A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DR3 – Controvérsias Públicas CLC-7 Saberes Fundamentais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DR3 – Controvérsias Públicas CLC-7 Saberes Fundamentais."— Transcrição da apresentação:

1

2 DR3 – Controvérsias Públicas CLC-7 Saberes Fundamentais

3 Clonagem A palavra "Clonagem" surgiu em 1903 para designar a propagação das plantas através de cortes e não por sementes. A clonagem há muito que é aplicada nas plantas, mas recentemente em animais, e chegou agora a vez do homem se clonar a si próprio. O que aflige a comunidade científica, não parece ser o facto em si, mas apenas a pouca eficácia dos métodos disponíveis.

4 Clonagem Humana Chama-se clonagem ao processo pelo qual se produzem, a partir de um só organismo, vários indivíduos geneticamente iguais ao primeiro. Aos descendentes idênticos ao original, chama-se clones. Não é novo na natureza. No reino vegetal existem muitos exemplos deste fenómeno. Quem é que não experimentou levar um ramo de uma planta do jardim do vizinho, na esperança de que se desenvolva no seu próprio jardim! No reino animal também se dá este fenómeno, sobretudo em seres menos evoluídos, como as bactérias, por exemplo. E pode mesmo dar-se acidentalmente nos animais evoluídos, como os mamíferos, incluindo o homem: nos irmãos gémeos verdadeiros, estes são como duas gotas de água, iguais, mas distintas.

5 A clonagem é a produção de um indivíduo geneticamente idêntico a outro, através da inserção do genoma completo de uma célula adulta em um óvulo. Clonagem Humana

6 Clonagem da Ovelha Dolly Os clones não chamaram muita atenção durante anos, pois a clonagem se restringia principalmente a plantas e protozoários. Porém em 1996, um anúncio marcou a história da genética. O escocês Ian Wilmut, do Instituto Roslin, de Edimburgo, com a colaboração da empresa de biotecnologia PPL Therapeutics conseguiram a proeza de mostrar que era possível a partir de uma célula somática diferenciada clonar um mamífero, tratava-se de uma ovelha da raça Finn Dorset chamada de Dolly. A ovelha Dolly que viveu 6 anos e morreu devido aos efeitos negativos da clonagem.

7 As investigações avançam muito rapidamente. Existe uma espécie de loucura colectiva por parte dos investigadores, pelo prazer de manejar o desconhecido, que os faz esquecer as normas mais elementares de deontologia profissional nas áreas da experimentação científica. Referimo-nos à possibilidade da clonagem humana. Poderíamos deter-nos em dificuldades técnicas, que hoje ainda existem, mas que possivelmente desaparecerão amanhã. Dentro da possibilidade da clonagem humana é preciso distinguir dois fins possíveis: os terapêuticos e os reprodutivos. Investigação

8 Ciência Foi autorizada a primeira clonagem de embriões humanos para fins terapêuticos, no Reino Unido. O grupo de cientistas vai investigar a diabetes, mas também é possível que venham a descobrir mais pormenores sobre as doenças de Parkinson e Alzheimer. Podemos considerar dois tipos de clonagem: a clonagem reprodutiva, e a clonagem terapêutica. Científica, ética e socialmente, estas duas formas de clonagem pouco têm a ver, pelo que a sua distinção deve ser clara. A clonagem terapêutica tem como objectivo a cura de doenças até hoje incuráveis, utilizando, por exemplo, células estaminais dos embriões. Os embriões criados nunca chegarão a desenvolver-se. A clonagem reprodutiva pretende ser mais uma solução para a infertilidade, tendo como objectivo a criação de clones.

9 Quando um jovem casal, Paul (Greg Kinnear) e Jessie Duncan (Rebecca Romijn- Stamos), perde o seu filho de oito anos num devastador e imprevisível acidente, as suas vidas entram repentinamente em colapso e desespero, reagindo ao fatídico evento. No entanto, Richard Wells (Robert De Niro), um cientista conhecido de Jessie, propõe aos dois pais uma alternativa que lhes permitirá colmatar a drástica perda: clonar o seu recém-falecido filho. Eu sou contra a clonagem de seres humanos, porque considero uma prática anti- natural. Cada ser humano é único e deve ser respeitado na sua individualidade. Mesmo na fragilidade da perda de um filho não o faria porque considero que um clone nunca ia substituir o outro. O Enviado GODSEND

10 A palavra Clonagem para mim lembra-me Adolf Hitler era ele quem ia salvar a única e verdadeira raça humana, a nórdica. Porque as outras são as degeneradas, as sem futuro, as que podem corromper e deter a ascensão dos povos germânicos. Para mim clonagem é sinónimo de racismo, vejo cada país clonar a sua verdadeira raça. E acho que a clonagem terá também uma provada medalha, um verdadeiro negócio onde os poderosos poderão desfrutar desta vida eterna, assim caminhará a humanidade para o abismo. Acho que, com o passar do tempo, a ideia da clonagem será aceite. Existem mais problemas de ordem cientifica de que de ordem ética em relação à Clonagem Humana. Tudo depende da finalidade. A procura da imortalidade sempre fascinou o Homem. Não sei para que serve, mas enfim... Para mim Clonagem Humana NÃO.

11 Para a Formadora: Manuela Isidro Realizado Por: Simone Santos


Carregar ppt "DR3 – Controvérsias Públicas CLC-7 Saberes Fundamentais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google