A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Organelas citoplasmáticas Profa. Ana Paula Miranda Guimarães Instituto Federal da Bahia (IFBA) Campus Camaçari Biologia Geral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Organelas citoplasmáticas Profa. Ana Paula Miranda Guimarães Instituto Federal da Bahia (IFBA) Campus Camaçari Biologia Geral."— Transcrição da apresentação:

1 Organelas citoplasmáticas Profa. Ana Paula Miranda Guimarães Instituto Federal da Bahia (IFBA) Campus Camaçari Biologia Geral

2 Células Há dois tipos de células Célula procarióticaCélula eucariótica

3 Célula procariótica SIMPLES

4 Célula eucariótica Complexa

5 Microscopia Visualização das células na aula prática. Microscopia eletrônica

6 Microscopia Microscopia óptica

7 Organelas Pequenos órgãos; Desempenham funções específicas no metabolismo da célula eucarionte; Rodeadas por membrana. Citoesqueleto; Cílios e Flagelos; Centrossomo; Núcleo; Ribossomos (não membranosa); Retículo endoplasmático liso e rugoso; Complexo Golgiense; Lisossomos; Peroxissomos; Mitocôndrias; Cloroplastos. Tipos:

8 1- Citoesqueleto: Rede de fibras que organiza estruturas e atividades; Sustentação mecânica e forma; Apoia as organelas; Mobilidade; Três estruturas : microtúbulos, microfilamentos e filamentos intermediários. Organelas

9 Organelas - Citoesqueleto

10 Organelas 2a- Cílios: Especializações curtas com arranjos de microtúbulos; São estruturas que possuem movimento (remos); Encontram-se em grande número; Exemplos: Células da traquéia, células das Tubas uterinas e ao redor de certos protozoários. Células da traquéiaProtozoário ciliado

11 2b- Flagelos: Estruturas longas e filamentosas, arranjos de microtúbulos; Possuem movimentos ondulatórios; Servem para locomoção de vários seres e células, em menor número; Exemplos: espermatozóides e protozoários. Organelas Tripanossoma: protozoário causador da doença de chagas Espermatozóides

12 Organelas 3- Centrossomo : Região próxima ao núcleo, início dos microtúbulos; Dentro, há um par de centríolos (9 conjuntos de 3microtúbulos); Participam da divisão celular.

13 Organelas 4- Núcleo : Organela mais evidente da célula que contém os genes (DNA organizado em forma de cromossomos); Com envelope nuclear; Replicação de DNA e síntese de RNA mensageiro; Direciona a síntese protéica.

14 Organelas 5- Ribossomos : Não membranosa, conjunto de proteínas + RNAr; Terminam sua maturação no nucléolo; Realizam síntese protéica; Há livres no citosol e ligados ao RER em células eucarióticas; Existem também em células procarióticas.

15 Organelas 6- Retículo endoplasmático liso e rugoso : Rede de membranas em forma de túbulos e sacos; É contínuo ao envelope nuclear; RE liso (agranular) : não possui ribossomos na superfície; Síntese de lipídeos; Metabolismo dos carboidratos; Desintoxicação de drogas e venenos. Exemplos: produção dos hormônios sexuais e colesterol, eliminação de drogas nas células do fígado.

16 Organelas – RE Liso e rugoso

17 RE rugoso (granular) : Conjunto de membranas com ribossomos na superfície; Produção de proteínas pelos ribossomos; São transportadas pela membrana para outros locais da célula ou para fora por vesículas de transporte. Organelas – RE rugoso

18 7- Complexo de Golgi: Descoberto por Camilo Golgi em 1898; Consiste em sacos membranosos achatados empilhados; Adiciona membranas (empacota) e matura, algumas proteínas produzidas pelo R.E.R; Realiza também a secreção celular, isto é, exporta para o meio extracelular substâncias (endereçamento); Produção do acrossomo no espermatozóide; Parte cis, de entrada e parte trans, de saída; Centro de armazenamento, transformação, empacotamento e remessa de substâncias na célula. Organelas

19 Organelas – Complexo de Golgi

20

21 8- Lisossomos: Sacos membranosos de ensimas hidrolíticas; Digestão de macromoléculas; São sintetizadas pelo RER, transferidas para o C. Golgi; Exemplos: amebas alimentam-se por fagocitose, glóbulos brancos (macrófagos) fagocitam invasores para defesa do corpo e autofagia. Uma célula do fígado, a cada semana, digere e reconstrói a maioria de seus componentes. Organelas

22 Doença de Tay Sachs: Prevalente entre os judeus Ashkenazi; Doença genética que envolve o metabolismo de digestão de glicolipídeos; Defeito no gene de produção da enzima hidrolítica; Excessivo acúmulo intralisossomal glicolipídios particularmente nas células neuronais; O cérebro se danifica, intoxica-se pelo acúmulo de glicolipídeos não digeridos. Organelas - lisossomos

23 Tudo na célula é conectado e uma estrutura necessita da outra... As atividades estão conectadas entre si, desde a parte microscópica até a parte macroscópica.

24 Responda Questão 1: Machos afetados pela síndrome de Kartagener são estéreis, por causa dos espermatozóides sem mobilidade, tendem a sofrer de infecções pulmonares, e frequentemente possuem órgãos internas, como exemplo, o coração, no lado errado do corpo. Essa anormalidade tem base genética. Sugira qual pode ser o defeito básico.

25 Blog para acesso aos conteúdos, notas, recados e material extra. Contatos


Carregar ppt "Organelas citoplasmáticas Profa. Ana Paula Miranda Guimarães Instituto Federal da Bahia (IFBA) Campus Camaçari Biologia Geral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google