A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESPELHOS ESFÉRICOS (Aulas 13 e 14). Espelhos Esféricos - Simbologia: o i p: distância entre o objeto e o espelho p´: distância entre a imagem e o espelho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESPELHOS ESFÉRICOS (Aulas 13 e 14). Espelhos Esféricos - Simbologia: o i p: distância entre o objeto e o espelho p´: distância entre a imagem e o espelho."— Transcrição da apresentação:

1 ESPELHOS ESFÉRICOS (Aulas 13 e 14)

2 Espelhos Esféricos - Simbologia: o i p: distância entre o objeto e o espelho p´: distância entre a imagem e o espelho o: tamanho do objeto i: tamanho da imagem f: distância focal (f = R/2) A: aumento linear transversal (indica quantas vezes a imagem é maior ou menor que o objeto)

3 Observações sobre Espelhos Esféricos: Imagens virtuais são sempre direitas; Imagens reais são sempre invertidas; Apenas imagens reais podem ser projetadas em anteparos. Apenas espelhos côncavos produzem imagens reais. Imagens virtuais podem ser produzidas por espelhos planos, convexos e côncavos.

4 Convenção de Sinais: f > 0, R > 0: espelho côncavo f < 0, R < 0: espelho convexo p´ > 0: imagem real (invertida, espelho côncavo) p´ < 0: imagem virtual (direita) i > 0: imagem direita (virtual) i < 0: imagem invertida (real, espelho côncavo) A > 0: imagem direita (virtual) A < 0: imagem invertida (real, espelho côncavo) A > 1: imagem ampliada (espelho côncavo) 0 < A < 1: imagem reduzida

5 Equações:

6 REFRAÇÃO (Aulas 15 e 16)

7 Características da Refração: Quando a velocidade da luz diminui ao passar de um meio para outro, o raio refratado se aproxima do eixo normal. Neste exemplo: o raio refratado se aproximou do eixo normal ao passar do meio A para o meio B. A velocidade da luz no meio A é maior que no meio B. i N r Meio A Meio B

8 Lei de Snell-Descartes:

9 REFLEXÃO TOTAL (Aulas 17 e 18)

10 Ângulo Limite (L): valor do ângulo de incidência quando o raio refratado emerge rasante à superfície de separação entre os dois meios (r = 90°).

11 Se o raio incidente incidir sobre a superfície de separação com ângulo de incidência maior que L, não ocorrerá refração, e sim, reflexão total, valendo, agora, todas as leis da reflexão.

12 Conclusão: Quando a luz passa de um meio mais refringente para um menos refringente, tem-se que: Para î < L: ocorre refração Para î = L: ocorre refração, com r = 90° (emergência rasante) Para î > L: ocorre reflexão total

13 DIOPTRO PLANO (Aulas 19 e 20)

14 Equação do Dioptro Plano: onde: p: distância entre o objeto e a superfície p´: distância entre a imagem e a superfície n obs : índice de refração do meio onde se encontra o observador n obj : índice de refração do meio onde se encontra o objeto

15 LENTES ESFÉRICAS (Aulas 24 a 26)

16 Lentes Esféricas - Vergência ou Convergência (C): São os graus das lentes. Seu valor corresponde ao inverso do valor da distância focal. A unidade de vergência no SI é a dioptria (di), desde que a distância focal esteja em metros.

17 Conclusões e Observações sobre Lentes Esféricas: Imagens virtuais são sempre direitas; Imagens reais são sempre invertidas; Apenas imagens reais podem ser projetadas em anteparos. Apenas lentes convergentes produzem imagens reais. Imagens virtuais podem ser produzidas por lentes convergentes e divergentes.

18 Convenção de Sinais: f > 0, R > 0, C > 0: lente convergente f < 0, R < 0, C < 0: lente divergente p´ > 0: imagem real (invertida, lente convergente) p´ < 0: imagem virtual (direita) i > 0: imagem direita (virtual) i < 0: imagem invertida (real, lente convergente) A > 0: imagem direita (virtual) A < 0: imagem invertida (real, lente convergente) A > 1: imagem ampliada (lente convergente) 0 < A < 1: imagem reduzida

19 Equações:


Carregar ppt "ESPELHOS ESFÉRICOS (Aulas 13 e 14). Espelhos Esféricos - Simbologia: o i p: distância entre o objeto e o espelho p´: distância entre a imagem e o espelho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google