A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Associação Nacional de Treinadores de Futsal Comissão de Futsal Curso Nível I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Associação Nacional de Treinadores de Futsal Comissão de Futsal Curso Nível I."— Transcrição da apresentação:

1 Associação Nacional de Treinadores de Futsal Comissão de Futsal Curso Nível I

2 Associação Nacional de Treinadores de Futebol Comissão de Futsal História Cronológica do Futsal

3 FUTSAL é o termo utilizado internacionalmente para definir a modalidade. Deriva da palavra Espanhola e Portuguesa utilizada para definir Futebol", FUTbol or FUTebol, da palavra indoor", SALa ou SALão.

4 Origem do FUTSAL ? BRASIL ? URUGUAY ? Quando ? Onde ? Quem ?

5 Duas Versões Brasil Grupo de pessoas introduz o Futsal em São Paulo (1930), nas competições de crianças. * Fernandes, Luiz Gonzaga, Leis e regulamentos de Futsal. URUGUAY 1930, ACM – Associação Cristã Mocidade introduz o Futsal em Montevideu. * Sampedro, Xavier, Las acciones del Juego. Editorial Gymnos.

6 Juan Carlos Ceriani * Mencionado na revista oficial do 1º Campeonato Europeu da UEFA (paginas 10, 11) Criou os principios e regras básicas do Futsal. Professor de Educação Física na Escola da Associação Cristã Mocidade, adaptou o futebol numa versão reduzida praticada por 5 elementos, utilizando essa adaptação nas competições escolares. * Web Site da Federação Americana de Futsal, O jogo era disputado em recintos de Basquetebol, e as regras foram inspiradas no: Basquetebol, Andebol, Pólo Aquático e Futebol. * Sampedro, Xavier, Las acciones del Juego. Editorial Gymnos.

7 1ª regras de Futsal De Acordo com Juan Carlos Ceriani, no início, o Futsal era jogado: 6 jogadores em cada equipa Recinto de jogo com 26m * 12m Baliza de 4m * 2m 2 períodos de 20m 10 min. de intervalo 1 desconto de tempo para cada equipa em cada parte * Sampedro, Xavier, Las acciones del Juego. Editorial Gymnos.

8 Cronologia dos momentos mais importantes * Adaptado de Sampedro, Xavier, Las acciones del Juego Setembro, Rio de Janeiro, Roger Grain publica as regras do Futsal na revista de educação física Comissão de Futsal da ACM em São Paulo efectua algumas alterações às regras ª liga de Futsal - São Paulo. Fundação da Federação Metropolitana de Futsal, actual Federação de Futsal do Rio de Janeiro Asunción (Paraguay), 1º Campeonato Sul Americano de Futsal.

9 1971 Rio de Janeiro (Brasil), Fundação da FIFUSA – Federação Internacional de Futsal S. Paulo (Brasil), 1 º Campeonato Mundial Universitário de Futsal. S. Paulo (Brasil), 1 º Campeonato Mundial de Futsal - FIFUSA. Pelé, Rivelino, Falcão e Zico jogaram pelo Brasil Madrid (Espanha), 2 º Campeonato Mundial de Futsal - FIFUSA. Fundação da União Europeia de Futsal - UEFS.

10 1986 Rio de Janeiro (Brasil), 1 º Campeonato Mundial de Clubes – FIFUSA Espanha, 1º Campeonato Europeu de Futsal. Australia, 2 º Campeonato Mundial de Futsal -FIFUSA Holanda, 1 º Campeonato Mundial de Futsal -FIFA.

11 1990 Parma (Italia), 2 º Campeonato Mundial Universitário de Futsal Italia, 3 º Campeonato Mundial de Futsal -FIFUSA. Portugal, 2º Campeonato Europeu de Futsal – UEFS 1992 Málaga (Espanha), 3º Campeonato Mundial Universitário de Futsal Hong-Kong, 2 º Campeonato Mundial de Futsal –FIFA Brasil – 1º Campeonato Sul Americano (FIFA)

12 1994 Nicosia (Chipre), 4º Campeonato Mundial Universitário de Futsal, 1996 Espanha, 3º Campeonato Mundial de Futsal –FIFA Jyvaskyla (Finlandia), 5º Campeonato Mundial Universitário de Futsal, Guatemala, 1 st CONCACAF Championship, 1996 Brazil, 2 nd CONMEBOL - South American Championship (FIFA),

13 1998 Braga (Portugal), 6º Campeonato Mundial Universitário de Futsal, 1999 Granada (Espanha), 1º Campeonato Europeu (UEFA). Malasia, 1º Campeonato Asiático 2000 Egipto, 1º Campeonato Africano. Costa Rica, 2º Campeonato da Améroca do Norte Tailãndia, 2º Campeonato Asiático

14 Brasil, 3º campeonato Sul Americano. João Pessoa, Brasil – 7º Campeonato Mundial Universitário Moscovo (Russia), 2º campeonato da Europa (UEFA).

15 Duas Estruturas Internacionais FUTSAL FUTEBOL DE SALÃO

16 FIFA - Holanda 1997, 20 Países > de 100 Países praticam Futsal FIFUSA – Fundada em 25 de Julho, (Brasil) 1990 FIFA Comité de Futsal ? Organização Política do Futsal

17 1930 Juan Carlos Ceriani Inicio do Futsal ª Competição Internacional (Campeonato Sul Americano) º Campeonato Mundial FIFUSA º Campeonato Mundial FIFA - Holanda 1º Campeonato Europeu e Asiático DATAS IMPORTANTES 1971 Fundação da FIFUSA 1990 FIFA – Comité de Futsal º Campeonato Africano

18 EVOLUÇÃO DAS REGRAS As regras de Futsal tiveram 2 grandes influências: 1 – FIFUSA – Regras com influência dos páises Sul-Americanos, Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina. 2 – UEFA e FIFA – Influência Europeia, iniciou- se com o Futebol de 5.

19 FIFUSAFIFA 20 cada parte ( 10 intervalo).20 cada parte ( 15 intervalo). 12 jogadores em cada equipa, 5 no campo. Recinto com 35m / 18m (max:40m / 20m) Recinto com 40m / 20m (max:42m / 22m) Bola pequena ( 53cm-55cm e 450g- 500g) Bola nº 4 ( 62cm-64cm e 400g-440g) 4 metros para área de baliza6 metros para área de baliza Guarda redes não pode jogar fora da área de baliza Guarda redes pode jogar fora da área de baliza 2 árbitros e um cronometrista1 árbitro, 1 segundo árbitro e um cronometristaTimekeeper Máximo de 7 substituiçõesNão existe limite de substituições 1 desconto de tempo para cada equipa em cada parte REGRAS * Adaptado de Sampedro, Xavier, Las acciones del Juego. Editorial Gymnos

20 FIFUSAFIFA Não pode marcar golo dentro da áreaPode marcar golo dentro da área Faltas Acumuladas – Equipa e AtletaFaltas Acumuladas - Equipa 5 Faltas como limite para equipa e atleta – Livres sem barreira. Atleta deverá ser sustituído. 5 Faltas como limite para equipa – Livres sem barreira No lançamento de baliza o guarda redes não pode enviar a bola para lá do meio campo. No lançamento de baliza o guarda redes pode enviar a bola para lá do meio campo. Cartões: Amarelo, Azul e vermelho – Vermelho, 2 exclusão. Lançamentos e cantos executados com a mão Lançamentos e cantos executados com o pé Regra dos 5 aplica-se ao guarda redesRegra dos 4 e 5 metros de distância é aplicada. Não são permitidas cargas de ombro e carrinhos Jogo disputado ao vronómetro(tempo útil).

21 Que estrutura para o Futsal?

22 A estrutura... Presidente Ricardo Teixeira Brasil Membros Isaac Sasso Costa Rica Tom Van Der Hulst Holanda Joan Camps I ReigEspanha Elio Giulivi Itália Álvaro Melo Filho Brasil Alfredo Asfura Chile Georges Vernet França Semion N. Andreiev Rússia Petr Fousek República Checa Lee Harmon Ilhas Cook Mohammad Khabiri Irão Wan-Kon Oh República Coreia José Reinoso Cuba Omar Sey Gâmbia Anthony Williams Nigéria Pertti Alaya Finlândia Presidente Petr Fousek República Checa Vice-Presidentes Alberto Silveira ţPortugal Hans Boll Holanda Membros Semion N. AndreievRússia Tomas Gea Andorra Istvan HuszarHungria Robertas Mackevicius Lituânia Maurizio Montironi S. Marino Anatolij V. Popov Ucrânia Pierre Schiepers Bélgica Fabrizio Tonelli Itália

23 O Futsal no mundo (países que participaram nas eliminatórias para Guatemala 2000) CONCACAF (35) 9 Países CONMEMBOL (10) 9 Países UEFA (51) 27 Países CAF (52) 4 Países AFC (44) 9 Países OFC (11) 7 Países

24 O Futsal na Europa Países participantes na UEFA CUP 2002/2003 FRA AND ESP POR BEL HOL GER LUX ENG WAL IRL NIR SCO ISL SUI ITA AUT CZE SMR MLTCYP ISR TUR ARM AZE GEO RUS KZK EST LAT LIT POL NOR HUN SLO CRO BHZ BLS ROM YUG ALB MKD GRE BUL SWE FIN SVK UKR DEN FAR FRA AND MOL LIE Países participantes

25 O Futsal na Europa Países com competição nacional prevista para 2003/2004 FRA AND ESP POR BEL HOL GER LUX ENG WAL IRL NIR SCO ISL SUI ITA AUT CZE SMR MLTCYP ISR TUR ARM AZE GEO RUS KZK EST LAT LIT POL NOR HUN SLO CRO BHZ BLS ROM YUG ALB MKD GRE BUL SWE FIN SVK UKR DEN FAR FRA AND MOL LIE Países previstos

26 Situação em 2002 A situação actual é já muito diferente da de Dois exemplos: Nos recentes campeonatos asiáticos e da ASEAN participaram 16 países quando, no apuramento para a Guatemala apenas tinham participado apenas 9 As Federações Inglesa, Escocesa e Irlandesa decidiram, nos últimos meses, iniciar competições oficiais de Futsal Neste momento são já mais de 100 os países com competições oficiais de Futsal.

27 Asia Africa CAF Concacaf América do Sul CONMEBOL EuropaOceania TOTAL CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Primeira Fase * Adaptado. relatórios técnicos dos campeonatos mundiais da FIFA: 1989, 1992, 1996

28 Africa CAF Concacaf Asia AFC América do Sul CONMEBOL Europa UEFA Oceania OFC TOTAL CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final * Adaptado. relatórios técnicos dos campeonatos mundiais da FIFA: 1989, 1992, 1996

29 CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final

30 1989Holanda 1º BRASIL 2º Holanda 3º USA 1992 Hong Kong 1º BRASIL 2º USA 3º Espanha 1996Espanha 1º BRASIL 2º Espanha 3º Russia 2000Guatemala 1º Espanha 2º Brasil 3º Portugal CAMPEONATOS MUNDIAIS - FIFA

31 CAMPEONATO ASIÁTICO CONCACAF AMÉRICA DO NORTE CONMEBOL AMÉRICA DO SUL 1999Malásia 1º Irão 2º República da Coreia 3º Kazaquistão 2000Tailândia 1º Irão 2º Kazaquistão 3º Tailândia 2002Indonésia 1º Irão 2º Japão 3º 2000Egipto 1st Egipto 2nd Marrocos 3rd Líbia 1996Guatemala 1º USA 2º Cuba 2000Costa Rica 1º Costa Rica 2º Cuba 1992Brasil 1st Brasil 2nd Paraguai 1996Brasil 1st Brasil 2nd Uruguai 2000Brasil 1st Brasil 2nd Argentina OCEÂNIA CAMPEONATO AFRICANO

32 REGRAS – Campeonatos Mundiais FIFA * Adaptado. relatórios técnicos dos campeonatos mundiais da FIFA: 1989, 1992, Duração do jogo2*25 Sem paragens 2*20 Cronómetro 2*20 Cronómetro 2*20 Cronómetro Nº de jogadores Faltas AcumulativasNão Sim CarrinhosSim Não Duplo PênaltiNão 12m10m Desconto de tempoCapitão Treinador Guarda redes pode lançar a bola para lá do meio campo Não Sim

33 * Adaptado do relatório técnico do campeonato mundia da FIFA: – Hong Kong Uniformidade das Leis de jogo aplicadas em cada país. Exclusão dos jogadores que façam mais do que 5 faltas. Regra do atraso ao guarda redes deverá ser revista. Criação de um corpo de árbitros de Futsal no seio da FIFA. Presença do Futsal como modalidade Olímpica. Organização de cursos e seminários para técnicos e árbitros. CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Análise final e sugestões

34 1996 – Sugestões O banco de suplentes deverá estar sempre situado no meio campo defensivo da sua equipa. Uniformidade das Leis de jogo aplicadas em cada país. Deverá ser permitido ao Guarda redes enviar a bola para lá do meio campo. Se 2 equipas terminarem com o mesmo nº de pontos, o primeiro critério de desempate deverá ser o resultado do confronto directo e não o goal-average. Exclusão dos jogadores que façam mais do que 5 faltas. Presença do Futsal como modalidade Olímpica. Organização de cursos e seminários para técnicos e árbitros. CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Análise final e sugestões * Adaptado do relatório técnico do campeonato mundia da FIFA: 1996

35 Regras As regras são hoje muito diferentes do que eram inicialmente. As principais diferenças são: Possibilidade de marcar golos dentro da área; Número ilimitado de substituições; Possibilidade de o guarda-redes jogar fora da área; Não existência de faltas acumulativas individuais (ao jogador); Permitir a substituição de um jogador expulso ao fim de 2 minutos (ou antes nos casos previstos); Área de maiores dimensões (6 metros); Marca de livres sem barreira nos 10 metros *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I

36 AnosLocalNº Golos Perc. Jogo Melhor Marcador 1989Holanda Laszlo Zsadany (Hun) Hong Kong Radabi Shirazi (IRAN) Espanha Manoel Tobias (BRA) Guatemala Manoel Tobias (BRA) - 19 Golos CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos * Adaptado. relatórios técnicos dos campeonatos mundiais da FIFA: 1989, 1992, 1996

37 CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos – Espanha1996 NºPercentagem Total de Duplos Pênalties75 Convertidos912 % Defendidos2432 % Falhados4256 % Duplo Pênaltie (12m) * Adaptado do relatório técnico do campeonato mundia da FIFA: 1996

38 Nº% % 1º - 5º Minutos247,82%217.2 % 6º - 10º Minutos309,77%3512.1% 11º - 15º Minutos227,17%3512.1% 16º - 20º Minutos4213,68%3311.4% 21º - 25º Minutos4715,31%279.3% 26º - 30º Minutos4915,96%4415.2% 31º - 35º Minutos4614,98%3612.4% 36º - 40º Minutos 4715,31%5920.3% Quando foram marcados os golos? CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos – Espanha1996 * Adaptado do relatório técnico do campeonato mundia da FIFA: 1992 e 1996

39 Quando foram marcados os golos? CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos – Espanha1996

40 54.8%35.2%3.4%1.1% CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos – Espanha1996 De que local foram marcados os golos? * Adaptado do relatório técnico do campeonato mundia da FIFA: 1996

41 Duração dos Jogos AnoLocalPercentagemMais curtoMais longo 1989 Holanda50Sem registo 1992 Hong Kong75´ Espanha Disciplina AnoLocalAmarelosDuplo AmareloVermelho 1989 Holanda Hong Kong Espanha Guatemala9116 CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos

42 Arbitragem Africa CAF Concacaf Ásia AFC América do Sul CONMEBOL Europa UEFA Oceânia OFC TOTAL CAMPEONATOS MUNDIAIS FIFA Fase Final – Dados Estatísticos

43 PARTICIPAÇÃO - GUATEMALA2000 Total de países filiados na FIFA – 203 Países que participaram no apuramento para Guatemala 2000 – 63 31% *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I

44 EUROPA ANDORRA ARMÉNIA AZERBEIJÃO BÉLGICA BIELORÚSSIA BÓSNIA-HERZEGOVINA CROÁCIA ESLOVÁQUIA ESLOVENIA ESPANHA FINLÂNDIA FRANÇA GEORGIA GRÉCIA HOLANDA HUNGRIA ISRAEL ITÁLIA JUGOSLÁVIA LETÓNIA LITUÂNIA MACEDONIA POLÓNIA PORTUGAL REPÚBLICA CHECA RÚSSIA UCRÂNIA UEFA 51 países Com Futsal 26 países 51% *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I

45 ÁSIA CASAQUISTÃO IRÃO JAPÃO MACAU QUIRZIGUISTÃO REPÚBLICA DA COREIA SINGAPURA TAILÂNDIA UZBEQUISTÃO AFC 44 países Com Futsal 9 países 20% *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I

46 África ÁFRICA DO SUL EGIPTO LÍBIA MARROCOS CAF 52 países Com Futsal 4 países 8% *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I

47 América do Sul ARGENTINA BOLÍVIA BRASIL CHILE EQUADOR PARAGUAI PERU URUGUAI VENEZUELA CONMEBOL 10 países Com Futsal 9 países 90%

48 *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I América do Norte, Central e Caraíbas ANTILHAS HOLANDESAS COSTA RICA CUBA EUA GUATEMALA MÉXICO PORTO RICO SURINAME NICARÁGUA CONCACAF 35 países Com Futsal 9 países 26%

49 *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I Oceânia AUSTRÁLIA FIJI ILHAS COOK NOVA ZELÂDIA PAPUA-NOVA GUINÉ SAMOA OCIDENTAL VANUATU OFC 11 países Com Futsal 7 países 64%

50 GUATEMALA 2000 UEFA Portugal Espanha Rússia Holanda Croácia CONMEBOL Argentina Brasil Uruguai CONCACAF Costa Rica Cuba Guatemala AFC Irão Casaquistão Tailândia CAF Egipto OFC Austrália

51 PORTUGAL /BELGICA PORTUGALBELGICA População # Início do Futsal Leis do jogo adoptadasFIFA Atletas filiados Campeonato Mundial FIFA – Fase final 1989 NÃOSIM (4º) Campeonato Mundial FIFA – Fase final 1992 NÃO SIM (1/4 FINAL) Campeonato Mundial FIFA – Fase final 1996 NÃO SIM (1/4 FINAL) Campeonato Europeu UEFA – Fase final 1999 Sim (3º grupo) Sim (4º grupo) Campeonato Mundial FIFA – Fase final 2000 Sim (3º) Não Campeonato Europeu UEFA – Fase final 2001 Não Campeonato Europeu UEFA – Fase final 2003 Sim # União Europeia Web Page: Fontes: Federação Portuguesa de Futebol e Federação Belga de Futebol

52 PORTUGALBELGICA Campeonato NacionalDesde ª Div. – 16 equipas 2ª Div. – 32 (2Grupos) 3ª Div. – 48 (3Grupos) Desde st Div. – 14 equipas 2nd Div. – 18 (2Grupos) 3rd Div. – 56 (4Grupos) 4th Div. – 42 (3Grupos) Competições Regionais e de Jovens 1119 Equipas900 Equipas Cursos de TreinadoresBásico, Avançado e Profissional Básico, Avançado Licença para TécnicoSim Organização Estrutural Comissão de Futsal no seio da FPF Comissão: 7 elementos + Coordenador Nacional Departamento de Futsal no seio da Federação Comissão: 14 membros PORTUGAL /BELGICA Fonte: Federação Portuguesa de Futebol e Federação Belga de Futebol

53 Que estrutura para o Futsal?

54 Presidente Petr Fousek República Checa Vice-Presidentes Alberto Silveira ţPortugal Hans Boll Holanda Membros Semion N. AndreievRússia Tomas Gea Andorra Istvan HuszarHungria Robertas Mackevicius Lituânia Maurizio Montironi S. Marino Anatolij V. Popov Ucrânia Pierre Schiepers Bélgica Fabrizio Tonelli Itália

55 CAMPEONATOS EUROPEUS UEFA 1999Espanha 1º RUSSIA 2º Espanha 3º Italia 2001Russia 1º ESPANHA 2º Ucrânia 3º Russia

56 UEFA Futsal Cup É a mais recente competição da UEFA Destina-se aos clubes Campeões Nacionais Participaram na fase de qualifi- cação 27 clubes

57 A fase final realizou-se em Lisboa, no Pavilhão Atlântico entre 23 de Fevereiro e 3 de Março com 8 equipas, incluindo o Sporting Clube de Portugal

58 Futsal em Portugal Instituições Nacionais Origem e Evolução

59 Evolução em Portugal Em 1985 são fundadas as primeiras Associações Distritais de Futebol de Salão (3) Em 1986 é fundada da FPFS – Federação Portuguesa de Futebol de Salão – que organiza as primeiras provas de âmbito nacional Em 1985 iniciam-se as primeiras provas distritais de Futebol de 5 (só em Lisboa)

60 Evolução em Portugal Em 1991 a Associação de Futebol do Porto separa-se da FPFS e abandona os campeonatos em curso. Nasce o FUTSAL! Em 1991 cria-se a Federação Portuguesa de Futsal. Em 1994 dá-se a primeira tentativa de fusão entre as três variantes. Em 1997 a FPF e a Federação Portuguesa de Futsal assinam um protocolo, que prevê a integração das associações de futsal no seio associações de futebol.

61 F. P. F.F. P. Fut. Salão F. P. Futsal F. P. Fut. SalãoF. P. F Evolução em Portugal *Adaptado de Rocha, J., 2000 – Curso de treinadores da AFB – Nível I


Carregar ppt "Associação Nacional de Treinadores de Futsal Comissão de Futsal Curso Nível I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google