A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Representantes: os protozoários e as algas eucariontes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Representantes: os protozoários e as algas eucariontes."— Transcrição da apresentação:

1 representantes: os protozoários e as algas eucariontes.

2

3

4

5 Muitas algas apresentam um conteúdo rico em proteínas, vitaminas, sais minerais, polissacarídeos e são amplamente utilizadas na alimentação, principalmente por povos orientais, há cerca de anos. As mais utilizadas como alimento são as pardas, as vermelhas e as verdes. Há um grande número delas utilizadas na indústria alimentícia, farmacêutica, cosmética, na medicina e ainda como substâncias em pesquisas científicas.

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17 Os microorganismos classificados no Reino Protoctista são: - unicelulares e pluricelulares, - microscópicos e macroscópicos, com células eucariontes por possuírem núcleo delimitado por carioteca. Portanto, são seres eucariontes.

18 Eles podem ser autótrofos (produzem sua próporia alimentação/alimentos); Também são heterótrofos, não produzem seus próprios alimentos. Protoctistas autótrofos, são as algas; elas constituem a maior parte do plâncton marinho e do plâncton dulcícola(água doce); Protoctistas heterótrofos, neste grupo são encontrados todos os protozoários;

19 Os protozoários se alimentam de compostos inorgânicos por ex. água e sais minerais ou orgânicos (substâncias químicas que contêm na sua estrutura o carbono e o hidrogênio e podem se combinar com oxigênio, nitrogênio, enxofre, fósforo, boro, halogênios e outros elementos químicos).

20 Na antiga classificação, os protozoários eram animais unicelulares e as algas (unicelulares eucariontes) pertenciam ao grupo dos Vegetais. Entretanto, essas classificações têm sofrido constante alteração, devido a grande diversidade das algas e estudos detalhados a cerca.

21 Os protozoários são microorganismos unicelulares cuja classificação é feita com base nas estruturas de locomoção que eles apresentam e devido a isso foram agrupados no Reino Protoctista junto as algas unicelulares.

22 As algas, constituem um grupo bastante heterogêneo, podendo ser unicelulares ou pluricelulares, microscópicas ou macroscópicas e de coloração bastante variável; São encontradas em vários tipos de ambientes: ocorrendo em lagos, rios, solos úmidos, casca de árvores e principalmente nos oceanos.

23 São classificadas de acordo com a sua estrutura e seus pigmentos; e em diversos filos; Filo Chlorophyta (algas verdes), Filo Phaeophyta (algas pardas ou marrons), Filo Rhodophyta (algas vermelhas, as Pyrrophytas), Filo Bacillariophyta (diatomáceas), Filo Chrysophyta (algas douradas), Filo Euglenophyta (euglenas), Filo Dinophyta (dinoflagelados) e Filo Charophyta (carofíceas).

24 A Maré Vermelha é um fenômeno da bioluminescência do mar, provocado pela proliferação excessiva das algas Noctiluca sp, composto pelas algas vermelhas, quase que exclusivamente pluricelulares e marinhas (mais comuns em mares quentes); a principal característica é a presença do pigmento ficoeritrina em suas células, responsável pela coloração avermelhada destes organismos nos oceanos; Com a proliferação desses tipos de algas, algumas produzem uma substância tóxica que deixa a água contaminada, matando todos os organismos marinhos ao seu redor, inclusive os peixes.

25 Estas algas, alguns gêneros delas são usadas na alimentação humana, como é o caso da nori( Gênero Porphira), utilizada principalmente no preparo de sushi, prato típico da culinária japonesa. Essa alga tem sido usada também para combater a doença escorbuto, graças o seu alto teor de vitamina C. Na parede celular há celulose e carragenina, polissacarídeo utilizado como estabilizante em sorvetes. Dessa parede é preparado o ágar, espécie de pasta usada para dar consistência a culturas de bactérias e de outros microorganismos e a alimentos industrializados (cremes, pudins, sorvetes, etc), e para fazer cápsulas de medicamentos, cosméticos e moldes dentários, entre outras aplicações.

26 Os protozoários são seres complexos, possuindo sistema reprodutor, digestivo, de locomoção, entre outros sistemas; Podem viver em colônias, sozinhos ou parasitando outros seres vivos. A maioria dos protozoários são de vida livre e aquática podendo ser encontrados na água doce, salobra ou salgada, também levam vida livre em lugares úmidos rastejando pelo solo ou sobre matéria orgânica em decomposição.

27 Assim como as bactérias(reino monera), os protozoários podem ser aeróbios ou anaéróbios. Algumas espécies levam vida parasitária no organismo de hospedeiros, inclusive do homem, causando diversas doenças, muitas delas graves.

28 Atualmente são considerados cerca de dezesseis filos dentro do reino protoctista, cujas relações filogenéticas (isto é, relações evolutivas) ainda não estão bem compreendidas.

29

30 Filo Rhizopoda ou Rizópodes - neste grupo é encontrada a Ameba, (os protozoários amebóides) – que se deslocam capturando alimentos através de pseudópodes falsos pés (projeções do citoplasma da célula), realizando a osmose, para equilibrar a água dentro do organismo. Na classificação tradicional é tratado como Filo Sarcodina; e na moderna reúne cerca de cinco filos.

31 Filo Flagelata ou Protozoários flagelados - sua locomoção e obtenção de alimentos é por meio de batimento flagelar(lembra um chicote). São de vida livre e muitos deles são parasitas do homem, como o Trichomonas vaginalis – fica alojado no aparelho reprodutor humano, geralmente nas mulheres, na vagina ( causando a Tricomoníase). Provoca muita coceira, ardência e corrimentos. Ou o Trypanosoma cruzi responsável pela Doença de Chagas. Antigamente, tratados como um único filo (Flagelata ou Mastigophora); hoje considerados em oito filos com características próprias.

32 Filo Ciliophora ou Protozoários ciliados – que se deslocam ou obtém alimentos por meio de cílios, (lembra remos). Esse é o único grupo que mantêm a classificação tradicional e o Filo Apicomplexa - Protozoários esporozoários – não possuem estrutura especial para locomoção, mas utilizam de flexões ou deslizamento do corpo. Atualmente existem dois filos, antigamente estudados dentro de um único filo (Sporozoa).

33 quanto à nutrição, os autótrofos, realizando a fotosíntese, se alimentam como se fossem plantas, os heterótrofos, comem diversos alimentos principalmente matéria orgânica em decomposição( folhas e animais mortos, fezes, etc); quanto a digestão é intracelular, por meio de vacúolos digestivos, sendo que o alimento é ingerido por pinocitose ou fagocitose( o englobamento de substâncias líquidas e sólidas, respectivamente).

34 A B

35

36 A reprodução dos protistas geralmente é assexuada, onde o microorganismo apenas se divide em cópias dele mesmo, alguns produzem esporos para se disseminarem pelo ambiente; também apresentam a reprodução sexuada, havendo nítida troca de material genético entre um microorganismo e outro.

37

38

39

40 Dentre as importâncias ecológicas das algas para o meio ambiente a maior é o fato de todas elas serem fotossintetizantes, sendo por isso, a base das cadeias alimentares aquáticas. Além disso, pela fotossíntese, elas liberam oxigênio, renovando a concentração desse gás na atmosfera. Estima-se que cerca de 90% do oxigênio presente na Biosfera seja gerado pela fotossíntese das algas planctônicas. Assim, as algas possuem papel fundamental na manutenção da vida no planeta, além de outras variedades de seu uso.

41 Elas são fonte de proteínas, vitaminas e sais minerais; os grupos mais consumidos estão as algas vermelhas (Rhodophyta) e as pardas (Phaeophyta), que podem ser cultivadas em viveiros ou simplesmente coletadas no ambiente marinho.

42 Algumas das algas comestíveis mais conhecidas são o nori, utilizado pelos japoneses no preparo do sushi, e o kombu e o wakame, duas algas que fazem parte de pratos chineses e japoneses, como sopas, molhos e carnes; Muitos alimentos utilizados na pecuária possuem como base uma farinha feita de algas desidratadas e moídas.

43 O ágar, os alginatos e os carragenanos são colóides que podem ser extraídos de algas marinhas (ex.rodofíceas). Um colóide é uma mistura de substâncias com moléculas muito pequenas, que pode formar soluções viscosas, como géis de diferentes texturas, muito utilizado na indústria e pesquisas científicas.

44 O ágar é utilizado em laboratórios para preparar meios de cultura para bactérias e outros organismos; Os alginatos estão presentes na composição de diversos alimentos e bebidas industrializadas, como sorvetes e cervejas. Eles atuam como substâncias gelificantes, estabilizantes e emulsificantes.

45 Os carragenanos são empregados principalmente na fabricação de alimentos com consistência gelatinosa ou cremosa, como gelatinas e patês. Também são utilizados na produção de tintas e cosméticos, como cremes e pasta de dente.

46 As algas podem ser utilizadas como uma forma de adubação natural e de eficácia boa. Seus talos são ricos em minerais essenciais ao desenvolvimento das plantas, como o nitrogênio e o potássio.

47 O uso medicinal de algas na cura e prevenção de doenças faz parte da cultura milenar de muitos países, como China, Coréia e Japão. Alguns medicamentos, utilizados na regulação do apetite, contêm substâncias extraídas de algas, transmitindo uma sensação de saciedade ao cérebro; Pesquisas vêm sendo realizadas para analisar a eficácia das algas no tratamento de diversas doenças, tais como asma, bronquite, verminoses, artrite e hipertensão; Embora já tenham sido desenvolvidas tantas aplicações para as algas e suas substâncias, diversos setores, como as indústrias química, alimentícia e farmacêutica, continuam realizando estudos em busca de novas descober tas.

48 Os protozoários, alguns servem como indicadores da qualidade do ambiente, sendo que em águas poluídas por resíduos industriais normalmente não aparecem muitos protozoários enquanto que em águas e solos onde exista matéria orgânica em decomposição eles aparecem em abundância fazendo a decomposição de fezes e de qualquer matéria orgânica morta, com isso colaborando com a limpeza do meio ambiente, a presença de muitos protozoários indica que aquele ambiente está ecológicamente saudável.

49 Doença de Chagas - é causada pelo flagelado Trypanosoma cruzi (transmitida pelo inseto chamado popularmente de "Barbeiro" o Triatoma infestans); Malária (febre intermitente, impaludismo, maleita, sezão) - causada por protozoários do Gênero Plasmodium, é transmitida pela picada de fêmeas de mosquitos do Gênero Anopheles ou por transfusão de sangue de indivíduos contaminados com um dos tipos de protozoários: Plasmodium falciparum, Plasmodium vivax, Plasmodium malarie ou Plasmodium ovale, causando febres de 48 em 48 horas ou de 72 em 72 horas;

50 Giardíase : É causada pelo flagelado Giardia sp. Que é transmitida pela água ou alimentos contaminados com fezes do individuo doente; Leishmaniose tegumentar (úlcera de bauru, nariz de tapir, ferida brava) – causada por protozoários do Gênero Leishmania. Podem provocar o surgimento de feridas de difícil cicatrização na pele e mucosas. Boca, nariz e faringe são as regiões mais afetadas.

51 Leishmaniose visceral (calazar) - causada pelos flagelados Leishmania chagasi ou o L. donovani, é transmitida também pela picada da fêmea do mosquito flebótomos. Sendo responsável por outros tipos de Leishmaniose. Cães infectados podem transferir o parasita para o mosquito e, este, para os seres humanos.

52 Amebíase (disenteria amebiana): Causada pela Entamoeba histolytica, esta doença tem como sintomas dores abdominais e diarréias intensas, com presença de muco e sangue. A contaminação se dá pela ingestão de água ou alimentos contendo cistos que foram anteriormente eliminados juntamente com as fezes de indivíduos doentes.

53 Doença do sono ou tripanossomíse africana: É causada por um protozoário do gênero Trypanossoma, o qual é transmitido pela mosca tsé-tsé (Glossina palpalis). Há 2 tipos do parasita que afeta o ser humano o Trypanosoma brucei gambiense e o T. brucei rhodesiense. De ocorrência restrita à África. Esta doença provoca, primeiramente cansaço, febre e anemia. Já no estágio crônico, causa sonolência profunda e outras perturbações do sistema nervoso. Pode levar à morte.

54 Tricomoníase: Podendo ser transmitida pelo contato sexual e uso de objetos ou roupas contaminadas pelo protozoário Trichomonas vaginalis, esta doença afeta o sistema genital, tanto masculino como feminino, com secreção de odor forte.

55 Toxoplasmose - a infecção se dá pela ingestão de carne contaminada pelos cistos do Toxoplasma gondii ou ao entrar em contato com fezes de gatos ou outros hospedeiros deste protozoário. O indivíduo pode ter febre, dores musculares e nas articulações, pode ter comprometimento da visão, dor de cabeça e garganta, manchas pequenas e vermelhas pelo corpo e aumento dos linfônodos como sintomas; também pode ser assintomático.

56 FAZER AS QUESTÕES DA PÁG. 113 DO LIVRO TEXTO: SOBRE AS ALGAS - da 5 a 20 SOBRE OS PROTOZOÁRIOS - da 21 a 38


Carregar ppt "Representantes: os protozoários e as algas eucariontes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google