A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Termos técnicos Formador: Letício Figueira Formando: Emanuel Paulo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Termos técnicos Formador: Letício Figueira Formando: Emanuel Paulo."— Transcrição da apresentação:

1 Termos técnicos Formador: Letício Figueira Formando: Emanuel Paulo

2 Tópicos Servidor Cliente Upload Download Spam Login Logout Domínio Subdomínio Endereço IP Layout FTP BCC e CC Hacker Favoritos URL Intranet Browser Webmaster Hipertexto Hiperligação FAQ Site Banner Pixel Pop-up HTML Favicon Home Page Freeware Refresh

3 Servidor Em informática, um servidor é um sistema de computação centralizada que fornece serviços a uma rede de computadores. Esses serviços podem ser de natureza diversa, como por exemplo, arquivos e correio electrónico. Os computadores que acessam os serviços de um servidor são chamados clientes. Voltar

4 Cliente Cliente-servidor é um modelo computacional que separa clientes e servidores, sendo interligados entre si geralmente utilizando-se uma rede de computadores. Cada instância de um cliente pode enviar requisições de dado para algum dos servidores conectados e esperar pela resposta. Por sua vez, algum dos servidores disponíveis pode aceitar tais requisições, processá-las e retornar o resultado para o cliente. Apesar do conceito ser aplicado em diversos usos e aplicações, a arquitectura é praticamente a mesma. Voltar

5 Upload Caso o servidor de upload esteja na Internet, o usuário do serviço passa a dispor de um repositório de arquivos, similar a um disco rígido, disponível para acesso em qualquer computador que esteja na Internet. Upload é parecido com Download, só que em vez de carregar arquivos para a sua máquina, você os envia para o servidor. Upload é a saida de arquivos do seu computador para a internet. Voltar

6 Download O uso mais comum do termo download está relacionado com a obtenção de conteúdo da Internet, onde um servidor remoto hospeda dados que são acessados pelos clientes através de aplicativos específicos, como é o caso dos navegadores. De fato, o acesso de qualquer informação na Internet (como uma página da web, por exemplo) é feito através do download prévio de seu conteúdo (texto, imagens, etc) e posterior exibição do conteúdo que se encontra localmente disponível no dispositivo. Voltar

7 Um correio electrónico ou ainda ou correio é um método que permite compor, enviar e receber mensagens através de sistemas electrónicos de comunicação. Voltar

8 Spam O termo Spam, abreviação em inglês de spiced ham (presunto condimentado), é uma mensagem electrónica não-solicitada enviada em massa. Na sua forma mais popular, um spam consiste numa mensagem de correio electrónico com fins publicitários. O termo spam, no entanto, pode ser aplicado a mensagens enviadas por outros meios e em outras situações até modestas. Voltar

9 Login Em termos informáticos, Login (derivado do inglês log in, sendo por vezes também utilizada a alternativa log on e de forma menos comum: sign in) define o processo através do qual o acesso a um sistema informático é controlado através da identificação e autenticação do utilizador através de credenciais fornecidas por esse mesmo utilizador. Essas credenciais são normalmente constituídas por um Nome de Utilizador ou apenas Utilizador (do inglês user name) e uma Palavra-passe ou Senha (do inglês Password) - ocasionalmente, dependendo de sistemas menos complexos, apenas pedida a Senha. Voltar

10 Logout Uma vez logout (termo normalmente usado e derivado do inglês logged) o utilizador poderá sair ou desligar-se do sistema efectuando o Logout ou Logoff (do inglês log out ou log off), o que terminará a sua sessão de acesso a esse sistema. Voltar

11 Domínio Domínio é um nome que serve para localizar e identificar conjuntos de computadores na Internet. O nome de domínio foi concebido com o objetivo de facilitar a memorização dos endereços de computadores na Internet. Sem ele, teríamos que memorizar uma sequência grande de números. Pelas actuais regras, para que o registo de um domínio seja efectivado, são necessários ao menos dois servidores DNS conectados à Internet e já configurados para o domínio que está sendo solicitado. Voltar

12 Subdomínio Subdomínio são as ramificações do domínio principal, algo muito utilizado em grandes sites. No site [suporte.seudomínio.com.br], por exemplo, [www.seudomínio.com.br] é o domínio, e "suporte" é o subdomínio, que tem a função de conduzir o usuário diretamente à seção específica do site. Voltar

13 Endereço IP O endereço IP, de forma genérica, é uma identificação de um dispositivo (computador, impressora, etc) em uma rede local ou pública. Cada computador na internet possui um IP (Internet Protocol ou Protocolo de internet) único, que é o meio em que as máquinas usam para se comunicarem na Internet. Para um melhor uso dos endereços de equipamentos em rede pelas pessoas, utiliza-se a forma de endereços de domínio, tal como "www.wikipedia.org". Cada endereço de domínio é convertido em um endereço IP pelo DNS (Domain Name System). Este processo de conversão é conhecido como "resolução de nomes". Voltar

14 layout Layout gráfico tem como seus componentes a área de design ou formato de página e as margens, que tal como em todo o restante processo de design deve ser bem fundamentado pelo conteúdo do trabalho e pela perspectiva criativa. Como e onde vai ser utilizado e visualizado o nosso layout, este deve ser efectuado tendo em conta vários sobrepostos. Voltar

15 FTP FTP significa File Transfer Protocol (Protocolo de Transferência de Arquivos), e é uma forma bastante rápida e versátil de transferir arquivos (também conhecidos como ficheiros), sendo uma das mais usadas na Internet. Pode referir-se tanto ao protocolo quanto ao programa que implementa este protocolo (Servidor FTP, neste caso, tradicionalmente aparece em letras minúsculas, por influência do programa de transferência de arquivos do Unix). Voltar

16 Bcc e CC Cc significa carbon copy, neste modo a mensagem é enviada para um destinatário e todos os endereços colocados no campo Cc recebem uma cópia da mensagem ficando com conhecimento de quem foi o destinatário original e de todos os endereços que receberam cópias. Bcc significa blind carbon copy, neste modo o recetor da mensagem apenas sabe que ela lhe foi dirigida, ignorando o endereço dos restantes destinatários. Voltar

17 Hacker Em informática, hacker é um indivíduo que se dedica, com intensidade incomum, a conhecer e modificar os aspectos mais internos de dispositivos, programas e redes de computadores. Graças a esses conhecimentos, um hacker frequentemente consegue obter soluções e efeitos extraordinários, que extrapolam os limites do funcionamento "normal" dos sistemas como previstos pelos seus criadores; incluindo, por exemplo, contornar as barreiras que supostamente deveriam impedir o controle de certos sistemas e acesso a certos dados. Voltar

18 Favoritos Os Favoritos do Internet Explorer são links para sites que você visita com frequência. Quando você adiciona um site à lista de favoritos, para acessá- lo basta clicar no nome do site em vez de ter que digitar o endereço. No Internet Explorer 8, se você estiver visitando um site e quiser adicioná-lo à lista de favoritos, clique no botão Favoritos, e clique em Adicionar a Favoritos. Se quiser, digite um novo nome para a página, especifique a pasta na qual o favorito deverá ser criado e clique em Adicionar. Voltar

19 URL Um URL (de Uniform Resource Locator), em português Localizador-Padrão de Recursos, é o endereço de um recurso (um arquivo, uma impressora etc.), disponível em uma rede; seja a Internet, ou uma rede corporativa, uma intranet. Uma URL tem a seguinte estrutura: protocolo://máquina/caminho/recurso O protocolo poderá ser HTTP, FTP, entre outros. O campo máquina designa o servidor que disponibiliza o documento ou recurso designado. O caminho especifica o local (geralmente num sistema de arquivos) onde se encontra o recurso dentro do servidor. Voltar

20 Intranet A intranet é uma rede de computadores privada que assenta sobre a suite de protocolos da Internet, porém, de uso exclusivo de um determinado local, como, por exemplo, a rede de uma empresa, que só pode ser acessada por seus usuários internos. Pelo fato de sua aplicação, todos os conceitos TCP/IP se empregam à intranet, como, por exemplo, o paradigma de cliente-servidor. Voltar

21 Browser Um navegador, também conhecido pelos termos ingleses web browser ou simplesmente browser, é um programa de computador que habilita seus usuários a interagirem com documentos virtuais da Internet, também conhecidos como páginas da web, que podem ser escritas em linguagens como HTML, ASP, PHP, com ou sem linguagens como o CSS e que estão hospedadas num servidor Web. Voltar

22 Webmaster O Webmaster é um profissional capaz de realizar tarefas tanto de um webdesigner (elaboração do projeto estético e funcional de um web site) quanto de um web developer ( que faz a parte da programação, como sistemas de login, cadastro, área administrativa). Um webmaster domina uma lista de tecnologias de programação e desenvolvimento. Além das fundamentais XHTML e CSS, o webmaster precisa dominar tecnologias como Python, JavaServer Pages, PHP, Perl, Ajax, Ruby on Rails, ASP.NET, Flash e XML. E também sistemas CMS, como Wordpress, Joomla e Drupal. Voltar

23 Hipertexto Hipertexto é o termo que remete a um texto em formato digital, ao qual se agregam outros conjuntos de informação na forma de blocos de textos, palavras, imagens ou sons, cujo acesso se dá através de referências específicas denominadas hiperlinks, ou simplesmente links. Esses links ocorrem na forma de termos destacados no corpo de texto principal, ícones gráficos ou imagens e têm a função de interconectar os diversos conjuntos de informação, oferecendo acesso sob demanda as informações que estendem ou complementam o texto principal. Voltar

24 Hiperligação Uma hiperligação, um liame, ou simplesmente uma ligação (também conhecida em português pelos correspondentes termos ingleses, hyperlink e link), é uma referência num documento em hipertexto a outras partes deste documento ou a outro documento. De certa maneira pode-se vê-la como análoga a uma citação na literatura. Ao contrário desta, no entanto, a hiperligação pode ser combinada com uma rede de dados e um protocolo de acesso adequado e assim ser usada para ter acesso directo ao recurso referenciado. Voltar

25 FAQ FAQ é um acrónimo da expressão inglesa Frequently Asked Questions, que significa Perguntas mais frequentes. Um FAQ, quando usado num contexto pluralista, significa uma compilação de perguntas frequentes acerca de determinado tema. Quando usado num contexto singular, um FAQ será uma dessas perguntas frequentes. Voltar

26 Site Um website ou site ( sítio eletrônico (português brasileiro) ou sítio, sítio eletrónico/web/da internet (português europeu)) é um conjunto de páginas web, isto é, de hipertextos acessíveis geralmente pelo protocolo HTTP na Internet. O conjunto de todos os sites públicos existentes compõe a World Wide Web. As páginas num site são organizadas a partir de um URL básico, ou sítio, onde fica a página principal, e geralmente residem no mesmo diretório de um servidor. Voltar

27 Banner O banner é a forma publicitária mais comum na Internet, muito usado em propagandas para divulgação de sites que pagam por sua inclusão. É criado para atrair um usuário a um site através de um link. Embora todos os tipos de sites sejam suscetíveis a ter banners, são os sites com maior tráfego e conteúdo de interesse que atraem os maiores investimentos de anunciantes. Voltar

28 Pixel Pixel ou Píxel (sendo o plural pixels) (aglutinação de Picture e Element, ou seja, elemento de imagem, sendo Pix a abreviatura em inglês para Picture) é o menor elemento num dispositivo de exibição (como por exemplo um monitor), ao qual é possível atribuir-se uma cor. De uma forma mais simples, um pixel é o menor ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de milhares de pixels formam a imagem inteira. Voltar

29 Pop-up O pop-up é uma janela extra que abre no navegador ao visitar uma página web ou acessar uma hiperligação específica. O pop-up é utilizada pelos criadores do site (sítio) para abrir alguma informação extra ou como meio de propaganda. Voltar

30 HTML HTML (abreviação para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores. A tecnologia é fruto do "casamento" dos padrões HyTime e SGML. Voltar

31 Favicon Favicons (palavra derivada de favorite (favorito) e icon (ícone)) são pequenas imagens no formato icon com cerca de 16x16 pixels que ficam guardados em um site para visualização pelo navegador. Em alguns navegadores como Internet Explorer até a versão 6, só exibem os favicons quando um site é adicionado aos favoritos. Neste caso, apenas no menu correspondente aos favoritos pode-se encontrar a imagem. Voltar

32 Home page Página principal, página inicial, página de entrada (home page ou homepage em inglês) é a página inicial de um site da internet (também chamado sítio). Compreende uma apresentação do site e de todo seu conteúdo. Seria como a capa de uma revista. O termo página de entrada também pode se referir à página, o índice de diretório de servidor web site de um grupo, empresa, organização ou indivíduo, ou página principal que é visualizada quando o navegador de internet (como Firefox, Internet Explorer ou Opera) é aberto. Voltar

33 Freware Software gratuito ou freeware é qualquer programa de computador cuja utilização não implica o pagamento de licenças de uso ou royalties. É importante não confundir o free de freeware com o free de free software, pois no primeiro uso o significado é de gratuito, e no segundo de livre. Um programa licenciado como freeware não é necessariamente um software livre, pode não ter código aberto e pode acompanhar licenças restritivas, limitando o uso comercial, a redistribuição não autorizada, a modificação não autorizada ou outros tipos de restrições. Voltar

34 Refresh O método Refresh atualiza imediatamente os registos na origem do registo base para um formulário ou folha de dados especificada, para refletir alterações feitas nos dados por você e por outros utilizadores em um ambiente multiutilizador. Voltar

35 Fim


Carregar ppt "Termos técnicos Formador: Letício Figueira Formando: Emanuel Paulo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google