A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cada célula do corpo funciona como um verdadeiro arquivo no nosso computador vivo, compondo o que se poderia chamar de uma memória biológica. Todas as.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cada célula do corpo funciona como um verdadeiro arquivo no nosso computador vivo, compondo o que se poderia chamar de uma memória biológica. Todas as."— Transcrição da apresentação:

1

2 Cada célula do corpo funciona como um verdadeiro arquivo no nosso computador vivo, compondo o que se poderia chamar de uma memória biológica. Todas as experiências vividas pelos nossos ancestrais vão se transmitindo geração por geração e compondo nas pessoas um complexo banco de dados. Quando nascemos apresentamos características próprias, trazendo conosco, entretanto, uma memória atávica. Não é a toa que costumamos dizer: é... fulano puxou por cicrano; vejam como o jeito de falar, sentar e até de comer é igualzinho ao dele.

3 Observem a importância desta frase - puxou por cicrano. A coisa funciona mais ou menos como aquelas caixinhas de surpresa, que você tira uma de dentro da outra, a outra de dentro da uma e assim sucessivamente. Se considerarmos a vida, as nossas características físicas, os nossos sentimentos, as nossas tendências e mesmo as nossas reações psíquicas, como um somatório de todo um caudal de informações genéticas de nossos antepassados, poderíamos, tranqüilamente, considerarmos como seres imortais, pois toda esta bagagem iremos transmitir aos nossos descendentes, aos descendentes dos nossos descendentes e assim por diante.

4 Este fantástico amontoado harmônico de células que compõem este magnífico corpo animado chamado HOMEM, privilegiado com o fabuloso dom da inteligência é, na realidade...

5 Um cofre cheio de ouro by

6 Desde que nascemos já começamos a morrer. Sabe-se que o número de células que morrem no corpo de um feto é duas vezes maior que as que morrem no corpo de um ancião. Vê-se portanto, que mesmo antes de nascermos, o nosso corpo enfrenta a morte, praticamente como se fosse um velho.

7 As pessoas com idade avançada (acima de 65 anos) estão, entretanto, dia a dia apresentando características mais saudáveis, considerando-se a evolução da ciência e dos procedimentos médicos utilizados para o retardamento da velhice. A média de vida em l900 era de aproximadamente 50 anos no Brasil, sendo que nos Estados Unidos da América, flutuava em torno dos 61 anos.

8 Atualmente, no Brasil a média subiu para 62 anos e cerca de 73 para os EUA. Somente para ter uma idéia do aumento do número de velhos no mundo, basta nos referirmos à China, que atualmente, conta com mais de l00 milhões de pessoas acima de 65 anos de idade. Entretanto, parece-nos que o que é importante na vida não depende tanto do número de anos que temos, mas principalmente da qualidade de vida que gozamos durante os anos em que vivemos.

9 Os maiores problemas, para as pessoas com mais de 65 anos de idade no Brasil, são aqueles relacionados com a perda da motivação pela vida. Nada pior para a sobrevivência de um idoso do que o fato de o afastarmos de um relacionamento ativo e estimulante. O idoso não deve nunca ser considerado como um fardo ou mesmo como um quadrado, superado e que nada tem a oferecer.

10 No caso das mulheres, o caso parece ser ainda mais penoso, considerando-se que normalmente casando com homens mais velhos que elas, têm mais condições de ficarem viúvas mais cedo, o que justifica o fato de haver mais viúvas que viúvos. Cerca de oitenta por cento dos integrantes de asilos de velhos são mulheres.

11 Ainda com respeito a um melhor posicionamento dos idosos na sociedade, consideramos como extremamente importante a criação pelo governo de programas específicos de atendimento às pessoas idosas, mormente aquelas, cuja falta de recursos não permite um final de vida em ambiente digno e saudável.

12 Por outro lado, o idoso, homem ou mulher, não deve nunca, mas nunca mesmo, abandonar seus ideais de vida. Deve manter sempre em mente que não é a idade que o limita, mas sim o que pensa dela. Deve manter seus objetivos na vida, como se fosse jovem. Procurar não se impressionar com a perda de amigos queridos e não se envolver numa penumbra cinzenta, como se sua vida também houvesse fugido.

13 Deve sim, procurar sempre renovar seu círculo de amizades, participando o quanto possível de novos ambientes e inclusive, com pessoas mais jovens, pois tanto a juventude, quanto a velhice são contagiantes. O velho adágio: dize-me com quem andas e dir-te-ei quem és também funciona nesse caso. Conviva com jovens e se manterá rejuvenescido.

14 Nunca se isole e abandone seus sonhos e ideais. Mantenha sua cabeça ativa e altiva. Idoso sim, velho nunca. Você só envelheceu na aparência. Sua inteligência é um arquivo fantástico que abriga um cofre cheio de ouro. Ouro de experiências, de idéias, de cultura, de soluções para problemas e um mundo de lembranças e fantasias.

15 Medo da morte? Sim, todos nós o temos. De acordo com o famoso geriatra americano Dr. Robert Butler, crianças acima de 5 anos já apresentam medo da morte e velhos acima de 75 anos, muitas vezes não têm este medo. Aceitam a idade como uma realidade biológica e convivem com todo o processo, de forma tranqüila e sábia.

16 E a religião, ajuda a não temermos a morte? Sim..., com certeza. Muitos dos que acreditam numa vida após a morte, ou mesmo têm uma forte crença em Deus, no céu em dogmas religiosos, podem viver melhor.

17 Conheço, entretanto, pesquisadores, cientistas e mesmo ateus, que cônscios das obrigações que possuem para com sua família e com a sociedade, mantêm-se plenamente tranqüilos e despreocupados com relação à morte, por estarem cumprindo com uma atividade produtiva e saudável.

18 Outra coisa, meus amigos idosos, não desistam da vida. Leiam bastante e ativem a memória. Façam exercícios diários dentro de suas possibilidades físicas. Caminhem, alimentem-se com parcimônia e regularidade, procurando alimentos de boa qualidade e, se possível, de procedência orgânica, isto é, sem aditivos químicos ou agrotóxicos.

19 Evitem o álcool, o fumo, as gorduras, as frituras, os açúcares, o excesso de sal e outros abusos alimentares. Procurem os ambientes abertos. Muito sol, muita água, alegria e riso. São estes os melhores remédios para a manutenção da saúde e preservação da juventude.

20 Texto: Sady Ricardo dos Santos Pinturas de Willian Whitaker Formatação: Vera Lúcia de Siqueira


Carregar ppt "Cada célula do corpo funciona como um verdadeiro arquivo no nosso computador vivo, compondo o que se poderia chamar de uma memória biológica. Todas as."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google