A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROTOCOLO DE KYOTO Assinado em 1997 e em vigor desde 2005, estabeleceu compromissos legalmente vinculativos de redução de emissões de gases do efeito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROTOCOLO DE KYOTO Assinado em 1997 e em vigor desde 2005, estabeleceu compromissos legalmente vinculativos de redução de emissões de gases do efeito."— Transcrição da apresentação:

1

2 PROTOCOLO DE KYOTO Assinado em 1997 e em vigor desde 2005, estabeleceu compromissos legalmente vinculativos de redução de emissões de gases do efeito estufa para 37 países desenvolvidos, com exceção dos Estados Unidos. Atualmente possui 174 países associados Conforme esse documento, a redução da emissão de gases seria de 8% para os países da União Europeia, 7% para os Estados Unidos e 6% para o Japão. Pouco, para não dizer nenhum, resultado foi obtido. O protocolo vence em 2012, e os negociadores Tentam acordar um segundo período de compromisso que sirva de transição para um novo acordo internacional juridicamente vinculativo. Rússia, Japão e Canadá anteciparam intenções de não renovar o tratado enquanto concorrentes comerciais como China, Índia e os EUA não assumirem compromissos similares.

3 UPP’S RIO DE JANEIRO O Rio de Janeiro tem hoje 28 Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), ponta de lança do processo de pacificação iniciado pelo governo do estado há quatro anos.Rio de Janeiro Cerca de 370 mil moradores são beneficiados. A primeira UPP foi instalada em dezembro de 2008, no Morro Santa Marta, em Botafogo, Zona Sul da cidade. O Morro do Vidigal, no Leblon, recebeu a primeira UPP de Em seguida, as Unidades foram instaladas ao Morro do Alemão, Fazendinha, Nova Brasíllia, Morro do Adeus/Morro da Baiana, Chatuba, Fé/Sereno, Parque Proletário, Vila Cruzeiro e, em setembro, na Rocinha, a maior favela do Rio de Janeiro.

4 TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO

5

6 OBJETIVO Para abastecer rios menores e açudes no semiárido nordestino, a transposição do rio São Francisco vai desviar uma pequena parcela do volume do rio por meio de dutos e canais. Os dois eixos da obra são: Eixo Norte ( que levará água da cidade pernambucana de Cabrobó para o sertão água do estado, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte) e o Eixo Leste (colherá água em Petrolândia, em Pernambuco, para irrigar outros pontos no mesmo estado e na Paraíba. POLÊMICAS A transposição provoca debates: de um lado, os estados beneficiados pela obra buscam garantir água para milhares de pessoas no sertão e sustentar a agricultura irrigada; de outro, os estados banhados pelo curso natural do rio temem sofrer com a escassez em razão do desvio. Ambientalistas afirmam que a transposição pode aumentar os danos ambientais ao longo do rio São Francisco, já bastante deteriorado. PLANEJAMENTO A construção dos canais foi paralisada por ações judiciais e só foi retomada com a liberação da Justiça. O governo pretende concluir a obra em 2017.

7

8 ATENTADOS OLIMPIADAS MUNIQUE

9 Onze atletas e técnicos da comissão israelense foram mortos em um ataque terrorista durante os Jogos Olímpicos considerada a maior tragédia da história dos jogos. Os terroristas exigiam a libertação de 234 palestinos e não árabes presos em Israel, mas o governo israelense se recusou a negociar o pedido. Os palestinos e os reféns foram levados até um aeroporto próximo da cidade, de onde seriam transportados para a Líbia, país árabe. A polícia abriu fogo contra os suspeitos. Na confusão, um policial, cinco terroristas e todos os nove reféns foram mortos. Dezenas de suspeitos foram mortos em todo o mundo em duas décadas de operação secreta, realizada pelo Mossad, serviço secreto israelense,.

10 Novembro de Após uma campanha agitada, com trocas de acusações e muitas promessas, Fernando Collor de Mello venceu seu principal adversário, Luís Inácio Lula da Silva. Collor conquistou a simpatia da população, que o elegeu com mais de 42% dos votos válidos. Seu discurso era de modernização e sua própria imagem validou a idéia de renovação. Collor era jovem, bonito e prometia acabar com os chamados “marajás”, funcionários públicos com altos salários, que só oneravam a administração pública. Sua primeira medida, ao tomar posse no dia 15 de março de 1990, foi anunciar seu pacote de modernização administrativa e vitalização da economia, através do plano Collor I, que previa, entre outras coisas: -Volta do Cruzeiro como moeda; - Congelamento de preços e salários; - Bloqueio de contas correntes e poupanças no prazo de 18 meses; - Demissão de funcionários e diminuição de órgãos públicos;

11 O objetivo deste plano, segundo Collor, era conter a inflação e cortar gastos desnecessários do governo. Porém, estas medidas não tiveram sucesso, causando profunda recessão, desemprego e insatisfação popular. O governo Collor também deu início às privatizações das estatais e à redução das tarifas alfandegárias. Com produtos importados a preços menores, a indústria nacional percebeu a necessidade de se modernizar e correr atrás do prejuízo. Seis meses após o primeiro pacote econômico, Collor lançou um segundo plano, o Collor II, que também previa a diminuição da inflação e outros cortes orçamentários. Mas, novamente, não obteve êxito e só fez aumentar o descontentamento da população.

12

13

14

15 MENSALÃO

16 Foi o esquema de desvio de recursos públicos para comprar apoio político para o governo Lula e pagar dívidas de campanhas eleitorais. A denúncia diz que políticos da coalizão governista recebiam pagamentos mensais para apoiar a gestão petista. O escândalo provocou um grave abalo no governo Lula. O escândalo ocorreu em 2005 quando o então deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) acusou o PT de pagar o equivalente a R$ 30 mil por mês a políticos aliados desde A denúncia levou à queda de vários congressistas e membros do alto escalão do governo. José Dirceu, à época ministro da Casa Civil, foi acusado de chefiar o esquema. Ele renunciou e, alguns meses depois, também perdeu o cargo no Congresso.

17 Após as primeiras denúncias, a Procuradoria-Geral da República (PGR) levou mais de um ano para preparar o caso e apresentá-lo ao STF. Outro ano se passou antes que a corte aceitasse julgar o caso. Desde então, mais de 600 testemunhas foram ouvidas. Ao longo do processo, os advogados de defesa tentaram várias vezes bloquear o julgamento ou desmembrá-lo, alegando que parte dos réus deveria ser julgada em cortes mais baixas. Segundo a legislação brasileira, somente altas autoridades devem ser julgadas pelo STF. Os pedidos foram negados, já que a corte avaliou que a denúncia se refere a um único esquema. Os 38 réus, entre os quais políticos e empresários, respondem por uma série de crimes, como lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção passiva e ativa, peculato, evasão de divisas e gestão fraudulenta.

18

19 FICHA LIMPA Lei Complementar nº. 135 de 2010 reuniu cerca de 1,3 milhão de assinaturas com o objetivo de cobrar a idoneidade dos candidatos. A lei torna inelegível por oito anos um candidato que tiver o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos. O Projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 5 de maio de 2010 e também foi aprovado no Senado Federal no dia 19 de maio de 2010 por votação unânime. Foi sancionado pelo Presidente da República, transformando-se na Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de [ [

20 QUESTÕES ACAFE

21 Os elementos da natureza vêm sendo explorados economicamente há milhares de anos. Essa exploração tem provocado impactos ambientais, os quais vêm exigindo mudanças profundas na forma da relação HOMEM X NATUREZA. Sobre as consequências dessa relação nefasta é correto afirmar, exceto: A ⇒ O efeito estufa é um processo natural de aquecimento do planeta. O acúmulo de gases oriundos das atividades humanas tem provocado desequilibro nesse processo, originando alterações climáticas. B ⇒ Desde o momento em que surgiu o homem, a superfície terrestre passou por transformações que se tornaram maiores e preocupantes a partir do surgimento da Revolução Industrial. C ⇒ Um dos principais problemas urbanos é a formação das ilhas de calor, cujos fatores responsáveis, dentre outros, estão a carência de áreas verdes, o asfalto, a presença de muitos prédios e de veículos. D ⇒ O fenômeno climático El Niño é uma anomalia que ocorre no Oceano Pacífico. Nos períodos em que atua, as águas junto à costa sul-americana se esfriam, o que resulta em períodos de secas na Região Sul do Brasil e aumento da pesca na costa peruana.

22 Sobre a realidade socioeconômica brasileira atual é correto afirmar, exceto: A ⇒ O Brasil é um grande fornecedor alimentício global, com destaque para a exportação de açúcar, café, suco de laranja e soja, além de carne bovina e de frango. B ⇒ A crise econômica mundial, iniciada em 2008, deixou o Brasil em situação muito difícil, com consequências negativas na balança comercial, com aumento do desemprego e diminuição do consumo, afetando sobremaneira as classes menos favorecidas. C ⇒ Um dos entraves brasileiros na área do agronegócio é a infraestrutura, em particular aprecariedade da malha rodoviária e ferroviária que deveriam potencializar o fluxo até os portos. D ⇒ O aproveitamento maior do potencial hidroelétrico, as pesquisas em biocombustíveis e as descobertas de petróleo no pré-sal deixam o Brasil em boa posição no setor energético.

23 Dentre as metas que o Brasil pretende cumprir, chamadas de “8 jeitos de mudar o mundo”, está a erradicação da fome e da miséria. Sobre a fome e a miséria é correto afirmar, exceto: A ⇒ A injusta e antidemocrática estrutura fundiária, marcada pela concentração da propriedade das terras nas mãos de poucos, e o contraste na concentração de renda são responsáveis pela fome e miséria da humanidade. B ⇒ A proposta das grandes multinacionais para a erradicação da fome e da miséria aponta para os transgênicos, que podem ser produzidos em grande escala, conseguindo em tempo recorde alimentos com custos baixos e acessíveis às camadas mais pobres da população. C ⇒ As campanhas contra a obesidade tomam mais capital do que aquelas que querem o fim da epidemia da fome que atinge todas as regiões do mundo, sobretudo as dos países subdesenvolvidos. D ⇒ A erradicação da fome e da pobreza não é meta inalcançável e sim um urgente imperativo de todas as comunidades internacionais, bastando que nelas haja um forte empenho político de governantes e demais setores da população de cada país.

24 “Nada é mais perigoso que o apego das elites às práticas insustentáveis dos tempos prósperos da euforia neoliberal.” Fonte: Carta Capital: 20/10/2010 Ano XVI Nº618. Todas as alternativas apresentam características do neoliberalismo, exceto a: A ⇒ Participação mínima do Estado nos rumos da economia. B ⇒ Desregulamentação e austeridade fiscal. C ⇒ Política de privatização de empresas estatais. D ⇒ Adoção de medidas a favor do protecionismo econômico.

25 A diversidade geográfica catarinense é marcante no território nacional. A seguir, está o mapa do estado com indicações de fatos que marcam a paisagem de Santa Catarina. Sobre Santa Catarina, todas as alternativas estão corretas, exceto a: A ⇒ O no 3 representa a área do planalto, importante área agrícola, de criação de porcos e aves, de móveis, de papel e papelão, além do frio e do turismo rural que atraem inúmeros turistas. B ⇒ O no 1 corresponde a bacia hidrográfica do rio Itajaí-Açu, onde despontam cidades como Blumenau, Itajaí, Brusque e Rio do Sul, que sofrem com as constantes cheias, como em 2008 e C ⇒ O no 2 aponta a ilha de Santa Catarina onde se localiza a cidade de Florianópolis, capital administrativa do estado, onde é mais forte o setor secundário da economia e onde o planejamento urbano fez a mobilidade urbana fluir como a melhor do país. D ⇒ O no 4 indica a região Nordeste, comandada pela cidade de Joinville - a maior do estado, que se caracteriza pelo setor metalmecânico, seguida por Jaraguá do Sul e tem próximo de si o porto de São Francisco do Sul.


Carregar ppt "PROTOCOLO DE KYOTO Assinado em 1997 e em vigor desde 2005, estabeleceu compromissos legalmente vinculativos de redução de emissões de gases do efeito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google