A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques."— Transcrição da apresentação:

1 Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques dos Anjos Aulas 30 Soldagem por Resistência Fonte: slides gentilmente cedidos pelo prof. Vitor.

2 Soldagem por Resistência Também chamado de RW – Resistance Welding (AWS). É a soldagem através da aplicação de pressão entre dois eletrodos não consumíveis, separados pelo metal base. Uma alta corrente elétrica passa de um eletrodo ao outro atravessando o metal base. O metal base, de maior resistência elétrica, é fundido por efeito joule. Cessada a corrente, os eletrodos permanecem pressionando as peças (metal base) até a solidificação da zona fundida.

3 Soldagem a Resistência 4 tipo de soldagem por resistência a)Soldagem por ponto b)Soldagem de projeção c)Soldagem por costura d)Soldagem de topo

4 Soldagem a Resistência Soldagem por ponto Dependendo do equipamento e da preparação deste, pode-se soldar multipontos, aumentando assim a produtividade. O tempo de ciclo (pressão, liberação de corrente, cessão de corrente e espera pressionada) é da ordem de 3 a 15 segundos.

5 Soldagem a Resistência Soldagem por costura Soldagem com eletrodo em forma de disco. Os discos pressionam as peças. É aplicada uma sequência de pulsos de corrente durante o deslocamento das peças entre os discos.

6 Soldagem a Resistência Soldagem por projeção As projeções em uma das peças são formadas por processo de estampagem. A corrente passa por estas projeções, onde ocorre a coalescência. Os eletrodos são na forma de uma barra ou placa. Com este processo, consegue-se maior produtividade e uniformidade nos multipontos.

7 Soldagem a Resistência Soldagem por topo Destinada a soldagem de arames e tubos, anéis e tiras de mesma seção transversal. Os eletrodos, na forma de garras prendem as peças próximos à junta e as pressionam uma contra a outra. Libera-se a corrente. Extingue-se a corrente e mantem-se as peças pressionadas até a solidificação.


Carregar ppt "Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google