A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Marco Aurélio Ferreira Vianna - PALESTRA DE 08 DE DEZEMBRO DE 2004 -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Marco Aurélio Ferreira Vianna - PALESTRA DE 08 DE DEZEMBRO DE 2004 -"— Transcrição da apresentação:

1 1 Marco Aurélio Ferreira Vianna - PALESTRA DE 08 DE DEZEMBRO DE

2 2 A simplicidade do momento 1. O futuro do passado é diferente do presente 2. O presente, em vários pontos, é muito melhor do que o passado 3. O presente é muito pior do que o futuro do passado 4. O futuro do presente é muito mais previsível do que o futuro do passado 5. O futuro do presente é mais ambíguo do que o futuro do passado 6. Muito do futuro do passado é conhecido e não implantado 7. E finalmente, o futuro do futuro fica para o futuro

3 3 Para ser grande, sê inteiro: nada Teu exagera ou exclui Sê todo em cada coisa. Põe quanto és No mínimo que fazes. Assim em cada lago a lua toda Brilha, porque alta vive Ricardo Reis / Fernando Pessoa

4 4 Liderança - Pra Começar! O líder é o melhor Quando as pessoas mal sabem Que ele existe O Melhor líder fala pouco E quando conclui o seu trabalha As pessoas de sua equipe dirão Nós fizemos Lao Tzu Líder é a alma simbólica da coletividade Deepak Chopra Eu pego as lendas e transformo em coisas concretas; Mozart pega as coisas concretas e as transforma em lendas Antonio Salieri Líder é o que transforma uma organização comum em uma verdadeira instituição Selznick

5 As Cinco Dimensões do Líder Líder Pleno Líder Maestro Líder Estratégico Líder Empreendedor Líder Cidadão Líder Executivo Um Ser Humano Integral (Lidera Pessoas) (Lidera na Direção Certa) (Lidera nas Organizações) (Lidera Novos Empreendimentos) Porque eu sou do tamanho que vejo e não do tamanho de minha altura Alberto Caeiro / Fernando Pessoa (Lidera na Direção do Bem)

6 6 Da Revolução para a Evolução O Saldo (+) das Revoluções Infinitas pessoas no mundo plugadas na internet De 0 a 60 milhões de telefones celulares no Brasil em 8 anos A Equação 1/2 x 2 x 3 Crescimento muito maior das mulheres na força de trabalho Um carro básico custando 5 mil dólares Um carro médio custando 7 mil dólares 10 milhões de excluídos cuidados por ONGs privadas Em momentos de crise (como o atual), inflação a 6% a.a. Passagem Rio - NY - Rio por US$ 500,00 O Ford Fiesta, carro mundial, fabricado na Bahia Aumento brutal do PIB de empresas estrangeiras 37% das exportações da índia formados por venda de software Mais de 60% das transações de cias grandes B2B Bilhões de dólares de programas de desestatização.

7 7 Caos Genérico

8 8 Sub-produtos inesperados (e inimagináveis) do novo (?) paradigma da competitividade e da democracia Crise da EmpregabilidadeCrise da Empregabilidade Guerra Civil BrasileiraGuerra Civil Brasileira Pirataria & FalsificaçõesPirataria & Falsificações Postos Sem BandeiraPostos Sem Bandeira Concorrência HeterodoxaConcorrência Heterodoxa Escalada do TerrorismoEscalada do Terrorismo Perda do Poder AquisitivoPerda do Poder Aquisitivo O Tsunami do EmpreendedorismoO Tsunami do Empreendedorismo A síndrome da PortelaA síndrome da Portela

9 9 O mundo de pernas para o ar Philip Morris Adverte: Fumar mata Sanduíche não tem pão Reitor Fernandinho Beira Mar Bacharel em Ciência Teológica de Umbanda O celular é gratuito – Faxse Fachina Vice-prefeito Kátia Tapety (Colônia do Piauí) Lula ama ACM Arriba Hermanitos! Phd em Itaboca do Paramirim Avião x Ônibus Todas as músicas clássicas em um computador A família globalizada Terno Coreano para amanhã O homem voa Cyberfuneral E mais do que tudo até os argentinos estão se integrando

10 10 Bons ventos ::. agrenco ::. GROUP GROUP

11 11 What If? Um Futuro de Incerteza Quanto será o percentual de vendas do comércio varejista via eletrônica em 2010? As pessoas vão ler livros eletrônicos em 2020? Em que volume? Videotecas acabarão? Salas de aula existirão por muito tempo? Quanto tempo sobrevive a televisão aberta? A pobreza será erradicada? Quando? Quando passaremos nossa lua de mel em órbita ao redor de Marte? Quando será o mega-ataque terrorista? Eu sei que não vou acertar o futuro; aliás, eu sei que eu vou errar sobre o futuro. Mas eu não quero ser eliminado pelo futuro. Peter L. Berstein

12 12 O talvez ainda menos óbvio O triunfo do management Síndrome da Obsolescência Exógena Novas Formas de Pricing Core Competence Volátil (TI) Escala e Gestão do Cluster Mutação Estrutural da Demanda Inteligência Artificial Estado da Arte da Microeconomia Efeito Portela Novo Capitalismo Sem Lucro Value Migration / Profit Zone Concorrência das Especialidades Concorrência Heterodoxa O lado Psíquico do Sucesso- Inércia Ativa Comoditização Irracional Tsunami do Empreendedorismo

13 13 Muito do que sabemos, não aplicamos Saber e não fazer Saber e não fazer é não saber

14 14 Ambiente Estratégico da Liderança (1) A Busca do significado da Vida A Revolução da Responsabilidade Individual Ambigüidade, Incerteza, Caos, Volatilidade Aumento da Expectativa de Vida Aumento da injustiça social Cidadania Competitividade Externa Concorrência caótica Crise na empregabilidade Era do Empreendedorismo

15 15 Ambiente Estratégico da Liderança (2) Forte crescimento da espiritualidade Frustração de Expectativas Generation Gap (X, Y, Z) Globalização Infinitização da informação Novo Conceito de Educação Novo Metamodelo econômico Sociedade Civil organizada Poder Aquisitivo Achatado Violência urbana

16 16 Prefeitura VIX ALES Acordo Automotivo INMETRO Petróleo em águas profundas Médio São Francisco PBQP Porto Seguro Ceará Indústria Gaúcha O Impossível? (1) Fome Zero (?)

17 17 Inovação Inovação Capital IntelectualCapital Intelectual Felicidade do EmpregadoFelicidade do Empregado Felicidade do ClienteFelicidade do Cliente Social Social IndicadoresIndicadores Educação Corporativa Educação Corporativa ParceriasParcerias A Nova Contabilidade Lucro É o Subproduto das Coisas Bem Feitas PatrimonialPatrimonial Despesas e LucrosDespesas e Lucros Balanço Balanços

18 18 A Essência da Administração Hoje somos melhores que ontem Amanhã vamos ser melhores que hoje (Salim Mattar, Localiza) Líderes plenos Uma causa mais nobre Uma sólida cultura disseminada Busca da excelência / seriedade Conjunto de intuições estratégicas Visão de longo prazo Cultura de resultado Valorização de seus Seres Humanos Otimização financeira Competitividade Foco no cliente Inovação obsessiva Flexibilidade Responsabilidade social Busca do fazer acontecer O Porto Seguro

19 19 Você não é do tamanho dos seus sonhos! O tamanho dos seus sonhos definem (limitam?) o seu tamanho!

20 20CLIENTES Geração de Novos Negócios Áreas de Operação Empreendimentos Operações de Negócios Filial A Filial B Otimização de Serviços Internos Capital Intelectual ControleControle JurídicoJurídico Empre.1Empre.1Empre.2Empre.2Empre.3Empre.3 ServiçosServiços LogísticaLogística ConhecimentoConhecimentoInteligênciaCompetitivaInteligênciaCompetitivaProjeçãoMercadosProjeçãoMercados Otimização de Operações Funções Corporativas SERESHUMANOS ACIONISTA COMUNIDADE Times Estratégicos DiretoriaDiretoria Área de Criação

21 21 Quando duas áreas de uma empresa brigam entre si... Diretrizes de Relacionamento Integração – uma questão estratégica Nós, a empresa QI Grupal Feudalismo de Neandertal Rancor 24 horas Conflito de idéias x conflito de pessoas Empatia Consenso x convergência Processos, processos

22 22 Equipes Triunfadoras Visão Missão Valores comuns Objetivos Claros Cada um Sabe o seu Papel Aberta para Mudança (mundo exterior) Dá e Aceita Feedback Flexível para Mudança Sinergia Plena - QI Grupal Harmonia e Integração Um Forte Lado Humano (respeito e amizade) Motivação, respeito e confiança Sentimento de Grupo Maior do que o Individual Reconhecimento Mútuo e Comemoração Comunicação Excepcional - Transparência Evidentemente um líder total

23 23 O Impossível? O Impossível? (2) Voleibol Brasileiro Voleibol Brasileiro Pão de Açúcar Pão de Açúcar Ivo Pitanguy Ivo Pitanguy Nosso Camelô Nosso Camelô Localiza Localiza Zilda Arns Zilda Arns Oscar Schmidt Oscar Schmidt Ronaldinho Ronaldinho

24 24 1.Consciência total do momento 2.Ser amigo da complexidade 3.Ter uma missão mais nobre (Skyhook) 4.Desancorar paradigmas 5.Flexibilidade 6.Participar de uma rede (ou mais) 7.Excelência na consistência 8.Comprometimento e persistência 9.Humildade Franciscana 10.Um certo Budismo (Custo Missionário) 10 Regras de ouro para o Ser Humano nesta Década 00

25 25 Líder Empreendedor É empregado Na empresa Segue Orientações Espera Visão Tática Foco vitalício Medo de Errar Especialista Salário Visão Tarefa Cumpre Rotina Culpado é o Outro Foco na Organização Continuista Conhece a função Alienado Tem trabalho / ocupação Para Empresa Assume Riscos Avança Visão Estratégica Projetos Alternativos Aprende com Erros Especialista e Generalista Participação Visão Resultado Agrega Valor Assume Responsabilidade Foco no Cliente Inovador Conhece o Negócio Aprendiz e Mestre Gerente Burocrata

26 26 REGRAS DE OURO DA LIDERANÇA 1. Mais do que um sonho tem uma causa, um sentido de missão. 2. Sente uma total responsabilidade por ela! 3. Envolve com excelência pessoas nesta missão, dominando o complexo da estrutura de poder. 4. É obsessivo por resultados. 5. Compromete o corpo e a alma na realização de sua causa. 6. Busca a excelência com perfeccionismo, com vontade de melhorar sempre. 7. Constrói o seu carisma através de uma impecável autenticidade. 8. Compartilha as perdas e ganhos. 9. Domina com consistência a capacitação estratégica e a inteligência competitiva. 10. Tem coragem para assumir risco. 11. Derrotas são degraus de aprendizado para as vitórias do futuro. 12. Proíbe a palavra sucesso; humildade permanente é sua arma. 13. É um excepcional educador. 14. Constrói lendas e não projetos comuns. 15. Persistência, paciência e temperança formam a força de sua maturidade. 16. Amam com paixão e entusiasmo o que fazem.

27 27 Líder Bege Líder Estrela Vamos ser Campeões Olímpicos: A Vitória Está nos Detalhes Cumpre Papel É Gerente de Área É Organizado Gerencia com Partes Estabelece Metas Pasteuriza a Motivação Barganha o Preço Atinge Metas Racionaliza o Desafio Crescente Arrisca Muito Melhora Pessoas O Todo é Importante Orientado por Resultados Quer ir além Quer ir além Gerencia emoções Gerencia emoções Domina a complexidade Domina a complexidade É Inteiro em Tudo É Inteiro em Tudo Constrói Sonhos Constrói Sonhos Particulariza a Empatia Particulariza a Empatia Paga o Preço com Consciência Paga o Preço com Consciência Celebra as Metas Celebra as Metas Paixão por Desafios Crescentes Paixão por Desafios Crescentes O Risco Alavanca O Risco Alavanca Instiga para o Máximo Instiga para o Máximo O Todo é Fundamental O Todo é Fundamental Obcecado por Resultados Obcecado por Resultados

28 28 Lições do Sucesso Grandes Mestres e Sábios Sete Condições Universais do Sucesso 1. Uma clara concepção do que queremos. 2. Uma forte confiança de que podemos atingir nossos objetivos 3. Uma concentração focalizada no que faremos. 4. Uma consistência obstinada na busca do que almejamos. 5. Um compromisso emocional com o que estamos fazendo. 6. Um bom caráter para nos guiar e manter no trajeto 7. Uma capacidade de desfrutar o processo. (Tom Morris)

29 29 Podemos tratar as doenças físicas com medicamentos, mas a única cura para a solidão, o desespero e a infelicidade é o amor. Há muita gente no mundo, que morre por uma fatia de pão. Mas há muito mais, que morre por um pouco de amor Madre Tereza de Calcutá

30 30 Site: Telefax: 0xx Se quiser comunicar-se comigo: Site: Telefax: 0xx

31 31 A Lenda de RH Marco Aurélio Ferreira Vianna Obrigado, meu Deus Eu não tenho Uma profissão Eu tenho Uma Missão. Mesmo Assim Me Pergunto Gente Cuidando De Pessoas? Que Papel? Que Causa? Que Valores? Que Princípios? Como farei O Bem? Que é meu Dever! Sim, porque Meu Caminho Foi longo. Evoluímos muito. Mas é bom lembrar, Já fui Chefe, Chefe de Pessoal. Contratava, Mandava, Punia Proibia Dominava Quase batia E Pessoas, Pessoas Como Eu, Boicotavam, Enganavam, Encenavam. Mas agora não, Obrigado meu Deus, Eu não tenho Uma Profissão Eu tenho Uma Missão. E aí Evoluímos mais, Organizamos Sistematizamos Controlamos Mas Também Burocratizamos Matematizamos Quase Atrapalhamos. Era o Mundo Das caixinhas, Das funções, Dos fragmentos, Dos feudos. E eu tinha O meu feudo, Forte, Poderoso, Um RH Pra valer. Mas as Pessoas, Pessoas como eu, Separavam, Desuniam, Feudalizavam, Diminuíam, Até Brigavam. Mas agora não Obrigado meu Deus Eu não tenho Uma Profissão, Eu tenho Uma Missão. Eu era contra E como trabalhei contra Mas a relação Era Jurídica Entendeu? Barganhar Perde/Perde Te dou minhas Horas, Você me dá Um salário. Aí, ocorria Um perigoso Eu finjo Que sou feliz Você finge Que paga bem; Eu finjo que Trabalho Você finge Que controla. Agora não, Obrigado, meu Deus. Eu não tenho Uma profissão, Eu tenho Uma Missão. Aí melhoramos, Evoluímos ainda mais, As pessoas

32 32 Viraram Talentos, Seres Humanos, Colaboradores, Capital Intelectual, Parceiros, Ativo Intangível, Pessoas Viraram Até Pessoas Descentralizamos, Estrategizamos, Scorecardiamos, Competenciamos, Criamos até Universidade, A nossa, A Corporativa. Com isto Estamos Chegando lá, Quase no ponto. Mas ainda falta! Um Pouco, Mas ainda falta! Devemos sair Do método À essência, Do processo Ao Humano, Do Burocrático Ao Resultado. Hoje chegamos lá, Do RH ao Ser Humano. Empresa são Pessoas, Organização é Uma Integração De Seres Humanos. Por isto, Hoje Desenvolvemos Seres Humanos, Integrais, Não só profissionais. Ajudamos a Criar Alimentar, Até acompanhar Princípios e Valores. Premiamos Reconhecemos. Nosso Resultado É o resultado Do Todo, Como fazem Grandes Líderes, Que também desenvolvemos. Visionários, Éticos, Agregadores, Comprometidos, Assertivos, Até Amigos. Lideres autênticos Aceitos por seus liderados, Jamais Paternalistas. Líderes Que dão Sempre o Ombro amigo, Jamais O colo Infantil. Isto não é Mesmo Profissão! Isto é Missão! Das mais nobres, Das mais desafiantes, Das mais motivadoras. E vamos além: No racional Desenvolvemos A Inteligência Competitiva, As Capacitações, Pessoas para o Futuro. As competências Porque não? Atraímos, Desenvolvemos Talentos. Na Emoção, Unimos, Multiplicamos, Sinergizamos, Desfeudalizamos. Criamos Uma empresa Una. Forjamos a Coesão de Valores, Conscientes, Compartilhados, Realizados Com Coerência. Sempre o Discurso Igual à ação. Transformamos trabalho Em Prazer, Em Paixão, Em Entusiasmo. O Deus dentro Da gente.

33 33 A lenda que construímos. No Plano Superior Instigamos para a Busca mais nobre, Cada qual com Seu Deus. Aprendemos Com Teillard de Chardin: Não somos Seres Humanos, Passando por Uma experiência espiritual. Somos Seres Espirituais Passando por Uma experiência Humana. Entendendo nossa Missão, Que é a minha Missão: Agregar Valor ao Universo e à Humanidade. Melhorar o Mundo Entendeu? Aumento da Justiça. Agindo no Social. Envolvendo a todos. Entendendo Madre Thereza: Coração nas mãos, irmãos. Fazendo o Bem, E Também orando, A este Deus Superior, Meu Líder Maior. Oh Deus Obrigado! Eu não tenho uma Profissão Eu tenho uma Missão Que é divina. Que é dádiva, Porque é a minha Lenda A Lenda de RH

34 34 VENDEDOR ORTODOXO LÍDER VENDEDOR Trabalha Só Trabalha em Rede Burocrata Busca Resultados Reativo / É Empurrado Avança / Proativo Ortodoxo Quebra Paradigmas Aprendizado Induzido Busca Conhecimento Pouco Ligado Muito Antenado Tático Tático / Estratégico Superficial Muita Consistência Pouco Conteúdo Profundidade Baixa Energia Elétrico LideradoLíder

35 35 Perplexidade Sem Razão Overdose Informativa Melhorar, Fazer, Aprender, Inovar Desesperança Não era o que esperava Poder Aquisitivo Insegurança/Incerteza Novas Oportunidades Loucuras Inesperadas Anarquia Caos, Ambigüidade

36 36 O SEGREDO DA VIDA do Triunfo, Ano VIII – nº 356– 09/2002 A atitude resiliente encontrada nos sobreviventes do Holocausto: Todos tinham atitude positiva. Todos tinham atitude positiva. Recusavam –se a ceder. Seguiam em frente. Viam os problemas como acidentes de percurso que eram capazes de resolver. Recusavam –se a ceder. Seguiam em frente. Viam os problemas como acidentes de percurso que eram capazes de resolver. Tinham senso de propósito. Acalentavam sonhos. A tragédia é não tê-los. Tinham senso de propósito. Acalentavam sonhos. A tragédia é não tê-los. Eram flexíveis. Não abdicavam dos sonhos, tentavam outro caminho. O resiliente curva-se, mas não se quebra. Eram flexíveis. Não abdicavam dos sonhos, tentavam outro caminho. O resiliente curva-se, mas não se quebra. Mantinham uma visão do que queriam no futuro. Faça o teste: descreva sua vida daqui a cinco anos. Como você se imagina? Mantinham uma visão do que queriam no futuro. Faça o teste: descreva sua vida daqui a cinco anos. Como você se imagina? Tinham senso de organização. No meio do caos, estruturam e colocam ordem. Tinham senso de organização. No meio do caos, estruturam e colocam ordem. Com carinho, Marco Aurélio Ferreira Vianna

37 37 Mudança no Ambiente Estratégico Externo - Causas e Efeitos Efeitos Ambigüidade Incerteza, Caos Inovação Gestão de Riscos Importância Fundamental da Intuição/ Visão Estratégica Planejamento Estratégico, Avaliação de Cenário e Plano Contingencial Necessidade de Competitividade (P +Q) Flexibilidade Engrandecimento do Cliente Importância do Empreendimento Inteligência Competitiva Sinergia e Integração Uma Nova Lógica do Lucro Efeitos Cenário Jogo da Verdade Excelência do Capital Intelectual Causas

38 38 O Óbvio Revolução Informática Revolução Informática Ciclo de vida de produto Ciclo de vida de produto Inovação tecnológica Inovação tecnológica Novos métodos de gestão Novos métodos de gestão Globalização Globalização Powershift Powershift Era do empreendedorismo Era do empreendedorismo Mudanças sociais Mudanças sociais

39 39 O Menos Óbvio Os limites da competitividade Os limites da competitividade Ambigüidade, volatilidade, incerteza e caos Ambigüidade, volatilidade, incerteza e caos Engenharia financeira Engenharia financeira A Era do Conhecimento e do Capital Intelectual A Era do Conhecimento e do Capital Intelectual Gestão do conhecimento Gestão do conhecimento Padrões para equipe de alta performance Padrões para equipe de alta performance Ser humano como diferencial competitivo Ser humano como diferencial competitivo A importância das lideranças A importância das lideranças A consistência da Proposição de Valor A consistência da Proposição de Valor Transição Geracional - Gerações X e Y Transição Geracional - Gerações X e Y


Carregar ppt "1 Marco Aurélio Ferreira Vianna - PALESTRA DE 08 DE DEZEMBRO DE 2004 -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google