A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 Estimativas dos impactos econômicos do evento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 Estimativas dos impactos econômicos do evento."— Transcrição da apresentação:

1 Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 Estimativas dos impactos econômicos do evento

2 O estudo avaliou o impacto de gastos e investimentos realizados para a Copa das Confederações nas seis cidades-sede do evento, assim como seus desdobramentos no restante do país. Entre os resultados obtidos destacam-se a movimentação financeira e seu impacto no PIB e na geração de emprego. Foram ouvidos representantes das secretarias e comitês especiais da Copa, de empresas e de toda a cadeia produtiva, além de 17 mil turistas nas cidades-sede durante a realização das 16 partidas do evento.

3 Principais resultados R$ 20,7 BILHÕES R$ 11 BILHÕES Representa o impacto direto, indireto e induzido na economia pela Copa das Confederações É a soma dos gastos de turistas, do Comitê Organizador Local, assim como investimentos privados e públicos DE MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA GASTOS E INVESTIMENTOS = + R$ 9,7 BILHÕES É o acréscimo imediato ao PIB brasileiro. Desse total, 58% ficaram nas cidades-sede e 42% foram distribuídos no restante do país. DE RENDA ou PIB

4 Principais resultados 303 MIL Projeção de vagas considerando o conceito equivalente-homem-ano. Ou seja, não significa que a mesma quantidade de novos empregos foi necessariamente criada. Parte dessa demanda por novos empregados pode ter sido suprida por horas extras, ou simplesmente, com o melhor aproveitamento dos empregados atuais. EMPREGOS

5 Impacto dos Investimentos públicos e privados Impacto do Comitê Organizador Impacto dos gastos dos Turistas R$ 19,2 BILHÕES R$ 524,4 MILHÕES R$ 991,6 MILHÕES R$ 20,7 BILHÕES Os fatores que compõem a MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA da cadeia produtiva

6 Estimativas de Número de TURISTAS BRASILEIROS e de seus Gastos na Viagem (em R$) R$ 346 MILHÕES São os gastos dos turistas brasileiros durante a Copa das Confederações

7 R$ 102 MILHÕES São os gastos dos turistas estrangeiros durante a Copa das Confederações Estimativas de Número de TURISTAS ESTRANGEIROS e de seus Gastos na Viagem (em R$) (*) A soma dos turistas nas seis cidades-sedes excede o número total de turistas estrangeiros que estiveram no País, pois um mesmo turista visitou mais de uma cidade-sede.

8 Impacto dos gastos realizados pelos turistas brasileiros e estrangeiros O impacto da movimentação financeira no PIB Impactos dos investimentos gerados pelo aporte público e privado nas cidades-sede Impacto dos gastos realizados pelo Comitê Organizador R$ 8,85 BILHÕES R$ 321 MILHÕES R$ 482,3 MILHÕES R$ 9,7 BILHÕES Renda gerada para o país = PIB

9 Empregos gerados pelo impacto da movimentação financeira do Comitê Organizador * O valor se refere a uma projeção de vagas considerando o conceito equivalente-homem- ano, com carga horária de oito horas por dia O impacto da MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA na GERAÇÃO DE EMPREGOS Vagas criadas na cadeia produtiva pelo impacto dos investimentos públicos e privados nas cidades-sede Acréscimo de vagas geradas pelo impacto da movimentação turística MIL VAGAS*

10 Os R$ 9,1 bilhões referem-se ao investimento em infraestrutura realizado até o início da Copa das Confederações (jun/2013), o que representa 77% do total de investimentos previstos para as seis cidades-sede para a Copa do Mundo, com base na versão da Matriz de Responsabilidades da Copa de abril de O investimento até o início da Copa das Confederações atinge 36% do volume total previsto para as 12 cidades-sede da Copa do Mundo, com base na versão da Matriz de Responsabilidades da Copa de abril de MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA: Os R$ 9,1 bilhões destinados à infraestrutura correspondem a 90% dos empregos gerados e a 92% da renda gerada (em milhões de R$)

11 O impacto da MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA, do PIB e dos EMPREGOS nas cidades-sede e no restante do Brasil 1º * O impacto considerou toda a cadeia produtiva: impactos econômicos iniciais, diretos, indiretos e induzidos. RIO DE JANEIRO 17% da movimentação financeira 19% dos impactos no PIB 19% dos empregos gerados 2º BELO HORIZONTE 12% da movimentação financeira 13% dos impactos no PIB 13% dos empregos gerados 3º FORTALEZA 7% da movimentação financeira 9% do PIB 10% dos empregos gerados 4º BRASÍLIA 6% da movimentação financeira 7% do PIB 7% dos empregos gerados 5º RECIFE 5% da movimentação financeira 6% do PIB 6% dos empregos gerados 6º SALVADOR 5% da movimentação financeira 5% do PIB 5% dos empregos gerados no país 48% da movimentação financeira 41% do PIB 40% dos empregos gerados no país RESTANTE DO BRASIL

12 MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA, RENDA (PIB) e EMPREGOS gerados por cidade-sede

13 52% dos impactos dos investimentos feitos nas cidades-sede da Copa das Confederações ficaram nelas próprias e 48% se difundiram por todo o país BENEFÍCIOS PARA O BRASIL: o impacto da MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA nas cidades-sede e no país

14 BENEFÍCIOS PARA O BRASIL: o impacto da MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA no PIB das cidades-sede e no país As cidades-sede concentraram 58% do impacto dos investimentos no PIB e o restante do país, 42%

15 BENEFÍCIOS PARA O PAÍS: o impacto da MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA na geração de EMPREGOS nas cidades-sede e no país As cidades-sede concentraram 60% dos empregos gerados e o restante do país ficou com os 40%

16 Copa das Confederações Fifa Brasil 2013 Estimativas dos impactos econômicos do evento


Carregar ppt "Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 Estimativas dos impactos econômicos do evento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google