A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HINARI Curso básico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HINARI Curso básico."— Transcrição da apresentação:

1 HINARI Curso básico

2 Sumário Introdução; Regras de uso
Estratégias de Pesquisa & Operadores Boleanos Procedimento de acesso Características do website HINARI Características dos websites das editoras parceiras Pesquisa no PubMed através do HINARI Visão geral do website do PubMed Limites e pesquisa avançada My NCBI Materiais de formação

3 Este slide mostra uma captura de ecrã do website Research4Life. Para obter informação adicional sobre os três programas (Investigação em Saúde, Agricultura e Ambiente), consulte o endereço disponível no topo do slide.

4 HINARI: investigação em Saúde (7000 periódicos) http://www. who
HINARI: investigação em Saúde (7000 periódicos) AGORA: investigação em Agricultura (1278 periódicos) OARE: investigação em Ambiente (2990 periódicos) atualizado: Para além do número de publicações existentes em cada um dos programas, encontra aqui os respetivos endereços da Web. Existe alguma sobreposição nos títulos das publicações, já que algumas delas se incluem em mais do que uma área.

5 Eligibilidade/Inscrição
As instituições de países com PIB per capita abaixo de $1600 são elegíveis para acesso gratuito (Grupo 1) As instituições de países com PIB per capita entre $1601-$4600 pagam uma taxa de $1000 por ano/instituição(Grupo 2) Mais detalhes em: Inicialmente, os valores do PIB eram $1000 (Grupo 1) e $ (Grupo 2). Em 2008, estes valores aumentaram refletindo a inflação desde o início deste programa em Nos últimos anos, alguns países transitaram do Grupo 1 para o Grupo 2. Outros países do Grupo 2 passaram a ser considerados como países não elegíveis para o programa HINARI.

6 HINARI-AGORA-OARE: Países elegíveis
Neste slide estão representados os países do Grupo 1 (a azul) e do Grupo 2 (a laranja). Apesar de os critérios de registo usados nos programas HINARI, AGORA e OARE serem os mesmos, uma instituição deve efectuar um registo individual para cada programa.

7 Público-alvo Os tipos de instituições elegíveis são:
Universidades (Medicina, Enfermagem, Farmácia, Saúde Pública, Medicina Dentária) Institutos de investigação Entidades formadoras de profissionais de saúde Hospitais universitários Governo: ministérios e agências Bibliotecas Médicas Nacionais Agências não-governamentais de base local Os professores permanentes e visitantes, os funcionários e os estudantes, podem aceder ao HINARI utilizando os dados de utilizador e senha institucionais. Mais recentemente, a elegibilidade das agências sem fins lucrativos foi alargada para abranger organizações de base local. No entanto, as organizações fundadas por ou afiliadas a agências ou organizações não governamentais internacionais não são elegíveis. Cada instituição terá acesso a um Utilizador e Senha que deverá ser distribuída por todos os indivíduos elegíveis dessa instituição.

8 Parceiros Principal Publishers Program Partners Elsevier Science
Springer Wiley-Blackwell Sage Taylor & Francis Lippincott/Williams & Wilkins BioOne Oxford University Press Nature Publishing Other science/technical/ medical publishers Program Partners World Health Organization - WHO Food and Agriculture Org. – FAO United Nations Environment Programme – UNEP Yale University Library Mann Library/Cornell University International Association of Scientific, Technical and Medical Publishers – STM Information Training and Outreach Centre for Africa National Library of Medicine Microsoft Librarians Without Borders/MLA Neste slide estão representadas as parcerias público-privadas que constituem a base de dados do HINARI.

9 Regras de uso - Utilizadores
O material propriedade das editoras que se encontra no HINARI pode ser acedido por utilizadores autorizados ou utilizadores temporários. Utilizador autorizado: funcionários de instituições governamentais ou departamentos académicos, corpo docente permanente ou visitante e estudantes de uma faculdade ou instituição de ensino. - Utilizador temporário: qualquer pessoa que tem permissão para usar os serviços de uma instituição. Este slide, assim como os slides seguintes, definem os utilizadores elegíveis e a forma de utilização dos recursos do HINARI, como por exemplo os artigos em texto integral e outros recursos. Basicamente, o acordo entre o HINARI e as editoras parceiras é comparável à situação em que as publicações são compradas às editoras através de um contrato de licença baseado nos direitos de propriedade intelectual, à excepção das publicações de acesso aberto. Periodicamente, têm de ser atribuídos novos dados de utilizador e senha a algumas instituições, uma vez que as originais podem ter sido corrompidas.

10 Regras de uso - Artigos Para participantes do Grupo 1:
A instituição pode decidir fornecer materiais impressos ou em formato digital apenas aos funcionários, corpo docente, estudantes ou outros utilizadores autorizados. O acesso remoto é permitido mas limitado a computadores que sejam propriedade da instituição ou dos seus funcionários. Os materiais podem ser arquivados em repositórios temporários para acesso de estudantes de determinados cursos (devem ser apagados no final do curso). Relativamente ao segundo ponto, não é permitido aceder ao HINARI a partir de um Cyber Café devido à possibilidade de utilizadores não elegíveis acederem aos dados de acesso e assim os corromperem.

11 Regras de uso - Artigos Descarregar/Imprimir: os utilizadores não podem descarregar ou imprimir exemplares completos de revistas ou livros (apenas 15% por obra) Materiais para cursos: o corpo académico ou docente Não pode cobrar pelo material das editoras Pode cobrar pelo custo das cópias O primeiro ponto é muito explícito – não é permitido descarregar todos os artigos de uma revista ou todos os capítulos de um e-book ou qualquer outro recurso.

12 Regras de uso - Artigos Distribuição de documentos: não é permitido distribuir documentos obtidos através do HINARI a um indivíduo ou organização externa à instituição. Cobrança pelo material: a instituição não pode cobrar pelo fornecimento de nenhum material via HINARI, à exceção dos custos de papel e impressão. Publicação: é proibido disponibilizar em qualquer website ou qualquer outro local na Internet o material obtido através do HINARI. Não é permitido enviar os documentos obtidos através do HINARI a indivíduos externos à instituição. Deverá sugerir que o utilizador use os dados de acesso ao HINARI da sua instituição. Mais à frente, discutiremos o processo de registo de uma instituição no HINARI.

13 Regras de uso - Conteúdo & Software
Não é permitido modificar, adaptar, transformar, falsificar ou criar qualquer trabalho derivado do material das editoras. (A consequência será o término imediato do contrato entre a editora e a instituição). modificar, adaptar, transformar ou criar versões ou trabalhos derivados a partir do portal da editora ou do serviço de alojamento adulterar ou alterar o software de acesso das editoras

14 Regras de uso -Acesso Não é permitido distribuir ou partilhar o material ou os dados de acesso da instituição com outros indivíduos ou instituições. Se outros estiverem interessados no HINARI, encaminhe-os à biblioteca da instituição. Não é permitido aceder ao HINARI fora do país de origem. Não é permitido publicar os dados de acesso ao HINARI na página eletrónica da sua instituição. Não é permitido publicar os dados de acesso em locais públicos na Internet, como Grupos, Wikis ou blogs. Sugestão: inserir um link para a página inicial do HINARI ou disponibilizar informação sobre o HINARI. Estes quatro pontos resumem os limites de acesso pessoal ao HINARI. Aceder ao HINARI fora do país de origem ou dar a conhecer publicamente os dados de utilizador e senha implicam que a instituição tenha de alterar o seu código de acesso, o que irá criar problemas a todos os seus utilizadores.

15 Sugestões Modifique o documento “Regras de utilização” de acordo com a sua instituição. Imprima cópias e distribua aos utilizadores na altura em que fornecer os dados de utilizador e senha. Certifique-se que cada novo utilizador lê e assina o documento “Regras de utilização” e se compromete a segui-las. Desta forma, terá cumprido as suas responsabilidades ao distribuir os dados de acesso ao HINARI. Este slide apresenta algumas sugestões para explicar aos utilizadores o que pode ou não ser feito com os materiais obtidos a partir do HINARI. O próximo slide apresenta um “template” que pode ser modificado e utilizado pela sua instituição.

16 Write the Name of Institution HINARI USAGE POLICY Institutional ID: ___________ Password: ______________ HINARI DO’s Material owned by the Publishers made available through HINARI can be used by Authorized Users or Walk-in Users An Authorized User is an institution’s or government department’s employee, permanent or visiting faculty, or student Walk-in User are anyone who comes to the Institution’s premises and is permitted by the Institution to access services there Institution may supply printed or digital materials (documents) only to the institution’s employees, faculty members, students or another Authorized User Remote access is permissible but limited to computers owned personally by employees or by institution Publisher’s material may be placed in electronic reserves for students to access in specified education courses (delete after the end of the course) HINARI DON’Ts Do not put the ID and password on the Institution’s website; a link to the initial page of HINARI or information about the program is acceptable. Do not share or publish the ID and password through public sites on the Internet: Groups, Wikis or Blogs. Do not give the Publisher’s Material or ID/password to other individuals or institutions (if others at your institution are interested, send them to the Library or Director) Downloading or printing: users cannot download or print complete journal issues or books (per journal issue or book, 15% limit) Course Packs: academic and teaching staff may make copies in print or digital form of the Publisher’s Material for course packs; only can recover the cost of producing such course packs from the students; cannot make a profit from the Publisher’s Material Document supply: cannot distribute documents obtained through HINARI to any other individuals or organizations outside the Institution Uploading: cannot upload/post the material to a publicly available website or elsewhere Cannot modify, adapt, transform or create any derivative work from the publisher’s material, software or hosting agent or tamper with the access software Do not access HINARI while traveling outside the country SIGNATURE:___________________________________ DATE:_____________ PRINT NAME:___________________________________

17 Exercício 1 Complete o exercício 1.
Este exercício consiste num questionário com perguntas de revisão sobre os conteúdos discutidos nos slides anteriores.

18 Definir a estratégia de pesquisa
Defina a informação que procura Que tipo de informação procura? Quem vai utilizar essa informação? Escolha os termos de pesquisa Palavras únicas, frases chave Sinónimos, grafia alternativa, plurais, maiúsculas Temas mais abrangentes Selecione as fontes a utilizar Portais, bases de dados, catálogos Revistas de referência ou livros Recursos de referência - e.g. enciclopédias, dicionários Literatura cinzenta - e.g. publicações de organizações governamentais ou não governamentais, websites Tanto este slide, como os próximos, sumarizam os passos necessários para realizar uma pesquisa eficaz. Os passos iniciais podem ser completados antes de aceder à Internet e a uma base de dados específica, ou a um recurso em particular. Este procedimento é aconselhável quando a largura de banda é estreita ou quando o preço de acesso à Internet é elevado.

19 4. Saiba como funcionam as ferramentas de pesquisa – a discutir nos slides seguintes
Execute a pesquisa Use os termos/ palavras-chave e as fontes que selecionou Leia as informações da “Ajuda” 6. Reveja e refine a pesquisa Prepare-se para rever a sua estratégia Tente novas formas de informação Guarde a pesquisa e as referências para utilização futura Promova a utilização de fontes de informação de grande qualidade Tanto este slide, como os próximos, sumarizam os passos necessários para realizar uma pesquisa eficaz. Os passos iniciais podem ser completados antes de aceder à Internet e a uma base de dados específica, ou a um recurso em particular. Este procedimento é aconselhável quando a largura de banda é estreita ou quando o preço de acesso à Internet é elevado. No último passo dê atenção à sugestão “guarde a pesquisa e as referências para utilização futura”. Ao guardar esta informação, poderá completar a sua pesquisa mais tarde na base de dados original ou noutras fontes de informação.

20 - Palavras-chave–’água’ ‘poluição’ ‘saúde’
Exemplo: pesquisar informação sobre problemas de saúde relacionados com poluição da água - Palavras-chave–’água’ ‘poluição’ ‘saúde’ - Temas mais abrangentes –‘degradação ambiental’ ou ‘gestão agrícola’ ou ‘saúde’ - Sinónimos - Água: rios, lagos, mar, costeiro, ‘água de uso doméstico’, etc. - Poluição: ‘derrames de petróleo’, química, biológica, toxicidade, etc. - Saúde: doença, etc. - Grafias alternativas: nenhuma - Plurais: rio (s), lago(s), doença(s) - Maiúsculas: e.g. nome de um determinado lago, doença ou região Neste exemplo apresentam-se várias opções para esta pesquisa. Algumas destas opções permitem alargar a pesquisa, enquanto outras vão limitá-la.

21 Operadores Lógicos Boleanos
Associam elementos e localizam registos que contenham os termos correspondentes à pesquisa São inseridos numa caixa de pesquisa – AND, OR, NOT Têm de ser usadas em MAIÚSCULAS Os operadores AND e NOT são utilizados em sequência da esquerda para a direita e inseridos antes do operador OR O operador OR também é utilizado da esquerda para a direita A pesquisa booleana é um método de pesquisa de informação baseada na lógica booleana. Permite alargar ou estreitar a amplitude das pesquisas através da utilização de termos de pesquisa adicionais. A técnica recorre aos três operadores booleanos – AND, OR, NOT – que são inseridos entre os termos de pesquisa e servem de palavras de ligação para estabelecer uma expressão de pesquisa.

22 Operator AND (para combinar dois conceitos)
O operador AND é utilizado para combinar dois conceitos; por exemplo: Hip AND Fracture (na área cinzenta) Exemplos de pesquisas usando os operadores booleanos. A utilização do operador AND torna esta pesquisa mais precisa e restrita.

23 Operator AND (para combinar três conceitos)
O operador AND é utilizado para combinar três conceitos; por exemplo: Hip AND Fracture AND Elderly (na área cinzenta) A utilização de três termos combinados com o operador AND torna a pesquisa ainda mais precisa e restrita.

24 Operador OR (informação contendo um ou outro termo)
Renal OR Kidney – na área cinzenta, com sobreposição no centro, encontram-se os dois termos de pesquisa Em contraste com o operador AND, o operador OR alarga a pesquisa. Foram utilizados dois termos sinónimos nesta pesquisa e os resultados obtidos foram mais abrangentes.

25 Operador NOT (um termo mas não o outro)
Pig NOT Guinea– na área cinzenta, os termos pesquisados não contêm o segundo termo (guinea) nem ambos os termos. Usando o operador NOT, esta pesquisa é sobre pig e elimina todos os resultados de pesquisa sobre Guinea pig. Um sub-produto desta pesquisa também iria eliminar todos os resultados de pesquisa com os termos relativos aos países Guinea ou Papua New Guinea.

26 Outras funções dos motores de pesquisa
Pesquisa por frase ou por aproximação: “…” ou (…) permite a pesquisa por uma frase exacta “literacia da informação” prevenção e (parasita malária) Truncatura / variáveis (“wildcards”): * Permitem a pesquisa para encontrar alternativas para a palavra child* for child OR childs OR children parasita* para parasita OU parasitas Grafias alternativas: ? pode ser usado para substituir caracteres em qualquer lugar numa palavra wom?n would search for “woman” and “women” Uma pesquisa por (parasitas malária) incliui malária AND parasitas. Apesar de vários motores de pesquisa e bases de dados conterem estas opções, a terminologia exacta pode ser diferente [e.g. para uma pesquisa aproximada “…” ou (…) ]. Por exemplo, no Google, o operador AND é usado de forma automática. Uma pesquisa por (parasitas malária) inclui malária AND parasitas.

27 África AND (malária OR tuberculose)
Ao combinarmos AND com a pesquisa por aproximação com o operador OR alargamos uma pesquisa específica para esta incluir dois assuntos mais gerais mas mantendo o limite geográfico. África AND (malária OR tuberculose) – na área assinalada a azul o operador (OR) mantém os itens em cada termo e o operador AND é usado para combinar os dois conceitos

28 Outras Técnicas de Pesquisa
Pesquisa por campo específico Autor, título, data, URL, etc. Restrições de idioma, Humanos ou Animais, Género e outros limites (a ser discutido em PubMed - Limites) Ordenação por relevância Uma classificação que atribui valor adicional a um documento onde os termos de pesquisa aparecem no título ou em letra maiúscula As opções Campo Específico e Pesquisa por Idioma serão discutidos no PubMed. Ordenação por relevância é a ordenação dos resultados da pesquisa de forma a que os documentos mais relevantes sejam listados primeiro. Com os grandes números de resultados nas pesquisas do Google, este ranking é inestimável. O texto desta seção utiliza alguns materiais desenvolvidos pelo INASP para a apresentação ‘Motores de pesquisa e pesquisa eficaz na Web’. Todos os materiais de formação do INASP, salvo indicação em contrário, têm o copyright INASP (International Network for the Availability of Scientific Publications) e são de utilização livre em contexto educativo.

29 Qualidade da informação da Web
Critérios de Avaliação Precisão Autoridade Circulação Cobertura Objetividade Critérios de avaliação de Informação em Saúde ion.html A Internet é o meio em que é possível publicar informação sem a mediação de profissionais de edição (ou no caso de revistas científicas, por um processo de revisão pelos pares - peer-review). A informação obtida a partir da Internet deve ser avaliada e analisada de acordo com a sua adequação a objectivos clínicos e de investigação. De acordo com os critérios listados neste slide, é importante utilizar estes critérios quando se consulta um website pela primeira vez. Vários websites sobre saúde apresentam os critérios definidos para a informação que divulgam. Por exemplo, o website Essential Health Links fornece um conjunto de links selecionados de acordo com critérios definidos. Ver:

30 Pesquisa no Google: “Dengue Fever”
CDC: Dengue fever and dengue hemorrhagic fever. The Centers for Disease Control and Prevention presents detailed information about this mosquito-born k – Dengue fever, disease information, NCID, CDC Infectious Disease Information. Dengue Fever and Dengue Hemorrhagic Fever (Dengue Virus Infection) k Dengue Fever Factsheet with cause, symptoms, diagnosis, treatment, and prevention k - Dengue Fever - Main Subscribe to denguefever news. - 8k – Wikipedia, the free encyclopedia Dengue and dengue hemorrhagic fever (DHF) are acute febrile diseases, en.wikipedia.org/wiki/Dengue_fever 39k – WHO: Dengue and Dengue Haemorrhagic Fever Includes cause, prevalence, transmission, symptoms, treatment, and prevention k – eMedicine - Dengue Fever : Article by Daniel D Price, MD Dengue Fever - 75k - Este slide apresenta a primeira página de uma pesquisa feita no Google sobre ‘Dengue Fever’ (Febre do Dengue). A vermelho estão assinalados os URL resultantes da pesquisa, uma vez que estes são a chave para reconhecer a confiança acerca da informação de um website. As 3 primeiras referências são de agências governamentais dos Estados Unidos (Centers for Disease Control e National Institute for Allergies and Infectious Diseases) e são fontes oficiais com autoridade reconhecida neste assunto. A descrição dos websites sumariza o conteúdo que neles podemos encontrar. Os dois últimos URL indiciam ser de fontes com autoridade reconhecida (World Health Organization e eMedicine, onde o nome do autor é apresentado). As duas outras referências não são úteis. Uma delas refere-se a uma banda de música chamada “dengue fever” e a outra é uma entrada da Wikipedia. Uma vez que a edição da informação que consta da Wikipedia não é feita exclusivamente por profissionais de saúde, a exatidão e a autoridade dos autores na matéria não é fidedigna. O website Medipedia, com informação sobre saúde, é mantido por médicos e investigadores desta área, pelo que é uma fonte de informação com mais qualidade.

31 The Google search engine
Este é o motor de busca Google. Digite os termos na caixa de pesquisa do Google e clique no botão Pesquisar. O Google é um dos motores de busca mais populares em todo o mundo e tem como objetivo “organizar a informação partilhada no mundo inteiro e torná-la universalmente acessível e útil”. O Google introduziu um conceito único, o “page rank”, que classifica cada página de resultados de acordo com uma série de critérios, como as páginas com mais ‘back-links’ (ou seja, que têm mais links a apontar para elas a partir de outros sites), e ordena os resultados da pesquisa efectuada de acordo com essas notas, surgindo as mais altas primeiro nos resultados da pesquisa.

32 O Google académico permite pesquisar literatura académica de forma simples, sendo possível pesquisar em diversas disciplinas e fontes de informação: desde publicações peer-reviewed, teses, livros, sumários e artigos, até editoras científicas, sociedades profissionais, repositórios, universidades e outras instituições académicas. O Google Académico é um importante auxiliar na procura da investigação mais relevante em áreas académicas. A partir deste motor de pesquisa, poderá pesquisar em diversas disciplinas e fontes de informação: artigos peer-reviewed (ou seja, revistos pelos pares), teses, livros, resumos e artigos de editoras académicas, sociedades profissionais, repositórios, universidades e outras instituições académicas. Esta ferramenta de pesquisa tem como objetivo classificar os artigos da mesma forma que os investigadores o fazem, atribuindo um determinado peso ao texto completo do artigo, ao autor, à publicação e ao número de referências em literatura académica. Os resultados mais relevantes irão aparecer na primeira página de resultados. Uma vez que irá obter links para artigos científicos específicos, terá de fazer LOGIN no HINARI e aceder aos artigos a partir das editoras parceiras. Outros materiais pesquisados poderão estar disponíveis gratuitamente na Web. 32

33 Exercicío 2 Complete o exercício 2.

34 HINARI Website Esta é a página inicial do website HINARI, acessível em No menu do lado esquerdo encontram-se os links para as revistas em texto integral, bases de dados e outros recursos, condições de elegibilidade, registo, FAQs e formação. Vamos começar pela área de Registo. Nos próximos slides vamos discutir a interface, as publicações, os recursos disponibilizados pelas editoras parceiras e outros conteúdos do website do HINARI. Conhecer o website é fundamental para a otimização do aproveitamento dos recursos disponibilizados. Da mesma forma, a aquisição destas competências é essencial para a realização dos exercícios propostos neste curso.

35 Antes de criar um novo registo, é importante verificar se a instituição já se encontra registada. Clique em REGISTERED UNIVERSITIES AND PROFESSIONAL SCHOOLS. Esta lista é actualizada semanalmente. Também é possível verificar se uma instituição é elegível para o HINARI clicando no link check eligibility. Ao clicar em REGISTERED UNIVERSITIES AND PROFESSIONAL SCHOOLS poderá verificar se uma instituição está registada no HINARI. Esta lista não é exaustiva e algumas instituições podem não estar listadas. Se a instituição não for uma universidade ou escola profissional, contacte o HINARI através do para confirmar se existem registos anteriores.

36 Neste exercício, escolhemos o Vietnam.
A partir deste menu, selecione um país para aceder à lista de instituições registadas. Neste exercício, escolhemos o Vietnam. Na caixa de seleção, ao clicar no link do seu país poderá confirmar se a sua instituição está registada ou não.

37 Se a sua instituição está registada, contacte o bibliotecário ou o diretor para obter os dados de acesso (utilizador e senha). Se isto não for possível, contacte o HINARI através do Nota: Uma instituição deve ter apenas e preferencialmente um único registo. Desde 2008, a lista de universidades e escolas profissionais elegíveis é actualizada semanalmente. Se a sua instituição está registada no HINARI, contacte o bibliotecário para obter os dados de utilizador e senha. Todos os membros da instituição têm direito a esta informação – investigadores, pessoal docente, bibliotecários, estudantes, membros filiados, etc. Se, por alguma razão, não conseguir obter os dados de acesso envie um para Se não encontrar a sua instituição na lista de países, é necessário preencher o formulário de registo disponível em

38 ` Esta é uma das páginas do perfil da instituição à qual não terá acesso. A área "Dados do Contacto" é muito importante e por vezes acontece esta informação estar desatualizada. Para atualizar os dados de contato, é necessário enviar o nome completo e do bibliotecário ou do diretor da instituição e respetivo país ao formador do curso ou para o Hinari, através do Periodicamente, os Dados de Contacto tornam-se obsoletos. O HINARI agradece a assistência dada na atualização desta informação.

39 Registration 2 Apenas é necessário um registo por instituição. Se não estiver registado, preencha o formulário, digite a verificação do registo ("Registration Check") e clique em "Send Registration". Depois de a instituição estar inscrita, o bibliotecário irá receber os dados de utilizador e senha HINARI. Todos os membros da instituição têm o direito de utilizar estes dados. Nota: No Yahoo, Ymail e outros serviços de , a mensagem de boas vindas é enviada para a pasta Lixo da Caixa de Correio. Se possui algum destes serviços, por favor verifique se a mensagem foi enviada para esta pasta. Apenas é necessário um registo por instituição. Clique em "Send Registration". Depois de a instituição estar inscrita, o bibliotecário irá receber os dados de utilizador e senha HINARI. Todos os membros da instituição – investigadores, pessoal docente, bibliotecários, estudantes, etc. – têm o direito de utilizar estes dados.

40 Logging in to HINARI 1 ` Clique em Login to HINARI para aceder ao website. Se o registo institucional do HINARI for recente e ainda não tiver os dados em sua posse, o formador irá indicar-lhe um nome de utilizador e senha para utilizar durante o curso.

41 Logging into HINARI 2 Insira o nome de utilizador e a senha HINARI nos campos correspondentes e clique em “Login”. Nota: Se não efetuar a autenticação, não terá acesso aos artigos em texto integral.

42 Se não se autenticou na página do Login, poderá fazê-lo na página Full text journals, databases, and other resources A partir desta página é possível aceder aos artigos em texto integral de várias formas. Para “Find journals” as opções são “by subject category”, “by language of publication” e “by publisher”. Também poderá recorrer ao HINARI/ PubMed para pesquisar artigos sobre temas específicos (esta pesquisa será abordada nos módulos seguintes). Desde outubro de 2008, a janela “Please log in to access this content through HINARI” (Por favor registe-se para poder aceder a este periódico através do HINARI) foi implementada nesta página, constituindo uma segunda opção para validação, e aparece sempre que esta não foi efetuada na página de Login.

43 Neste exemplo, selecionámos a opção Find journals by subject category “Tropical Medicine".
Nesta listagem, apenas 6 revistas permitem visualizar os artigos completos, enquanto que há uma longa lista de revistas disponíveis mediante login. Este é um exemplo da lista de periódicos obtida quando o utilizador não efectuou o procedimento de Login aconselhado. Isto limita claramente o número de revistas às quais tem acesso, já que a lista de ícones brancos é extensa.

44 Depois de ter efetuado o login abre a sub- página Publicações em texto integral, bases de dados e outros recursos?). Uma vez que realizou o login da forma correta, surge a mensagem "You are logged". O login também pode ser confirmado em hinari- gw.who.int/whalecomextranet... url A mensagem ‘You are logged in’ foi acrescentada em outubro de Este importante lembrete irá surgir sempre que aceder a esta página. Sem esta mensagem, os editores não o irão reconhecer como um utilizador do HINARI e irão bloquear o acesso a artigos em texto integral.

45 Accessing journals by title 1
As revistas podem ser acedidas pelo título a partir de uma lista alfabética. Existe, também, a opção “Ver a lista completa de revistas”. Ao longo do próximo conjunto de slides iremos sumarizar as principais formas de acesso aos periódicos eletrónicos do HINARI – por título, categoria, idioma e editora.

46 Esta é a lista de revistas cujo título começa pela letra ‘L’
Esta é a lista de revistas cujo título começa pela letra ‘L’. Clique em The Lancet. As caixas verdes referem-se às revistas às quais tem acesso, enquanto que ! indica que o acesso foi negado à instituição (na maior parte, do Grupo 2 mas em alguns casos do Grupo 1). Repare que os "anos dos volumes" estão indicados a seguir ao título da revista.. Neste exemplo, encontramos o link da revista “Lancet”. Para selecionar a revista, clique no respectivo título e uma nova janela irá abrir no website da editora.

47 Accessing journals by title 4
Uma nova janela será aberta no website da editora da revista. Nesta janela adicional, é apresentado o link para a revista (Lancet). Através do acesso HINARI está a aceder ao website e portal de revistas da editora, onde poderá encontar o artigo que procura e depois descarregá-lo ou imprimi-lo.

48 Para cada artigo, estão disponíveis as opções:
[ Abstract], [Full Text] ou [PDF]. A maior parte dos editores disponibiliza três opções de visualização – resumo (“abstract” ou “summary”), artigo em texto integral (“full-text”), um documento com ligações de hipertexto (“links”) ou formato PDF.

49 Pode obter o artigo em texto integral ou em formato HTML, que inclui links para seções do artigo, referências bibliográficas ou artigos relacionados. Nesta opção, o artigo contém código html e ligações de hipertexto (“Links”). Neste caso, há links internos (topo, resumo, introdução, métodos, resultados, discussão e referências) e também para artigos citados no próprio documento. Se optar por copiar este documento, terá de o guardar como ficheiro .html e visualizar num navegador web (“browser”).

50 Na opção PDF (Portable Document Format) recebe uma imagem digitalizada do artigo. Este formato é semelhante à opção de impressão tradicional. Para descarregar um documento PDF deverá fazer o download (gratuito) do programa Adobe Acrobat a partir do website A imagem digitalizada é o formato que mais se aproxima da impressão tradicional e é de fácil impressão. Para poder “ler” este documento, precisa de ter o software ‘Adobe Acrobat Reader’ instalado no seu computador. Este pode ser descarregado gratuitamente a partir de

51 Problemas de acesso a artigos em texto integral
Usando a lista “Revistas pelo título de A a Z” tentamos aceder a artigos em texto integral da Blood. Apesar de os utilizadores HINARI terem acesso a esta revista, este exemplo será usado para “mostar o que pode correr mal”. Periodicamente, podem surgir problemas a aceder aos artigos em texto integral disponibilizados pelas editoras parceiras do HINARI. Nos slides seguintes, vamos descrever um conjunto de passos para identificar e resolver problemas. Neste slide, temos acesso a um artigo da revista Blood. Em vez de termos acesso ao artigo em texto integral, recebemos a mensagem “Este item requer a assinatura da revista “Blood online”.

52 Os problemas de acesso podem ser causados por:
1) erro no Login usando o utilizador e senha institucionais 2) problemas técnicos no website da editora 3) problemas no sistema local (configuração da firewall da instituição do utilizador, configuração do browser) 4) a editora não autorizou o acesso - principalmente nos países do grupo 2 Consequentemente, surgirá uma mensagem do editor negando o acesso e solicitando o LOGIN ou o pagamento de um artigo específico. Nota: O nome de utilizador e a senha institucionais NÃO irão funcionar. Repare que a editora está a pedir um nome de utilizador e uma senha (e NÃO os dados institucionais HINARI) ou que, em alternativa, adquira o artigo por $35 USD. Algumas das razões para este problema estão listadas no slide.

53 hinari-gw.who.int/whalecomextranet.who.int...
Para confirmar que está a usar os dados institucionais corretamente, verique se vê a mensagem Você está ligado (‘You are logged in’). Também é possível fazer esta confirmação no endereço ou URL no web browser. Se estiver corretamente autenticado, verá um URL que começa por hinari-gw.who.int/whalecomextranet.who.int... Este é o primeiro passo para identificar e resolver o problema do acesso. Neste slide, estamos a confirmar que o utilizador completou o processo de login.

54 Problemas da Firewall da Instituição
Nesta situação, um servidor proxy está a ser bloqueado pela firewall da instituição. Por favor, confirme no departamento de informática que a firewall não está a bloquear servidores proxy. O computador tem de aceder ao servidor proxy HINARI. Garanta que pode aceder ao IP através da firewall. Caso contrário, não poderá efectuar o login e aceder aos artigos em texto integral.

55 Accessing journals by title 1
NOTA:  Se surgirem problemas quando está a aceder a artigos em texto integral através do HINARI/PubMed (e não através dos links da página principal do HINARI), há mais um passo para verificar.(Mais detalhes na sessão PubMed) deste curso. Se não tiver acesso a um artigo de uma revista através do ícone "Link Out" no HINARI/PubMed, verifique em “Encontre revistas pelo título de A a Z" os anos dos volumes disponibilizados. Este slide mostra problemas de acesso a partir do HINARI/PubMed. Se, depois de ter efetuar uma pesquisa através do HINARI/PubMed, o acesso ao artigo em texto integral for negado, deverá confirmar que a sua instituição tem acesso a essa publicação.

56 Quando acede a uma página da lista Revistas pelo Título de A a Z e vê as caixas verdes, a sua instituição tem acesso aos conteúdos da publicação. A caixa ! informa que o acesso foi negado à sua instituição (predominantemente países do Grupo 2 e alguns do Grupo 1). Se, apesar de ter a caixa verde, o acesso ao artigo em texto integral for negado siga as instruções do próximo slide. Repare que os "anos dos volumes" disponíveis estão listados depois do título da revista. Quando a publicação tem a caixa verde e o exemplar faz parte dos “anos dos volumes”, é esperado que tenha acesso ao artigo em texto integral. Se não conseguir aceder ao artigo, o problema deve ser analisado e resolvido pelo HINARI.

57 Este é o exemplo de uma captura de ecrã que foi anexada a uma mensagem de enviada para Para o artigo JEM, é indicado que o acesso a este item requer uma assinatura ("This item requires a subscription"). O editor solicitou que o utilizador aceda (Sign In) através de uma subscrição individual ou através da aquisição de um acesso de curta duração ("Purchase Short-Term Access"). Nota: esta captura de ecrã inclui o URL da revista. Esta informação é imprescindível para que a equipa HINARI tente resolver o problema. Pode fazer uma captura de ecrã clicando em Print Screen enquanto tem a página da revista aberta. Depois cole a imagem (edit/paste ou control/V)num documento Word e envie-a em anexo. Esta imagem confirma que o editor NÃO reconheceu a validação do utilizador. Atente nas instruções para fazer uma captura de ecrã (“screen capture”). Se nunca fez uma, experimente fazer uma captura de um ecrã usando uma das páginas do HINARI e cole-a num documento Word.

58 Verifique que concluiu o LOGIN do HINARI
Verifique que concluiu o LOGIN do HINARI. Se este não for o problema, informe a equipa HINARI para que esta possa comunicar com a editora sobre este assunto. Este exemplo foi enviado por um utilizador do HINARI no Uganda. Nota: confirme que inclui no o utilizador institucional, o nome da(s) revista(s), editora(s) e outros detalhes. Deve também enviar uma captura de ecrã que contenha o URL da revista (ver slide seguinte). Repare que este utilizador descreve toda a informação necessária – título da revista (tema), dados de utilizador e senha institucionais e a captura de ecrã (slide seguinte). Ele também poderia ter incluído a editora da revista. Não é necessário enviar a senha institucional.

59 Nesta captura de ecrã constata-se que a revista está listada na página J das Revistas pelo título A a Z, que o artigo pretendido está disponível e que a instituição devia ter acesso a esta publicação. O sistema de autenticação do HINARI funcionou corretamente, o utilizador devia ter tido acesso ao artigo da revista. Nesta captura de ecrã, o utilizador demonstra que a revista devia estar disponível na sua instituição (caixa verde) e que o artigo em causa está incluído na lista de números disponíveis.

60 A partir deste link é possível pesquisar artigos através do HINARI/PubMed. A utilização desta opção será discutida mais à frente neste curso. Voltámos à página “Procurar artigos na plataforma HINARI através do PubMed”. Tal como referido no slide, a pesquisa de artigos através do HINARI/PubMed será discutida mais à frente neste curso.

61 Accessing journals by subject 1
Clique neste link para escolher a pesquisa de revistas por categoria. A partir do menu, vamos selecionar “Parasitologia e doenças parasitárias” As revistas podem ser pesquisadas por categorias, através da caixa de seleção disponibilizada. Outras opções disponíveis não serão abordadas, como é o caso das opções “Encontre revistas por idioma” e ““Encontre revistas por editora” que listam toda as editoras parceiras e respetivas publicações. Na coluna da direita, está disponível o menu “Serviços das editoras parceiras (‘Partner publisher services’) mas este menu apenas inclui algumas das maiores editoras.

62 Accessing journals by subject 4
Uma lista alfabética de revistas sobre "Parasitologia e Doenças Parasitárias" é apresentada com os links para os websites. Clique no título Trends in Parasitology. Depois do título da revista, são apresentados os números e volumes disponíveis. A partir desta lista, pode agora escolher a revista específica à qual pretende aceder. Depois de a selecionar, transitará do HINARI para o website ou portal da editora parceira. Se tiver feito o LOGIN corretamente, terá acesso aos artigos em texto integral.

63 Ao clicar no título irá abrir a revista numa nova janela: Trends in Parasitology.
Neste caso, selecionamos a revista ‘Trends in Parasitology’. A homepage da revista abre numa nova janela.

64 Para "Encontrar revistas por editora", abra a caixa de seleção
Para "Encontrar revistas por editora", abra a caixa de seleção. Este caso é diferente dos Serviços das editoras parceiras, onde se acedia aos portais das editoras.

65 Publishers’ Websites Os websites das editoras parceiras oferecem o acesso a artigos em texto integral e a serviços especializados. É possível aceder aos artigos em texto integral a partir da seção Serviços das Editoras Parceiras em “Publicações em texto integral, bases de dados e outros recursos”. Na caixa de seleção clique em “Selecione uma editora” e uma lista de editoras parceiras será apresentada. Para aceder ao website das editoras selecione o nome no menu e de seguida clique no mesmo. Através da caixa de seleção é possível aceder aos artigos em texto integral a partir do website dos Serviços das Editoras Parceiras (será discutido na seção seguinte).

66 Other full text sources
Há um número elevado de Bases de Dados e Índices (Bibliográficos) que podem ser acedidos a partir da lista disponível no lado direito do website. Esta lista inclui os índices regionais da Organização Mundial de Saúde. Há um grande número de outros recursos de texto integral para além das coleções de periódicos das editoras que podem ser acedidos através da lista disponível no lado direito do website. Se consultar a seção “Fontes de Referência”, em “Revistas em texto integral, bases de dados e outros recursos”, encontrará um grande número de livros, dicionários e enciclopédias. Neste exemplo, clicámos em “Bases de dados e Indexes” (‘Databases and Indexes’) e acedemos a um grande conjunto de recursos. Repare no número elevado de bases de dados bibliográficas regionais e no CINAHL – um índice de recursos para enfermagem e outras profissões ligadas à saúde.

67 O HINARI tem, também, um grande conjunto de Fontes de Referência acessíveis. Muitas delas contêm informação em texto integral sobre uma grande variedade de tópicos. As Fontes de referência são principalmente das editoras que participam no HINARI. Estas fontes incluem 6 recursos sobre medicina baseada na evidência, incluindo a Cochrane Library e um pacote de software de gestão de referências (EndNoteWeb). Em relação aos e-books, o accesso ao Oxford Textbook of Medicine, CABI e-books e outros recursos sobre psicologia e psiquiatria estão disponíveis.

68 A partir do menu "Outras coleções gratuitas" é possível aceder a outros websites, como os e-journals, que fornecem textos completos com informação útil e relevante. Este menu inclui as fontes de publicações periódicas eletrónicas livres - na maioria dos casos, são revistas de acesso livre. Muitas destas revistas também fazem parte do HINARI.

69 Complete os exercícios 3 e 4.

70 O serviço da editora parceira abre-se numa nova janela
O serviço da editora parceira abre-se numa nova janela. A autenticação no website já deve estar efetuada nesta altura. Escolhemos o ScienceDirect. Esta é a página inicial do website. A partir daqui é possível localizar artigos ou títulos de revistas, pesquisar por assunto e receber alertas.

71 Searching – Science Direct
Através da opção Search Science Direct é possível encontrar artigos pelo Autor, título da revista/livro, volume, edição e palavras-chave (all fields). Também é possível pesquisar por título e por categorias na coluna da esquerda. O website também é uma base de dados de artigos. No Science Direct existem mais de artigos em texto integral. Através da caixa de pesquisa Science Direct é possível aceder a artigos ou títulos de revistas através do autor, título, resumo (abstract) ou pesquisa de palavras- chave. Na coluna da esquerda, é possível pesquisar por título e por categoria. Também poderá registar-se para receber os Quick Links (alertas de tópicos específicos, lembretes de pesquisas guardadas e um top 25 de artigos da sua área temática).

72 Science Direct 2 Na Advanced Search (Pesquisa Avançada), a ScienceDirect permite pesquisar em All Sources, Journals, Books e Images que fazem parte da compilação de ciência da Elsevier. Neste exemplo, pesquisámos tuberculose AND HIV em "All Journals" e "All Sciences", selecionámos "All Years" e clicámos no botão Pesquisar "Search". A ScienceDirect permite aos seus utilizadores pesquisar em revistas da coleção da Elsevier. Neste exemplo pode visualizar a lista de A a Z que contém o termo de pesquisa “tuberculose”.

73 Nesta opção da Advanced Search, combinámos os termos malária AND bednets em All sources e acrescentámos o limite até ao presente. Esta pesquisa avançada possui características adequadas a uma pesquisa mais precisa e recorre a ferramentas que serão discutidas nos slides seguintes sobre o PubMed.

74 HighWire Press 3 Esta é a página inicial da HighWire Press. A partir deste website, é possível pesquisar artigos, títulos de periódicos ou assuntos e criar alertas de s. O link para Free Access to Developing Economies está disponível na página inicial. Também é de destacar o link para Free full-text content. Nota: Pode aceder aos artigos em texto integral da HighWire Press desde que o IP do seu computador pertença a um país elegível. Esta é a única exceção em que não precisa de usar os dados do utilizador e senha. É de notar que é possível aceder diretamente à HighWire Press. A HighWire Press dá acesso a muitas revistas de Sociedades. Na página do Hinari, em ‘Full-text journals, database and other resources’, encontra o link no menu ‘Other Free Collections’.

75 Entrou na lista de publicações Free Access to Developing Economies da HighWire Press.
É de notar que o acesso a esta área se baseia no endereço de IP do seu computador e que pode aceder diretamente ao website através do url.

76 HighWire Press 4 No website da HighWire Press, entramos na página Free Online Full- Text Articles. Algumas das publicações disponibilizadas são de acesso aberto, enquanto outras disponibilizam os artigos gratuitamente depois de um determinado período de tempo. O acesso dos países elegíveis ao HINARI disponibiliza uma combinação muito diferente de títulos. Algumas editoras permitem o acesso livre aos artigos depois de 6, 12 ou 24 meses. Neste slide estão listadas as publicações da HighWire Press que estão disponíveis em acesso aberto em diferentes períodos de tempo.

77 A revista JAMA é um exemplo de uma publicação disponível na HighWire Press. Neste slide, pode constatar que o índice (“Table of contents”) é muito semelhante ao de outras publicações, uma vez que tem acesso às opções "Abstracts", "Full-Text (html)" e "PDF". Acedemos à Table of contents (índice) de uma edição do JAMA; estão disponíveis as opções abstract (resumo), Full Text (texto integral) em HTML e PDF em artigos específicos.

78 Wiley Interscience 2 Este é mais um exemplo do website de uma editora parceira onde se pode constatar que a organização é feita da mesma forma. Se consultarmos uma edição de uma revista iremos encontrar as mesmas opções de apresentação dos ficheiros em html e pdf. Em Ciências Médicas, Veterinárias e da Saúde (Medical, Veterinary and Health Sciences) é possível pesquisar por Categoria (Browse By Category) ou Título da Publicação (Publication Titles) e por palavra-chave (keyword).

79 Complete os exercícios 5 a 7.

80 PubMed - Introdução A partir da página principal do HINARI é possível aceder ao PubMed clicando em "Procure artigos na plataforma HINARI através do PubMed (Medline)”. Nota: Se não seguir as regras do processo de registo não terá acesso aos artigos completos da base de dados HINARI/PubMed. Nesta seção do curso a maior parte dos slides são auto-explicativos. Os comentários acrescentados aos slides têm como objectivo realçar os pontos-chave.

81 Desde outubro de 2009 que o aspeto do PubMed foi atualizado para ser mais simples e intuitivo.
Deverá aceder ao PubMed através do HINARI, caso contrário não terá acesso aos artigos em texto integral. O ponto-chave deste slide é que deve fazer login ao HINARI/PubMed para obter os artigos em texto integral.

82 A opção Bookshelf dá acesso a um grande número de e-books.
A parte inferior da página inicial do PubMed contém links para numerosas bases de dados e ferramentas produzidas pelo U.S. National Center for Biotechnology Information (NCBI). A opção Bookshelf dá acesso a um grande número de e-books. Muitos dos utilizadores do HINARI têm interesse em manuais clínicos. Esta é uma fonte desse tipo de recursos.

83 A caixa de pesquisa do PubMed está ativa
A caixa de pesquisa do PubMed está ativa. Insira os termos da sua pesquisa nesta caixa. Neste exemplo, para efetuar a pesquisa "malaria infections AND Africa" clique no botão Search (Pesquisar).

84 Os resultados da pesquisa são apresentados no corpo da página no formato Summary (Sumário), 20 per page ( 20 itens por página ) e Sorted by Recently Added (ordenados pelos mais recentemente adicionados). Esta é a definição que surge por omissão quando de realiza uma pesquisa. Existem dois filtros adicionais para Free Full Text e HINARI articles. Estes filtros foram criados nas pesquisas HINARI/PubMed e guardadas em My NCBI (ver módulo 4.5). Dos 3562 artigos encontrados, 1471 estão disponíveis via filtro HINARI e 1091 através do filtro Free full text (existe alguma sobreposição).

85 Neste caso, é utilizada a apresentação dos Abstracts (resumos) nos resultados (a ser discutido nos slides subsequentes). Ao clicar no ícone HINARI, na segunda citação aqui listada, é possível aceder ao artigo completo. Para aceder aos artigos em texto integral deve utilizar a apresentação dos Abstracts na visualização dos resultados. Desta forma, irá ver os ícones que servem de link para o artigo a consultar. Se tiver problemas a aceder aos artigos em texto integral , volte à seção 3 para rever os passos descritos no documento “Problemas de acesso e soluções", que está disponível na seção “Recursos adicionais”.

86 Desde agosto de 2008 que o PubMed tem vindo a dar mais destaque à visualização dos Abstracts.
Nos resumos estruturados, os títulos estão listados no início de cada parágrafo (BACKGROUND, OBJECTIVE, METHODS, FINDINGS/RESULTS. CONCLUSIONS). Aproximadamente 25% das citações no PubMed usam este formato.

87 Repare no link adicional para o Free article (artigo gratuito)
Repare no link adicional para o Free article (artigo gratuito). Ao clicar neste link será redirecionado para a página de visualização do Abstract, onde terá acesso ao texto integral.

88 Vamos agora definir o menu de opções relativas à configuração da página para os formatos "Abstract", "20 Items per Page" e "Sorted by Recently Added". Para ativar qualquer uma destas opções deverá clicar no botão "Apply".

89 As opções Abstract Format with 20 Items per page e Sorted by Recently added são apresentadas em Display Settings, dispostos acima do abstract. É de destacar a presença dos filtros Free Full text e HINARI.

90 Debaixo de cada citação no formato Abstract consta informação sobre o tipo de publicação, termos MeSH e financiamento. Para visualizar esta informação basta clicar no menu que se encontra disponível. Na visualização "Abstract" também irá visualizar o ícone para acesso ao artigo em texto integral. Neste caso, o artigo é de acesso gratuito ("Free Full Text article").

91 Neste ecrã está visível o menu com os formatos de visualização com as opções formato Medline, 20 Items per Page e Recently Added Sort by. Para selecionar uma delas basta clicar em Apply.

92 Repare na lista de termos MeSH (Medical Subject Headings) na opção Medline.
Estes termos MeSH são designados pela National Library of Medicine para a indexação no PubMed. Podem ser usados para realizar pesquisas mais alargadas ou mais precisas. As “MeSH headings” também são as variáveis em muitas das opções de Limites que serão discutidas na seção seguinte deste curso.

93 Neste ecrã está visível o menu com os formatos de visualização com as opções Summary Format, 200 Items per Page e Recently Added Sort by. Para selecionar uma delas basta clicar em Apply.

94 Uma lista de referências mais extensa é útil quando a largura de banda é baixa.

95 Neste ecrã está visível o menu com os formatos de visualização com as opções Abstract Format, 50 Items per Page e Sort by Title.

96 A partir do menu Send to, é possível escolher entre as opções File, Collections, Order, Clipboard, e My Bibliography. As opções Collections e My Bibliography estão incluídas no My NCBI.

97 A partir do menu Send to, é possível escolher entre as opções File, Collections, Order, Clipboard e . Passámos do menu "Display" (visualização) para o menu "Send To" (Enviar). Algumas opções deste menu permitem-lhe escolher opções de visualização.

98 A partir do menu Send To selecionamos enviar um ficheiro por e-mail, com as opções Summary e
Recently added selecionadas. Este documento será enviado para o endereço de introduzido no recipient.

99 A partir do menu Send To clicamos em Create File (criar ficheiro), com as opções Abstract e
Pub Date (data de publicação). Poderá descarregar este documento a partir do seu Browser.

100 Os resultados do PubMed são apresentados num ficheiro
Os resultados do PubMed são apresentados num ficheiro .txt no canto inferior do seu browser. Clique no ficheiro e abra-o no Notepad. Nota: Dependendo do browser que está a usar, esta indicação poderá surgir em locais diferentes. Dependendo do browser que está a usar para aceder à Internet, a indicação sobre este ficheiro .txt poderá ser apresentada em locais diferentes.

101 Depois de guardado, é possível imprimir este documento.
Este é o texto do ficheiro .txt no Notepad. Pode guardar este ficheiro no disco C:/ do seu computador, numa flash drive ou num CD-Rom. Depois de guardado, é possível imprimir este documento. Se está a usar o HINARI/PubMed mas não tem tempo para ler os artigos completos, pode guardar a sua pesquisa e voltar depois ao HINARI. Usando as citações da pesquisa, poderá aceder ao artigo através do título da revista e do número da edição.

102 A partir do menu Send To, clicamos em a file, com as opções Summary e Recently added. Este documento será enviado para o endereço de introduzido no recipient.

103 Na mensagem assinalada a verde, o PubMed indica que foi enviado um para o endereço do destinatário. Foram discutidas as opções "Send To File" e " ". Outras opções úteis incluem o "Clipboard", onde o PubMed guarda a sua pesquisa até 8 horas, e a opção "Collections", onde pode guardar a sua pesquisa na sua conta MY NCBI. MY NCBI será discutida na seção 7 deste curso.

104 Complete os exercícios 8 a11.

105 As pesquisas podem ser limitadas restringindo os termos a campos específicos, indicando datas específicas ou ainda escolhendo etiquetas pré-definidas. Até janeiro de 2010, os Limites faziam parte das opções da Advanced Search. Iremos discutir esta ferramenta no final do módulo.

106 No menu Published in the Last (limite por data de publicação), as opções vão desde Any date (qulaquer data) (surge por omissão) até 10 anos e intervalo entre datas. Vamos clicar na opção 1 ano e depois no botão Search.

107 Ao usar a opção 1 year Limits (limite 1 ano) obtivemos 488 resultados de pesquisa.
Os limites ativados Limits Activated estão destacados na caixa amarela e têm as opções Change e Remove. Vamos clicar em Change para voltar a Limits.

108 Clicamos no botão Reset, que tem a mesma função do botão Remove link da página anterior, ou seja, anula os limites que estavam selecionados para que possa definir outros. Nota: Se não usar as opções Reset ou Remove, na próxima pesquisa continuará a usar os limites que estavam definidos; neste caso, o limite Published in the Last 1 year.

109 Vamos completar uma pesquisa por data, especificando o intervalo 2008 a 2010 na opção Specify date range (definir intervalo de tempo) e clicando em Search.

110 Ao usar o limite Publication Date from to (Data de publicação entre e 2010) obtemos uma pesquisa com 1218 referências - os artigos mais recentes sobre HIV AND pregnancy. Voltamos à página Limits clicando em Change e depois em Reset para anular os limites pré-definidos.

111 Usando a pesquisa "HIV AND pregnancy" vamos agora acrescentar o limite Language (Idioma), selecionando English e clicando em Search. Nota: É possível selecionar mais do que um idioma.

112 Usando o limite English obtivemos referências; este valor não é significativamente mais baixo que o obtido na pesquisa inicial. Vamos clicar em Change e voltar à página Limits.

113 Usando a mesma pesquisa e mantendo o limite English, vamos selecionar agora dois Age Limits: Adolescent years e Young Adult years. Depois clicamos no botão Search. As opções de limites Species, Gender e Subsets não serão abordados nesta apresentação.

114 Usando os limites English,Adolescent years e Young Adult years obtivemos 2259 referências. Vamos clicar em Change e voltar à página Limits.

115 Depois de clicar no botão Reset e de anular os limites pré-definidos, vamos clicar nas caixas Type of Article, em Practice Guideline e Review, e em Ages Limits, em Adolescent years e Young Adult years. Depois clicamos no botão Search. Repare que é possível selecionar mais do que um Type of Article.

116 Os limits activated (limites que foram ativados) e os 268 resultados estão listados na caixa assinalada.

117 Vamos agora discutir os Text Options Limits (Limites de Opções de Texto). Recomendamos que NÃO utilize estes limites. Ao clicar em "Links to free full text" (links para textos integral gratuito) irá eliminar todas as citações HINARI que também não são textos integrais de acesso livre. Isto irá limitar os resultados de pesquisa obtidos.

118 Vamos agora analisar o Search Field Tags Limits (limite por campo)
Vamos agora analisar o Search Field Tags Limits (limite por campo). Depois de clicar no botão Reset, inserimos nature biotechnology na Search Box, clicamos na Search Field Tag Journal e depois em Search. Repare na lista longa de opções disponíveis na caixa de seleção.

119 o limite nature biotechnology Journal resultou em 6207 referências, ou seja, todos os artigos publicados nesta revista. Vamos voltar à página dos Limites e usar outra opção Search Field Tags.

120 Depois de clicar na caixa Reset escreva “Ribeiro” em Search e clique em Author na Search Field Tag. Depois clique no botão Search.

121 O Limite Author "Ribeiro” resultou em 6678 referências
O Limite Author "Ribeiro” resultou em referências. Vamos agora ver a página da Advanced Search. Nota: na caixa da seleção da Search Field Tags existem as opções First Author (primeiro autor) e Last Author (último autor).

122 Lembrete: Ao trabalhar com Limites reparou, provavelmente, nas opções ‘Links to full text, ‘Links to free full text’ e ‘Abstracts’. Ao selecionar as três opções, iria limitar a sua pesquisa a todos os artigos em texto integral AND artigos que estão disponíveis como texto integral de acesso aberto por várias editoras AND artigos com resumos. Consequentemente, a sua lista HINARI seria limitada aos artigos em texto integral de acesso aberto e do HINARI - um número significativamente mais pequeno.

123 Complete os exercícios 12 a 16.

124 Advanced Search Vamos usar a opção Advanced Search que permite usar o recurso Search Builder. Para realizar pesquisas mais precisas, pode adicionar termos em All fields ou em campos específicos, usando os operadores booleanos AND, OR, NOT. Pode aceder à Advanced Search a partir da página inicial do PubMed ou da página Search Results. Leia as Search Builder instructions (instruções para construir a pesquisa) que aqui estão disponíveis. 124

125 Escrevemos a palavra-chave "tuberculosis" no PubMed search box, na opção TextWord do Search Builder adicionamos a expressão "drug resistance“ e clicamos na opção Index. De seguida, clicamos em AND e na opção Add to Search Box.

126 Depois de clicar em AND e na opção Add to Search Box, a expressão "drug resistance" [TextWord] foi adicionada à caixa de pesquisa PubMed juntamente com "tuberculosis". Vamos agora acrescentar um termo adicional.

127 Vamos agora clicar na opção MeSH Terms (Termos MeSH) em Search Builder e inserir a expressão "developing countries“ na caixa de pesquisa. De seguida, clicamos em Show Index para visualizar os termos MeSH.

128 Os termos "developing country MeSH" e MeSH subheading são apresentadas na caixa de seleção.
Vamos clicar em AND e em "Add to Search Box" para adicionar este termo à caixa de pesquisa PubMed.

129 Os resultados da pesquisa "tuberculosis AND drug resistance AND developing countries" são 110 referências. Repare que na lista Filter your results 21 são artigos de texto integral de acesso gratuito e 31 são resultados HINARI.

130 Estamos de volta à página Advanced Search
Estamos de volta à página Advanced Search. A opção Search History (Pesquisar no Histórico) foi ativada e apresenta a pesquisa mais recente (#1). No módulo 4.4 vamos discutir a opção Search History e como a utilizar para combinar resultados de pesquisa.

131 Exercício 17 Complete o exercício 17.

132 MY NCBI Para fazer o registo, adicionar filtros e usar as opções do My NCBI deverá aceder ao PubMed a partir do seguinte endereço: Nesta página pode visualizar a caixa My NCBI/Sign in. Deve clicar em My NCBI para efectuar o seu registo. Nota: se tentar fazer o seu registo no HINARI/PubMed, o HINARI vai impedir que volte atrás depois de usar o MY NCBI. O recurso "My NCBI" permite-lhe configurar filtros, guardar pesquisas e criar alertas automáticos de s com as publicações mais recentes do PubMed. Para efetuar o seu registo, clique em "Register" (Registar) na caixa "My NCBI", no canto superior direito da página. Acederá a um formulário de registo numa nova janela. Nota: Apenas precisa de efectuar o registo uma vez. Depois disso passe a usar a opção "Sign in". Siga com atenção as instruções dos próximos três slides.

133 Para se registar no My NCBI, clique em Register for an account
Para se registar no My NCBI, clique em Register for an account. Se já efetuou o seu registo, clique em Sign Into My NCBI.

134 Complete a página de registo
Complete a página de registo. Selecione um Username (utilizador) e uma Password (senha). Guarde-os num lugar seguro para futura referência. Deverá também escolher uma Security Question (pergunta secreta de segurança), caso seja necessário substituir a senha. O formulário de registo abre numa janela nova. Siga as instruções atentamente, de forma a garantir que preenche o formulário corretamente.

135 Nota: Não se esqueça de confirmar que guardou o Username e a Password.
Insira os 5 caracteres que vê na imagem. É necessário inserir uma conta de para usar as ferramentas do My NCBI que iremos discutir a seguir. Depois de acabar de preencher o formulário, clique em Register. Nota: Não se esqueça de confirmar que guardou o Username e a Password. Todas as instruções devem ser seguidas à risca ou o registo não será efetuado.

136 Este procedimento irá verificação a criação da nova conta MY NCBI.
Receberá um da NCBI com a confirmação do registo. Abra a mensagem de e clique no link assinalado, de forma a concluir o seu registo. Este procedimento irá verificação a criação da nova conta MY NCBI. Depois de completar o registo, a NCBI irá enviar-lhe um contendo o link para validar a sua conta de . Para tal, deverá clicar no link ‘to complete your registration…’ e assim o seu registo ficará concluído. A partir de agora já poderá fazer login, criar filtros, guardar pesquisas e receber alertas por a partir do MY NCBI.

137 Depois de confirmar o seu registo, através do link enviado na mensagem de , deverá visualizar a mensagem assinalada a verde no My MCBI. Se isso não acontecer, aceda ao PubMed e siga o procedimento de "Sign in" que se encontra no slide seguinte. Nesta página é efetuada a verificação do endereço de . Para entrar no My NCBI use o seu utilizador e senha de acesso.

138 Para aceder a My NCBI deve fazer Sign In usando o seu utilizador e senha.
Nota: este é o procedimento a seguir depois de ter efetuado o seu registo e voltar ao MY NCBI. Tal como referido no slide, este é o procedimento de “Sign In” para aceder ao My NCBI.

139 Para aceder a My NCBI deve fazer Sign In usando o seu username e password e clicar nas opções disponíveis. Preencha os campos “username” e “password” para aceder ao My NCBI.

140 Depois de aceder ao My NCBI, selecione a opção Search Filters (Filtros de Pesquisa) no menu do lado esquerdo. Para aceder aos “Filters” (Filtros) é necessário escolher esta opção no menu do lado esquerdo. Antes disso, deverá escolher a base de dados de pesquisa. Para definir os filtros pretendidos tem de selecionar o PubMed. Nesta lista, é necessário escolher o PubMed como base de dados.

141 Clique em "Frequently Requested Filters" (Filtros mais requisitados)
Clique em "Frequently Requested Filters" (Filtros mais requisitados). Os filtros mais requisitados estão listados nesta página e é possível escolher até 15 filtros. Quando se escolhe um filtro, My NCBI atualiza a página e aplica o filtro. Neste exemplo, vamos escolher o filtro Free Full Text (texto integral de acesso livre). Para além do filtro recomendado ‘Free Full Text’, pode clicar nas caixas dos filtros que pretende adicionar. Não se esqueça que tem de guardar uma das quinze pesquisas para o filtro HINARI (ver slide seguinte).

142 Clique em Search for filters
Clique em Search for filters. Na caixa Search for filters in PubMed Database"escreva HINARI e clique de seguida em Search. É recomendável usar o filtro HINARI uma vez que irá aceder aos artigos via HINARI. A adição deste filtro é mais complexa do que a dos restantes filtros que surgem por omissão. No entanto, depois de adicionado, o filtro HINARI passará a estar disponível nas pesquisas PubMed guardadas no seu My NCBI.

143 Os filtros correspondentes à pesquisa aparecem em baixo
Os filtros correspondentes à pesquisa aparecem em baixo. Clique na caixa Add as a filter (Adicionar filtro) para adicionar este filtro à sua conta My NCBI.

144 Agora clique em My Filters (Os Meus Filtros) e os filtros que selecionou serão apresentados. Recorde que pode usar até 15 filtros. Se preferir pode usar filtros adicionais (por exemplo, Inglês), mas recomendamos que utilize os filtros “Free Full Text” e “HINARI”.

145 Completámos a pesquisa "hiv AND pregnancy"
Completámos a pesquisa "hiv AND pregnancy". Clicamos agora no link Save search, que está disponível mediante o acesso à conta My NCBI.

146 No MY NCBI pode optar por Save (Guardar) ou Cancel (Cancelar) uma pesquisa específica. Neste caso, vamos guardar a pesquisa.

147 Selecione a opção Yes para receber atualizações por e-mail
Selecione a opção Yes para receber atualizações por . Neste exemplo, foram selecionadas as opções Tuesday e once a week (Uma vez por semana, às Terças-feiras) e sent text- (enviar texto por ). Pode selecionar as opções que preferir.

148 Neste exemplo, optámos pela opção Abstract no formato de relatório
Neste exemplo, optámos pela opção Abstract no formato de relatório. Pode escolher a opção que preferir.

149 Neste caso, escolhemos 5 itens na opção Number of Items (Número de Itens). Novamente, pode escolher a opção que preferir.

150 Quando acede a My Saved Data visualiza a lista de pesquisas guardadas; neste caso, "hiv AND pregnancy" e "malaria AND bednets". A partir desta página pode voltar a correr a pesquisa clicando no title (Título) da pesquisa. A opção Delete PubMed Searches (Apagar pesquisas PubMed) também está disponível. Nota: O que recebe do My NCBI tem as referências de artigos publicados recentemente. Para obter a versão completa dos mesmos deve regressar ao HINARI e procurar o número da publicação pretendida. O número de pesquisas que pode criar é significativo mas lembre-se que acabará por receber um número considerável de mensagens de .

151 Voltamos à página inicial do HINARI para falar das áreas Training (Formação) e Using HINARI" (Usar o HINARI). Vamos aceder à sub-página Training.

152 Add screen capture training page
Esta página possui um conjunto de módulos que descrevem detalhadamente as características do HINARI que já abordámos. O módulo 7 contém informação sobre recursos adicionais disponíveis no website do HINARI. Add screen capture training page

153 Este slide destaca as ferramentas “Formação inicial” disponíveis, que inclui o documento HINARI: O básico e as apresentações PowerPoint sobre “Problemas de acesso e soluções” e "Imprimir e copiar... Problemas e Soluções”. O conjunto de módulos sobre "Competências de publicação” pretende ajudar os investigadores a publicar os seus resultados.

154 Exercícios 18-22 Complete os exercícios 18 a 22.
Completou o curso rápido HINARI! Para mais informação, aceda à página de Formação do HINARI em Actualizado em outubro de 2010


Carregar ppt "HINARI Curso básico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google