A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relações Interpessoais Na Família Trabalho realizado por: -> Rita Ribeiro, nº 3 -> Bárbara Sofia, nº5 -> João Romão, nº 12 -> Pedro Costa, nº 16.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relações Interpessoais Na Família Trabalho realizado por: -> Rita Ribeiro, nº 3 -> Bárbara Sofia, nº5 -> João Romão, nº 12 -> Pedro Costa, nº 16."— Transcrição da apresentação:

1 Relações Interpessoais Na Família Trabalho realizado por: -> Rita Ribeiro, nº 3 -> Bárbara Sofia, nº5 -> João Romão, nº 12 -> Pedro Costa, nº 16

2 Introdução : As relações afectivas interpessoais são o segredo para uma qualidade de vida saudável. Nessas relações incluem-se não apenas o casal, a família e os amigos próximos, mas também todos aqueles com quem convivemos diariamente.

3 Retrospectiva de um amor profundo…

4 A espera…

5 … e algo de novo vem ao Mundo

6 Um Mundo perfeito e repleto de Felicidade

7 Falta de diálogo A falta de diálogo, muitas vezes, afasta os pais dos filhos. O diálogo é essencial para fortalecer laços entre a família. A falta deste entre os elementos de uma família, pode originar vários desentendimentos entre eles, discórdias, discussões, entre outros…

8 Rendimento escolar Nos dias que correm, o rendimento escolar das crianças é muitas vezes afectado através do relacionamento entre Pai e Filho. A falta de tempo e atenção são, regra geral, as principais razões para o Desequilíbrio Escolar e Familiar. Os hábitos dos pais, como por exemplo os vícios, e a pressão do trabalho, grande parte das vezes comprometem o futuro dos seus filhos, como diz o ditado Filho és, pai serás.

9 A Metamorfose Nos rapazes: Para alem de transformações psicológicas, os rapazes também sofrem transformações físicas, como: -> Desenvolvimento dos testículos; -> Alargamento dos ombros e forte desenvolvimento muscular; -> Mudança de voz, que se torna mais grave; -> Aumento gradual do comprimento do pénis; -> Início da produção de espermatozóides; -> Primeira ejaculação…

10 Nas raparigas: -> Alargamento das ancas. Maior acumulação de gordura no tecido adiposo; -> Desenvolvimento dos seios e das ancas; -> Menstruação mensal; -> Aparecimento do acne; -> Aparecimento de pêlos nos órgãos genitais, axilas, etc; -> Maior produção da hormona estrogénio e progesterona. A Metamorfose

11 Um novo mundo…

12

13 Os Problemas surgem…

14 As drogas Os adolescentes estão sujeitos ao contacto com as drogas devido ao ambiente em que estão inseridos, companhias erradas... Nesta fase, os adolescentes afirmam a sua personalidade: novas descobertas, novo corpo, explosões de emoção e temperamento. Todas estas transformações (emocionais e físicas) contribuem para o surgimento de novos e difíceis problemas e procuram nas drogas uma saída para estes.

15 A aparência Na adolescência, o corpo e a mente sofrem inúmeras mudanças. É nessa fase da vida que começamos a nos preocupar mais com o que pensam de nós e a nos interessar pelas outras pessoas.

16 A Sexualidade Descoberta do corpo e de novas sensações! As alterações corporais aparecem e são vividas de maneira diferente de adolescente para adolescente. A educação sexual, nesta fase, é muito importante, mas muitas das vezes, os pais optam pelo silencio, uma vez que eles próprios não se sentem à vontade para debater este tipo de assuntos.

17 Gravidez na adolescência A gravidez, na adolescência, é sempre uma situação que motiva angústias e incertezas, e que trás consequências negativas à mãe e ao filho. Contudo, a adolescente demonstra a maior parte das vezes orgulho em ter o filho, pretendendo assim levar a gravidez até ao fim.

18 Problemas Familiares Tomemos como exemplo o caso da Maria, e a sua estabilidade familiar: -> Ninguém a compreende; -> Umas vez é tratada como uma criança, e outras tem de ser uma adulta; -> Não consegue controlar os nervos; -> Só lhe apetece contestar a atitude dos pais; -> Acha que os pais são pouco liberais; -> Sente-se presa e afastada do grupo de amigos por causa dos pais; -> Está farta de tanta segurança por parte dos pais.

19 O perdoar e o viver de uma família feliz

20 Relação entre pais e filhos adultos Quando os filhos se tornam adultos e quando saem de casa dos pais, a relação de dependência dos filhos transforma-se em relação de interdependência entre as duas gerações. Existe uma mutualidade na oferta e procura de apoio em ambas as gerações.

21 _J2M&feature=player_embedded

22 Juventude mostrem a coragem, façam o futuro à vossa imagem, porque a censura faz homenagem, como quer e quando quer… a juventude, é mentalidade, a idade não conta quando há capacidade… a idade um posto, mas o rosto não diz. …segue a intuição que não engana como algodão. Éramos ingénuos… na adolescência pensamos que somos eternos e não se pensa na consequência dos enganos. Por: Samuel Mira

23 Fim


Carregar ppt "Relações Interpessoais Na Família Trabalho realizado por: -> Rita Ribeiro, nº 3 -> Bárbara Sofia, nº5 -> João Romão, nº 12 -> Pedro Costa, nº 16."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google