A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1938: nasce a vontade de construir um estádio universitário de lisboa 1945: campeonatos universitários organizados pela mocidade portuguesa 1955: campeonatos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1938: nasce a vontade de construir um estádio universitário de lisboa 1945: campeonatos universitários organizados pela mocidade portuguesa 1955: campeonatos."— Transcrição da apresentação:

1

2 1938: nasce a vontade de construir um estádio universitário de lisboa 1945: campeonatos universitários organizados pela mocidade portuguesa 1955: campeonatos das Associações de Estudantes 1956: inauguração do estádio universitário de lisboa Década de 70/80 – importância do CDUL na organização dos CUL 1985: fundação da AAL 1989: criação da SAD 1990: fundação da FADU 2000: inauguração da sede da SAD no EUL 2002: extinção da SAD : criação da ADESL 2009: direito de voto na assembleia geral da FADU

3 - Associação Multi-Desportiva sem fins lucrativos e é dirigida por Estudantes do Ensino Superior, estes tentam promover de forma responsável a actividade física. - Surge para suprir a extinção da antiga SAD/AAL da qual herdou a organização dos Campeonatos Universitários de Lisboa. - Procura o desenvolvimento do desporto na sua vertente lúdica/desportiva, promovendo um estilo de vida saudável e dinâmico no seio do movimento académico de Lisboa. - Criada a 22 de Dezembro de 2004 para reordenar, dinamizar e gerir o Desporto no Ensino Superior de Lisboa. - Cria uma dinâmica de dimensão regional, estendendo-se até uma de âmbito nacional, da responsabilidade da FADU.

4 - 42 Associados - participação das 4 instituições militares - participação da universidade de lisboa e da federação académica da universidade nova de lisboa - participação da aeesce.ipsetubal - universo de mais de estudantes - ensino universitário, politécnico, militar, privado e concordatário

5 site: noticias informações classificações / resultados plataforma inscrições fichas de jogo facebook divulgação de eventos fotografias

6 Andebol Feminino e Masculino Basquetebol Feminino e Masculino Futebol Masculino Futebol de 7 Feminino e Masculino Futsal Feminino e Masculino Rugby 7 Masculino Voleibol Feminino e Masculino

7 cerca de 200 equipas 3000 Atletas + de 900 jogos 45 instituições 120 equipas a treinar semanalmente no EUL 230 treinos semanais 350 horas de treino semanal

8 2 divisões em todas as modalidades 1ª divisão com 2 fases 1ª fase – série única – todos contra todos 2ª fase – final four concentrada 2ª divisão modelo competitivo dependente do número de equipas

9 Campeonatos Universitários de Modalidades Individuais Ténis, Ténis de Mesa, Atletismo, Xadrez, Badminton, Judo, Orientação Maratonas de Futsal e Quadras de Voleibol Outros Campeonatos Duplas de Voleibol, Basquetebol 3x3, Andebol de 4 e Rugby de 5 Outras Actividades Taça das Direcções Dia da Praia

10 Junho/Julho – pedido de cedência de espaços de treino para a época seguinte Última semana de Setembro – início dos treinos Final de Setembro/início de Outubro - apresentação da época desportiva até 10 de Outubro – final das inscrições na 1ª divisão até 15 de Outubro – Sorteios Semana Seguinte– início dos Campeonatos até 20 de Novembro – final das inscrições na 2ª divisão até 25 de Novembro – Sorteios semana seguinte – início dos Campeonatos Início de Março – prazo final de inscrição de agentes desportivos na 1ª Div. 2ª/3ª semana de Março– final Four da 1ª Divisão Final de Março – inscrição nos outros campeonatos colectivos Final de Março/início de Abril – início das competições 23 de Maio – finais da 2ª divisão 26 de Maio – dia da praia

11 Regulamento Geral de Provas Regulamento de Alterações de Jogos Regulamento de Inscrição Regulamento de Identificação Regulamento de modalidade/prova Regulamento de Disciplina Regulamento de Treinos

12 1º passo – inscrição na plataforma Importante: Fotografia e dados de contacto 2º passo – entrega de documentos na ADESL Importante: Entregar a documentação completa Documentação obrigatória 1.Comprovativo de inscrição na I.E.S. 2.Fotocópia de bilhete de identidade 3.Fotografia 4.Comprovativo de seguro desportivo Prazos 1.Toda a documentação terá que dar entrada na adesl e na plataforma adesl até às 18 horas da 5ª feira da semana anterior ao jogo em que pretendem participar.

13 ARTIGO 2º (Identificação e Acesso) Todos os Estudantes são obrigados a apresentar um dos seguintes documentos de identificação para terem acesso ás instalações: Cartão ADESL; Cartão de estudante actualizado; Comprovativo da situação escolar na época 2010/2011 acompanhado de documento identificativo com fotografia. ARTIGO 4º (Controlo de presenças) Nas modalidades colectivas o treinador/responsável da equipa está obrigado a efectuar o controlo de presenças, através do preenchimento de uma Ficha Nominal, presente nas instalações e disponibilizada pela ADESL. A Ficha tem que ser correctamente preenchida com os nomes e assinaturas de todos os presentes no treino. O não preenchimento da Ficha equivale à marcação de uma falta de comparência ao treino. A ADESL e o EUL reservam o direito de proceder á verificação da veracidade dos dados da Ficha Nominal. ARTIGO 6º (Faltas e Avisos) A primeira falta só é marcada após o primeiro registo de presença. O número máximo de faltas permitidas são de 4 faltas por espaço reservado. As faltas não serão contabilizadas nos dias em que os treinos coincidam com jogos dos CUL ou dos CNU´s. Não será averbada falta de comparência sempre que esta for comunicada com 48 horas de antecedência através do mail

14 É permitido ás equipas solicitar alterações ás datas dos jogos. Cada equipa poderá pedir alterações duas vezes durante a duração dos CUL. O pedido de alteração tem que ser efectuado pelas AAEE/IES representadas, através do documento oficial. For enviado de um mail oficial da AAEE/IES; O pedido de alteração é considerado válido quando: 1.Der entrada no mail dentro dos prazos limites regulamentares. 2.For enviado de um mail oficial da AAEE/IES; 3.Apresentar os motivos que fundamentam o pedido de alteração por parte da equipa proponente; 4.For efectuado o pagamento da respectiva taxa, pela equipa proponente, caso esta seja aplicada. O pedido relativo á alteração dos jogos só será aceite nas seguintes condições: 1.O equilíbrio do modelo competitivo, evitando a dispersão de jogos e a alteração da última jornada; 2.A garantia da disponibilidade de nomeação de árbitros; 3.A garantia de instalações disponíveis; 4.Aceitação da equipa adversária; O pedido será considerado aceite depois de comunicado oficialmente pela ADESL.

15 Designam-se por Atletas do Ensino Superior de Lisboa ou Atletas Universitários todos os que participem em provas sob a égide da ADESL cumprindo os seguintes pontos: Os Estudantes do Ensino Superior da Área Metropolitana de Lisboa matriculados na presente época nas Instituições de Ensino Superior da AML reconhecidas pelo Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior; São igualmente considerados como Estudantes do Ensino Superior de Lisboa, dentro do contexto do ponto anterior, estudantes de pós-graduações, mestrados, doutoramentos e outros de programas inter-comunitários e internacionais, reconhecidos pelo Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior. Os Ex-estudantes podem ainda participar até ao final do ano civil seguinte ao ano de conclusão do curso. Os atletas que estejam de acordo com o estipulado nos pontos anteriores só podem participar em representação da Associação de Estudantes/Académica (AAEE) ou Instituição de Ensino Superior (IES) onde se encontram matriculados, sendo esta a designação da sua equipa.

16 1.Apenas são aceites equipas de fusão dentro das seguintes Unidades Orgânicas: Universidade de Lisboa Universidade Nova de Lisboa Universidade Técnica de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa Universidade Católica Portuguesa Instituições de Ensino Superior Privado pertencentes à mesma cooperativa – mediante autorização da FADU 2.Condições: Uma por Unidade Orgânica Principal Todas as Instituições Representadas têm que se associadas da ADESL Os alunos das Instituições que têm equipa própria não podem ser inscritos na equipa de fusão

17 1.Em todas as provas realizadas sob a égide da ADESL é obrigatória a identificação de todos os elementos inscritos para o jogo através da entrega, até 15 minutos antes da hora do jogo, ao árbitro da ficha de jogo acompanhada do cartão da ADESL. 2.A Ficha de Jogo está disponivel para download na área reservada da plataforma. 3.Na falta do cartão este poderá, mediante o pagamento de uma multa de 2,5 euros, ser substituido por um dos seguintes documentos: Cartão Escolar; Bilhete de Identidade; Passaporte; Carta de Condução; Cartão da FADU. 4.No caso de faltar um atleta para a realização do jogo/competição é permitido que a sua identificação seja efectuada pelo responsável/treinador de equipa, em Ficha de Identificação própria, disponibilizada pela ADESL. O atleta fica obrigado a apresentar um dos Documentos de Identificação citados no ponto 1 deste artigo, na sede da ADESL no período máximo de 2 dias úteis a seguir á realização do jogo/competição. A não apresentação do documento identificativo dentro deste prazo, traduz-se na atribuição de derrota por falta de comparência à equipa do atleta. Todas as equipas têm direito a efectuar este procedimento em dois momentos durante a época desportiva

18 1.Decreto-Lei n. º 10/2009, de 12 de Janeiro... Capitais minimos O contrato de seguro desportivo garante os seguintes montantes m í nimos de capital: Morte ; Despesas de funeral 2000; Invalidez permanente absoluta ; Invalidez permanente parcial , ponderado pelo grau de incapacidade fixado 2.De forma a ficarem cobertos pelo seguro disponibilizado pela FADU, a ADESL facturará automáticamente 4 por agente desportivo de todas as instituições que não fizerem prova, na altura de inscrição das equipas, de que os seus agentes estão cobertos por um seguro que cubra a prática desportiva conforme termos previstos na Lei.

19 1.Artigo 40.º da LBAFD... Medicina desportiva O acesso à prática desportiva, no âmbito das federações desportivas, depende de prova bastante da aptidão física do praticante, a certificar através de exame médico que declare a inexistência de quaisquer contra- indicações, a regulamentar em legislação complementar. 2.Impresso Obrigatório Despacho nº /2006 de 28 de Novembro de Periodicidade do EMD Despacho n º 11318/ Regulamento da ADESL de apoio ao EMD Exames Médico Desportivos - Normas para 2010/2011

20 Rugby 7 Masculino 1.As 3 primeiras classificadas dos CUL têm apuramento directo para a Fase Final dos CNU´s Basquetebol Feminino 1.As 2 primeiras classificadas dos CUL têm apuramento directo para a Fase Final dos CNU´s Andebol Masculino, Basquetebol Masculino, Futebol Masculino, Futsal Feminino e Masculino e Voleibol Feminino e Masculino 1.As 2 primeiras classificadas dos CUL têm apuramento directo para a Fase Final dos CNU´s 2.A equipa 3ª classificada dos CUL fica apurada para disputar um play off a decorrer na véspera da Fase Final.

21


Carregar ppt "1938: nasce a vontade de construir um estádio universitário de lisboa 1945: campeonatos universitários organizados pela mocidade portuguesa 1955: campeonatos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google