A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação no Ciclo da Gestão Pública Avaliação ferramenta que contribui para integrar as atividades do ciclo de gestão pública: Deve estar presente – como.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação no Ciclo da Gestão Pública Avaliação ferramenta que contribui para integrar as atividades do ciclo de gestão pública: Deve estar presente – como."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação no Ciclo da Gestão Pública Avaliação ferramenta que contribui para integrar as atividades do ciclo de gestão pública: Deve estar presente – como componente estratégico - desde o planejamento e formulação de uma intervenção, sua implementação (os conseqüentes ajustes a serem adotados) até as decisões sobre sua manutenção, aperfeiçoamento, mudança de rumo ou interrupção indo até o controle

2 Conceitos básicos: Política Programa Projeto Ação Atividade Processo Produto Resultado Efeito Impacto

3 Conceitos Básicos Avaliação formal é o exame sistemático de certos objetos, baseado em critérios explícitos e mediante procedimentos reconhecidos de coleta e análise de informação sobre o conteúdo, estrutura, processo, produtos, resultados, qualidade e/ou impactos de quaisquer intervenções planejadas na realidade

4 Avaliação: envolve tanto julgamento como atribuição de valor e mensuração não é tarefa neutra, mas comprometida com princípios e critérios. Requer uma cultura: uma disciplina intelectual e uma familiaridade prática, amparadas em valores.

5 Avaliação: objetivos gerais identificar e mensurar os resultados, efeitos, impactos obtidos compreender como e porque foram obtidos ou não permitir julgar as intervenções tendo como referência critérios como eficácia, eficiência, sustentabilidade, etc – a ser definidos proporcionar informações necessárias para a tomada de decisão sobre o projeto, programa ou política viabilizar estratégias de responsabilizaçao e accountability proporcionar policy learning

6 Avaliação X Monitoramento Avaliação X Monitoramento Avaliação é o exame discreto de processos, produtos, qualidade, resultados, impactos, das ações realizadas. Monitoramento é o exame contínuo de processos, produtos, resultados, impactos, das ações realizadas.

7 Monitoramento: Objetivos proporcionar informações para a tomada de decisão de intervir no projeto ou programa acompanhar a execução de um Plano de Atividades para facilitar a eficiência e efetividade da sua correta implementação identificar mudanças parciais a partir da linha de base das metas e controlar o cumprimento das metas estabelecidas

8 Monitoramento: Objetivos identificar e corrigir erros e omissões na concepção do próprio projeto ou programa corrigir distorções resultantes do projeto ou programa proporcionar policy learning

9 Pode-se monitorar atividades, processos, resultados, impactos. Monitoramento também é chamado de avaliação em processo quando incide sobre os processos de implementação das ações. Monitoramento baseia-se principalmente nos dados da implementação (internos) Pode ter como referência – ou não - o Plano de Ação ou Plano de Atividades.

10 Pesquisa Avaliativa procedimentos de coleta de dados primários: Análise quantitativa: Censos e pesquisas por amostragem probabilística e não probabilística questionários aplicados por entrevistador ou auto-aplicáveis

11 Pesquisa Avaliativa: Análise qualitativa: Entrevistas em profundidade, individuais, coletivas ou em grupos focais, não estruturadas, semi- estruturadas ou estruturadas. Observação Análise documental (de informação e/ou de conteúdo)

12 Sistemática de monitoramento e avaliação: é um conjunto articulado de monitoramento e diversos tipos de avaliação com foco e objetivos distintos, que não se replicam, mas são combinados de modo a se complementar uns aos outros. é diferente do sistema informatizado de informações que apoia as atividades de gestão.

13 A importância de cada etapa do ciclo do projeto nos processos de avaliação Diagnóstico do problema: define o foco do monitoramento e da avaliação e estabelece a linha de base Planejamento: define resultados (objetivos e metas) a serem alcançados e seus pressupostos Implementação: define os cenários, atores relevantes e suas relações

14 Critérios para avaliação: Eficácia capacidade de produzir os resultados esperados Economicidade capacidade de reduzir custos Eficiência relação custo-benefício Efetividade capacidade de maximizar a eficácia e a eficiência

15 Critérios para avaliação: Equidade capacidade de contribuir para a redução de assimetrias Sustentabilidade capacidade de manter e/ou expandir os ganhos obtidos, para além da intervenção

16 Grande parte da qualidade do Planejamento, do Monitoramento e da Avaliação depende da utilização de indicadores. Indicadores são sinais ou marcadores de alguma coisa; destinam-se a proporcionar evidência, sinalizar. Podem ser quantitativos ou qualitativos. Indicadores servem para mostrar as tendências e/ou os resultados obtidos em uma área qualquer se um resultado está sendo alcançado ou não; se processos estão gerando os produtos pretendidos ou não; se uma intervenção está produzindo outras conseqüências além daquelas pretendidas.

17 Indicadores são sinais ou marcadores de alguma coisa. Podem ser quantitativos ou qualitativos. Indicadores quantitativos são unidades de medida: são uma atribuição de números a objetos, acontecimentos ou situações, de acordo com certas regras. Indicadores não são simplesmente dados: funcionam como uma balança que nos permite pesar os dados; ou uma régua, que nos permite aferir os dados em termos de qualidade, resultado, impacto, etc., dos processos e dos objetivos das intervenções. Os dados alimentam os indicadores.

18 Conceito de Indicador: permite algumas variações que expressam os modos como são usados. Podem ser expressos apenas como unidade/instrumento de medida Podem ser expressos associados às metas que se pretende atingir com uma intervenção Indicadores servem para aferir tanto resultados desejados (objetivos e metas), como outros objetos (processos, impactos inesperados, problemas, etc)

19 OS INDICADORES SERVEM PARA: Possibilitar o estabelecimento e desdobramento das metas de uma intervenção; Facilitar o planejamento e o controle do desempenho, pelo estabelecimento de métricas-padrão e pela apuração dos desvios ocorridos com os indicadores; Internalizar na organização pública as necessidades e expectativas dos cidadãos;

20 Mensurar resultados de acordo com os critérios adotados no monitoramento e na avaliação. Embasar a análise crítica dos processos e resultados da intervenção; Contribuir para a melhoria contínua dos processos organizacionais; Viabilizar a análise comparativa do desempenho da organização em intervenções diversificadas; e do desempenho de diversas organizações atuantes em áreas ou ambientes semelhantes.

21 Quando se trata de medir mudanças (como é o caso de gênero e raça), os indicadores devem ser quantitativos e qualitativos, como por exemplo :Mudanças na matrícula escolar das meninas e das meninas negras Indicadores QuantitativosIndicadores Qualitativos Definição: unidade de medida quantitativa Definição: documentos, julgamentos, percepções, etc Método de coleta de dados: pesquisa por amostragem (probabilística ou não) ou censos, questionários; dados de registros administrativos, etc Método de coleta de dados: grupos focais, entrevistas semi-estruturadas e não estruturadas, observação, etc Exemplos: -Número de meninas matriculadas nas escolas dividido pelo número total de meninas em idade escolar. -Número de meninas negras matriculadas nas escolas dividido pelo número total de meninas negras em idade escolar. -Número de meninas matriculadas nas escolas dividido pelo número total de matrículas. -Número de meninas negras matriculadas nas escolas dividido pelo número total de alunos negros matrículados. Exemplos: -Meninas, por raça, com projetos de vida diferentes das suas mães. -Ambições de trabalho e renda das Meninas, por raça. -Meninas, por raça, que exibem consciência dos seus direitos.


Carregar ppt "Avaliação no Ciclo da Gestão Pública Avaliação ferramenta que contribui para integrar as atividades do ciclo de gestão pública: Deve estar presente – como."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google