A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Percepção e Representação Do Risco Prof. Fernando Pires ANÁLISE DE RISCOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Percepção e Representação Do Risco Prof. Fernando Pires ANÁLISE DE RISCOS."— Transcrição da apresentação:

1 Percepção e Representação Do Risco Prof. Fernando Pires ANÁLISE DE RISCOS

2 Na Aula Passada... NA AULA PASSADA... Relação entre Ameaça e Vulnerabilidade Complexidade da vulnerabilidade Álea Diferença entre álea e risco Incertezas Tipos Fontes Confiabilidade História do risco Tempo de retorno

3 Álea Incertezas Risco AmeaçaVulnerabilidade Na Aula Passada...

4 RISCO

5 Como se representa um Risco? REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

6 Associada a psique comum A representação desempenha um papel de sistema da realidade e de organizadora de comportamentos e práticas. Respondem a quatro funções essenciais dentro dos processos de relação social (Abric, 1994): 1.Função de Saber; 2.Função Identitaria; 3.Função de Orientação; 4.Função de Justificação; REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

7 Função de Saber As representações permitem compreender e explicar a realidade, isto é, como os indivíduos adquirem conhecimentos e os integram num quadro assimilável por eles. Senso Comum Ex. Trabalhadores de indústrias com atividades potencialmente perigosas Normas e procedimentos REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

8 Função Identitaria As representações também têm por função situar os indivíduos e os grupos no campo social. A partir delas, eles são capazes de elaborar uma identidade social compatível com os sistemas de normas e valores socialmente e historicamente determinados. Associação da álea e dos atores. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

9 Função de Orientação As representações guiam os comportamentos e as práticas por meio de três fatores: a.A definição da finalidade da situação; Determinam a priori os tipos de relações pertinentes para um ator e nas situações onde existe uma tarefa a ser cumprida. b.Um sistema de antecipação e de espera; A representação não segue o desenrolar de uma interação e não depende dela. Ela precede a interação e a orienta. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

10 Função de Orientação As representações guiam os comportamentos e as práticas por meio de três fatores: c.Uma prescrição de comportamento; A representação reflete a natureza das regras e das ligações de comportamentos e/ou práticas obrigatórias Ex.: Os risco s de uma indústria, conhecido pelos trabalhadores, é apreendido na prática social REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

11 Função de Orientação Sociedade Civil Mídias Atores econômicos PolíticosEspecialistas REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

12 Função de Justificação As representações permitem justificar a posteriori as tomadas de posição e os comportamentos. Funcionamento que sucede a ação, permitindo aos atores explicar e justificar suas condutas Ex.: Desvio de Normas e procedimentos pelas práticas e adequações. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

13 LEMBRAR QUE: A álea não cria o risco; para fazê-lo, o indivíduo ou grupo social devem integrar o perigo e perceber o espaço como perigoso ou uma situação econômica, geopolítica como pouco segura. A Representação do Risco é subjetiva REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

14 Qual a diferença entre a representação e a percepção do Risco? REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

15 PERCEPÇÃO Senso individual REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação REPRESENTAÇÃO Senso coletivo

16 AUMENTO DA REPRESENTAÇÃO DO RISCO Acúmulo de conhecimento pós-crise Aumento a percepção Aumento da Representação A percepção e a gestão do risco progridem frequentemente após a ocorrência de uma crise e graças ao acúmulo de experiências pós-crise, no qual permite avaliar a precisão relacionada às contradições entre os atores envolvidos. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

17 AUMENTO DA REPRESENTAÇÃO DO RISCO Gestão da Crise PERCEPÇÃO Acúmulo da experiência Previsão e prevenção REPRESENTAÇÃ O Gestão do Risco Sociedade considera o perigo como fatalidade (normalidade) REPRESENTAÇÃO

18 AUSÊNCIA DA REPRESENTAÇÃO DO RISCO REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

19 CULTURA DO RISCO O conhecimento das ameaças comuns a um grupo social Representação. Relativização do Risco Torná-lo aceitável Ex.: Na Normandia, os vizinhos do centro de tratamento e estocagem de dejetos radioativos indicam que os acidentes rodoviários são mais numerosos e frequentemente mais mortais que os nucleares. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

20 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Representação gráfica de um conjunto de fatores presentes em uma álea capazes de acarretar prejuízos à saúde dos atores envolvidos. Utiliza-se de diversos elementos do processo e a forma de organização do mesmo. Muito utilizado em Processos relacionados a riscos industriais e segurança do trabalho Expressão Espacial do Risco REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

21 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Objetivos Serve para a conscientização e informação os atores através da fácil visualização dos riscos existentes na álea. Reunir as informações necessárias para estabelecer o diagnóstico da situação de segurança. Possibilitar, durante a sua elaboração, a troca e divulgação de informações entre os atores, bem como estimular sua participação nas atividades de prevenção. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

22 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Como fazer: Planta baixa de uma empresa (completo ou setorial) 1.Conhecer o processo de trabalho no local analisado: os trabalhadores: número, sexo, idade, treinamentos profissionais e de segurança e saúde, jornada; os instrumentos e materiais de trabalho; as atividades exercidas; o ambiente. 2.Identificar os riscos existentes no local analisado, conforme a classificação específica dos riscos ambientais. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

23 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Como fazer: Planta baixa de uma empresa (completo ou setorial) 3.Identificar as medidas preventivas existentes e sua eficácia. Medidas de proteção coletiva; medidas de organização do trabalho; medidas de proteção individual; medidas de higiene e conforto: banheiro, lavatórios, vestiários, armários, bebedouro, refeitório, área de lazer. 4.Identificar os indicadores de saúde, queixas mais freqüentes e comuns entre os trabalhadores expostos aos mesmos riscos, acidentes de trabalho ocorridos, doenças profissionais diagnosticadas, causas mais freqüentes de ausência ao trabalho. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

24 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Como fazer: Planta baixa de uma empresa (completo ou setorial) 5.Elaborar o Mapa de Riscos, sobre o layout da empresa, indicando através de círculos: O grupo a que pertence o risco, de acordo com a cor padronizada. O número de trabalhadores expostos ao risco, o qual deve ser anotado dentro do círculo. A especificação do agente (por exemplo: químico - sílica, hexano, ácido clorídrico; ou ergonômico-repetitividade, ritmo excessivo) que deve ser anotada também dentro do círculo. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

25 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Como fazer: Planta baixa de uma empresa (completo ou setorial) A intensidade do risco, de acordo com a percepção dos trabalhadores, que deve ser representada por tamanhos proporcionalmente diferentes de círculos. Quando em um mesmo local houver incidência de mais de um risco de igual gravidade, utiliza-se o mesmo círculo, dividindo-o em partes, pintando-as com a cor correspondente ao risco. Após discutido e aprovado pela CIPA, o Mapa de Riscos, completo ou setorial, deverá ser afixado em cada local analisado, de forma claramente visível e de fácil acesso para os trabalhadores. REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

26 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Tabela de gravidade REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

27 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO Simbologia de Cores Risco químico Risco físico Risco biológico Risco ergonômico Risco mecânico REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

28 OUTRAS REPRESENTAÇÕES DO RISCO MAPA DE RISCO REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

29 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Diz respeito ao tomador de decisão, através de: Análise sistêmica, Seleção de alternativas, Otimização de opções, Minimização de riscos O objetivo essencial do gerenciamento de risco é melhorar a performance do projeto via identificação sistemática, avaliação e gestão dos riscos associados ao projeto Chapman & Ward, 1997 REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

30 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Listagens Brainstorming Forma de documentação do risco Relatórios periódicos sobre o risco Identificação REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

31 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Avaliação da probabilidade de risco Avaliação de impacto de risco Avaliação do horizonte temporal do risco Análise Ranqueamento do risco Apresentação gráfica das informações Classificação REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

32 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Atribuição de responsabilidade Planejamento para mitigação do risco Listagens de ações transitórias Avaliação custo-benefício Análise de causa-efeito Planejamento REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

33 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Revisões da avaliação de risco Revisões periódicas dos documentos Relatórios periódicos do status do risco Relatórios periódicos dos planos de mitigação Relatórios periódicos de tendências Relatório de riscos críticos para alta administração Acompanhamento REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

34 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Análise de tendências, desvios e exceções Replanejamento do projeto Procedimento para riscos terminais (closing) Planos de contigência para falhas de mitigação Controle REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

35 INSTRUMENTOS DE GERENCIAMENTO DO RISCO Estabelecimento de protótipos Simulações Estabelecimento de marcos referenciais Gestão de necessidades Gestão de configuração Controle e qualidade Programas de treinamento Outras práticas administrativas REPRESENTAÇÃO Aula 3 - Representação

36 O QUE VEREMOS DAQUI PRA FRENTE Elaboração de Metodologias para a Analise de Risco Ambiental

37 DISCUSSÃO Risco Ambiental - Conceitos e Aplicações Pag


Carregar ppt "Percepção e Representação Do Risco Prof. Fernando Pires ANÁLISE DE RISCOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google