A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Segunda Comunicação Nacional do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima Mauro Meirelles de Oliveira Santos Ministério da Ciência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Segunda Comunicação Nacional do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima Mauro Meirelles de Oliveira Santos Ministério da Ciência."— Transcrição da apresentação:

1 Segunda Comunicação Nacional do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima Mauro Meirelles de Oliveira Santos Ministério da Ciência e Tecnologia Coordenação Geral de Mudança Global do Clima Curitiba, 10 de novembro de 2010

2 Elaborar, atualizar periodicamente, publicar e por à disposição da Conferência das Partes inventários nacionais de emissões por fontes e das remoções por sumidouros de todos os gases de efeito estufa não controlados pelo Protocolo de Montreal, empregando metodologias comparáveis Artigo 4.1(a) Elaborar, atualizar periodicamente, publicar e por à disposição da Conferência das Partes inventários nacionais de emissões por fontes e das remoções por sumidouros de todos os gases de efeito estufa não controlados pelo Protocolo de Montreal, empregando metodologias comparáveis Artigo 4.1(a) Compromisso de todos países signatários da Convenção Convenção Quadro da ONU sobre Mudança do Clima

3 Países Listados no Anexo 1 Países industrializados Inventários Anuais último ano disponível 2008 Países Não Listados no Anexo 1 Países em desenvolvimento Inventários periódicos como parte de suas Comunicações Nacionais à Convenção 1º Inventário em 2004 para 1990 e º Inventário em 2010 para em 2010 para 1990 a a 2005

4 Providências previstas ou já implementadas no país –Medidas referentes à mitigação à mudança do clima –Medidas para facilitar adequada adaptação à mudança do clima Outras informações consideradas relevantes para o alcance do objetivo da Convenção: –Transferência de tecnologia –Pesquisa e observação sistemática –Educação, treinamento e conscientização pública –Formação de capacidade nacional e regional –Informação e formação de rede Segunda Comunicação Nacional

5 Gases de Efeito Estufa: CO 2 Dióxido de Carbono Metano Óxido Nitroso Hidrofluorcarbonos Perfluorcarbonos Hexafluoreto de Enxofre Gases de Efeito Indireto CH 4 N2ON2ON2ON2O HFCs PFCs SF 6 CO NO X NMVOCs Diretrizes do Inventário: Gases

6 Energia Queima de combustíveis Emissões fugitivas na indústria de carvão mineral e petróleo Processos industriais Indústria de produtos minerais Indústria química Indústria metalúrgica Produção e utilização de CO 2 CH 4 N2ON2ON2ON2O CO 2 CH 4 CO 2 CH 4 CO 2 PFCs HFCs SF 6 Diretrizes do Inventário: Setores

7 Agropecuária Fermentação entérica Manejo de dejetos animais Solos Agrícolas Cultivo de Arroz Queima de resíduos agrícolas Mudança no Uso de Terra e Florestas Conversão de florestas Abandono de terras manejadas Mudança no carbono de solos Reservatórios CO 2 CH 4 CO 2 CH 4 N2ON2ON2ON2O N2ON2ON2ON2O N2ON2ON2ON2O N2ON2ON2ON2O CO 2 Diretrizes do Inventário: Setores

8 Tratamento de Resíduos Disposição de resíduos sólidos Tratamento de esgotos N2ON2ON2ON2O CH 4 Diretrizes do Inventário: Setores

9 Contribuição de: – 600 Instituições –1200 Especialistas Coordenações Setoriais Coordenação geral: CGMC/MCT Procedimentos de Controle e Garantia de Qualidade –Verificação de adequação à metodologia –Relatórios de Referência transparentes –Revisão por especialistas não envolvidos na elaboração –Consulta pública na página do MCT (abril a setembro de 2010) O Inventário Nacional: Organização

10 Energia Agropecuária Uso da Terra Resíduos Indústrias E&E e MME EMBRAPA FUNCATE / INPE CETESB ABIQUIM, ABAL SNIC, IABr... ANEEL (SF 6 ) O Inventário Nacional: Instituições Coordenadoras

11 Biomas e Cobertura de Imagens de Satélite Uso da terra 429 imagens

12 Interpretação para cada ano: -429 imagens de satélite -198 imagens para a Amazônia -118 imagens para o Cerrado Classes identificadas: -Floresta (Primária, Plantada, Secundária) -Campo (pastagem) -Áreas Agrícolas -Áreas Alagadas (rios, lagos e reservatórios) -Área Urbana -Outros Interpretação do Uso da Terra

13 Número de polígonos identificados Total: polígonos -Amazônia: polígonos polígonos menores que 25ha -Cerrado: polígonos polígonos menores que 25ha -Outros biomas: polígonos polígonos menores que 25ha Interpretação do Uso da Terra

14 Para cada polígono –Estoque de carbono na biomassa Floresta –Função do bioma, fisionomia vegetal e localização Agricultura –Função da cultura (informação do IBGE) e prática –Carbono no solo Ganho ou perda dependendo da transição Interpretação do Uso da Terra

15 Emissões de GEE- dados consolidados 2,19 Gt CO 2 e

16 2º Inventário Nacional: 1990 a 2005 Total das emissões de GEE no Brasil em 2005 : 2,19 Gt CO 2 e

17 Apresentação dos resultados em duas métricas distintas para cálculo de equivalentes em CO 2 GWP - Global Warming Potential: valoriza muito os gases de permanência curta na atmosfera, como o CH 4 GTP - Global Temperature Potential: reflete melhor a contribuição dos gases para a mudança do clima

18 Apresentação dos resultados em duas métricas distintas para cálculo de equivalentes em CO 2

19 Crescimento do PIB, da população e das emissões brasileiras

20 Comparação com resultados preliminares apresentados em novembro de 2009 e estimativas de emissões em 2009 Não faz parte da 2ª Comunicação Nacional

21 Principais diferenças entre os resultados finais e as estimativas de novembro/ 2009 Aumento das emissões de Processos Industriais e diminuição das emissões do setor de Energia pela realocação de parte das emissões do setor siderúrgico (diretrizes do IPCC) Diminuição das emissões da Agricultura pela redução das estimativas de emissão de N 2 O em solos agrícolas (novos fatores de emissão do IPCC e dados da Embrapa) Variação nas estimativas do setor de Mudança do Uso da Terra e Florestas devido a: –inclusão de carbono das raízes e matéria orgânica morta –contabilização da remoção de CO 2 em unidades de conservação e terras indígenas (diretrizes do IPCC) Não faz parte da 2ª Comunicação Nacional

22 2005: Previsão em ,2 Gt CO 2 e Resultado final 2,192 Gt CO 2 e

23 Muito obrigado! Mauro Meirelles de Oliveira Santos Tel:


Carregar ppt "Segunda Comunicação Nacional do Brasil à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima Mauro Meirelles de Oliveira Santos Ministério da Ciência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google