A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecido Epitelial M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecido Epitelial M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia."— Transcrição da apresentação:

1 Tecido Epitelial M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia Hospitalar Chefe da Equipe de Fonoaudiologia do Hospital Espanhol Tutora da Residência de Fonoaudiologia do Hospital Universitário Gafreé Guinle Chefe da Empresa de FONOVIM Fonoaudiologia Neurológica LTDA Presidente do Projeto Terceira Idade Saudável

2 Apesar da sua grande complexidade, o organismo humano é constituído por penas quatro tipos básicos de tecidos: Tecido epitelial (Função de revestimento de superfície ou de cavidades do corpo) Tecido conjuntivo (Função de sustentação e defesa) Tecido muscular ( Função de contração, movimento) Tecido Nervoso (Transmissão de impulsos nervosos)

3 O tecido epitelial, denominado epitélio, é formado por um conjunto de células semelhantes e justapostas, ou seja, uma camada de células coesas entre si, revestindo externamente a estrutura corporal de do ser humano, realizando também a delimitação das cavidades internas, bem como formação dos órgãos e glândulas.

4 O tecido epitelial apresenta vários tipos de funções, como, proteção e revestimento (pele, por exemplo), secreção (como é o caso do estômago, das glândulas), absorção de moléculas ( por exemplo o intestino), impermeabilização (bexiga urinária), percepção de estímulos ( por exemplo o neuroepitélio olfatório e gustativo) e contração (exercida pelas células mioepiteliais). Pelo fato das células epiteliais revestirem todas as superfícies externas e internas, tudo o que entra e deixa o corpo deve atravessar um folheto epitelial.

5 Os epitélios podem ser definidos como tecidos de células justapostas, unidas por uma finíssima camada de substância cimentante. Os epitélios não têm vascularização (com raras exceções) e são, portanto, alimentados por difusão, a partir de capilares sangüíneos dos tecidos conjuntivos das camadas diretamente em contato com eles. O Tecido Conjuntivo é caracterizado por uma grande quantidade de material extracelular que é produzido por suas próprias células. Na superfície de contato com os tecidos conjuntivos, os epitélios apresentam uma membrana basal. Esta é uma fina lâmina composta por glicoproteínas e uma rede de fibrilas de proteína. As glicoporteínas também conectam as células epiteliais, formando finas camadas entre elas (cimentou ou glicocálix).

6 O arranjo das células epiteliais pode ser comparado ao de ladrilhos ou tijolos bem encaixados: Quando os epitélios são formados por uma só camada de células, são chamados de epitélios simples ou uniestratificados (do latim uni, um, e stratum, camada). Já os epitélios formados por mais de uma camada de células são chamados estratificados. Existem ainda epitélios que, apesar de formados por uma única camada celular, têm células de diferentes alturas, o que dá a impressão de serem estratificados. Por isso, eles costumam ser denominados pseudo- estratificados.

7 Características dos tipos de tecidos: - Epitélio pavimentoso dos alvéolos pulmonares, proporcionando a hematose do sangue, permitindo a passagem de oxigênio para as hemácias; - Epitélio cúbico simples dos rins, com função de absorção e secreção; - Epitélio cilíndrico simples do intestino delgado, efetuando a absorção do alimento digerido; - Epitélio estratificado pavimentoso, exercendo a função de proteção revestindo todo o nosso corpo (a epiderme); - Epitélio cilíndrico pseudoestratificado e ciliado da traqueia e brônquios, desempenhando função de proteção, remoção e eliminação de impurezas na via respiratória; - Epitélio de transição da bexiga, com função de distensão e retração (propriedade elástica) de acordo com o teor de urina armazenada.

8 Bom Estudo!


Carregar ppt "Tecido Epitelial M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google