A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMÉRCIO EXTERIOR, SUAS MOTIVAÇÕES, IMPORTÂNCIA, MERCADORIAS E PAÍSES. Prof. Dr. Ludwig Einstein Agurto Plata.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMÉRCIO EXTERIOR, SUAS MOTIVAÇÕES, IMPORTÂNCIA, MERCADORIAS E PAÍSES. Prof. Dr. Ludwig Einstein Agurto Plata."— Transcrição da apresentação:

1 COMÉRCIO EXTERIOR, SUAS MOTIVAÇÕES, IMPORTÂNCIA, MERCADORIAS E PAÍSES. Prof. Dr. Ludwig Einstein Agurto Plata

2 Temas a serem abordados hoje O conceito de comércio exterior, exportar e importar, Motivações e importância para as pessoas, empresas e governos, bem como as mercadorias e países envolvidos, Também serão mencionados alguns valores referentes ao comércio mundial e brasileiro representatividade do comércio do Brasil em relação ao global.

3 O que é Exportar e Importar Exportar é o ato de remeter a outro país mercadorias produzidas em seu próprio ou em terceiros países, que sejam de interesse do país importador, e que proporcionem, a ambos os envolvidos, vantagens na sua comercialização ou troca. É, portanto, a saída de mercadorias para o exterior. Importar é o ato inverso, ou seja, adquirir em outro país, ou trocar com este, mercadorias de seu interesse, que sejam úteis à sua população e seu desenvolvimento, isto é, a entrada de bens produzidos no exterior.

4 Motivações do CE Que motivações levam os países a exportarem ou importarem mercadorias Escassez ou abundância de recursos naturais fatores tecnológicos Escassez de produtos primário para a produção da indústria e desenvolvimento. Como se vê, tanto a abundância quanto a sua falta são motivos para a realização do comércio exterior.

5 Motivações do CE A disponibilidade de terras para a agricultura e pecuária O país que as tiver em abundância e, naturalmente, tiver condições de utilizá-las e assim proceder, poderá apresentar excedentes exportáveis e que sejam de interesse de outros países, tanto produtores como não- produtores. O clima de um país, pois este poderá ser propício à produção de determinados produtos. A abundância ou a falta de fatores de produção, como capital e trabalho, são também motivadores do comércio internacional,

6 Motivações do CE Muitas vezes pode ocorrer de o fator trabalho ser abundante, porém, a sua adequabilidade não ser a desejada e, neste caso, a mão-de-obra poderá não ter condições de viabilizar determinada produção, obrigando a sua importação. Deve-se considerar também o estágio de desenvolvimento tecnológico que se encontra em determinado país.

7 Importância do Comércio Exterior O comércio exterior é movido também por relacionamentos entre os países, que precisam trocar mercadorias. A importância dos relacionamentos transcende os motivos materiais A importância política também é relevante nas transações comerciais, podendo determinar o volume de negócios entre os países. Melhoria da qualidade pode ser um fator determinante nas relações comerciais, já que uma abertura de fronteiras pode balizar a produção interna por meio da concorrência estrangeira, A compra e a venda de mercadorias podem ser afetadas pelo nível de investimentos.

8 Importância do Comércio Exterior Atividade econômica complementar é outro fator de extrema importância, visto o inter- relacionamento cada vez mais profundo entre as economias internacionais. Determinado produto poderá ser feito em diversos países, cada qual produzindo parte dele, e ter a sua montagem concentrada em apenas um ou poucos deles. Também a diluição de riscos é de grande importância,

9 Exportação Direta A exportação pode ser de bens e serviços, entendendo-se a de bens como a transferência de mercadorias entre os países, e os serviços como a venda de assessoria, consultoria, conhecimentos, transportes, turismo, etc. A exportação pode ser feita de maneira direta ou indireta,. A maneira direta implica a exportação pelo próprio fabricante do produto, o que quer dizer que ele não utiliza qualquer intermediário na operação. Ele poderá realizar essa operação por intermédio de pessoas ou empresas que atuam como agentes ou representantes, apenas servindo de elo entre ele e o comprador.

10 Exportação Direta Na forma definitiva, a mercadoria é incorporada ao ativo do país importador, passando a ser considerada uma mercadoria nacional para todos feitos legais, deixando de pertencer ou constar no ativo do país exportador. Se tiver de sair do país deverá sofrer uma operação de exportação como qualquer mercadoria produzida nesse país Na forma temporária, ela sai do país por determinado tempo, suficiente para realizar a operação para a qual foi enviada, como, por exemplo, participação em feiras, exposições, demonstrações, competições ou outros eventos equivalentes, operação de melhoria ou transformação e outros motivos que justifiquem o seu envio ao exterior para posterior retorno. Quanto ao pagamento, as mercadorias podem ser exportadas com ou sem pagamento, o que implica dizer, tecnicamente, que podem ser com ou sem cobertura cambial. A primeira, com cobertura cambial, é entendida como uma exportação que será paga pelo importador ao exportador, representando; respectivamente, a saída e a entrada de divisas nos dois países. Divisas são as reservas em moedas estrangeiras fortes, como dólar americano ou euro (atual moeda da União Européia), que são aceitas por todos os países para pagamentos e recebimentos, bem como conversíveis internacionalmente. A exportação com cobertura cambial implica que haverá uma contratação de câmbio, isto é, a venda, pelo exportador, da moeda estrangeira para recebimento da contrapartida em moeda nacional, a um banco autorizado a operar em câmbio, visto não ser permitido em nosso país a manutenção da moeda estrangeira, assunto que será visto em capítulo posterior sobre câmbio. A segunda, sem cobertura cambial, é aquela em que o importador não realizará qualquer pagamento ao exportador, o que significa uma importação não onerosa e sem o dispêndio de divisas por parte do país importador.

11 Exportação indireta A maneira indireta significa que o exportador é outro que não o produtor da mercadoria vendida, O produtor fica oculto Toda a contratação de câmbio da moeda estrangeira, feita pelo vendedor e não pelo produtor. Mostra que o produtor da mercadoria realizou uma venda no mercado nacional ao futuro exportador, venda esta equiparada a exportação. Isso significa manutenção dos benefícios relativos à exportação, como o não pagamento dos tributos incidentes sobre mercadorias vendidas no mercado interno para consumo no país.

12 A exportação de forma definitiva e temporária. Na forma definitiva, a mercadoria é incorporada ao ativo do país importador, passando a ser considerada uma mercadoria nacional. Se tiver de sair do país deverá sofrer uma operação de exportação como qualquer mercadoria produzida nesse país Na forma temporária, ela sai do país por determinado tempo, suficiente para realizar a operação para a qual foi enviada, como, por exemplo, participação em feiras, exposições, demonstrações, competições ou outros eventos equivalentes, operação de melhoria ou transformação e outros motiv

13 Forma de pagamento das exportações Quanto ao pagamento, as mercadorias podem ser exportadas com ou sem pagamento, o que implica dizer, tecnicamente, que podem ser com ou sem cobertura cambial. A primeira, com cobertura cambial, é entendida como uma exportação que será paga pelo importador ao exportador, representando; respectivamente, a saída e a entrada de divisas nos dois países. A exportação com cobertura cambial implica que haverá uma contratação de câmbio, isto é, a venda, pelo exportador, da moeda estrangeira para recebimento da contrapartida em moeda nacional, A segunda, sem cobertura cambial, é aquela em que o importador não realizará qualquer pagamento ao exportador, o que significa uma importação não onerosa e sem o dispêndio de divisas por parte do país importador.

14 Importância da Exportação A importância da exportação está na diversificação de mercados, deixando de atuar apenas no mercado interno e passando a atuar nos mercados estrangeiros, Aumento o seu leque de compradores e, em consequência, reduzindo seus riscos de crise de mercado, como redução de preços, redução do consumo, mudança de hábitos e política governamental. Diversificação de mercados significa não apenas diluir seus riscos e ter mais países compradores, O aumento da produção tem como efeito o crescimento do emprego, resultando em mais salário disponível na economia, Outro resultado da maior produção será o aumento da competitividade,

15 Outro efeito da exportação é o aprimoramento dos recursos humanos, bem como tecnológicos, pois a exportação exige produtos melhor elaborados para atendimento de mercados mais exigentes. Marca internacional e reconhecimento da empresa A empresa pode também passar a contar com receita adicional, em moeda forte, preservando melhor o faturamento da empresa, Entrada de moeda forte no país significa acréscimo das divisas à disposição para utilização nas compras internacionais, pagamento de juros e dívidas, pagamentos de serviços, equilíbrio econômico, etc. Todos esses fatores implicam um aumento da competitividade da empresa e do país, podendo colocá-los em posição de destaque no mercado internacional.

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30


Carregar ppt "COMÉRCIO EXTERIOR, SUAS MOTIVAÇÕES, IMPORTÂNCIA, MERCADORIAS E PAÍSES. Prof. Dr. Ludwig Einstein Agurto Plata."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google