A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Demócrito Átomo Demócrito (460 – 370 A.C.) Defendeu a idéia de que a matéria era composta por pequeníssimas partículas. Modelo baseado apenas na.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Demócrito Átomo Demócrito (460 – 370 A.C.) Defendeu a idéia de que a matéria era composta por pequeníssimas partículas. Modelo baseado apenas na."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 Demócrito Átomo Demócrito (460 – 370 A.C.) Defendeu a idéia de que a matéria era composta por pequeníssimas partículas. Modelo baseado apenas na intuição e na lógica.

6 Modelo proposto por Demócrito: Toda a matéria é constituída por átomos e vazio (não era compacta); O átomo é uma partícula pequeníssima, invisível,e que não pode ser dividida; Os átomos encontram-se em constante movimento; Universo constituído por um número infinito de átomos, indivisíveis e eternos;

7 Aristóteles (384 a.C a.C.) Modelo de Demócrito foi rejeitado por um dos maiores filósofos de todos os tempos – Aristóteles. O Modelo de Demócrito permaneceu na sombra durante mais de 20 séculos... Ar Água Terra Fogo Aristóteles acreditava que a matéria era contínua e composta por quatro elementos:

8 Dalton (1807) Séc. XIX – Dalton ressuscita A Teoria Atômica. John Dalton (1776 – 1844) *Na segunda metade do séc. XVIII, a Química sofreu uma grande evolução. *Certos fatos não podiam ser explicados pela teoria de Aristóteles, como a Lei de Lavoisier: A massa dos reagentes é igual à massa dos produtos. * Para explicar estes fatos Jonh Dalton propôs, em 1807, o seu modelo atômico.

9 Modelo proposto por Dalton: O átomo era uma esfera rígida e indivisível (modelo da Bola de Bilhar) Os átomos do mesmo elemento são iguais entre si – têm a mesma massa

10 A descoberta da primeira partícula subatômica: o elétron J. J. Thomson ( ) Thomson Thomson realizou uma série de experiências utilizando um tubo de raios catódicos (tubo semelhante aos tubos existentes no interior dos televisores). Neste tubo, eram efetuadas descargas elétricas através de um gás rarefeito. Tubo de raios catódicos

11 Em 1897 Thomson propõe novo modelo: Ao estudar as descargas no interior deste aparelho, Thomson, descobriu o elétron. A descarga emitida tinha carga elétrica negativa Thomson provou que os elétrons eram corpúsculos, dotados de carga elétrica e de massa, que fazem parte de toda a matéria. Observava-se uma fluorescência esverdeada devido à existência de partículas de carga negativa que saem dos átomos do cátodo.

12 Elétrons : partículas com carga elétrica negativa Esfera com carga elétrica positiva Modelo proposto por Thomson (1904): O átomo era uma esfera maciça de carga elétrica positiva, estando os elétrons distribuídos em seu interior. O número de elétrons seria tal que a carga total do átomo seria zero.

13 Modelo de Pudim de Passas Esfera com carga elétrica positiva Elétrons : partículas com carga elétrica negativa

14 A descoberta da segunda partícula subatômica: o próton Ernest Rutherford ( ) Cientista neozelandês, estudou com J.J. Thomson. Em 1908 realizou uma experiência que lhe permitiu propor um novo modelo atômico.

15 Experiência de Rutherford

16

17 Resultados previstos segundo o modelo de Thomson: Resultados obtidos: As partículas α (+) deveriam atravessar as folhas de ouro sem sofrer desvios. A maior parte das partículas α comportava-se como esperado, mas um significativo número delas sofria desvios acentuados. Experiência de Rutherford

18 Modelo Atômico de Rutherford (1911) Observando as cintilações na tela de ZnS, Rutherford verificou que muitas partículas "alfa" atravessavam a lâmina de ouro, sem sofrerem desvio, e poucas partículas "alfa" sofriam desvio. Como as partículas "alfa" têm carga elétrica positiva, o desvio seria provocado por um choque com outra carga positiva, isto é, com o núcleo do átomo, constituído por prótons.

19 Resultados da experiência de Rutherford Partículas α Existe, no interior do átomo, uma região central positiva – o núcleo, que exerce fortes forças repulsivas sobre as partículas alfa.

20 Modelo Atômico de Rutherford (1911) Assim, o átomo seria um imenso vazio, no qual o núcleo ocuparia uma pequena parte e neste existiam partes positivas e neutra, enquanto que os elétrons o circundariam numa região negativa chamada de eletrosfera, modificando assim, o modelo atômico proposto por Thomson.

21 Modelo Planetário O átomo seria um sistema semelhante ao sistema solar. Maracanã.

22 * Rutherford admitiu que existia no núcleo partículas semelhantes aos prótons, porém sem cargas * Chadwick (1932) descobriu os nêutrons * Os nêutrons serviriam para diminuir a repulsão entre os prótons (maior estabilidade no núcleo) A descoberta da terceira partícula subatômica: o nêutron

23 Niels Bohr (1913) Niels Bohr ( ) Niels Bohr trabalhou com Thomson, e posteriormente com Rutherford. Tendo continuado o trabalho destes dois físicos, aperfeiçoou, em 1913, o modelo atômico de Rutherford.

24 1º Postulado: A eletrosfera do átomo está dividida em regiões denominadas níveis ou camadas, onde os elétrons descrevem órbitas circulares estacionárias, de modo a ter uma energia constante, ou seja, sem emitirem nem absorverem energia. Modelo Atômico de Bohr

25 2º Postulado: Fornecendo energia (térmica, elétrica,...) a um átomo, um ou mais elétrons a absorvem e saltam para níveis mais afastados do núcleo (mais energéticos). Ao voltarem ás suas órbitas originais, devolvem a energia absorvida em forma de luz (fóton). Quantum Fotum

26 Fogos de artifício Quantum Fotum

27 Átomo de Bohr

28 Também este modelo apresentava algumas falhas... No entanto, ainda é o modelo mental utilizado por muitos cientistas, visto ser de fácil visualização descoberta dos quarks, componentes dos prótons, assumem o posto de menores constituintes da matéria! Até que alguém descubra algo novo...

29

30 Os átomos apresentam duas partes fundamentais: O núcleo e a eletrosfera Os átomos apresentam duas partes fundamentais: O núcleo e a eletrosfera núcleo eletrosfera

31 Próton NêutronElétron

32

33

34 01)(UCDB-MT) No modelo atômico de Rutherford, os átomos são constituídos por um núcleo com carga , onde estaria concentrada. Ao redor do núcleo estariam distribuídos os A alternativa que completa corretamente a frase é: POSITIVA TODA MASSA ELÉTRONS a) negativa – toda massa – elétrons. b) positiva – metade da massa – elétrons. c) positiva – toda a massa – elétrons. d) negativa – toda a massa – nêutrons. e) positiva – toda a massa – nêutrons.

35 As partículas, fundamentais, que constituem os átomos são: PRÓTONS, NÊUTRONS e ELÉTRONS cujas características relativas são: PARTÍCULAS PRÓTONS NÊUTRONS ELÉTRONS MASSA RELATIVACARGA RELATIVA – /1836

36 Próton NêutronElétron Número de prótons: ________ Nome do elemento: ___________ 5 BORO 4 BERÍLIO 2 HÉLIO Os diferentes tipos de átomos (elementos químicos) são identificados pela quantidade de prótons (P) que possui Esta quantidade de prótons recebe o nome de NÚMERO ATÔMICO e é representado pela letra Z Z = P Tabela

37 Observe os átomos abaixo e compare o total de prótons e elétrons de cada Observe os átomos abaixo e compare o total de prótons e elétrons de cada Como os átomos são sistemas eletricamente neutros, o número de prótons é igual ao número de elétrons Como os átomos são sistemas eletricamente neutros, o número de prótons é igual ao número de elétrons Próton Nêutron Elétron

38 Próton NêutronElétron O que há em comum aos três átomos acima? O número atômico (Z) Ao conjunto de átomos de MESMO NÚMERO ATÔMICO damos o nome de ELEMENTO QUÍMICO Ao conjunto de átomos de MESMO NÚMERO ATÔMICO damos o nome de ELEMENTO QUÍMICO

39 PARTÍCULAS PRÓTONS NÊUTRONS ELÉTRONS MASSA RELATIVA 1 1 1/1836 É a soma do número de prótons (Z ou P) e o número de nêutrons (N) do átomo A = Z + N P = 4 e N = 5 A =Z+N 4 5 A = 9 Próton NêutronElétron

40 De acordo com a IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada), ao representar um elemento químico, devem-se indicar, junto ao seu SÍMBOLO, seu número atômico (Z) e seu número de massa (A) Notação Geral X Z A X Z A ou C 6 12 ClCl Fe 26 56

41 ClCl Nome do elemento: _________ A = ______ Z = ______ P = ______ E = ______ N = ______ cloro Fe Nome do elemento: _________ A = ______ Z = ______ P = ______ E = ______ N = ______ ferro

42

43 Quando o átomo PERDE elétrons o íon terá CARGA POSITIVA e será chamado de CÁTION Quando o átomo PERDE elétrons o íon terá CARGA POSITIVA e será chamado de CÁTION O átomo de ferro PERDEU 3 ELÉTRONS para produzi-lo O átomo de ferro PERDEU 3 ELÉTRONS para produzi-lo Fe

44 Quando o átomo GANHA elétrons o íon terá CARGA NEGATIVA e será chamado de ÂNION Quando o átomo GANHA elétrons o íon terá CARGA NEGATIVA e será chamado de ÂNION O átomo de oxigênio GANHOU 2 ELÉTRONS para produzi-lo O átomo de oxigênio GANHOU 2 ELÉTRONS para produzi-lo O –

45 Próton NêutronElétron + 0 – – – Be íon cátion – – – – – – – – – – O – íon ânion ÍON É a espécie química que tem o número de prótons diferente do número de elétrons

46 01) Os íons representados a seguir apresentam o mesmo(a): 40 Ca K e Quais os valores de A, Z, P, E e N nos átomos:

47 02) São dados os átomos A, B e C: A: número atômico 20 e tem 21 nêutrons. B: número de massa 40 e 22 nêutrons. C: 20 prótons e 20 nêutrons. Pertencem ao mesmo elemento químico os átomos: a) A e B. b) A e C. c) B e C. d) A, B e C. e) A, B e C são de elementos diferentes. Átomos de mesmo elemento químico têm mesmo número de prótons A: Tem 20 prótons. B: tem Z = 40 – 22 = 18 prótons C: Tem 20 prótons.

48 03) (Covest-2002) Isótopos radiativos de iodo são utilizados no diagnóstico e tratamento de problemas da tireóide, e são, em geral, ministrados na forma de sais de iodeto. O número de prótons, nêutrons e elétrons no isótopo 131 do iodeto são, respectivamente: I – I – P = 53 N = 131 – 53 = 78 E = = 54 Qual o valor de A, Z, P, E e N no isótopo de Iodo:

49 Comparando-se dois ou mais átomos, podemos observar algumas semelhanças entre eles A depender da semelhança, teremos para esta relação uma denominação especial

50 Cl Cl Z = 17 A = 35 N = 18 Z = 17 A = 37 N = 20 Estes átomos possuem o mesmo número atômico e diferentes números de nêutrons, conseqüentemente, números de massa diferentes Átomos que possuem mesmo número atômico e diferentes números de massa são denominados de ISÓTOPOS

51 H 1 1 H 2 1 H 3 1 hidrogênio 1 monotério hidrogênio leve hidrogênio 2 deutério hidrogênio pesado hidrogênio 3 tritério trítio Somente os isótopos do hidrogênio possuem nomes especiais

52 Os demais isótopos são identificados pelo nome do elemento químico seguido do seu respectivo número de massa C 12 6 C 13 6 C 14 6 carbono 12 carbono 13 carbono 14

53 Ca K Z = 20 A = 40 N = 20 Z = 19 A = 40 N = 21 Estes átomos possuem o mesmo número de massa e diferentes números atômicos Átomos que possuem mesmo número de massa e diferentes números atômicos são denominados de ISÓBAROS Átomos que possuem mesmo número de massa e diferentes números atômicos são denominados de ISÓBAROS

54 Ca K Z = 20 A = 40 N = 20 Z = 19 A = 39 N = 20 Estes átomos possuem o mesmo número de nêutrons e diferentes números atômicos e de massa Átomos que possuem mesmo número de nêutrons e diferentes números atômicos e de massa são denominados de ISÓTONOS

55 Na O – Ne E = 10 Possuem mesmo NÚMERO DE ELÉTRONS (E) ISOELETRÔNICOS são espécies químicas que possuem mesmo número de elétrons ISOELETRÔNICOS são espécies químicas que possuem mesmo número de elétrons

56 01) Observe os átomos fictícios e responda o que se pede: Yb I ) Kw II ) By III ) Wr IV ) Quais são isótopos. Quais são isóbaros. Quais são isótonos. Yb 35 By 35 e Kw 36 Wr 36 e Yb 80 Wr 80 e Kw 81 By 81 e YbKw 45 e


Carregar ppt "Demócrito Átomo Demócrito (460 – 370 A.C.) Defendeu a idéia de que a matéria era composta por pequeníssimas partículas. Modelo baseado apenas na."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google