A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Raimundo Neto de Carvalho XIV SEMINÁRIO INTERNACIONAL CILEA – GOIÁS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Raimundo Neto de Carvalho XIV SEMINÁRIO INTERNACIONAL CILEA – GOIÁS."— Transcrição da apresentação:

1 Raimundo Neto de Carvalho XIV SEMINÁRIO INTERNACIONAL CILEA – GOIÁS

2 O RETRATO DAS MPEs NO BRASIL PIB Brasil 20062,3 trilhões/ano PIB MPEs-20% do total 460 bilhões/ano Fonte: SEBRAE A cada incremento de 1% do PIB das MPE´s gera: - R$ 4,6 bilhões do PIB Brasil - Incremento de 0,2 % no PIB Brasil

3 O RETRATO DAS MPEs NO BRASIL NÚMERO DE PESSOAS OCUPADAS NAS EMPRESAS FORMAIS MPEs ,61% ,17% TOTAL % % Fonte: IBGE 2003

4 A Mortalidade das MPEs no Brasil 49,4% - empresas com até 2 anos de existência; 56,4% - empresas com até 3 anos de existência; 59,9% - empresas com até 4 anos de existência. Foram: 773 mil MPEs extintas 2,4 milhões de ocupações R$ 19,8 bilhões de recursos desperdiçados Fonte: Pesquisa Fatores Condicionantes e Taxa de Mortalidade de Empresas no Brasil (Sebrae, agosto 2004)

5 CategoriasRankingDificuldades/RazõesPercentual das Respostas Falhas Gerenciais 1ºFalta de capital de giro42% 3ºProblemas financeiros21% 9ºFalta de conhecimentos gerenciais 7% Políticas Públicas e arcabouço legal 5ºFalta de crédito bancário14% 10ºProblemas com a fiscalização6% 13ºCarga tributária elevada1% 7ºOutra razão14% CAUSAS DAS DIFICULDADES E RAZÕES PARA O FECHAMENTO DAS MPEs Obs.: A questão admitia respostas múltiplas. Fonte: Fatores Condicionantes e Taxa de Mortalidade de Empresas no Brasil (Sebrae, agosto 2004)

6 Assessorias e auxílio mais demandados segundo MPEs (Brasil) Obs.: A questão admitia respostas múltiplas. Fonte: Fatores Condicionantes e Taxa de Mortalidade de Empresas no Brasil (Sebrae, agosto 2004) Tipo de Assessoramento/AuxílioEmpresas Extintas Empresas Ativas Contador36%42% Não procurou asessoria/auxílio 32%25% Empresas de Consultoria/consultores 16%14% Pessoas que conheciam do ramo 9% Associação de empresas do ramo 3%2% SEBRAE 3%4% Entidades de Classe 1% Senac -1% Outros -1% TOTAL 100%

7 OS CONTADORES SÃO OS PROFISSIONAIS MAIS SOLICITADOS PELAS MPEs EM TERMOS DE ASSESORIA/CONSULTORIA ALTA TAXA DE MORTALIDADE DA PMEs ESTÁ LIGADA A GESTÃO EMPRESARIAL SURGE A PARCERIA CFC E SEBRAE COMO ALTERNATIVA PARA MELHORAR A GESTÃO DAS MPEs CONSTATAÇÕES

8 PMEs NO BRASIL 5,5 milhões de MPEs formais em todo o País + -

9 CONTABILISTAS NO BRASIL HOMENS MULHERES CONTADORES TÉCNICOS EM CONTABILIDADE OrganizaçõesContábeis

10 A PARCERIA CFC E SEBRAE: EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA EM RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E SOCIAL

11 PARCERIAS 6 milhões de MPEs Atende e conhece as MPEs Experiência com redes Contabilistas Organizações Contábeis Tem como Cliente - PMEs 1º Consultor da MPEs Sistema Sebrae Sistema CFC-CRCs Responsabilidade Social

12 Parceria CFC/Sebrae Nacional; Conjunto de ações modulares – cursos; Aplicação prática de problemas de MPEs; A formação de uma rede compartilhada de alunos e ex-alunos do Programa; Busca a valorização e fortalecimento dos Contabilistas e das MPEs; Possui um Comitê Gestor Nacional e Coordenações Regionais. O QUE É O PROGRAMA?

13 n Criar e capacitar uma rede de Profissionais de Contabilidade para assessorar as empresas em sua gestão; n Focar no desenvolvimento da responsabilidade profissional e social do contabilista; n Reduzir a mortalidade das MPEs; n Público alvo:- 398 mil contabilistas e 65 mil organizações contábeis (direto); n 5,5 milhões de MPEs (indireto). OBJETIVOS:

14 Contabilistas devidamente inscritos em CRCs. CFC PÚBLICO-ALVO Micro e Pequenos Empresários; Candidatos a Empresários Clientes dos Profissionais de Contabilidade, credenciados a Rede Contabilizando o Sucesso. SEBRAE

15 COMITÊ GESTOR NACIONAL Representantes do CFC Representantes do SebraeNA 3 membros FENACON 1 membro = = =

16 COORDENAÇÕES ESTADUAIS Coordenador Sebrae/UF Coordenador CRCs

17 COMPOSIÇÃO DO CURSO Palestra de sensibilização horas Capacitação Módulo Básico…………………..……. 60 horas Módulo Complementar horas Total Capacitação horas Formação de Núcleos de Contabilistas

18 Núcleo Básico h 1 – Habilidades Consultivas do Contabilista h 2 – Gestão Estratégica h 3 – Jogos de Empresa – Gestão Simulada ………………………………. 21 h DETALHAMENTO DA CAPACITAÇÃO

19 (Continuação) Núcleo Complementar h Seminários de Apresentação e Acompanhamento …. 12 h Marketing h Custos e Preço de Venda h Capital de Giro e Fluxo de Caixa h Tecnologia e Informação h Análise de Viab. Econ.-Financeira h Diagnóstico Empresarial h Apresentação Trab. de Campo h O Contabilista e Processo de Ajuda h

20 PARTICIPAÇÃO NO INVESTIMENTO SEBRAE-UF *20% CRC – UF *20% * Venda dos cursos e receitas geradas com parcerias

21 RESULTADOS DO PCS 4 turmas 10 turmas 1 turma 3 turmas 4 turmas 5 turmas 8 turmas 1 turma 16 turmas 1 turma 2 turmas 4 turmas 3 turmas 7 turmas 9 turmas 4 turmas 1 turma 2 turmas TO SC RS AM AC PA RR RO MT AP MA PI CE MG BA PR MS SP RJ RN PB PE AL ES TOTAIS 126 TURMAS ALUNOS 23 ESTADOS 6 turmas SE

22 Pesquisa de Avaliação e desempenho do Programa Pesquisa realizada em 10 Unidades Regionais que executaram o Programa. Método: Amostragem. 94,5% de aprovação pelos entrevistados.67,4% O Programa atendeu as expectativas;.27,1% expectativas superadas;.5,5% discordaram da maioria maciça. CONCLUDENTES

23 PESQUISA DE AVALIAÇÃO DO PROGRAMA Fonte: Pesquisa de Avaliação do Impacto do Programa Contabilizando o Sucesso – 2005, realizada nos estados do ES e no DF.

24 NOVO PROGRAMA ( ) Rede

25 ITENS DE AGREGAMENTO Capilaridade, custo – modalidade – EAD ; Divulgação (para a sociedade) ; Suporte contínuo CFC/Sebrae; Monitoramento / avaliação de resultados; Ampliação de parcerias (FENACON, Secretarias de Fazendas, Sindicatos e Associações);

26 ITENS DE AGREGAMENTO Produção científica; Realização de seminários regionais e nacional do Programa; Distribuição de prêmios melhores práticas; Possibilidade de pós-graduação do Programa; Criação de rede; A ser executado no triênio

27 PLANEJAMENTO 27 Estados participantes 320 turmas capacitadas contabilistas participantes R$ ,00 investimentos R$ ,00 CFC R$ ,00 SEBRAE R$ ,00 CRCs/SEBRAE/UF /CONTABILISTAS

28

29 Fonte: Jornal do Comércio (RS) Capa – 30 de novembro de 2005 – pg. 4

30 MUITO OBRIGADO ! Site PCS:


Carregar ppt "Raimundo Neto de Carvalho XIV SEMINÁRIO INTERNACIONAL CILEA – GOIÁS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google