A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Otávio Cavalett Enrique Ortega Rodríguez UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia de Alimentos ANÁLISE EMERGÉTICA DE SISTEMAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Otávio Cavalett Enrique Ortega Rodríguez UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia de Alimentos ANÁLISE EMERGÉTICA DE SISTEMAS."— Transcrição da apresentação:

1 Otávio Cavalett Enrique Ortega Rodríguez UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia de Alimentos ANÁLISE EMERGÉTICA DE SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO DE MILHO, SUÍNO E PEIXE EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS DA REGIÃO SUL DO BRASIL 4 Workshop Advances in Energy Studies Campinas | SP | Brazil th

2 introdução A região Oeste do estado de Santa Catarina ocupa uma área de 25,3 mil Km 2. A região Oeste do estado de Santa Catarina ocupa uma área de 25,3 mil Km 2. Caracterizada por uma grande agroindústria, baseada em pequenas unidades familiares de produção. Caracterizada por uma grande agroindústria, baseada em pequenas unidades familiares de produção. 90% das propriedades tem área menor que 50 ha. 90% das propriedades tem área menor que 50 ha.

3 a região Possui o maior pólo agro industrial de suínos e aves do Brasil. Possui o maior pólo agro industrial de suínos e aves do Brasil. Existem na região cerca de 3 milhões de suínos.Existem na região cerca de 3 milhões de suínos. O sistema de produção que foi adotado caracteriza-se pelo alto nível de confinamento. O sistema de produção que foi adotado caracteriza-se pelo alto nível de confinamento. Isto resulta em um enorme quantidade de dejetos, concentrados numa pequena área. Isto resulta em um enorme quantidade de dejetos, concentrados numa pequena área.

4 o problema Durante os últimos 20 anos, estas agroindústrias intensificaram a expansão vertical da produção na tentativa de diminuir os custos. Durante os últimos 20 anos, estas agroindústrias intensificaram a expansão vertical da produção na tentativa de diminuir os custos. Este aumento da produção trouxe consigo a diminuição no número de produtores rurais. Este aumento da produção trouxe consigo a diminuição no número de produtores rurais. A conseqüência direta deste processo foi o começo de um enorme problema de poluição dos recursos hídricos da região, causado pela grande quantidade de dejetos. A conseqüência direta deste processo foi o começo de um enorme problema de poluição dos recursos hídricos da região, causado pela grande quantidade de dejetos.

5 a análise A este respeito, muitas pessoas e agências ambientais já estão discutindo a sustentabilidade destes sistemas intensivos de produção. A este respeito, muitas pessoas e agências ambientais já estão discutindo a sustentabilidade destes sistemas intensivos de produção. Como resultado destes questionamentos ambientais, a análise emergética foi usada para avaliar os impactos ambientais deste sistema de produção. Como resultado destes questionamentos ambientais, a análise emergética foi usada para avaliar os impactos ambientais deste sistema de produção.

6 o sistema rural O milho é plantado para ser usado como ração para suínos. O milho é plantado para ser usado como ração para suínos. Os suínos são produzidos para ser entregues as agroindústrias mediante a um sistema contratual. Os suínos são produzidos para ser entregues as agroindústrias mediante a um sistema contratual. O dejeto dos suínos é usado como fertilizante da lavoura de milho e, em alguns casos, para alimentar os peixes em um sistema integrado. O dejeto dos suínos é usado como fertilizante da lavoura de milho e, em alguns casos, para alimentar os peixes em um sistema integrado.

7 metodologia emergética A metodologia emergética usa as bases termodinâmicas de todas as formas de energia materiais e serviços humanos, e os converte em equivalentes de uma única forma de energia (emergia). A metodologia emergética usa as bases termodinâmicas de todas as formas de energia materiais e serviços humanos, e os converte em equivalentes de uma única forma de energia (emergia). Desde que o valor emergético de um fluxo é a soma de toda a emergia necessária diretamente e indiretamente para produzi-lo, o valor emergético de todos os insumos precisam ser primeiramente determinados. Desde que o valor emergético de um fluxo é a soma de toda a emergia necessária diretamente e indiretamente para produzi-lo, o valor emergético de todos os insumos precisam ser primeiramente determinados.

8 diagrama sistêmico O primeiro passo na analise emergética é fazer o diagrama sistêmico. O primeiro passo na analise emergética é fazer o diagrama sistêmico. Ele deve incluir todos os componentes e processos importantes para a análise. Ele deve incluir todos os componentes e processos importantes para a análise. Os diagramas são feitos utilizando-se o símbolos com significados específicos (Odum, 1983, 1996). Os diagramas são feitos utilizando-se o símbolos com significados específicos (Odum, 1983, 1996).

9 diagrama sistêmico

10 tabelas emergéticas Os materiais e os serviços não foram considerados totalmente como recursos não renováveis. Os materiais e os serviços não foram considerados totalmente como recursos não renováveis. As renovabilidades parciais destes recursos foram consideradas de acordo com a metodologia proposta por Ortega et al. (2002), Panzieri et al. (2002), Bastianoni et al. (2001) e Altieri (2000). As renovabilidades parciais destes recursos foram consideradas de acordo com a metodologia proposta por Ortega et al. (2002), Panzieri et al. (2002), Bastianoni et al. (2001) e Altieri (2000). Esta mudança é considerada uma evolução na metodologia emergética, representando um passo adicional no sentido de descrever com maio fidelidade a sustentabilidade de sistemas de produção complexos. Esta mudança é considerada uma evolução na metodologia emergética, representando um passo adicional no sentido de descrever com maio fidelidade a sustentabilidade de sistemas de produção complexos.

11 índices emergéticos

12 M+S

13

14

15 resultados – tabela de emergia

16 resultados – fluxos de emergia

17 Os insumos comprados para ração (milho, farelo de soja e Mix) foram as contribuições mais importantes em termos de emergia; 64.9% da emergia total usada. Os insumos comprados para ração (milho, farelo de soja e Mix) foram as contribuições mais importantes em termos de emergia; 64.9% da emergia total usada. Os serviços contribuíram com 12.8% do total de emergia usada. Os serviços contribuíram com 12.8% do total de emergia usada.

18 resultados – fluxos de emergia Com a intensificação da produção de suínos, o milho produzido na propriedade torna-se insuficiente, fazendo com que milho adicional precise ser comprado para a ração dos suínos. Com a intensificação da produção de suínos, o milho produzido na propriedade torna-se insuficiente, fazendo com que milho adicional precise ser comprado para a ração dos suínos. Isto aumenta a dependência do sistema em recursos não renováveis e coloca em risco a performance ambiental e econômica da propriedade. Isto aumenta a dependência do sistema em recursos não renováveis e coloca em risco a performance ambiental e econômica da propriedade.

19 resultados – questão emergética Os valores de Tr, EYR, EIR e % R são similares ao de outros sistemas de produção agrícola pouco intensivos. Os valores de Tr, EYR, EIR e % R são similares ao de outros sistemas de produção agrícola pouco intensivos. O valor de EER mostra que os produtores entregam 8 vezes mais emergia do que recebem com a vendas dos produtos. O valor de EER mostra que os produtores entregam 8 vezes mais emergia do que recebem com a vendas dos produtos. Isto evidencia que o preço dos produtos agrícolas deveria se maior. Isto evidencia que o preço dos produtos agrícolas deveria se maior.

20 resultados – questão emergética Para melhorar os índices e a sustentabilidade do sistema, os produtores precisam realizar esforços para tornar-se menos dependentes em recursos não renováveis como: fertilizantes químicos, herbicidas, ração, combustíveis fósseis, eletricidade e maquinário pesado. Para melhorar os índices e a sustentabilidade do sistema, os produtores precisam realizar esforços para tornar-se menos dependentes em recursos não renováveis como: fertilizantes químicos, herbicidas, ração, combustíveis fósseis, eletricidade e maquinário pesado.

21 resultados – questão econômica O rendimento econômico parece ser satisfatório. O rendimento econômico parece ser satisfatório. Entretanto, o preço dos produtos agrícolas é baixo, enquanto o preço dos insumos aumenta a cada ano. Entretanto, o preço dos produtos agrícolas é baixo, enquanto o preço dos insumos aumenta a cada ano. Isto resulta no empobrecimento de uma significativa parcela dos produtores rurais. Isto resulta no empobrecimento de uma significativa parcela dos produtores rurais.

22 conclusão – 1/5 análise emergética A incorporação do fator de renovabilidade de cada insumo para melhorar o cálculos dos índices do sistema é especialmente válido considerado o uso de recursos renováveis comprados na economia local ou regional (milho, soja e serviços). A incorporação do fator de renovabilidade de cada insumo para melhorar o cálculos dos índices do sistema é especialmente válido considerado o uso de recursos renováveis comprados na economia local ou regional (milho, soja e serviços). Os resultados obtidos levam a uma melhor definição de sistemas agrícolas complexos usando a emergia. Os resultados obtidos levam a uma melhor definição de sistemas agrícolas complexos usando a emergia. Fornecem uma nova percepção sobre as relações entre as propriedades rurais, o meio ambiente e a economia.Fornecem uma nova percepção sobre as relações entre as propriedades rurais, o meio ambiente e a economia.

23 conclusão – 2/5 a integração O sistema deveria manter somente os suínos que podem ser alimentados com o milho produzido no local para diminuir a dependência dos recursos externos. O sistema deveria manter somente os suínos que podem ser alimentados com o milho produzido no local para diminuir a dependência dos recursos externos. É necessário planejar a quantidade de suínos produzida de acordo com a área agrícola da propriedade e respeitando a capacidade do solo de absorção de dejetos que são usados como fertilizantes. É necessário planejar a quantidade de suínos produzida de acordo com a área agrícola da propriedade e respeitando a capacidade do solo de absorção de dejetos que são usados como fertilizantes. O sistema não pode mais suportar a intensificação de suínos usando-se a mesma área. O sistema não pode mais suportar a intensificação de suínos usando-se a mesma área.

24 conclusão – 3/5 as agroindústrias As indústrias de processamento de carne são responsáveis pela intensificação na produção. As indústrias de processamento de carne são responsáveis pela intensificação na produção. Elas precisam assumir a responsabilidade pelos prejuízos causados pela produção de suínos no meio ambiente. Elas precisam assumir a responsabilidade pelos prejuízos causados pela produção de suínos no meio ambiente. Desta forma, seria conveniente o entendimento entre ambientalistas e representantes da cadeia de produção de suínos para encontrar alternativas para resolver o problema de acumulação de resíduos. Desta forma, seria conveniente o entendimento entre ambientalistas e representantes da cadeia de produção de suínos para encontrar alternativas para resolver o problema de acumulação de resíduos.

25 conclusão – 4/5 análise emergética A análise emergética poderia ser usada para ajudar no planejamento das propriedades e simular ações futuras. A análise emergética poderia ser usada para ajudar no planejamento das propriedades e simular ações futuras. O desenvolvimento e adoção de técnicas agrícolas integradas deveria ser fortemente encorajado para que a agricultura siga na direção da sustentabilidade. O desenvolvimento e adoção de técnicas agrícolas integradas deveria ser fortemente encorajado para que a agricultura siga na direção da sustentabilidade.

26 conclusão – 5/5 considerações finais Quando cada propriedade é analisada separadamente, os índices emergéticos são similares a outros sistemas de produção agrícola. Quando cada propriedade é analisada separadamente, os índices emergéticos são similares a outros sistemas de produção agrícola. Entretanto, o real efeito destes sistemas de produção no meio ambiente pode ser melhor observado quando a região como um todo é avaliada. Entretanto, o real efeito destes sistemas de produção no meio ambiente pode ser melhor observado quando a região como um todo é avaliada. É preciso realizar uma análise com um escopo maior, incorporando completamente outros aspectos externos como: poluição da água do subsolo, ocupação da bacia hidrográfica e uso da terra.É preciso realizar uma análise com um escopo maior, incorporando completamente outros aspectos externos como: poluição da água do subsolo, ocupação da bacia hidrográfica e uso da terra. Também, é necessário estudar a capacidade de carga da área agrícola da região.Também, é necessário estudar a capacidade de carga da área agrícola da região.

27 Obrigado !


Carregar ppt "Otávio Cavalett Enrique Ortega Rodríguez UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia de Alimentos ANÁLISE EMERGÉTICA DE SISTEMAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google