A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PEDOFILIA COMBATER ESSE MAL É UMA QUESTÃO DE CIDADANIA E DE AMOR PELA VIDA Leonel Ricardo de Andrade

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PEDOFILIA COMBATER ESSE MAL É UMA QUESTÃO DE CIDADANIA E DE AMOR PELA VIDA Leonel Ricardo de Andrade"— Transcrição da apresentação:

1 PEDOFILIA COMBATER ESSE MAL É UMA QUESTÃO DE CIDADANIA E DE AMOR PELA VIDA Leonel Ricardo de Andrade – Grande Primeiro Vigilante

2 Abuso Sexual e Violência contra Crianças e Adolescentes são CRIMES HEDIONDOS. Denuncie: ou

3 A pedofilia é um transtorno de personalidade da preferência sexual que se caracteriza pela escolha sexual por crianças, quer se trate de meninos, quer se trate de meninas. É um crime hediondo contra a integridade física, mental e emocional de crianças e adolescentes. Fere gravemente o seio da família e da sociedade.

4 Constituição Federal Art.227 – é dever da família, da sociedade e do estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los à salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

5 Família Em termo de unidade - é um conjunto de pessoas que buscam o prazer da convivência, independentemente de viverem sob o mesmo teto ou sob a dependência de um líder. Cultivam a intimidade, se comunicam, se amam, se respeitam e se ajudam reciprocamente.

6 Quem ama educa! Içami Tiba Quem educa, acompanha todas as etapas de vida de seus filhos, ou seja, coloca regras de convivência que garantam a integridade física, mental, emocional e espiritual. Leonel Andrade

7 Vejam que: O ser humano passa a vida inteira desprezando aquilo que tem para correr atrás daquilo que não tem!

8 Como funciona o ser humano nos dias de hoje? Na base da competitividade; Deseja consumir tudo. Ao mesmo tempo; Não tem tempo para si e nem para a família; Acha que pode tudo. Enquanto isso: Vai transferindo a educação de seus filhos à escola.

9 Conceito de violência contra a criança e o adolescente É todo ato ou omissão cometidos pelos pais, parentes, outras pessoas e instituições, capazes de causar dano físico, sexual e/ou psicológico à vítima. Implica, de um lado, numa transgressão no poder/dever de proteção do adulto e da sociedade em geral; e de outro, numa coisificação da infância. Isto é, numa negação do direito que crianças e adolescentes têm de serem tratados como sujeitos e pessoas em condições especiais de crescimento e desenvolvimento.

10 Violência Violência contra Crianças e Adolescentes Modalidades Consequências Física Sexual Psicológica Negligência Fatal Não Fatal

11 Uma triste realidade Aliciar, expor, explorar e abusar sexualmente de crianças e adolescentes têm sido práticas cada vez mais frequentes em todo o mundo. Nesse sentido existe uma rede organizada e devastadora na Internet. Um grande número de pais nem imagina o que se esconde atrás do orkut, do msn, dos sites de relacionamento em geral e, em especial, das nefastas salas de bate-papo da Internet.

12 Principais formas de violência sexual contra crianças e adolescentes: Abuso Sexual Exploração Sexual

13 Abuso sexual É uma situação em que uma criança ou adolescente é usado para gratificação de um adulto ou mesmo de um adolescente mais velho, baseado em uma relação de poder que pode incluir desde carícias, manipulação de genitália, mama ou ânus, voyeurismo, e exibicionismo, até o ato sexual com ou sem penetração, com ou sem violência.

14 Exploração sexual infanto-juvenil Caracteriza-se pela utilização sexual de crianças e adolescentes com fins comerciais e de lucro, seja levando-os a manter relações sexuais com adultos ou adolescentes mais velhos, seja utilizando-os para produção de materiais pornográficos (revistas, fotos, filmes, vídeos e sites na Internet)

15 Tipos de exploração sexual Exploração sexual comercial Turismo sexual Pornografia infantil

16 Exploração sexual - formas mais freqüentes Produção e comercialização de materiais pornográficos (fotografias, revistas, filmes, vídeos, etc.) que mostram crianças e/ou adolescentes tendo relações sexuais ou expondo os genitais; Troca e venda de materiais pornográficos com crianças e adolescentes na INTERNET; Tráfico de crianças ou adolescentes para outras cidades, estados ou países a fim de servirem a propósitos sexuais; Práticas sexuais com crianças e adolescentes mediante alguma forma de pagamento; Turismo Náutico - prática voltada para a comercialização do corpo de crianças e adolescentes acontecendo principalmente em regiões banhadas por rios navegáveis da região norte, fronteiras nacionais e internacionais da região centro-oeste e zonas portuárias.

17 Raízes da exploração sexual Desagregação/desestruturação familiar; Violência Doméstica; Pesquisas revelam que grande parte das prostitutas encontram na sua história de vida a violência sexual; O machismo é um comportamento cultural que tem contribuído para a manutenção dessa situação; Para conseguir sustento próprio ou mesmo da família; Para obtenção de bens de consumo, roupas de grife e freqüentar lugares da moda; Manutenção de vícios, como drogas e bebidas alcoólicas etc.; Impunidade.

18 Outra triste realidade O abusador quase sempre é pessoa em quem a criança confia que, por negligência de quem cuida, abusa sexualmente. A lei do silêncio: - A criança foi abusada sexualmente e é obrigada a calar-se, diante de ameaças feitas pelo abusador; - O abusador faz a criança se sentir culpada e assim, por vergonha, ela não o denuncia; - A famíla as vezes fica sabendo, mas tem medo de denunciar e torna-se conivente com a situação.

19 A internet – sites de vídeos pornôs Fonte: TV Chanel 4 – jovens de 13 a 17 anos % DOS JOVENS ACHAM QUE OS PAIS DESCONHECEM QUE OS FILHOS ACESSAM PORNOGRAFIA % DOS JOVENS ENTREVISTADOS DISSERAM TER APRENDIDO SOBRE SEXO ASSISTINDO À PORNOGRAFIA % AFIRMARAM QUE NÃO DISCUTEM SEXO ABERTAMENTE EM CASA % AFIRMARAM QUE FAZER OU NÃO SEXO TINHA SIDO INFLUENCIADA POR PORNOGRAFIA VISTA NA INTERNET % RELATARAM TER RECEBIDO IMAGENS IMPRÓPRIAS NÃO SOLICITADAS EM SEUS CELURARES

20 A internet – sites de vídeos pornôs Fonte: pesquisa datafolha em abril de 2008 – jovens entre 16 e 25 anos % DOS JOVENS ACESSAM SITES PORNOGRÁFICOS 2 – 66% DOS ADOLESCENTES DISSERAM PRECISAR DE MAIS INFORMAÇÕES SOBRE SEXO % AFIRMARAM FREQUENTAR SALAS DE CONVERSA ERÓTICA % DOS LEITORES DO BLOG DA FSP ACHAM QUE OS JOVENS DA PESQUISA NÃO FORAM SINCEROS 5 – O BRASIL É CAMPEÃO MUNDIAL EM ACESSO A CONTEÚDO PORNOGRÁFICO NA INTERNET – 55% DOS INTERNAUTAS. * FONTE: SYMANTEC - A MÉDIA MUNDIAL É DE 41%

21 Números do mundo virtual Existem mais de 43 milhões de usuários de Internet no Brasil; - O Brasil é o 9º país em número de internautas no mundo; - 53% dos pais nunca se sentem seguros com o que os filhos acessam na rede; - 11% dos internautas foram vítimas de algum tipo de chantagem na Internet, sendo que 50% dos jovens já acessaram conteúdos que consideram impróprios para sua idade; - 45% dos usuários acessam a Internet de centros públicos de acesso pago e 44% de casa; - 17% dos domicílios no Brasil têm acesso à Internet; - 48% dos internautas de 10 a 15 anos declaram passar até 5h na web por semana e 15% permanecem na rede de 6h a 10h;

22 Números do mundo virtual % dos meninos e meninas revelam que acessam a Internet sozinhos em casa, sem supervisão de um responsável, mesmo que os sites sejam proibidos para menores de 18 anos; - Mesmo assim, 87% dos menores de 18 anos de idade não têm restrições de navegação online, e 72% compartilham fotos na rede; - O número de domicílios com Internet no Brasil cresceu 300% nos últimos seis anos. Segundo o Comitê Gestor da Internet no Brasil, 59% da população entre 10 e 15 anos já acessou a Internet. Quando a faixa etária é entre 16 e 24 anos, o percentual chega a quase 70%. - O motivo mais comum que leva as pessoas à Internet é o lazer, com 71% em média, índice que atinge 85% quando o público tem entre 10 e 15 anos.

23 Números do mundo virtual – Relatório da ONG SaferNet, contabiliza denúncias de crimes virtuais. 63% das denúncias sobre abusos na Internet se referem à pornografia tendo como fundo crianças e adolescentes; - Há um registro de 250 crimes virtuais por dia no Brasil; - Em 2008 foram registradas cerca de 81 mil denúncias sobre abusos de direitos humanos na internet relacionadas a publicações feitas no Orkut; - De acordo com os registros da ONG Safernet, os crimes virtuais relacionados a preconceitos cresceram mais de 200% em 2008; - Levaríamos cerca de 412 anos para assistir a todo conteúdo do YouTube. 80% dos vídeos postados nos site é amador;

24 Números do mundo virtual – milhões de Giga de conteúdos foram produzidos em 2008; - Desde 2001, quando foi criada a Wikipédia até hoje, mais de 10 milhões de verbetes foram inseridos nesse ambiente – A enciclopédia Britânica, criada em 1763 tem 500 mil verbetes; - O Google registra aproximadamente 31 milhões de buscas por mês.

25 Atentem-se, Hoje, percebemos claramente o quanto é frequente a ausência dos PAIS na vida dos FILHOS, bem como é muito marcante a ausência dos FILHOS na vida dos PAIS; Vivemos em uma sociedade dinâmica, evolutiva e instável - adequar-se a essa realidade é uma questão de sobrevivência, ou seja, de credibilidade.

26 Os pais e Os filhos Em um mundo globalizado, a cultura consumista atinge a tudo e a todos, só existe uma saída: A educação. E a educação não permite neutralidade: ou os pais educam ou a TV, a Internet e o mundo educam os seus filhos.

27 Pois, os valores da família... vão em sentido contrário aos da propaganda. Uma coisa é ouvir do pai ou da mãe, por exemplo, que beber faz mal. Outra, bem diferente, é ver num comercial de TV, ´´gente bonita`` que mostra grande satisfação e não passa mal ao beber. É um caminho aberto para o uso de drogas, exploração sexual, gravidez precoce e para as doenças sexualmente transmissíveis e os mais diversos distúrbios mentais e de comportamento. Vocês já ouviram falar da erotização da infância?

28 Lembrem-se, Se os pais se derem por inteiro quando os seus filhos solicitarem, eles os libertarão quando não quiserem mais suas companhias; Conviver com pessoas satisfeitas traz liberdade, harmonia e prazer no viver. Por isso é preciso resgatar os valores e princípios da família.

29 A educação espiritual Inicia-se na fase intra-uterina, até os 12 anos: Você reza com seu filho (a)? Você lê algo espiritual com ele (a)? Você troca o papai Noel por Jesus? Você cria um ambiente saudável? Você cultua valores realmente importantes? Você educa para a cidadania?

30 O medo A espiritualidade é o caminho para superá-lo, pois o contrário de medo não é coragem, mas sim FÉ; Por isso é importante educarmos nossos filhos na religião do amor. É muito bom ser amado por Deus.

31 Os conflitos O ser humano é o único animal que tem conflitos, precisa no entanto se ajustar, tem consciência moral diante dos mesmos, sabe que deve cumprir seus compromissos; Nós passamos os dias fazendo escolhas, compensatórias ou não; Compreender as escolhas dos filhos é saber apoiá-los diante de seus ´´ fracassos ``.

32 A relação entre pais e filhos requer, Acima de qualquer coisa: Estar integrado consigo mesmo; Conhecer os ´´espaços `` e se adequar a eles. Conhecer bem os filhos significa: Saber em qual etapa da vida eles se encontram e respeitá-la; Considerar suas facilidades e dificuldades; Estar ciente de seus objetivos, para poder ajudá-los; Estar atento e aberto às inteligências múltiplas.

33 Dito isso, saiba como acompanhar os filhos: 1 - Mantenha o computador em uma área comum da casa. Não deixe no quarto da criança usuária da Internet por ser diferente de um móvel ou de um livro; 2 - Acompanhe a criança quando utilizar computadores de bibliotecas; 3 - Navegue algum tempo com a criança internauta. Da mesma forma que você ensina sobre o mundo real, guie-o no mundo virtual; 4 - Aprenda sobre os serviços utilizados pela criança, observe suas atividades na Internet. Caso encontrem algum material ofensivo, explique o porquê da ofensa e o que pretende fazer sobre o fato; 5 - Denuncie qualquer atividade suspeita. Encoraje a criança a relatar atividades suspeitas, ou material indevido recebido;

34 Dito isso, Saiba como acompanhar os filhos: 6 - Caso suspeite que alguém on-line está fazendo algo ilegal, denuncie-o às autoridades policiais ou ao site 7 - Estabeleça regras razoáveis para a criança. Discuta com ela as regras de uso da Internet, coloque-as junto ao computador e observe se são seguidas. As regras devem, por exemplo, estabelecer limites sobre o tempo gasto na Internet; 8 - Se necessário, opte por programas que filtram e bloqueiam sites. Encontre um que se ajuste às regras previamente estabelecidas; * Indico o NetFilter Família Monitore sua conta telefônica e o extrato de cartão de crédito. Para acessar sites adultos, o internauta precisa de um número do cartão de crédito e um modem pode ser usado para discar outros números, além do provedor de acesso à Internet;NetFilter Família

35 Dito isso, Saiba como acompanhar os filhos: 11 - Conheça os amigos virtuais da criança. É possível estabelecer relações humanas benéficas e duradouras na Internet. Contudo, há muitas pessoas com más intenções, que tentarão levar vantagem sobre a criança; 12 - Cuide para que a criança não marque encontros com pessoas conhecidas através da Internet, sem sua permissão. Caso permita o encontro, marque em local público e acompanhe a criança; 13 - Aprenda mais sobre a Internet. Peça para a criança ensinar a você o que sabe e navegue com ela de vez em quando.

36 pedofilia-na-internet/ Links de interesse

37 Nem tudo está perdido, pois: Viver é manter a eterna juventude. A pessoa só envelhece quando os lamentos substituem os sonhos. Não há porque temer o fracasso. Pior é não ter feito a tentativa. A experiência é constituída de uma série de fracassos. Somente a coragem e a persistência nos levam ao sucesso. Luiz Faro

38 OBRIGADO!


Carregar ppt "PEDOFILIA COMBATER ESSE MAL É UMA QUESTÃO DE CIDADANIA E DE AMOR PELA VIDA Leonel Ricardo de Andrade"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google