A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Introdução Levantam-se educandários em toda a Terra. Estabelecimentos para a instrução primária, universidades para o.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Introdução Levantam-se educandários em toda a Terra. Estabelecimentos para a instrução primária, universidades para o."— Transcrição da apresentação:

1 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Introdução Levantam-se educandários em toda a Terra. Estabelecimentos para a instrução primária, universidades para o ensino superior. Ao lado, porém, das instituições que visam á especialização profissional e científica, na atualidade, encontramos no templo espírita a escola da alma, ensinando a viver. (Estude e Viva – pag. 19 – 2ª. Edição)

2 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Em apresentando, pois, este livro aos companheiros do mundo, recorremos à palavra do Cristo, quando nos exorta: “conhecereis a verdade e a verdade vos fará livres” – João, 8:32 Em apresentando, pois, este livro aos companheiros do mundo, recorremos à palavra do Cristo, quando nos exorta: “conhecereis a verdade e a verdade vos fará livres” – João, 8:32 (Estude e Viva – pag. 21 – 2ª. Edição)

3 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - A reunião espírita não é um culto estanque de crença embalsamada em legendas tradicionalistas. Define-se como sendo assembléia de fraternidade ativa, procurando na fé raciocinada a explicação lógica aos problemas da vida, do ser e do destino. A reunião espírita não é um culto estanque de crença embalsamada em legendas tradicionalistas. Define-se como sendo assembléia de fraternidade ativa, procurando na fé raciocinada a explicação lógica aos problemas da vida, do ser e do destino. Todos somos chamados a participar dela. Falar e ouvir. Ensinar e aprender. (Estude e Viva – pag. 23 – 2ª. Edição)

4 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - (...) “Na atualidade, depois das experiências realizadas em toda parte, a fim de facilitar a compreensão do Espiritismo pelo estudo correto, é indispensável que o programa de estudo sistematizado seja oferecido sem o elitismo que levaria as mentes àquela condição antiga dos ocultistas, selecionando esoteristas de exoteristas, iniciados de profanos, mas reunindo- os todos sob a mesma programação, em que cada qual haurirá o conhecimento dentro das suas possibilidades intelecto- morais, daí extraindo o indispensável para estabelecer no íntimo o Reino dos Céus. Isto porque o Espiritismo é doutrina fácil de ser assimilada, simples na sua estrutura para ser compreendida, mas não vulgar para ser interpretada.” (...) - Bezerra de Menezes (27/11/1983)

5 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - “(...) o estudo de uma doutrina, qual a Doutrina Espírita (...), só pode ser feito com utilidade por homens sérios, perseverantes, livres de prevenções e animados de firme e sincera vontade de chegar a um resultado. “(...) o estudo de uma doutrina, qual a Doutrina Espírita (...), só pode ser feito com utilidade por homens sérios, perseverantes, livres de prevenções e animados de firme e sincera vontade de chegar a um resultado. (...) O que caracteriza um estudo sério é a continuidade que se lhe dá. (...) Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio e acompanhando o encadeamento e o desenvolvimento das idéias.” Allan Kardec: O Livro dos Espíritos. Introdução VIII. (...) O que caracteriza um estudo sério é a continuidade que se lhe dá. (...) Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio e acompanhando o encadeamento e o desenvolvimento das idéias.” Allan Kardec: O Livro dos Espíritos. Introdução VIII. O objetivo do ESDE é oferecer condições para estudar o Espiritismo de forma séria, regular e contínua

6 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - PROGRAMA ou PLANO CURRICULAR PROGRAMA ou PLANO CURRICULAR É a indicação geral das matérias para estudo num curso; é o rol de conteúdos programáticos. O QUE SÃO CONTEÚDOS? O QUE SÃO CONTEÚDOS? “Tudo que se vive no espaço escolar e até fora dele por influência direta da escola é o conteúdo.” – (Gandim) O QUE SÃO CONTEÚDOS SIGNIFICATIVOS? O QUE SÃO CONTEÚDOS SIGNIFICATIVOS? É o que ajuda a compreender a realidade com vistas à sua transformação e a desenvolver estruturas de reflexão.

7 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - NA ELABORAÇÃO DOS PROGRAMAS DE ESTUDO, PRECISAMOS LEVAR EM CONSIDERAÇÃO AS SEGUINTES PERGUNTAS:

8 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - - Quais as questões fundamentais da vida? - Em que medida o Centro Espírita está atento a elas? - De que forma os conteúdos espíritas ajudam o indivíduo a ultrapassar a ignorância, o constrangimento e o sofrimento?

9 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - - Eles podem impregnar o indivíduo de significados espirituais e humanos? - Ajudam o crescimento do participante? - Possibilitam a mudança de comportamento?

10 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Estrutura didático-pedagógica do programa Estrutura didático-pedagógica do programa  Na estrutura didático-pedagógica deve-se considerar: considerar:  O conteúdo programático que oferece uma visão panorâmica e doutrinária do Espiritismo e segue uma ordem seqüencial de assuntos, partindo do simples para o complexo.  Os objetivos específicos a serem atingidos em cada estudo.  As idéias principais do conteúdo.

11 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS -   As sugestões de atividades para a introdução, desenvolvimento e conclusão do estudo.   As técnicas metodológicas recomendáveis.   Os recursos didáticos apropriados.   As fontes de consultas (básicas, clássicas e complementares).   Os subsídios para os assuntos a serem tratados.

12 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Critérios para seleção de conteúdos Critérios para seleção de conteúdos 1. Validade são dignos de confiança? estão adequados aos objetivos? 2. Significado estão ligados à experiência dos participantes? 3. Utilidade podem ser utilizados em ocasiões novas?

13 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - 4. Possibilidade de elaboração de elaboração pessoal pessoal contribuem para a transformação do indivíduo? 5. Viabilidade o conteúdo é aplicável? 3. Flexibilidade deverão estar sujeitos a alterações? a acréscimos, agrupamentos? está adequado ao tempo disponível?

14 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Organização do conteúdo Organização do conteúdo Os conteúdos devem apresentar uma seqüência lógica e se reforçarem mutuamente, o que muitos autores denominam de “critérios orientadores”: - continuidade (ser apresentado várias vezes em diferentes fases do curso) - seqüência (os tópicos partem sempre dos anteriores) - integração (os tópicos têm ligação com diversos pontos do conteúdo programático, visando à unidade do conhecimento.)

15 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Formatação didática do programa Formatação didática do programa  Página de rosto: número e nome do módulo.  Objetivos: geral e específico.  Idéias básicas.  Sugestões didáticas: indica como aplicar e avaliar os assuntos de forma dinâmica, segundo os objetivos e o conteúdo básico do programa.  Avaliação dos estudos.  Referências bibliográficas.  Anexos, glossários.  Atividades extraclasse.

16 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Roteiro Roteiro É a descrição pormenorizada de uma viagem; itinerário; indicação metódica e minuciosa da situação e direção de caminhos.

17 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Avaliação do programa Avaliação do programa A avaliação do programa deve considerar os aspectos doutrinários e pedagógicos. Pode ser avaliado pelos usuários, pela equipe coordenadora, mantido ou replanejado a partir dos resultados obtidos.

18 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - CONCLUSÃO CONCLUSÃO A elaboração de um programa de estudo é bastante complexa e envolve aspectos que, aqui, não foram contemplados. Pretendeu-se com essas anotações ligeiras, apenas chamar a atenção para a importância do assunto em pauta.

19 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - “Reencarnação e Vida” Trabalha, Amália, não descanses, nem um segundo, propaga o Espiritismo, porque essa filosofia será a redenção da Humanidade. Sabes por quê? Porque evitarás grandes abusos, atos puníveis dos quais sofrem as conseqüências, por viverem mal os terrenos. A frade os seduz, a hipocrisia os alegra, vossos costumes deixam muito a desejar, e já é hora da regeneração. Reencarnação e Vida – Amália Domingo Soler - pag. 269 – IDE, 10ª.ed

20 ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - “Reencarnação e Vida” Estudai! Inquiri! Perguntai! Não percais as horas em passatempos vãos, empregai-as em úteis trabalhos e evitareis inumeráveis sofrimentos. Vereis a diferença de caminhar entre abrolhos ou entre flores. Reencarnação e Vida Amália Domingo Soler – pag. 269 – IDE, 10ª.ed


Carregar ppt "ESDE - ELABORAÇÃO DE PROGRAMAS - Introdução Levantam-se educandários em toda a Terra. Estabelecimentos para a instrução primária, universidades para o."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google