A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REVISÃO SISTEMÁTICA DE MEDIDAS DE GENERALIZAÇÃO EM PSICOTERAPIAS ORIENTADAS INTERPESSOALMENTE: CONTRIBUIÇÕES PARA A PSICOTERAPIA ANALÍTICA-FUNCIONAL. REVISÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REVISÃO SISTEMÁTICA DE MEDIDAS DE GENERALIZAÇÃO EM PSICOTERAPIAS ORIENTADAS INTERPESSOALMENTE: CONTRIBUIÇÕES PARA A PSICOTERAPIA ANALÍTICA-FUNCIONAL. REVISÃO."— Transcrição da apresentação:

1 REVISÃO SISTEMÁTICA DE MEDIDAS DE GENERALIZAÇÃO EM PSICOTERAPIAS ORIENTADAS INTERPESSOALMENTE: CONTRIBUIÇÕES PARA A PSICOTERAPIA ANALÍTICA-FUNCIONAL. REVISÃO SISTEMÁTICA DE MEDIDAS DE GENERALIZAÇÃO EM PSICOTERAPIAS ORIENTADAS INTERPESSOALMENTE: CONTRIBUIÇÕES PARA A PSICOTERAPIA ANALÍTICA-FUNCIONAL. Cássia Camila Machado Iniciação Científica (PIBIQ/CNPq – Ações Afirmativas) / Orientadora: Prof. Dra. Jocelaine Martins da Silveira A generalização de comportamentos de melhora é um dos principais pontos de argumentação da FAP como proposta de intervenção, considerando a relevância da extensão para o ambiente natural dos ganhos observados no contexto clínico. Estudos recentes no campo da Terapia Analítico- Comportamental e da FAP indicam a insuficiência de medidas de generalização dos resultados para contextos fora da sessão. Há instrumentos que medem progressos do cliente intra-sessão, e cujo emprego tem impulsionado consideravelmente as pesquisas e a compreensão de mecanismos de mudança clínica. Entretanto, as medidas extra-sessão são pouco citadas ou são adequadas apenas para comportamentos de grupos específicos e etc. O objetivo do presente estudo foi identificar em estudos da análise comportamental aplicada, instrumentos e estratégias para medidas de generalização dos resultados no contexto extra-sessão. Introdução O método consistiu de examinar artigos publicados no Journal of Applied Behavior Analysis (JABA), um periódico conceituado da Análise do Comportamento Aplicada. O período analisado foi de 2000 a As palavras-chave pesquisadas em qualquer parte do texto foram: generalização (e derivações: generalidade, geral, generalizando, generaliza e generativo) na língua inglesa. Os critérios de seleção de artigos foram: Artigos publicados a partir de 2000, com acesso on-line e com menção ao contexto clínico no título. Foram excluídos artigos em que o título indicasse um grupo específico de tratamento. Os dados foram sistematizados em um quadro contendo o título, o link do artigo, o ano de publicação, a especificação do tema ou área e do comportamento avaliado, existência ou não de medidas de generalização, indicação da natureza da medida – se formal ou informal. Metodologia Dos 155 artigos inicialmente recuperados, 153 foram excluídos, pois, os resultados indicaram que somente dois artigos cumpriram os critérios de seleção. Figura 1- Temas dos quais trataram os artigos excluídos: Em relação aos dois artigos selecionados, os instrumentos para medida de generalização foram diferentes em cada um dos estudos, mas todos foram formais e relataram sensibilidade à generalização indicativa de melhora clínica. O título de um dos artigos foi Reinforcement history and verbal mediatingresponses: Effects on generalization of say-do correspondence and non correspondence, publicado em 2010 por Lima e Rodrigues. O objetivo foi analisar os efeitos das respostas de mediação verbal sobre a aquisição e generalização de correspondência e não correspondência de dizer e fazer, com crianças pré-escolares e sem deficiência. As medidas de generalização relatadas no artigo consistiram de filmagens e relatórios. O Segundo artigo selecionado intitulado Generalization in a childs oppositional behavior across home and school settings, foi publicado em 2004 por Wahler, Vigilante e Stran e foi conduzido na Universidade do Tenessee. A medida de generalização utilizada foi Standardized Observation Codes – Revised (Cerezo, 1988, citado por Wahler, Vigilante e Strand, 2004). O objetivo do estudo foi de um controle de estímulo sobre um garoto, o qual seu comportamento opositor varia nos ambientes escolar e em casa. Resultados e discussão Boa parte das medidas de generalização utilizadas nos estudos encontrados são utilizadas em grupos específicos, o que dificulta a adequação à pesquisas com terapia analítico- comportamental como um todo e à Psicoterapia Analítica Funcional, em específico. A escassez de estudos revela, ainda, a necessidade do desenvolvimento de pesquisas que se proponham a identificar mecanismos compreender mais a própria generalização de comportamentos no contexto da clínica para que, posteriormente, criem-se medidas extra- sessão que facilitem a visualização da eficácia clínica da Psicoterapia Analítica Funcional. Conclusão LIMA, Edhen Laura. RODRIGUES, Josele- Abreu (2010). Reinforcement history and verbal mediating responses: Effects on generalization of say-do correspondence and non correspondence. Journal of Applied Behavior Analysis, 43, 411–424. WAHLER, R. G., Vigilante, V. A. e STRAN, P. S. (2004). Generalization in a childs oppositional behavior across home and school settings. Journal of Applied Behavior Analysis, 37, Referências


Carregar ppt "REVISÃO SISTEMÁTICA DE MEDIDAS DE GENERALIZAÇÃO EM PSICOTERAPIAS ORIENTADAS INTERPESSOALMENTE: CONTRIBUIÇÕES PARA A PSICOTERAPIA ANALÍTICA-FUNCIONAL. REVISÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google