A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rochas ígneas da região de Leiria - roteiro geológico Fernando Martins Mª Cândida Marques Mª Adelaide Martins ACÇÃO DE FORMAÇÃO HISTÓRIA GEOLÓGICA E GEOLOGIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rochas ígneas da região de Leiria - roteiro geológico Fernando Martins Mª Cândida Marques Mª Adelaide Martins ACÇÃO DE FORMAÇÃO HISTÓRIA GEOLÓGICA E GEOLOGIA."— Transcrição da apresentação:

1 Rochas ígneas da região de Leiria - roteiro geológico Fernando Martins Mª Cândida Marques Mª Adelaide Martins ACÇÃO DE FORMAÇÃO HISTÓRIA GEOLÓGICA E GEOLOGIA NA HISTÓRIA - ROTEIROS GEOLÓGICOS

2 Destinatários Alunos do Ensino Secundário

3 Objectivos do Roteiro Promover o interesse pelo estudo das Ciências da Terra Conhecer alguns aspectos da geologia da região de Leiria Implementar o contacto directo com a geologia de campo Observar vários tipos de rochas magmáticas da região Aplicar os conhecimentos adquiridos no âmbito da Geologia Sensibilizar os alunos para a necessidade de preservação, valorização e utilização dos recursos geológicos como recursos não renováveis

4 Locais a visitar Morro do Castelo – Leiria Bairro dos Capuchos – Leiria Alqueidão da Serra – Porto de Mós S. Bartolomeu – Nazaré Portela de Teira – Rio Maior

5 Área a visitar Todos os locais que se irá visitar inserem-se na Orla Meso-Cenozóica Ocidental portuguesa. O percurso a fazer abrange dois distritos e quatro concelhos.

6 Formação das Rochas A formação do Oceano Atlântico norte, com as suas diversas fases de rifting, tem associada intensa actividade ígnea, em três fases. A segunda fase, no início do Cretácico inferior, de natureza alcalina, transicional, com idades entre M.a., é representado por numerosos afloramentos, situados entre Óbidos e Soure.

7 Morro do Castelo de Leiria O dolerito do morro do castelo de Leiria, pela imponência e pelas história que o imaginário popular colocou à sua volta, merece ser o ponto de partida deste nosso trajecto.

8

9

10

11

12

13

14 Filão do Bairro dos Capuchos Dolerito grosseiro, com disjunção esferoidal. É visível da Estrada Nacional 1.

15

16

17

18

19

20 Alqueidão da Serra Dolerito com disjunção esferoidal.

21

22

23

24 Portela de Teira Este afloramento, explorado para pedreira, faz parte de um enorme filão-camada basáltico com vários quilómetros de extensão. A disjunção prismática é extraordinária.

25

26

27

28 Monte de S. Bartolomeu Constitui um morro, situado a cerca de quilómetros da Nazaré, atingindo a altitude de 156 metros (sendo acompanhado por outros dois afloramentos, mais pequenos, envolvidos todos pelas areias de dunas do Holocénico).

29

30

31

32

33


Carregar ppt "Rochas ígneas da região de Leiria - roteiro geológico Fernando Martins Mª Cândida Marques Mª Adelaide Martins ACÇÃO DE FORMAÇÃO HISTÓRIA GEOLÓGICA E GEOLOGIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google