A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Termos Linguísticos As relações entre palavras. Relações entre palavras Semânticas Semânticas Fonéticas e gráficas Fonéticas e gráficas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Termos Linguísticos As relações entre palavras. Relações entre palavras Semânticas Semânticas Fonéticas e gráficas Fonéticas e gráficas."— Transcrição da apresentação:

1 Termos Linguísticos As relações entre palavras

2 Relações entre palavras Semânticas Semânticas Fonéticas e gráficas Fonéticas e gráficas

3 Esquema das relações entre palavras Relações entre palavras Relações semânticas HierarquiaInclusãoEquivalênciaOposição Relações fonéticas e gráficas HomonímiaHomofoniaHomografiaParonímia

4 Relações semânticas de hierarquia de hierarquia de inclusão de inclusão de equivalência de equivalência de oposição de oposição

5 Relações de hierarquia hiperonímia hiperonímia hiponímia hiponímia

6 Hiperonímia Relação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidades lexicais, partindo do genérico (hiperónimo) para o específico (hipónimo), sendo que o primeiro impõe sempre as suas propriedades ao segundo, criando assim, entre eles, uma dependência semântica. Relação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidades lexicais, partindo do genérico (hiperónimo) para o específico (hipónimo), sendo que o primeiro impõe sempre as suas propriedades ao segundo, criando assim, entre eles, uma dependência semântica. Exemplo: O termo meio de transporte impõe as suas propriedades semânticas aos seus hipónimos : autocarro, avião, comboio, metro, barco, etc. Exemplo: O termo meio de transporte impõe as suas propriedades semânticas aos seus hipónimos : autocarro, avião, comboio, metro, barco, etc. Um hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer um dos seus hipónimos; o contrário não é possível. Um hiperónimo pode substituir, em todos os contextos, qualquer um dos seus hipónimos; o contrário não é possível.

7 Hiperonímia

8 Hiponímia Relação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidades lexicais, partindo do específico (hipónimo) para o genérico (hiperónimo), sendo que o primeiro, para além de conservar as propriedades semânticas impostas pelo segundo, possui os seus próprios traços diferenciadores. Relação hierárquica de inclusão semântica entre duas unidades lexicais, partindo do específico (hipónimo) para o genérico (hiperónimo), sendo que o primeiro, para além de conservar as propriedades semânticas impostas pelo segundo, possui os seus próprios traços diferenciadores. Exemplo: O significado de gato implica o significado de animal. Exemplo: O significado de gato implica o significado de animal.

9 Hiponímia

10 Relações de inclusão holonímia holonímia meronímia meronímia

11 Holonímia Relação de hierárquia semântica entre duas unidades lexicais; uma denota um todo (holónimo) sem impor obrigatoriamente as suas propriedades semânticas à outra, considerada sua parte (merónimo). Relação de hierárquia semântica entre duas unidades lexicais; uma denota um todo (holónimo) sem impor obrigatoriamente as suas propriedades semânticas à outra, considerada sua parte (merónimo). Exemplo: Carro estabelece uma relação de holonímia com volante, sem porém lhe impor as suas propriedades. Exemplo: Carro estabelece uma relação de holonímia com volante, sem porém lhe impor as suas propriedades.

12 Holonímia Automóvel (holónimo – um todo) Volante (merónimo – uma parte)

13 Meronímia Relação de hierarquia semântica entre duas unidades lexicais, uma denotando a parte (merónimo) e criando uma relação de dependência ao implicar a referência a um todo (holónimo), relativo a essa parte. Relação de hierarquia semântica entre duas unidades lexicais, uma denotando a parte (merónimo) e criando uma relação de dependência ao implicar a referência a um todo (holónimo), relativo a essa parte. Exemplo: A unidade lexical dedo (merónimo) implica a unidade lexical mão (holónimo). Exemplo: A unidade lexical dedo (merónimo) implica a unidade lexical mão (holónimo).

14 Meronímia

15 Holónimos Merónimos Holonímia / Meronímia

16 Relações de equivalência sinonímia Relação de equivalência semântica entre duas ou mais unidades lexicais que reenviam para o mesmo referente. Relação de equivalência semântica entre duas ou mais unidades lexicais que reenviam para o mesmo referente. total total Duas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando são substituíveis, uma pela outra, em todos os contextos. Duas unidades lexicais são totalmente sinónimas quando são substituíveis, uma pela outra, em todos os contextos. parcial parcial Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando, ocasionalmente, surge a possibilidade de se substituirem uma pela outra, num único enunciado isolado. Duas unidades lexicais são parcialmente sinónimas quando, ocasionalmente, surge a possibilidade de se substituirem uma pela outra, num único enunciado isolado.

17 Relações de oposição antonímia antonímia Relação de oposição entre o significado de duas unidades lexicais que apresentam, em comum, alguns traços semânticos permitindo relacioná-las de forma pertinente. Relação de oposição entre o significado de duas unidades lexicais que apresentam, em comum, alguns traços semânticos permitindo relacioná-las de forma pertinente. Exemplos: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer; jovem / velho.) Exemplos: grande / pequeno; quente / frio; subir / descer; jovem / velho.)

18 Relações de oposição antonímia antonímia contraditória (oposição complementar) pares de palavras onde existe uma relação de exclusão e de implicação recíprocas. Exemplo: vivo / morto; contraditória (oposição complementar) pares de palavras onde existe uma relação de exclusão e de implicação recíprocas. Exemplo: vivo / morto; contrária (oposição graduável) pares de palavras entre os quais são possíveis níveis intermédios. Exemplo: frio / quente, bonito / feio; contrária (oposição graduável) pares de palavras entre os quais são possíveis níveis intermédios. Exemplo: frio / quente, bonito / feio; conversa (oposição conversa) em que a inversão da frase obriga à comutação dos termos. Exemplo: João é filho de Maria / Maria é mãe de João. conversa (oposição conversa) em que a inversão da frase obriga à comutação dos termos. Exemplo: João é filho de Maria / Maria é mãe de João.

19 Resumo das relações semânticas Relações semânticas Hierarquia HiperonímiaHipónímia Inclusão HolonímiaMeronímia Equivalência Sinonímia Oposição Antonímia

20 Relações entre palavras Semânticas Semânticas Fonéticas e gráficas Fonéticas e gráficas

21 Relações fonéticas e gráficas de homonímia de homonímia de homofonia de homofonia de homografia de homografia de paronímia de paronímia

22 Relações de homonímia Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que partilham a mesma grafia ou a mesma pronúncia, mas que conservam significados distintos. Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que partilham a mesma grafia ou a mesma pronúncia, mas que conservam significados distintos. Exemplos: Existe homonímia entre: canto (verbo cantar) e canto (substantivo masculino). Exemplos: Existe homonímia entre: canto (verbo cantar) e canto (substantivo masculino). Cabo, nora, fio, são… Cabo, nora, fio, são…

23 Relações de homofonia Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que possuem a mesma forma fonética mas significados diferentes. Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que possuem a mesma forma fonética mas significados diferentes. Exemplos: passo / paço; sem / cem. Exemplos: passo / paço; sem / cem.

24 Relações de homografia Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que possuem a mesma forma gráfica (homógrafos), formas fonéticas idênticas, mas conservando significados diferentes. Propriedade semântica característica de duas unidades lexicais que possuem a mesma forma gráfica (homógrafos), formas fonéticas idênticas, mas conservando significados diferentes. Exemplos: copia (verbo copiar) e cópia (substantivo masculino); Exemplos: copia (verbo copiar) e cópia (substantivo masculino); Domestica / doméstica; sé / se; este / Este… Domestica / doméstica; sé / se; este / Este…

25 Relações de paronímia Propriedade semântica característica das unidades lexicais com sentidos diferentes, mas com formas relativamente próximas. Propriedade semântica característica das unidades lexicais com sentidos diferentes, mas com formas relativamente próximas. Exemplos: Exemplos: exprimir / expremer; exprimir / expremer; emigração / imigração; emigração / imigração; previdência / providência; previdência / providência; cumprimento / comprimento; cumprimento / comprimento; conjectura / conjuntura. conjectura / conjuntura.

26 Resumo das relações fonéticas e gráficas Relações fonéticas e gráficas HomonímiaHomofoniaHomografiaParonímia

27 Resumo global Relações entre palavras Relações semânticas HierarquiaInclusãoEquivalênciaOposição Relações fonéticas e gráficas HomonímiaHomofoniaHomografiaParonímia

28 2006 Professor Filipe Azevedo Baseado em: Terminologia linguística


Carregar ppt "Termos Linguísticos As relações entre palavras. Relações entre palavras Semânticas Semânticas Fonéticas e gráficas Fonéticas e gráficas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google