A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Médicos Sem Fronteiras. Criada na França, em 1971, por médicos e jornalistas que haviam trabalhado na Nigéria, junto às vítimas da guerra civil. Em 1999,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Médicos Sem Fronteiras. Criada na França, em 1971, por médicos e jornalistas que haviam trabalhado na Nigéria, junto às vítimas da guerra civil. Em 1999,"— Transcrição da apresentação:

1 Médicos Sem Fronteiras

2 Criada na França, em 1971, por médicos e jornalistas que haviam trabalhado na Nigéria, junto às vítimas da guerra civil. Em 1999, Médicos Sem Fronteiras recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Hoje, MSF é a maior organização não governamental da área médica do mundo. Um pouco de história MSF

3 5 sedes e 17 escritórios associados espalhados pelo mundo. Atua em cerca de 60 países, onde desenvolve cerca de 350 projetos. 28 mil profissionais de diversas áreas e nacionalidades trabalharam com MSF em 2007 Um pouco de história MSF

4

5 Missão de MSF Levar cuidados de saúde a vítimas de catástrofes naturais, conflitos armados, epidemias, fome, sem discriminação racial, religiosa ou política, de forma independente e eficaz. Chamar atenção da opinião pública internacional para as realidades enfrentadas por essas populações. MSF

6 Neutralidade Em situações de conflito armado, MSF mantém-se neutra quanto ao conflito ou às partes do mesmo. MSF leva socorro aos civis, indepedentemente de que lado do conflito se encontrem. Princípios MSF

7 Imparcialidade MSF leva ajuda humanitária às populações que dela necessitam, sem discriminação de natureza étnica, política, religiosa ou econômica. A ajuda prestada é sempre proporcional às necessidades e os recursos são destinados de acordo com a urgência da necessidade a ser suprida. Princípios MSF

8 Independência MSF atua em total independência de poderes politicos, militares, econômicos ou religiosos. Essa liberdade de acção só é possível graças à independência financeira da organização. Uma grande rede internacional de doadores está por trás dessa independência. São pessoas de todo o mundo que apoiam o ideal humanitário e garantem a continuidade dos projetos de MSF. Princípios MSF

9 Universalidade O ideal humanitário é um princípio universal. A ação humanitária não pode ser detida por fronteiras, nem físicas, nem ideológicas. Todo o ser humano tem o direito a socorro, sem discriminação de nacionalidade, etnia, sexo ou convicção políticas. Princípios MSF

10 Transparência É um compromisso com os doadores e com as necessidades das populações atendidas. MSF aplica no mínimo 80% dos fundos no exercício da sua missão: os projetos de ajuda propriamente ditos e a sensibilização sobre a realidade dos países onde trabalhamos. Princípios MSF

11 "A organização Médicos Sem Fronteiras leva socorro às populações em perigo e às vítimas de catástrofes de origem natural ou humana e de situações de conflito, sem qualquer discriminaçãoracial, religiosa, filosófica ou política. "Trabalhando com neutralidade e imparcialidade, os Médicos Sem Fronteiras reivindicam, em nome da ética médica universal e do direito à assistência humanitária, a liberdade total e completa do exercício da sua atividade." Carta de MSF MSF

12 "Eles se empenham em respeitar os princípios deontológicos da sua profissão e em manter uma total independência em relação a todo poder, bem como a toda e qualquer força política, econômica ou religiosa." Voluntários, eles não medem os riscos e perigos das missões que realizam e não reclamam qualquer compensação que não seja aquela oferecida pela organização." MSF Carta de MSF

13 Catástrofes naturais Epidemias Conflitos armados Fome Doenças negligenciadas Exclusão Social MSF Eixos de atuação

14 Assistência de saúde primária em centros de saúde e clínicas-móveis Alimentação e nutrição Saúde materno-infantil Campanhas de vacinação Diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças específicas (malária, TB, Chagas, HIV/Aids, etc) Atendimento a feridos e cirurgias de guerra MSF Modos de ação

15 Saúde mental Atendimento a vítimas de violência sexual Distribuição de alimentos e itens de abrigo e primeira necessidade Construção e manutenção de estruturas de água e saneamento Recuperação de hospitais Treinamento de profissionais MSF Modos de ação

16 MSF Atividades no Brasil Desde 1991 no Brasil (Rio de Janeiro e região amazônica) Linhas de atuação: saúde em área de risco social, saúde indígena e população de rua. 12 projetos desenvolvidos até agora.

17 MSF Atividades no Brasil Implantação de uma Unidade de Emergência no Complexo do Alemão (RJ) em outubro de Desde maio de 2006, MSF realiza oficinas de capacitação com o objetivo de compartilhar com instituições públicas e privadas a experiência adquirida nos projetos desenvolvidos no Brasil. Lançamento de uma asociaçao no Brasil: recrutamento de profissionais, captação de fundos privados, apoio técnico aos projetos

18 MSF MSF E A MÍDIA Em um mundo cada vez mais midíatico, há um grande potencial para influenciar a consciência ética global. Sendo assim, a necessidade de testemunhar o que vemos em terreno casa perfeitamente com a demanda por comunicação. MSF procura trabalhar com a mídia para chamar atenção para os problemas enfrentados pelas populações em situação de emergência

19 MSF TÉMOIGNAGE MSF entende que o trabalho humanitário tem duas frentes: assistência médica emergêncial e o testemunho Témoignage ou testemunho: Falar, em público ou privadamente, sobre os problemas enfrentados pela população para a qual MSF presta assistência, para que suas condições básicas de vida melhorem e para que seus direitos humanos fundamentais sejam respeitados.

20 Tipos de Ação de Testemunho Informação: divulgação/disseminação de informações sobre uma dada situação humanitária (reportagens, relatórios, vídeos). Persuasão: uso de informações para diálogo direto com as autoridades para que respondam à sua obrigação de assistir/proteger populações. (reuniões, contato cotidiano) Mobilização: uso de informações, de forma discreta, com indivíduos, instituições selecionadas, que têm a capacidade de influenciar as autoridades. (documentos de briefing, relatórios, reuniões de ´alto perfil´, briefings a instituições) Denúncia: uso público de informações para pressionar autoridades para que cumpram suas obrigações de assistência/proteção de populações expostas a abuso. (coletiva de imprensa, campanhas, divulgação de relatórios, vídeos). Pode vir acompanhada de retirada de MSF do país.

21 O papel da informação Que tipo de informação é utilizada nas ações de testemunho: -Dados médicos -Informações anônimas obtidas pelos ´relatórios de trauma´ -Diagnósticos de inquéritos de mortalidade/nutrição -Informações obtidas por ´proximidade´ -Informações obtidas por pesquisas qualitativas

22 Temas -Falta de acesso a populações -Entraves à assistência -Violência contra humanitários -Violência deliberada contra civis -Violações flagrantes de DIH e Direito dos Refugiados -Genocídio e limpeza étnica -Violência contra populações ou grupos -Passividade da comunidade internacional

23 Dilemas -Testemunho x retirada de MSF do país -Testemunho x segurança das populações - Testemunho x segurança das equipes - Testemunho x acesso às populações - Testemunho x outros projetos no mesmo país - Testemunho x tratamentos em andamento

24 3 milhões de doadores => 75% dos fundos de MSF (independência), dos quais 35,000 são do Brasil. 25% fundos institucionais (fundações privadas e órgãos públicos) Recursos Financeiros MSF Distribuição de recursos 79% - vão direto para os projetos 3% - atividades de denúncia e testemunho 13% - ações para conseguir mais doadores 5% - custos administrativos

25 Deslocamento de população - Ruanda

26 Angola - Epidemia de cólera

27 Bolívia - Chagas

28 Níger – Programa de Nutrição

29 Níger


Carregar ppt "Médicos Sem Fronteiras. Criada na França, em 1971, por médicos e jornalistas que haviam trabalhado na Nigéria, junto às vítimas da guerra civil. Em 1999,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google