – Escola que encaminha para a vida.

37 36 SANTIDADE É a busca constante do Reino de Deus.

38 37 e tudo o mais vos será acrescentado. Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça Mt 6, 33

39 38 A riqueza mais autêntica da Família Santidade A mais autêntica riqueza da Família Salesiana.

40 39 a santidade na missão deve levar-nos a imitar aqueles que já experimentaram a santidade dessa missão. Scards

41 40 Antes morrer do que pecar. P P A O / AP

42 41 Uma homilia muito especial A santidade é possível e há um grande prêmio no céu para quem se tornar santo.

43 42 Dom Bosco, ensina-me a ser santo.

44 43 A receita da Santidade consiste em: Viver na alegria e empenhar-se em fazer bem feitas as atribuições da tua responsabilidade.

45 44 Façam o bem enquanto há tempo!

46 45 Fujam da auto-suficiência!

47 46 BV MARIA ROMERO Põe tua mão Mãe Rainha, põe tua mão antes da minha!

48 47 A santidade depende menos daquilo que fazemos que da maneira como o fazemos.

49 48 Santidade não consiste em fazer coisas extra- ordinárias, mas sim em fazer as coisas ordinárias de maneira extra-ordinária. João Paulo II

50 49 O gesto do Lava-pés é o convite à humildade necessária para o serviço aos irmãos. Santidade é dom e serviço.

51 50 Jesus, manso e humilde de Coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso!

52 51 O Dom Bosco que os jovens precisam é o Dom Bosco dos momentos de emergência, o Dom Bosco que arregaça as mangas.... Dom Luís Ricceri VI Sucessor de Dom Bosco a 1977 Santidade é ação.

53 52 Não tenho outra finalidade na vida que a de dar glórias a Deus e salvar almas para Ele. HP

54 53 Uma alma vale por uma diocese. S F de Sales

55 54 Zatti O que não serve para a eternidade não serve para nada.

56 55 O bom falar nos leva à Santidade e a recíproca é verdadeira.

57 56 O uso do cachimbo faz a boca torta.

58 57 As doenças que arruínam o mundo são: a imoralidade, a incredulidade e o materialismo, que procuram entrar no coração da juventude.

59 58 A boca fala daquilo que o coração está cheio. Mt 12, 34 b

60 59 Ao ouvir as blasfêmias, lancei-me de pronto no meio deles, tentando, com socos e palavras, fazê-los calar.

61 60 Fuja como da peste dos que tem más palavras!

62 61 Todo membro desta Associação deve evitar as más palavras e toda ação que não estiver de acordo com o procedimento de um bom cristão. Sociedade da Alegria, artigo 1

63 62 Deve ser exato no cumprimento dos seus deveres escolares e religiosos. Sociedade da Alegria, artigo 2

64 63 Para quem quer entender, nenhuma palavra é necessária. Para quem não quer entender, nem todas são suficientes. Santo Inácio de Loyola

65 64 Papa João XXIII Falemos daquilo que nos une e superaremos aquilo que nos divide.

66 65 Dom Bosco ainda nos ensina a ser santos através de seus Três amores:

67 66 Se quereis receber poucas graças fazei poucas visitas a Jesus sacramentado, se ao contrário, quereis muitas graças fazei muitas visitas (Dom Bosco). A Eucaristia

68 67 O Papa pensou já é uma ordem! Em questões de religião fiquemos com a opinião abalizada do Papa. MB XII, pg. 423 "E não griteis: "Viva Pio IX!, não bradeis Viva Leão XIII! mas, clamai: Viva o Papa! O PAPA

69 68 Ouvir a Palavra de Deus e a por em prática. Maria

70 69 É Ela quem tudo faz!

71 70 Ave Maria,....

72 71

73 72

74 73 Viva Dom Bosco! Clic

75 74 PARTILHA

76 75 Sintetizem: 1- Missão do Salesiano Cooperador. 2- Santidade na Missão.


Carregar ppt "1 SANTIDADE NA MISSÃO SALESIANOS COOPERADORES SC Antonio Rodrigues da Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google