A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Administrando um Grupo Escoteiro COM QUALIDADE Luiz Cesar de Simas Horn Gerente de Métodos Educativos da UEB.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Administrando um Grupo Escoteiro COM QUALIDADE Luiz Cesar de Simas Horn Gerente de Métodos Educativos da UEB."— Transcrição da apresentação:

1 Administrando um Grupo Escoteiro COM QUALIDADE Luiz Cesar de Simas Horn Gerente de Métodos Educativos da UEB

2 Um Grupo Escoteiro pode ser comparado a um Trem: Um conjunto de unidades, seguindo em uma mesma direção.

3 A força de movimentação do trem está na locomotiva. A Diretoria do Grupo coordena as forças do Grupo Escoteiro.

4 Se a locomotiva pára, todo o trem pára também. Se a Diretoria não exerce sua função, o Grupo Escoteiro não funciona.

5 A função do trem é levar pessoas. E a função do Grupo Escoteiro é ter jovens fazendo escotismo.

6 Muitas vezes a locomotiva deve usar força extra. A diretoria define o que, como e quando as coisas acontecem no Grupo.

7 Outras vezes a locomotiva deve segurar e dar ritmo ao trem. É a Diretoria que determina o ritmo do Grupo Escoteiro

8 O trem não sai do lugar sem a locomotiva. O Grupo Escoteiro não avança sem ação da Diretoria do Grupo.

9 A locomotiva: os dirigentes. Como manter o trem andando e na direção correta?

10 Compete à Diretoria de Grupo: Promover o desenvolvimento do Movimento Escoteiro em sua área; Promover as facilidades necessárias para as reuniões e atividades do Grupo Escoteiro; Obter recursos materiais, assim como, particularmente os financeiros; Apresentar balanço anual à Comissão Fiscal do Grupo; Assegurar a continuidade e o desenvolvimento do Grupo Escoteiro; Propiciar uma boa divulgação do Movimento Escoteiro junto à comunidade; Registrar, tempestivamente, anualmente, o Grupo Escoteiro e todos os participantes;

11 Compete à Diretoria de Grupo: Captar, selecionar e propiciar capacitação dos Dirigentes e Escotistas do Grupo Escoteiro; Aprovar o calendário anual de atividades do Grupo; Orientar e supervisionar a execução das atividades técnicas, administrativas e financeiras do Grupo Escoteiro; Julgar e aplicar penalidades aos participantes da UEB que atuam no respectivo nível local; Deliberar sobre a concessão de condecorações e recompensas, cuja competência lhe for atribuída; Deliberar sobre as filiações, desligamentos, nomeações e exonerações dos Escotistas e demais participantes do Grupo Escoteiro;

12 Compete à Diretoria de Grupo: Aprovar Delegados aos Congressos, Atividades e Eventos Regionais; Responsabilizar-se, solidariamente, pelos atos praticados pelos adultos, quando no desempenho das funções para as quais foram nomeados ou designados; Designar os três diretores do Grupo Escoteiro com direito de voto na Assembléia de Grupo; Determinar a instauração de processo disciplinar em desfavor dos participantes da UEB que atuam no respectivo nível local; Apreciar os pedidos de revisão dos processos disciplinares; e Designar comissões específicas para tratar de processos disciplinares, conforme normas pertinentes ao assunto

13 O combustível: os adultos Como usar bem os recursos que necessitamos para seguir em frente?

14 O primeiro vagão: A Alcatéia. Como manter o vagão cheio e com passageiros felizes?

15 O segundo vagão: A Tropa Escoteira Como manter o vagão cheio e com passageiros felizes?

16 O terceiro vagão: A Tropa Sênior Como manter o vagão cheio e com passageiros felizes?

17 O quarto vagão: O Clã Pioneiro Como manter o vagão cheio e com passageiros felizes?


Carregar ppt "Administrando um Grupo Escoteiro COM QUALIDADE Luiz Cesar de Simas Horn Gerente de Métodos Educativos da UEB."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google