A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aluno: Rui Filipe Santos Rocha Orientadora: Prof.ª Dr.ª Maria Teresa Andrade Orient. na Instituição: Eng. Pedro Carvalho MIEEC – Mestrado Integrado Engenharia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aluno: Rui Filipe Santos Rocha Orientadora: Prof.ª Dr.ª Maria Teresa Andrade Orient. na Instituição: Eng. Pedro Carvalho MIEEC – Mestrado Integrado Engenharia."— Transcrição da apresentação:

1 Aluno: Rui Filipe Santos Rocha Orientadora: Prof.ª Dr.ª Maria Teresa Andrade Orient. na Instituição: Eng. Pedro Carvalho MIEEC – Mestrado Integrado Engenharia Electrotécnica e de Computadores

2 Introdução Objectivos MPEG-21 Arquitectura do DDIBrowser Estudo da norma Solução adoptada Resultados Conclusões Trabalho futuro

3 MPEG-21 tem como objectivo definir a tecnologia necessária para negociar, manipular e consumir conteúdos multimédia de forma eficiente, transparente e interoperável

4 Avaliação da parte 10 (Digital Item Processing, DIP) da norma MPEG-21 quanto a sua capacidade para funcionar de forma distribuída Avaliação do estado do software de referência para DIP Especificação e implementação de uma solução para DIP distribuído

5 Imagem original retirada de MPEG21 DI Browser, an MPEG-21 based architecture for the consumption of Digital Items de Giorgiana Ciobanu DIP

6 Imagem original retirada de Information technology – Multimedia Framework (MPEG-21) – Part 10: Digital Item Processing, ISO/IEC FDIS :2005(E)

7 Elemento 1 Nome do Item: Vídeo O Gladiador Tipo de Objecto: urn.foo.Movie Elemento 2 Nome do Item: Capa de DVD O Gladiador Tipo de Objecto: urn.foo.PrintableResource DIM Nome da DIM: Ver Vídeo Tipo de Argumento: urn.foo.Movie

8 Outros clientes GDI Renderer Web Services API GDI Renderer Terminal do Cliente Servidor Web Browser IDIP Server

9 Vantagens –Não necessita de transferir todo o DI para o cliente –Permite uma filtragem de informação Pode esconder do utilizador, dados necessários ao processamento mas que não são úteis ao utilizador Desvantagens –Não implementa regras semânticas especificas de um domínio –Pode ter problemas de interoperabilidade ao nível das DIDs.

10 Estudo dos elementos definidos na norma Estudo do software de referência –Análise do seu funcionamento –Análise da implementação das DIBOs –Teste do software de referência Interacção com investigadores envolvidos na especificação da norma e no desenvolvimento do SW de referência

11 Aplicação de teste

12 Impossibilidade de executar remotamente DIBOs que contêm elementos visuais (JAVA GUI) Funcionamento do Software de referência relativamente à execução de DIXOs e ao retorno de informação

13 Criação de DIXOs com o intuito de implementar de forma distribuída as DIBOs Adição de um valor de retorno nas DIXOs

14 Funcionalidades fornecidas à aplicação cliente –Obter lista de DIMs –Obter lista de Object Types –Filtrar lista de DIMs por Object Type –Executar DIP

15 Cliente pede lista de DIMs e apresenta-a Cliente pede a filtragem de DIMs e apresenta o resultado User pede para abrir DI User escolhe um Item User escolhe uma DIM para executar Servidor executa DIM User visualiza resultado da execução Use case

16 Outros clientes GDI Renderer Web Services API GDI Renderer Terminal do Cliente Servidor Web Browser IDIP Server Web Services API DIP Engine Server Arquitectura

17 O estudo da norma permitiu identificar alguns problemas e possíveis limitações. Foi implementada uma solução para DIP distribuído A solução foi integrada numa aplicação distribuída para visualização de DI MPEG-21

18

19 DIBO: AlertDIBO: Play

20 Estas soluções permitem resolver problemas de interoperabilidade DIP distribuído permite libertar os terminais do utilizador de uma maior carga de processamento Foram identificados problemas adicionais relacionados com a componente gráfica de algumas DIBOs Testes adicionais podem levar a identificação de requisitos adicionais para uma extensão a norma

21 Estudar formas adicionais de separar o processamento necessário a DIBO da implementação da GUI –Solução poderá passar pelo uso de DIXOs Preparação de uma contribuição para o MPEG-21

22 Muito obrigada pela atenção!!


Carregar ppt "Aluno: Rui Filipe Santos Rocha Orientadora: Prof.ª Dr.ª Maria Teresa Andrade Orient. na Instituição: Eng. Pedro Carvalho MIEEC – Mestrado Integrado Engenharia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google