A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4º Congresso Moveleiro 2013. Fundada em 1940 Privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública Responsável pela gestão do processo de elaboração de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4º Congresso Moveleiro 2013. Fundada em 1940 Privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública Responsável pela gestão do processo de elaboração de."— Transcrição da apresentação:

1 4º Congresso Moveleiro 2013

2 Fundada em 1940 Privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública Responsável pela gestão do processo de elaboração de Normas Brasileiras Reconhecida pelo governo brasileiro como único Foro Nacional de Normalização Certificadora de produtos, serviços, sistemas e pessoas Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

3 International Organization for Standardization - ISO International Eletrotechnical Comission - IEC Comisión Panamericana de Normas Técnicas - COPANT Asociación Mercosur de Normalización - AMN Global Ecolabelling Network - GEN Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

4 Objetivos da ABNT Na gestão do processo Elaboração de normas Difusão de normas Representação brasileira em fóruns internacionais e regionais de normalização Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

5 Normalização Utilização comum e repetitiva com vistas à obtenção do grau ótimo de ordem, em um dado contexto Melhora adequação dos produtos, processos e serviços Facilita cooperação tecnológica Agrega valor Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

6 Processo voluntário Baseado em consenso Melhor solução técnica Resultado imparcial Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

7 ATUALIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO TRANSPARÊNCIA VOLUNTARIEDADE PARIDADE REPRESENTATIVIDADE CONSENSO Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

8 ABNT NBR DOCUMENTO TÉCNICO Estabelecido por consenso e aprovado por organismo reconhecido, que fornece, para uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando à obtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto. O que são Normas? ABNT NBR ISO... Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

9 Regulamento Técnico Documento de caráter obrigatório que estabelece requisitos técnicos, seja diretamente, seja pela referência ou incorporação do conteúdo de uma norma, de especificação técnica ou de um código de prática. NOTA - Um regulamento técnico pode ser complementado por diretrizes técnicas, estabelecendo alguns meios para obtenção da conformidade com os requisitos do regulamento, isto é, alguma prescrição julgada satisfatória para obter a conformidade. Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

10 DEMANDA Programa de Normalização Elaboração do projeto de norma Consulta Nacional Análise dos votos OK NORMA SIM NÃO Em média 18 meses Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

11 UNIVERSIDADES LABORATÓRIOSPRODUTORES CONSUMIDORESGOVERNO SETORES DA SOCIEDADE Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

12 Comitês Técnicos Órgãos de coordenação, planejamento e execução das atividades de normalização técnica relacionadas com seu âmbito de atuação, devendo compatibilizar os interesses das partes interessadas. Atualmente, a ABNT possui: COMITÊS TÉCNICOS COMITÊS BRASILEIROS (CB) COMISSÕES ESPECIAIS DE ESTUDO (CEE) 89 Ativos49 Recesso Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

13 CB Comitê Brasileiro CE Comissão de Estudo CEE Comissão de Estudo Especial Gestor Chefe de Secretaria Coordenador Secretário Coordenador Secretário [ABNT] Especialistas

14 ABNT/CB-15 Comitê Brasileiro do Mobiliário Normalização no campo do mobiliário compreendendo unidades móveis e embutidas e acessórios, no que concerne a terminologia, requisitos, métodos de ensaio e generalidades. ESTRUTURA SCTÍTULOCETÍTULO 15:001Terminologia15: Terminologia e classificação 15:002Móveis residenciais 15:002.01Móveis plásticos 15:002.02Móveis estofados 15:002.03Móveis para dormitórios 15:002.04Colchão 15:002.05Móveis para cozinhas 15:002.06Travesseiros 15:002.07Domésticos 15:003 Móveis p/escritórios 15:003.01Cadeiras 15:003.02Mesas 15:003.03Armário 15:003.04Divisórias 15:003.05Estações de trabalho 15:004Moveis infanto-juvenil15:004.01Móveis infantis 15:005Moveis de uso público15:005.01Móveis escolares 15:007Elementos construtivos 15: Ferragens e acessórios para mobiliário 15:007.02Juntas 15: Revestimentos e acabamentos 15:007.04Aramados Associação Brasileira de Normas Técnicas

15 ABNT/CB-15 – Acervo de Normas Brasileiras Normas em vigor: 39 Normas Normas citadas em Regulamentos Técnicos: 8 Normas ABNT NBR :2013 (Colchão de molas e bases – Parte 1: Requisitos e métodos de ensaio) ABNT NBR 14776:2013 (Cadeira plástica monobloco – Requisitos e métodos de ensaio) ABNT NBR :2011 (Colchão e colchonete de espuma flexível de poliuretano e bases – Parte 1: Requisitos e métodos de ensaio) ABNT NBR :2011 Versão Corrigida:2011 (Colchão e colchonete de espuma flexível de Poliuretano e bases – Parte 2: Revestimento) ABNT NBR :2011 Versão Corrigida:2011 (Colchão de molas e bases – Parte 2: Revestimento) ABNT NBR :2010 (Móveis – Berços e berços dobráveis infantis tipo doméstico – Parte 1: Requisitos de segurança) ABNT NBR :2010 (Móveis – Berços e berços dobráveis infantis tipo doméstico – Parte 2: Métodos de ensaio) ABNT NBR 14006:2008 (Móveis escolares - Cadeiras e mesas para conjunto aluno individual) Associação Brasileira de Normas Técnicas

16 ABNT/CB-31 Comitê Brasileiro de Madeira Normalização no campo de madeiras compreendendo aglomerados, chapas de fibras, compensados, madeiras serradas e madeiras beneficiadas no que concerne a terminologia, requisitos, métodos de ensaio e generalidades. Associação Brasileira de Normas Técnicas CETÍTULO 31:000.01Madeira Aglomerada 31:000.02Madeira Serrada 31:000.03Secagem de Madeira Serrada 31:000.04Caracterização Física e Mecânica da Madeira 31:000.05Chapas de Madeira Compensada 31: Chapas de Fibra de Média Densidade 31:000.09Peças de Madeira Serrada 31:000.10Madeira para Carretéis, para fios, cordoalhos e cabos 31:000.11Mourões de Madeira Preservada para Cercas 31:000.12Portas de Madeira 31:000.13Pisos de Madeira Maciça 31: Penetração e Retenção de Preservativos em Madeira Tratada sob Pressão 31:000.15Preservação de Madeira 31:000.16Cruzeta Roliça de Eucalipto Tratada 31: Postes de Eucalipto Preservado para Redes de Distribuição de Energia Elétrica Painéis de Partículas de Média Densidade (MDP) Chapa dura de fibra de madeira Normas em vigor: 52 Normas

17 ABNT/CEE Comissão Especial de Estudo de Manejo Florestal Normalização no campo de manejo florestal. Normas em vigor: 6 Normas ABNT NBR 14789:2012 (Manejo florestal sustentável – Princípios, critérios e indicadores para plantações florestais) ABNT NBR 14790:2011 (Manejo florestal – Cadeia de custódia – Requisitos) ABNT NBR 16789:2010 (Manejo florestal – Diretrizes para implementação da ABNT NBR 14789) ABNT NBR 15753:2009 (Manejo florestal – Diretrizes para implementação da ABNT NBR 15789) ABNT NBR 14793:2001 Versão Corrigida:2008 – (Diretrizes para auditoria florestal - Procedimentos de auditoria - Critérios de qualificação para auditores florestais) ABNT NBR 15789:2004 (Manejo florestal - Princípios, critérios e indicadores para florestas nativas) Associação Brasileira de Normas Técnicas

18 4º Congresso Moveleiro 2013

19 Tudo num único arquivo, completo e sempre atualizado. 4º Congresso Moveleiro 2013

20 Tudo num único arquivo, completo e sempre atualizado. 4º Congresso Moveleiro 2013

21 4º Congresso Moveleiro 2013

22 Produtos e serviços são como promessas. O processo para demonstrar que certas características atendem aos requisitos de normas técnicas, regulamentos e outras especificações, é chamado de certificação. Em resumo, a Certificação ajuda a assegurar que produtos e serviços cumpram suas promessas. Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

23 É o Organismo de 3ª parte que atesta a conformidade de determinado produto, serviço, sistema ou pessoa. São características deste: Independência Credibilidade Capacidade Técnica Imparcialidade 4º Congresso Moveleiro 2013 Associação Brasileira de Normas Técnicas

24 O laudo de ensaio é um atestado que uma determinada amostra, e somente esta, apresenta conformidade a determinada norma técnica. Os resultados de um laudo de ensaio não podem ser associados ou estendidos ao restante de uma produção. O Certificado de Marca de Conformidade envolve a avaliação do processo produtivo, autocontrole, coleta de amostras e ensaios, garantindo, dentro de um grau de confiabilidade, que os resultados obtidos nos ensaios podem ser estendidos para o restante da produção. Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

25 Produtos Serviços Sistemas Rótulo ecológico Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

26 Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

27 Aço Construção Civil Elétrica e Telecomunicações Plástico e Borracha Segurança e Proteção Mobiliário Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

28 Gaveteiro Poltrona de auditório Estação de trabalho Armários Mesas Cadeiras Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

29 Divisórias Assentos esportivos Móveis de cozinha Berços Sofás Longarinas Piso elevado Cadeira monobloco Forro metálico Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

30 Programa de Certificação com mais de uma década de implementação Participação dos maiores fabricantes do Brasil Procedimento de Certificação em sua 12ª revisão, incorporando diversos requisitos para garantir uma maior confiabilidade no fornecimento de produtos, principalmente no que tange a licitações públicas Mais de 100 empresas Certificadas e dezenas em processo Auxiliando ativamente à diversos órgãos governamentais nas questões técnicas e especificações Organismo Certificador acreditado pelo INMETRO na maior gama de produtos de mobiliário Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

31 Aumento da produtividade e vendas Redução de custos e desperdícios Maior controle da administração e motivação dos funcionários Valorização da Marca da empresa Maior eficácia do Marketing e satisfação dos clientes Inibição de concorrência desleal Diferenciação de produtos no mercado Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

32 Garantia por um Organismo de 3ª parte que os produtos atendem às normas técnicas Concorrência leal entre fabricantes Entrada de novos produtos no mercado Segurança para o consumidor Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

33 Institucional Consulta de Normas Consulta Nacional Rótulo Ecológico ABNT Sites Importantes Associação Brasileira de Normas Técnicas 4º Congresso Moveleiro 2013

34 ABNT – SÃO PAULO Av. Paulista, 726 – 10° andar Tel.:(11) ABNT – RIO DE JANEIRO Av. Treze de maio, 13 – 28° andar Tel.:(21) º Congresso Moveleiro 2013


Carregar ppt "4º Congresso Moveleiro 2013. Fundada em 1940 Privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública Responsável pela gestão do processo de elaboração de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google