A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Novas Ameaças Temas específicos. O que são ameaças? Trata-se da percepção do sujeito que se sente ameaçado; Está intimamente ligado à compreensão do que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Novas Ameaças Temas específicos. O que são ameaças? Trata-se da percepção do sujeito que se sente ameaçado; Está intimamente ligado à compreensão do que."— Transcrição da apresentação:

1 Novas Ameaças Temas específicos

2 O que são ameaças? Trata-se da percepção do sujeito que se sente ameaçado; Está intimamente ligado à compreensão do que seja segurança;

3 O que é Segurança Humana É multidimensional e indivisível, o que significa que não é puramente militar, mas inclui a economia, a política, etc.; Pode ser compreendida como a capacidade de assegurar menor percepção da(s) ameaças; É questão de grau: quanto menor a percepção sobre as ameaças, maior a segurança naquele meio.

4 Hipótese A subordinação estratégica da periferia aos países centrais, faz com que as ameaças e a construção da segurança na primeira seja produto das definições formuladas pelos países centrais, o que impede que os países periféricos dediquem-se à formular políticas de segurança para debelar suas ameaças.

5 Terrorismo (países centrais) Até 11/09/2001 Tema com mesmo status dos demais encarados como ameaças; Deve ser enfrentado com medidas de inteligência, em especial as preventivas Depois de 11/09/2001 Principal ameaça à política e continuidade do Estado; Deve ser enfrentado em sua origem, por meio da utilização da força (dimensão militar da segurança)

6 Terrorismo (países periféricos) Até 11/09/2001 Não era sequer mencionado como tem importante na delimitação das ameaças; Não se definia como dever- se-ia enfrentá-lo. Depois de 11/09/2001 Forte pressão para que o Terrorismo passe a ser definido como principal ameaça à política e continuidade do Estado, o que encontra resistência por parte dos países periféricos; Deve ser enfrentado com atividades de inteligência e de segurança pública.

7 Tráfico de Drogas Países centrais: definido como problema de produção e não de consumo. Por isso, deve ser eliminada a produção por meio do custeio de atividades militares (ex. Plano Colômbia). Sua solução está no exterior do território estatal; Países periféricos: porta de entrada para o crime organizado, que busca fontes de lavagem de dinheiro. É problema de demanda e de mercado para outros produtos. Deve ser enfrentado por meio da educação e emprego para jovens, acompanhado de políticas de esclarecimento e saúde pública nos mercados consumidores

8 Tráfico de Armas Centro: é subproduto do tráfico de drogas; É mercado exportador; Há retórica de certificação como acontece com as drogas; É combatido por meios militares. Periferia: no âmbito regional, acordos para limitar ou debelar as armas na região; Tentativas de controlar os arsenais militares; Questão de segurança pública; É mercado consumidor.

9 Outros temas: Degradação do Meio Ambiente: produção/custos X preservação e desenvolvimento; Migrações internacionais: recepção X demanda, legislação X desenvolvimento; Tráfico de seres humanos (prostituição, tráfico de órgãos, turismo sexual): recepção X demanda, deportação X desenvolvimento; Pirataria marítima (controle territorial): promoção X técnicas de combate; Doenças infecto-contagiosas: saúde pública X legislação e política de fronteiras

10 Combate às ameaças Nenhuma pede tratamento militar; Adoção de medidas militares e bélicas pelo centro para as combater; Maior insegurança; Periferia: necessidade de desenvolvimento para debelar as ameaças.

11

12


Carregar ppt "Novas Ameaças Temas específicos. O que são ameaças? Trata-se da percepção do sujeito que se sente ameaçado; Está intimamente ligado à compreensão do que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google