A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BENCHMARKING. É UM PROCESSO DE MEDIÇÃO SISTEMÁTICA E COMPARAÇÃO CONTÍNUA DAS ESTRATÉGIAS, DE PRODUÇÃO, SERVIÇOS E DOS RESULTADOS DE UMA ORGANIZAÇÃO COM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BENCHMARKING. É UM PROCESSO DE MEDIÇÃO SISTEMÁTICA E COMPARAÇÃO CONTÍNUA DAS ESTRATÉGIAS, DE PRODUÇÃO, SERVIÇOS E DOS RESULTADOS DE UMA ORGANIZAÇÃO COM."— Transcrição da apresentação:

1 BENCHMARKING

2 É UM PROCESSO DE MEDIÇÃO SISTEMÁTICA E COMPARAÇÃO CONTÍNUA DAS ESTRATÉGIAS, DE PRODUÇÃO, SERVIÇOS E DOS RESULTADOS DE UMA ORGANIZAÇÃO COM AS MELHORES EMPRESAS DO SEGUIMENTO. VISA OBTER INFORMAÇÕES QUE INDICARÃO QUAIS AÇÕES DEVEM SER IMPLEMENTADAS PARA MELHORAR SEU DESEMPENHO TORNANDO-SE MAIS COMPETITIVA.

3 Objetivos -Avaliação do desempenho da organização comparativamente aos líderes do seguimento. - Sair da "cegueira empresarial e entender as perspectivas do negócio. - A organização pode estar tendo muito sucesso, mas será que não poderia ser melhor?

4 É a busca das melhores práticas na indústria que conduzem ao desempenho superior (Robert C. Camp – Benchmarking). O que é? BENCHMARKING

5 O que é? É um marco de referência, uma medida de desempenho, um referencial. Pode ser quantitativo, representado por um resultado, ou qualitativo, como um processo ou uma prática. É um marco de referência, uma medida de desempenho, um referencial. Pode ser quantitativo, representado por um resultado, ou qualitativo, como um processo ou uma prática. BENCHMARK

6 Princípios do Benchmarking 1.Reciprocidade 3. Medição 2.Analogia 4. Validade

7 Procedimento geral Tenha conhecimento da metodologia do Benchmarking e utilize uma metodologia estruturada; Antes de iniciar o contato com os parceiros potenciais de Benchmarking, tenha já claramente identificado o objeto do estudo, os indicadores de desempenho a serem comparados e uma auto-avaliação detalhada do objeto do estudo (processo ou produto); Elabore um questionário para guiar o estudo e compartilhe com os potenciais parceiros se necessário; Tenha autoridade e esteja disposto a compartilhar suas informações com os parceiros de Benchmarking, dentro do princípio da reciprocidade; Realize o estudo baseado em cronogramas e atividades prévia e mutuamente definidas. Tenha conhecimento da metodologia do Benchmarking e utilize uma metodologia estruturada; Antes de iniciar o contato com os parceiros potenciais de Benchmarking, tenha já claramente identificado o objeto do estudo, os indicadores de desempenho a serem comparados e uma auto-avaliação detalhada do objeto do estudo (processo ou produto); Elabore um questionário para guiar o estudo e compartilhe com os potenciais parceiros se necessário; Tenha autoridade e esteja disposto a compartilhar suas informações com os parceiros de Benchmarking, dentro do princípio da reciprocidade; Realize o estudo baseado em cronogramas e atividades prévia e mutuamente definidas.

8 Benefícios do Benchmarking Quebrar paradigmas existentes, desafiando o usual. Aperfeiçoar a Gestão Empresarial por meio do aprendizado contínuo; Facilitar o processo de mudança, apoiando o planejamento estratégico; Entender os melhores desempenhos do mercado e determinar como a organização e seus processos se comparam a eles; É uma ferramenta administrativa por excelência – metas estratégicas - Quebrar paradigmas existentes, desafiando o usual. Aperfeiçoar a Gestão Empresarial por meio do aprendizado contínuo; Facilitar o processo de mudança, apoiando o planejamento estratégico; Entender os melhores desempenhos do mercado e determinar como a organização e seus processos se comparam a eles; É uma ferramenta administrativa por excelência – metas estratégicas -

9 Identificar e utilizar as tendências de mercado em áreas relevantes do negócio; Orientar a empresa no processo de seleção e priorização dos projetos e metas de melhoria e dos recursos a serem alocados. Não re-inventar a roda ! Identificar e utilizar as tendências de mercado em áreas relevantes do negócio; Orientar a empresa no processo de seleção e priorização dos projetos e metas de melhoria e dos recursos a serem alocados. Não re-inventar a roda ! Benefícios do Benchmarking

10 Fatores críticos Falta de comprometimento da alta direção; Ausência de coordenação e gerenciamento do processo de Benchmarking; Não entendimento do conceito de Benchmarking - equipe inadequada; Processos críticos não selecionados, Indicadores-chave de desempenho não identificados e Causas básicas das diferenças no desempenho não identificadas; Falta de comprometimento da alta direção; Ausência de coordenação e gerenciamento do processo de Benchmarking; Não entendimento do conceito de Benchmarking - equipe inadequada; Processos críticos não selecionados, Indicadores-chave de desempenho não identificados e Causas básicas das diferenças no desempenho não identificadas;

11 Foco somente em indicadores e seus resultados; Processo a ser comparado não compreendido ocasionando entre outros, excesso de dados coletados; Parceiro de Benchmarking inadequados ou não encontrados; Foco somente em indicadores e seus resultados; Processo a ser comparado não compreendido ocasionando entre outros, excesso de dados coletados; Parceiro de Benchmarking inadequados ou não encontrados; Fatores críticos

12 Práticas não adaptadas à realidade da organização; Plano de melhoria não elaborado, não implementado ou não acompanhado; Melhorias impossíveis de se implantar. Práticas não adaptadas à realidade da organização; Plano de melhoria não elaborado, não implementado ou não acompanhado; Melhorias impossíveis de se implantar. Fatores críticos de sucesso

13 Tipos de Benchmarking Benchmarking governamental - caracterizado pela comparação da eficiência das várias políticas entre países. Atualmente, na comunidade européia existem vários processos em curso. Benchmarking setorial - caracterizado pela comparação da eficiência inter e intra sectores de atividade. Benchmarking Interno - caracterizado pela comparação da eficiência entre funções semelhantes em várias instalações, departamentos ou divisões, sendo que, no caso das multinacionais é particularmente notório. Benchmarking Competitivo - Análises competitivas identificam diferenças no desempenho das organizações, em vertentes como a produtividade, o crescimento, os custos, investimentos e inovação. Benchmarking governamental - caracterizado pela comparação da eficiência das várias políticas entre países. Atualmente, na comunidade européia existem vários processos em curso. Benchmarking setorial - caracterizado pela comparação da eficiência inter e intra sectores de atividade. Benchmarking Interno - caracterizado pela comparação da eficiência entre funções semelhantes em várias instalações, departamentos ou divisões, sendo que, no caso das multinacionais é particularmente notório. Benchmarking Competitivo - Análises competitivas identificam diferenças no desempenho das organizações, em vertentes como a produtividade, o crescimento, os custos, investimentos e inovação.

14 Tipos de Benchmarking Benchmarking Funcional - caracterizado por ser investigada uma função ou processo específico, não sendo necessário comparar-se somente com as empresas concorrentes. Benchmarking Genérico - aborda grupos de tarefas ou funções em processos mais complexos que atravessam a organização transversalmente e que são encontrados facilmente em outras empresas, como por exemplo, o processo desde a entrada de um pedido do cliente até á entrega do produto. Benchmarking Funcional - caracterizado por ser investigada uma função ou processo específico, não sendo necessário comparar-se somente com as empresas concorrentes. Benchmarking Genérico - aborda grupos de tarefas ou funções em processos mais complexos que atravessam a organização transversalmente e que são encontrados facilmente em outras empresas, como por exemplo, o processo desde a entrada de um pedido do cliente até á entrega do produto.

15 Metodologia de implementação de um processo de Benchmarking O processo de implementação está dividido em cinco fases, que por sua vez, estão subdivididas em atividades e estas em tarefas. As cinco fases deste processo, são: 1 - Planejar 2 - Coletar 3 - Analisar 4 - Adaptar 5 - Melhorar

16 Planejar 1- Definir o objeto de estudo 2- Formar a equipe 3- Caracterizar detalhadamente o objeto de estudo 4 – Estabelecer os indicadores de desempenho 5 – Selecionar as organizações parceiras 1- Definir o objeto de estudo 2- Formar a equipe 3- Caracterizar detalhadamente o objeto de estudo 4 – Estabelecer os indicadores de desempenho 5 – Selecionar as organizações parceiras

17 Coletar 1 - Definir os métodos de coleta de dados 2- Coletar os dados referentes aos resultados e práticas 3 - Registrar as conclusões da coleta 1 - Definir os métodos de coleta de dados 2- Coletar os dados referentes aos resultados e práticas 3 - Registrar as conclusões da coleta Perfil do parceiro Recursos Objetivo Relatório estruturado e organizado

18 Analisar 1 -Análise das informações 2-Identificar os diferenciais em termos de de desempenho 3 -Determinar as causas das diferenças encontradas 4 - Projetar o desempenho futuro da organização 1 -Análise das informações 2-Identificar os diferenciais em termos de de desempenho 3 -Determinar as causas das diferenças encontradas 4 - Projetar o desempenho futuro da organização Validar, comparar, normalizar e identificar

19 Adaptar 1 - Adequar as práticas à realidade da organização 2 - Comunicar os resultados 3 - Obter o aceite das propostas 4 - Definir as metas e planos de melhoria 1 - Adequar as práticas à realidade da organização 2 - Comunicar os resultados 3 - Obter o aceite das propostas 4 - Definir as metas e planos de melhoria Descrição do método e do modo como deverá contribuir para reduzir o diferencial da empresa. Fixar um calendário Determinar responsabilidades Demonstrar o montante dos recursos envolvidos

20 Melhorar 1 - Implementar os planos de melhoria contínua 2 - Monitorar os resultados decorrentes dos planos 3 - Reavaliar as metas a partir de novos referenciais 4 - Manutenção do base de dados 1 - Implementar os planos de melhoria contínua 2 - Monitorar os resultados decorrentes dos planos 3 - Reavaliar as metas a partir de novos referenciais 4 - Manutenção do base de dados

21 Aspectos: Objetivos; Conceito de Benchmarking; Tipos de benchmarking; Metodologia: –Fatores a serem considerados no estudo; –Etapas de Benchmarking; –Ferramentas; –Princípios fundamentais. Responsabilidades Aspectos: Objetivos; Conceito de Benchmarking; Tipos de benchmarking; Metodologia: –Fatores a serem considerados no estudo; –Etapas de Benchmarking; –Ferramentas; –Princípios fundamentais. Responsabilidades Exemplo


Carregar ppt "BENCHMARKING. É UM PROCESSO DE MEDIÇÃO SISTEMÁTICA E COMPARAÇÃO CONTÍNUA DAS ESTRATÉGIAS, DE PRODUÇÃO, SERVIÇOS E DOS RESULTADOS DE UMA ORGANIZAÇÃO COM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google