A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Especialização em Gestão da Produção Prof. Guilherme Luiz Frufrek

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Especialização em Gestão da Produção Prof. Guilherme Luiz Frufrek"— Transcrição da apresentação:

1 Especialização em Gestão da Produção Prof. Guilherme Luiz Frufrek

2 Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados. Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil. Graduação em Tecnologia em Informática - Sistemas de Informação. UTFPR, Brasil. Analista de Tecnologia de Informação da UTFPR desde Coordenador de Gestão de Tecnologia da Informação do campus Cornélio Procópio. Professor da UTFPR, 2006 a 2007, ministrado disciplina de Análise e Projetos Orientados a Objetos, Multimídia e Hipermídia.

3 Apresentar conceitos fundamentais de Sistemas de Informação (SI), Tecnologia de Informação (TI) e Sistemas de Informação Gerencial (SIG), para o entendimento das aplicações e do processo de tomada de decisão.

4 4 Vieira, Marconi Fábio. Gerenciamento de Projetos de Tecnologia da Informação. Rio de Janeiro: Elsevier, Laudon, Kenneth C. Sistemas de Informações gerenciais: administrando a empresa digital. São Paulo: Prentice Hall, Laudon, Kenneth C. Laudon, Jane Price. Sistemas de Informação com internet. Rio de Janeiro: LTC, Padovoze, Clóvis Luís. Sistemas de informações contábeis: fundamentos e análise. São Paulo: Atlas, Stair, ralph M.; Reynold, George W. Princípios de Sistemas de Informação: uma abordagem gerencial. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, Elmasri, Ramez; Shamkant, Navathe B. Sistemas de Banco de Dados. São Paulo: Pearson Addison Wesley, Teorey, Toby J.; Lightstone, Sam; Nadeau, Tom. Projeto e Modelagem de Bando de Dados. Rio de Janeiro: Elsevier, Academic Journals Database. Acesso em 17/03/2009.

5 A popularização da tecnologia e o avanço da economia digital colocaram a Tecnologia da Informação definitivamente no centro do ambiente empresarial. Artigo: Gestão da qualidade em serviços de TI: em busca de competitividadeGestão da qualidade em serviços de TI: em busca de competitividade

6 6 Crescimento significativo do SI/TI. Conhecimento amplo para tomada de decisões. Sempre trabalhar com o novo. Gerenciamento de projetos cada vez mais citado nas empresas. Facilidade em coordenar recursos para se alcançar um grande resultado através de SI. Economia com a implantação de SI.

7 7 Parte I - Tecnologia da Informação Conceitos Capacidade do TI TI e os departamentos da empresa Tecnologia e economia TI e as pressões de mercado Planejamento dos sistemas de informação Importância dos SI para as empresas Papel de suporte a decisão Exercício 1 – Questionário de Tecnologia de Informação Parte II – Sistemas de Informação Gerencial Conceitos Iniciais Componentes dos CBIS (Computer-based information system) Arquitetura do SIG Dado, Informação e Conhecimento Processo de Transformação Exemplo Prático Configuração de um sistema de banco de dados simplificado Exemplo de Modelo Relacional Relatórios Gerenciais Acesso aos Sistema Computacionais Classificação de Sis Exercício 2 – Relatórios - tomada de decisão Exercício 3 - Caso Merck-Medco - Uma Farmácia do FuturoRoteiro

8 Parte III – ERP - Enterprise Resouce Planning A importância do ERP nas corporações Passo-a-passo de um projeto ERP Vantagens do ERP Desvantagens do ERP Fatores Críticos de Sucesso Uso do software Componentes Típicos de um ERP Motivos que levam uma empresa a usar ERP Sistema não integrado Sistema integrado Critérios para escolha do ERP Problemas mais comuns Lista de software ERP Software livre Proprietários Exercício 4 – artigo: Analisando a gestão de sistemas ERP: Estudo de casos comparados Parte IV - SAP - Sistemas, Aplicativos e Produtos para Processamento de Dados Exercício 5 – Análise casos de sucesso SAP 8

9

10 Coleção de sistemas de computação utilizada por uma empresa é considerada tecnologia da informação. Objetivos: Suporte às operações das organizações. Facilitador das atividades empresariais. Catalisador de mudanças fundamentais na estrutura, nas operações e no gerenciamento das organizações.

11 Realizar cálculos numéricos de alta velocidade e de grande volume. Oferecer comunicação rápida. Automatizar processos semi-automáticos e tarefas manuais. Armazenar grandes quantidades de informação. Permitir acesso rápido a grandes quantidades de informação. Facilitar a interpretação de grandes quantidades de dados. Permitir a comunicação e a colaboração em qualquer lugar e momento.

12 Marketing; Produção; Administração financeira; Administração de materiais; Administração de recursos humanos; Administração de serviços; Gestão empresarial; Entre outros.

13 Economia Digital - economia baseada em tecnologias digitais. Redes de comunicação (internet, intranet, etc); Computadores; Softwares; Entre outras tecnologias relacionadas; Economia chamada as vezes de economia de internet ou economia da web (Turban, 2005).

14 Nesta economia inclui: Produtos digitalizáveis Ex: banco de dados, notícias e informações, livros, revistas, programação de televisão e rádio, filmes, músicas e etc... Realização financeiras digitais Ex: pagamentos eletrônicos Bens físicos como aparelhos eletrodomésticos e automóveis que possuem microprocessadores e capacidade de rede embutidos

15 Sistemas estratégicos Foco no cliente Melhoria contínua Reestruturação dos processos de negócios

16 Alinhar o plano de TI com o plano de negócio da empresa. Desenhar a arquitetura de TI para a empresa de forma que os usuários, os aplicativos e os bancos de dados possam ser integrados e colocados juntos em rede.

17 Alocar recursos operacionais e de desenvolvimento de sistemas de informação. Planejar os projetos de sistemas de informação dentro do prazo e do orçamento e incluam funcionalidades especificadas.

18 Redução de custos nas operações. Melhoria no acesso às informações, propiciando relatórios mais precisos e rápidos, com menor esforço. Melhoria na produtividade. Melhorias nos serviços realizados e oferecidos.

19 Melhoria na tomada de decisões, por meio do fornecimento de informações mais rápidas e precisas. Estímulo de maior interação entre os tomadores de decisão. Fornecimento de melhores projeções dos efeitos das decisões.

20 Melhoria na estrutura organizacional, para facilitar o fluxo de informações. Melhoria na estrutura de poder, proporcionando maior poder para aqueles que entendem e controlam o sistema. Redução do grau de centralização de decisões na empresa e, Melhoria na adaptação da empresa para enfrentar os acontecimentos não previstos.

21 E se..? E se aumentarmos o preço em 5%? E se aumentarmos o preço em 10%? E se reduzirmos o preço em 5%? E se aumentarmos o preço em 10% agora, e reduzi-lo em 5% em três meses? E se a inflação aumenta em 5% (em vez dos 2% previstos), o que fazer? Que fazer se formos confrontados com a greve ou uma nova ameaça da concorrência?

22 Responda o questionário para analisar se a empresa tem condições para uma suposta implantação de Tecnologias de Informação. Arquivo: questionario – Parte I Discussão entre todos sobre o assunto.

23

24 É o processo de transformação de dados em informações. E, quando esse processo está voltado para a geração de informações que são necessárias e utilizadas no processo decisório da empresa, diz-se que esse é um sistema de informações gerenciais.

25 Conjunto de componentes inter-relacionados trabalhando juntos para coletar, recuperar, processar, armazenar e distribuir informação com a finalidade de facilitar o planejamento, o controle, a coordenação, a análise e o processo decisório em empresas e outras organizações ( Laudon, 1999).

26 Hardware: equipamento computacional usado nas atividades Software: programa de computadores que governam as operações do computador Bases de Dados: coleção organizada de fatos e informações Telecomunicações: transmissão eletrônica de sinais Redes: usada para conectar computadores Internet: a maior rede de computadores Intranet: rede privada/particular Procedimentos: estratégias, políticas, métodos e regras para usar um CBIS Pessoas

27 Dados Informação Controle Tabulação Gráficos Análise Decisão

28 Dado: Qualquer elemento identificado em sua forma bruta que, por si só, não conduz a compensação de determinado fato. Exemplo: 1, 4, 7, Amanda, azul, sapato, janeiro. Conhecimento Informação Dado

29 Informação: Dados analisados de forma coerente, baseando se em fatos transformam- se em informações. Exemplo: Amanda de 25 anos é nossa cliente desde janeiro de 2005, em fevereiro comprou 1 sapato e 4 blusas, em março comrprou 2 calças jeans. Fez todos os pagamentos a prazo. Conhecimento Informação Dado

30 Conhecimento: É a informação utilizada de forma a auxiliar no processo decisório e nas mudanças da empresa. Exemplo: A cliente Amanda, está em nossa linha de segmentação como cliente alvo, possui compras frequentes, sempre a prazo, sendo que na próxima compra ofereceremos a ela o cartão fidelidade, para facilitar os dados de crediário e agilizar seu atendimento. Conhecimento Informação Dado

31 Dados Informação Conhecimento Sistemas – Banco de Dados Tratamento Relatórios Segmentação e preparação Relatórios estudados Decisão

32 Indicadores de Desempenho Satisfação de clientes Margem de lucro Atraso de entregas Giro de estoque Lembrança da marca

33 Entrada Processamento Saída Ambiente Organização Realimentação Dados brutos Conversão da entrada em uma forma útil Transferência da informação processada É a saída que é usada para alterar a entrada ou as atividades em processamento

34 S S COCP – Sistema de Controle de Ocorrências COCP GH Postgre SQL Entrada Relatórios Secretaria Professores Coordenadores Gerentes Notificações por Saídas

35 35 Programa de Aplicações/Consultas (Queries) Programa para processamento de consultas Software para acesso dos dados armazenados Definição dos dados armazenados Usuários Programadores Bando de dados armazenados

36

37 Relatórios programados são produzidos periodicamente, ou seja: de forma programada diária Semanal ou mensal Exemplo: gerente de produção poderia utilizar um relatório resumido semanal que liste os custos totais com folha de pagamento com a finalidade de monitorar os custos de mão-de-obra e das tarefas.

38 Relatório indicador de pontos críticos um tipo especial de relatório programado resume as atividades críticas do dia anterior e fica disponível a cada dia de trabalho resumem níveis de estoques, atividades de produção, volume de vendas, etc administradores e executivos possam tomar medidas rápidas

39 Relatórios sob solicitação são desenvolvidos para dar certas informações a pedido de um administrador são produzidos sob solicitação um executivo, por exemplo, pode querer saber o nível de estoque de um item em particular

40 Relatórios de exceção produzidos automaticamente quando uma situação é incomum ou requer uma atitude da administração. Exemplo, um gerente poderia estabelecer um parâmetro que gerasse um relatório de todos os itens de estoque com menos de 50 unidades disponíveis. São freqüentemente usados para monitorar aspectos críticos para o sucesso de uma organização. Em geral, quando um relatório de exceção é produzido, um gerente ou executivo toma uma atitude.

41

42 Comércio Eletrônico: envolve qualquer transação de negócios executada eletronicamente entre parte como: Companhias Companhias e consumidores Negócios e setor público Consumidores e o setor público

43 Sistema de processamento de transações TPS Conjunto organizado de pessoas, procedimentos, softwares, bases de dados e dispositivos usados para registrar transações completas de negócios. Sistemas de Fluxo de Trabalho Software de gerenciamento baseado em regras que dirige, coordena e monitora a execução de um conjunto inter-relacionados de tarefas organizadas para formar um processo de negócio.

44 Sistema de Planejamento de Recursos Empresariais – ERP (enterprise resouce planing) Conjunto de programas integrados capaz de gerenciar as operações vitais de negócios de uma companhia para uma organização distribuída como um todo. Sistema de Apoio a Decisões – DDS (decision support system) Conjunto organizado de pessoas, procedimentos, softwares, base de dados e dispositivos usados para dar apoio à tomada de decisões em problemas específicos.

45 Sistemas de Informação Gerencial – SIG ou MIS (management information system) Conjunto organizado de pessoas, procedimentos, software, banco de dados e dispositivos, usados para fornecer informações rotineiras aos gerentes e tomadores de dicisões.

46 Sistema de Informação para Negócios de Uso Especial: Inteligência Artificial: Campo em que o sistema computacional assume características da inteligência humana. Sistemas Especialistas: Fornecem ao usuário de computadores a capacidade de dar sugestões e agir como um especialista em um campo específico. Realidade Virtual: Originariamente, o termo se referia a realidade virtual imersiva, o que significa o usuário se coloca totalmente imerso em um mundo artificial, tridimensional e gerado completamente por computador.

47 Escolha 3 temas para responder as perguntas: 1.Cite 3 tipos de relatórios, para cada tema, que poderiam ser úteis para tomada de decisão. 2.Com base nos relatórios, quais decisões poderiam ser tomadas pelos administradores? 3.Quais as melhorias a empresa teria com relação as decisões tomadas? Vendas e Varejo Estoque Compras Contabilidade Seguro Assistência Médica Recursos Humanos Transporte Educação Enviar resposta para

48 Caso Merck-Medco - Uma Farmácia do Futuro Artigo: caso Merck-Medco Exercício: Exercicio Parte II - Analise inicial da Farmacia.pdf Resolver o exercício e enviar para

49

50 Confiabilidade dos dados Monitoramento em tempo real Diminuição de retrabalho Interação entre módulos Dados integrado e não redundantes

51 Fase 1 - Raio X Fase 2 – Desenvolvimento Fase 3 – Teste Fase 4 – Treinamento Fase 5 – Implantação Fase 6 – Avaliação (Homologação)

52 Eliminar o uso de interfaces manuais Reduzir custos Otimizar o fluxo da informação e a qualidade da mesma dentro da organização (eficiência) Otimizar o processo de tomada de decisão

53 Eliminar a redundância de atividades Reduzir os limites de tempo de resposta ao mercado

54 A utilização do ERP por si só não torna uma empresa verdadeiramente integrada; Altos custos que muitas vezes não comprovam a relação custo/benefício;

55 Torna os módulos dependentes uns dos outros, pois cada departamento depende das informações do módulo anterior; Excesso de controle sobre as pessoas, o que aumenta a resistência à mudança e pode gerar desmotivação por parte dos funcionários.

56 Envolvimento do Usuário Apoio da direção Definição clara de necessidades Planejamento adequado Expectativas realistas Marcos intermediários

57 Equipe competente Comprometimento Visão e objetivos claros Equipe dedicada Infraestrutura adequada

58 Integração entre os módulos. Os monitores, as operações e a navegação dentro do sistema são de tal forma padronizadas que, na medida que o utilizador se familiariza com um módulo, aprende mais facilitadamente e rapidamente os demais. Uso de menus customizados.

59 Finanças Contabilidade Planejamento e Controle da Produção Recursos Humanos Custos Vendas Marketing Etc.

60 Permanecer competitivas Melhorar a produtividade Melhorar a qualidade Melhorar os serviços prestados aos clientes Reduzir custos, estoques

61 Melhorar o planejamento e alocação de recursos Falta de integridade de informações Atrasos na obtenção de resultados Falta de padronização de procedimentos Retrabalho generalizado

62 Distribuição Recursos Humanos Compras Estoque Contabilidade Faturamento Diretoria e Acionistas Relatórios Financeiro Produção

63 Relatórios Gerenciamento de Recursos Humanos Gerenciamento de Recursos Humanos Vendas e Distribuição Vendas e Distribuição Apoio à Serviços Apoio à Serviços Finanças e Controladoria Finanças e Controladoria Manufatura Gerenciamento de Materiais Gerenciamento de Materiais Base de Dados Central Base de Dados Central Diretoria e Acionistas Funcionários Clientes Fornecedores Pessoal Administrativo Pessoal de Chão de Fábrica Representantes de Vendas e Serviços

64 Integração de componentes; Flexibilidade; Conectividade à Internet; Amigável com o usuário; Implantação rápida.

65 Falta de apoio da alta gerência Problemas no gerenciamento de mudança Treinamento insuficiente Impacto na cultura da empresa ERP irá resolver todos os problemas da empresa

66 Software livre Compiere: ERP5: Openbravo: Stoq: WebERP: Proprietários Datasul da TOTVS: Microsoft Dynamics da Microsoft: NewAge da NewAge Software: software.com.br/ PeopleSoft da Oracle: Protheus da TOTVS:

67 Ler artigo: Analisando a gestão de sistemas ERP: Estudo de casos comparados. Dividir-se em grupos. Elaborar 5 questão sobre o artigo.

68

69 Ler artigos Cada grupo deve avaliar as experiências das empresas que utilizaram o SAP e responder o questionário abaixo: 1.Qual a empresa e seu ramo? 2.Qual foi o motivo de adquirir um novo sistema? 3.Qual o principal motivo da escolha do SAP? 4.Quais eram os problemas encontrados antes da implantação? 5.Quais foram as resultados obtidos depois da implantação? 6.Quais foram os principais pontos dentro da empresa que tiveram maior sucesso? 7.Houve alguma economia depois da implantação, qual?


Carregar ppt "Especialização em Gestão da Produção Prof. Guilherme Luiz Frufrek"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google