A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ligações Químicas II A visão quântica. Interferência Interferência – Comportamento característico de ondas Interferência ConstrutivaInterferência Destrutiva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ligações Químicas II A visão quântica. Interferência Interferência – Comportamento característico de ondas Interferência ConstrutivaInterferência Destrutiva."— Transcrição da apresentação:

1 Ligações Químicas II A visão quântica

2 Interferência Interferência – Comportamento característico de ondas Interferência ConstrutivaInterferência Destrutiva

3 Elétrons sofrem Interferência Podem-se observar no experimento regiões mais claras e mais escuras Regiões claras – Interferência construtiva. Regiões escuras – Interferencia destrutiva.

4 Ligação Química Elétrons são considerados ondas; À medida que os átomos se aproximam, as ondas que descrevem os elétrons mais externos começam a interagir ; Ligação se forma na distância em que a interação construtiva for máxima, e a interação destrutiva for mínima.

5 Teoria do Orbital Molecular Resultado de cálculos matemáticos; Cada orbital atômico é descrito por uma função de onda ( 1, 2, Y 3, etc.); Quando as moléculas se formam, as funções de onda que descreviam os orbitais atômicos deixam de existir, sendo substituídas por novas funções de onda resultantes da soma ou da subtração das funções do onda originais ( 1 + 2, 1 - 2, 1 + 3, 1 - 3, 2 + 3, ); A partir de dois orbitais atômicos se formam dois orbitais moleculares; –Ligante – Interferência construtiva ( ). –Antiligante (*) – Interferência destrutiva ( ).

6 A molécula de H 2 Ordem da Ligação = (e lig – e antilig ) = 2 Quanto > O.L; + estável a molécula

7 A molécula de He 2 O.L. = 0 Molécula não se forma

8 A molécula de N 2

9 Ligações e Uma questão de Orientação Espacial

10 A molécula de O 2

11 Novas Interpretações Todo composto químico apresenta um caráter iônio e caráter covalente. Composto Iônico –Pouca sobreposição entre os orbitais atômicos. Pouca variação na forma e energia das funções de onda após a ligação. Composto Covalente –Boa sobreposição entre os orbitais atômicos. Bastante variação na forma e energia das funções de onda após a ligação. Quanto maior a diferença de eletronegatividade entre os elementos, maior o caráter iônico da ligação

12 Teoria das bandas

13 Os Metais segundo a teoria dos OM Existe tanta sobreposição, que se forma uma nuvem orbital ao redor dos vários núcleos. São combinados tantos orbitais que desaparece o GAP entre as bandas de condução e valência.

14 Outros Materiais Polímeros Condutores Semicondutores Supercondutores Pesquisa – 1 ponto


Carregar ppt "Ligações Químicas II A visão quântica. Interferência Interferência – Comportamento característico de ondas Interferência ConstrutivaInterferência Destrutiva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google