A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ninguém veio a este mundo somente para viver a própria vida, desfrutar das benesses, deixar patrimônio e depois partir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ninguém veio a este mundo somente para viver a própria vida, desfrutar das benesses, deixar patrimônio e depois partir."— Transcrição da apresentação:

1

2 Ninguém veio a este mundo somente para viver a própria vida, desfrutar das benesses, deixar patrimônio e depois partir.

3 Este amar implica acima de tudo, praticar o respeito, a compaixão, a solidariedade e a caridade Ser benevolente é relacionar-se com outro com dignidade, valorizar os dons, apreciar a criatividade, dialogar e estender a mão quando for necessário

4 As desigualdades sociais existem e com elas a fome, abandono, segregação, inacessibilidade para viver com dignidade, o preconceito e a indiferença Dizer que tudo é problema do poder público, ou se achar no direito de julgar este ou aquele comportamento não exclui a obrigação cristã preceituada no evangelho da prática da caridade

5 A caridade ou a solidariedade não se limita à doação de alimentos, roupas, contribuir para orfanatos, asilos e com as situações inesperadas de calamidade pública

6

7 Muitas vezes o semelhante necessita do ombro amigo, da palavra, da atenção, da solidariedade

8 O sorriso, o abraço amigo, o olhar fraterno, o diálogo a presença sempre que possível tornam menos árdua a vida do irmão necessitado

9 A caridade é uma virtude teologal pela qual amamos a Deus sobre todas as coisas, por si mesmo e ao próximo como a nós mesmos, por amor a Deus.

10 A caridade tem como frutos a alegria, a paz e a misericórdia que exige beneficência e a correção fraterna: É benevolência Suscita a reciprocidade É desinteressada e liberal É amizade e comunhão

11 Durante centenas de anos registraram-se inúmeros pensadores, tentando equacionar meios eficazes de transformação A história do povo de Deus foi sustentada pelo amor, percorrida ao longo dos tempos por reis, profetas, profetizas, homens e mulheres que fizeram o caminho com o olhar nas necessidades do outro.

12 Jesus Cristo preferiu caminhar por entre a multidão, consolando uns, amparando outros, curando, dialogando e estabelecendo sua doutrinas fundamentadas no projeto do Pai. Resumiu a lei em um mandato: o do amor

13 Conclamou para olhar os samaritano que auxiliou seu próximo na estrada de Jericó, incentivou o perdão sem limites como forma de merecer o perdão, recomendou que vestíssemos os nus, visitássemos os prisioneiros, déssemos pão aos famintos, água aos sedentos, cuidássemos dos enfermos, acolhêssemos os peregrinos... Entregou sua vida até o último instante e vive no meio de nós = Cremos e afirmamos nossa fé

14 Muitos seguidores de Jesus legaram sua obra e em nome do Evangelho constituíram movimentos, fundaram congregações, criaram comunidades, inovaram a prática da caridade em obras, devolvendo às populações mudanças sociais, culturais, políticas e econômicas.

15 No interior da Igreja surgiram e se fortaleceram as comunidades cristãs, e as pastorais sociais que difundiram e aprofundaram a expressão e a celebração da fé e da esperança com respostas diferenciadas às necessidades de tempos e lugares.

16

17 Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante Dê melhor de você assim mesmo. Veja que, no final das contas, é entre você e Deus. Nunca foi entre você e as pessoas. (M adre Tereza de Calcutá)


Carregar ppt "Ninguém veio a este mundo somente para viver a própria vida, desfrutar das benesses, deixar patrimônio e depois partir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google