A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC no Governo do Estado de São Paulo Janeiro 2004.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC no Governo do Estado de São Paulo Janeiro 2004."— Transcrição da apresentação:

1 A Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC no Governo do Estado de São Paulo Janeiro 2004

2 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo I.Notas Históricas II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.SIGET – Sistema para a Gestão de TIC IV.Cronograma V.Equipe do Núcleo de Apoio ao Comitê Sumário

3 I.Rápido Apanhado Histórico II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.O Novo Sistema para a Gestão da TIC IV.Cronograma V.Equipe do Núcleo de Apoio ao Comitê Sumário A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo

4 Década de 60 O GERA (Grupo Executivo de Reforma Administrativa) começa a organizar a informática pública no Estado. É criado o CEPD - Conselho Estadual de Processamento de Dados (1967). É criada a PRODESP (1969). CONTEXTO TECNOLÓGICO Rápido Apanhado Histórico A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo As TICs no GOVERNO de SÃO PAULO Total centralização do processamento de dados.

5 Década de 70 O processamento dos dados lentamente começa a se descentralizar ao final dos anos 70. Juntam-se ao Mainframe, os Superminis e os Minis. Aparecem os terminais remotos. Continua a forte presença dos grandes CPDs. Rápido Apanhado Histórico A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O CEPD e seu braço executor, a PRODESP, dão inicio a informatização do Estado com a tarefa maior de promover a modernização da máquina pública CONTEXTO TECNOLÓGICO As TICs no GOVERNO de SÃO PAULO

6 O CEPD dispensa os órgãos da administração pública paulista da autorização prévia para aquisições de hardware (1984). O CEPD é transformado em CONEI - Conselho Estadual de Informática (1987). CONEI passa a valorizar os PDIs, a conectividade e a informática como ferramenta de gestão. Descentralização parcial. Os microcomputadores começam a ganhar força nas corporações. Fim do monopólio dos grandes CPDs. Surgimento das Unidades de Negócio. Rápido Apanhado Histórico A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Década de 80 CONTEXTO TECNOLÓGICO As TICs no GOVERNO de SÃO PAULO

7 Década de 90 Rápido Apanhado Histórico A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo A descentralização ganha força total. Consolidação da INTERNET. Consolidação do ambiente de redes. Desenvolvimento acelerado das telecomunicações. O Governo do Estado cria Grupo de Trabalho para reorganizar o CONEI (1996). O Governo do Estado cria o SEI – Sistema Estratégico de Informação, que junto com a PRODESP dão início a implantação da Rede Executiva. Começa a ganhar força dentro do Governo a questão da Modernização dos Serviços Públicos CONTEXTO TECNOLÓGICO As TICs no GOVERNO de SÃO PAULO

8 Valorização da informação como ferramenta de gestão (busca de indicadores de gestão). Busca da transparência nas relações com a sociedade. Uso intensivo da Web, criação de Sites e Portais, modernização dos relacionamentos internos e com a sociedade. Implementação de Políticas de Inclusão Digital. O CONEI é absorvido pelo Comitê de Qualidade da Gestão Pública - CQGP (23/05/2003) Disponibilização de serviços públicos na web Fortalecimento do E-Gov. Rápido Apanhado Histórico A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Década atual CONTEXTO TECNOLÓGICO As TICs no GOVERNO de SÃO PAULO

9 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo I.Rápido Apanhado Histórico II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.O Novo Sistema para a Gestão da TIC IV.Cronograma V.Equipe do Núcleo de Apoio ao Comitê Sumário

10 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública - Elevação do nível de eficiência e eficácia da Administração Pública; - Políticas de recursos humanos, suprimentos, atividades administrativas complementares, aquisições, contratações e terceirizações; - Normas gerais relacionadas com o ambiente Internet e o Programa Acessa São Paulo; - Implementação de padrões e indicadores de qualidade para os serviços públicos; - Valorização no uso das TICs; - Fortalecimento do poder de compra do Estado. O que é o CQGP CQGP é um Colegiado que faz formulação, proposição e implementação de diretrizes para:

11 Secretário-Chefe da Casa Civil (Presidente) (Arnaldo Madeira) Secretário de Economia e Planejamento; (Marthus Tavares) Secretário da Fazenda; (Eduardo Refinetti Guardia) Procurador Geral do Estado; (Elival da Silva Ramos) Assessores Especiais do Governador (2); (Evelyn Levy) (Fernando Carvalho Braga) Secretário Executivo (Fábio Lepique) Secretário Adjunto Casa Civil). A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública Composição do COLEGIADO

12 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública Sempre que o CQGP tratar de matéria de interesse específico de órgãos de uma Secretaria ou de entidades a ela vinculadas, poderá o Titular da Pasta ser convidado para participar da sessão, com direito de voto. Sempre que o CQGP tratar de matéria relativa ao Sistema Integrado de Telecomunicações Oficiais do Estado, o Chefe da Casa Militar participará da sessão, com direito de voto. Participação Adicional

13 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública ESTRUTURA Geral de Participação

14 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública Funcionamento NÚCLEO de APOIO ao COMITÊ Grupo de Coordenação do SEI Sistema Estratégico de Informação Grupos Técnico de Estudos e de Execução de Projetos Especiais, temporários. Unidade de Gestão Estratégica - UGE

15 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública Funcionamento Grupo Executivo de TIC - GETIC Coordenadores dos GSTICs Um representante do COETEL FUNDAPPRODESP IPTIMESPCEPAM SEADEEMPLASA

16 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo O Comitê de Qualidade da Gestão Pública Os Grupos Setoriais de Tecnologia da Informação e Comunicação - GSTICs serão compostos de representantes dos órgãos integrantes da estrutura das respectivas Secretarias e das entidades a ela vinculadas. IMPORTANTE: Poderão participar, ainda, dos Grupos Setoriais, convidados pelos Secretários de Estado, representantes da PRODESP, para atuarem como consultores e facilitadores em TIC. Composição GRUPO SETORIAL de TIC - GSTIC

17 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo I.Rápido Apanhado Histórico II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.O Novo Sistema para a Gestão da TIC IV.Cronograma V.Equipe do Núcleo de Apoio ao Comitê Sumário

18 Objetivos Centrais O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Valorizar as atividades de Planejamento e Gestão da TIC no Governo do Estado visando a aprimorar seus processos internos e suas relações e com a sociedade. Contribuir na busca das melhores práticas quanto ao uso dos recursos de TIC. Contribuir para a capacitação dos recursos humanos (técnicos e usuários) atuantes no segmento da TIC.

19 Elaboração de PDI Documento Pontual – pouco vínculo ao PPA Cumprimento de um dispositivo burocrático O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Como era

20 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Como passa a ser O PDI ganha maior abrangência tornando-se um plano de tecnologia da informação e comunicação (PSTIC) Passa a ser feito on-line, completamente paperless O gestor de TIC passa a ter recursos e facilidades de um sistema para apoiar suas atividades de gerenciamento Torna-se um processo permanente, altamente articulado com o PPA e com os orçamentos anuais

21 Programa Setorial de Tecnologia da Informação e Comunicação PSTIC O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Novo nome do PDI Esquema Gráfico

22 PSTIC CST – Cadastro dos Servidores em TIC CCI – Cadastro de Capacidade Instalada CPA – Cadastro de Programas e Ações MPA – Monitoramento de Programas e Ações Cadastros que integram o PSTIC O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Esquema Gráfico

23 BCO – Base de Conhecimento O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo PSTIC CST – Cadastro dos Servidores em TIC CCI – Cadastro de Capacidade Instalada CPA – Cadastro de Programas e Ações MPA – Monitoramento de Programas e Ações Facilidades a serem colocadas a disposição dos Gestores Esquema Gráfico

24 SIGET O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo BCO – Base de Conhecimento PSTIC CST – Cadastro dos Servidores em TIC CCI – Cadastro de Capacidade Instalada CPA – Cadastro de Programas e Ações MPA – Monitoramento de Programas e Ações Esquema Gráfico Nome do sistema web que integrará os cadastros e o banco de conhecimento

25 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo CST – Cadastro dos Servidores em TIC CCI – Cadastro de Capacidade Instalada CPA – Cadastro de Programas e Ações MPA – Monitoramento de Programas e Ações BCO - Base de Conhecimento Descrição dos Módulos

26 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Facilitar aos GSTICs, como subproduto, dados para formular INDICADORES de GESTÃO das habilidades e competências dos servidores que atuam em TIC; Determinar as competências associadas a cada função; Desenvolver estratégias para promover capacitação onde esta for necessária; Antecipar as necessidades preparando os profissionais para atuar no cenário futuro. Ações Conhecer as capacidades, potencialidades e necessidades dos Recursos Humanos do Estado que atuam em TIC. Objetivo CST – Cadastro dos Servidores em TIC

27 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Principais Telas CST – Cadastro dos Servidores em TIC

28 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Facilitar aos GSTICs, dados para formular INDICADORES de GESTÃO dos Ativos de TIC em operação nas Secretarias, Órgãos e Entidades do Estado; Avaliar a necessidade de otimização, atualização ou expansão dos recursos existentes para planejar melhorias a ser implementadas a curto e médio prazo; Ações Conhecer a capacidade e potencialidade dos recursos de TIC no Estado. Objetivo CCI – Cadastro de Capacidade Instalada

29 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Principais Telas CCI – Cadastro de Capacidade Instalada

30 O Novo Sistema para Gestão da TIC

31

32 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Identificar Sub-Ações de TIC componentes das Ações e Programas previstos no PPA , sejam Programas de Governo Eletrônico ou finalísticos; Estabelecer cronograma físico e financeiro para desenvolvimento das Sub- Ações; Visualizar o conjunto de Projetos e Atividades previstas para execução nas Secretarias, Órgãos e Entidades do Estado, a curto e médio prazos. Ações Conhecer Programas, Ações e Sub-Ações de TIC que serão desenvolvidas pelas Secretarias, Órgãos e Entidades do Estado. Objetivo CPA – Cadastro de Programas e Ações

33 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Principais Telas – TELA 1 CPA – Cadastro de Programas e Ações

34 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Principais Telas – TELA 2 CPA – Cadastro de Programas e Ações

35 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Registrar a realização física e financeira das Sub-Ações de TIC cadastradas no CPA – Cadastro de Programas e Ações; Identificar, corrigir e justificar situações que possam comprometer a conclusão de Sub-Ações previstas; Ter uma visão sempre atualizada do andamento de Projetos e Atividades de TIC das Secretarias, Órgãos e Entidades do Estado. Acompanhamento dos indicadores previstos no PPA Ações Acompanhar o desenvolvimento de Sub-Ações (Projetos/Atividades) de TIC por Secretarias, Órgãos e Entidades do Estado. Objetivo MPA – Monitoramento de Programas e Ações

36 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Principais Telas MPA – Monitoramento de Programas e Ações

37 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Ações Objetivo BCO – Base de Conhecimento Criar editorias cobrindo principais matérias de interesse do gestor de TIC. Definir colunistas responsáveis pela alimentação das editorias. Desenvolver um aplicativo para publicação das informações em ambiente web (sítio do SIGET). Estabelecer uma rotina para administração das editorias criadas. Publicar, em um único ambiente, multimídia, informações variadas de interesse para facilitação e aprimoramento das atividades dos gestores de TIC que atuam no Governo do Estado de São Paulo.

38 O Novo Sistema para Gestão da TIC A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Possíveis Editorias (matérias) - Software - Hardware - Infra-estrutura - Documentos Oficiais - Gestão de TIC - Telecomunicações - Banco de dados - Programação BCO – Base de Conhecimento - Segurança - Inclusão Digital - Transações c/ Sociedade - Transações Internas - Recursos Humanos - Sistemas Operacionais - Ambiente Web - Design/Hipermídia/Multimídia Destaques Produtos Midiateca Pesquisas feitas Melhores práticas Comparativos FAQ Glossário Entrevista do mês Quem é quem Links Fale conosco

39 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo I.Rápido Apanhado Histórico II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.O Novo Sistema para a Gestão da TIC IV.Cronograma V.Apoio Logístico Sumário

40 4o. Trimestre Apresentação do Documento Final na Reunião Mensal do GETIC - Formulação de minuta para normatização do SIGET - Disponibilização dos Módulos CST e CCI (OK) 1o. Trimestre Disponibilização dos Módulos CPA e MPA - Normatização do SIGET (OK) 2o. Trimestre Implantação do Site do SIGET - Versão I (Integração dos módulos do PSTIC e Fase I do BCO) 4o. Trimestre 2004 Cronograma A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo - Disponibilização de Relatórios e Visões dos Diversos Módulos (OK) - Implantação do Site do SIGET - Versão I (Atualização e Fase II do BCO)

41 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo I.Rápido Apanhado Histórico II.O Comitê de Qualidade da Gestão Pública III.O Novo Sistema para a Gestão da TIC IV.Cronograma V.Apoio Logístico Sumário

42 Conclusão A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo A Equipe do CQGP, através do seu Núcleo de apoio está à disposição dos GSTICs para fornecimento de todo o suporte que se fizer necessário, envolvendo particularmente: Apoio aos GSTICs - consultas locais ou por telefone - Viabilização e apoio em cursos de TIC - Apoio local no preenchimento dos cadastros Workshop/reuniões sobre PSTIC e o SIGET

43 Carlos Salgado Nunes Telefones: ou cel Endereço do Núcleo de Apoio: Av. Morumbi ° andar sala 156, A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Conclusão Contato

44 A Gestão da TIC no Governo do Estado de São Paulo Conclusão Angelo Ricchetti Carlos Salgado Nunes Edward Ribeiro Gerth Gerci Martins Salete Abrão Iunes Walter Constantino Junior / Equipe de \ Consultores Maria José Saraiva Andréia Jupiára Solange Maria Pereira Suporte Administrativo Coordenador do Núcleo de Apoio Agnaldo do Carmo Lopes


Carregar ppt "A Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC no Governo do Estado de São Paulo Janeiro 2004."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google